WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘saúde’

ITABUNA: PROJETO DE ALUNOS DO CIOMF É SELECIONADO EM OLIMPÍADA DA FIOCRUZ

Colégio Ciomf, de Itabuna, teve projeto de estudantes selecionado pela Fiocruz || Foto Pimenta

Cinco projetos desenvolvidos em unidades da rede estadual de ensino estão entre os 35 trabalhos selecionados na etapa regional da 9ª Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma), promovida pela Fiocruz. Em todo o Brasil, foram inscritos 1.228 trabalhos nas categorias Produção Audiovisual, Produção de Texto e Projeto de Ciências. A relação dos projetos selecionados foi divulgada nesta terça-feira (16).

Estudantes do Ensino Fundamental do Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (Ciomf), em Itabuna, desenvolveram um trabalho de conscientização da comunidade escolar e do entorno da unidade. O projeto “Homem x Água. Atitudes negativas e corretivas: CIOMF cuidando das águas” levou os estudantes para as feiras livres da cidade para levar informação sobre desperdício e contaminação das águas.

A estudante Jhuly Borges Oliveira, 12, do 7º ano do Ensino Fundamental, aponta benefícios do projeto. “Aprendi durante todo o processo com meus colegas e com a comunidade que devemos colaborar com o nosso planeta. A água é a nossa vida”, concluiu a estudante. O projeto teve a orientação da professora Gracileide Silva Guimarães Sousa.

A professora Karine Brandão, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), de Vitória da Conquista, desenvolveu, com estudantes do Ensino Médio, o projeto “Árvore Digital do Centro Juvenil de Ciência e Cultura”. “Fizemos um estudo das árvores localizadas no terreno da escola e colocamos QRCode em cada uma para que a comunidade escolar acesse, do celular, informações e curiosidades sobre elas”, afirmou a professora, que pretende ampliar o projeto para as outras escolas da Rede Estadual em Vitória da Conquista. O trabalho foi selecionado na categoria Produção de Textos. :: LEIA MAIS »

UTI PEDIÁTRICA DO NOVAES FECHA 1º ANO COM 360 ATENDIMENTOS

UTI Pediátrica do Novaes começou a atender há um ano || Foto Divulgação

Nesta segunda (1º), a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, completa um ano em operação e, de acordo com a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, atinge a marca de 360 atendimentos. A unidade é estratégica para assegurar a integralidade na atenção a crianças em serviços de oncologia pediátrica, principalmente Onco Hematologia da Santa Casa, que atende a 50% dos municípios baianos, conforme a instituição.

O serviço assegura melhor assistência às emergências e cirurgias pediátricas e neuropediátricas no sul da Bahia. Dos casos mais conhecidos, está o menino Rian Santos Silva de 8 anos, da cidade de Santa Luzia, que teve um espeto de churrasco cravado no crânio, após uma queda. Com a estrutura hospitalar encontrada, com neurocirurgiões e a UTI Pediátrica totalmente equipada, a criança teve o espeto removido, no Hospital Materno Infantil Manoel Novaes, sem que perdesse a visão e a equipe preservando a vida da criança.

Para os pacientes e familiares, a chegada da unidade tem trazido mais conforto e tranquilidade. O vendedor Clóvis dos Santos Silva, pai do pequeno Miguel Silva, do município de Jequié, no sudoeste baiano, é só elogios à equipe. “Meu filho precisou ficar internado na UTI por um período longo. Fiquei um mês e 15 dias com meu filho internado na UTI e fiquei impressionado com o cuidado, carinho, a atenção e o amor dispensado ao meu filho por toda a equipe. Não tenho palavras para descrever este momento, apenas reforço o meu sentimento de gratidão a todos”, contou emocionado.

Para a diretora técnica do Hospital Manoel Novaes e também médica da UTI pediátrica, Fabiane Chavez, os números além de agregarem a parte técnica emocionam, pois fazem parte da concretização de um sonho que tem ajudado a salvar muitas vidas na região. “Hoje é preciso celebrar e agradecer pelo aniversário da nossa UTI. Com ela as crianças que precisavam de um serviço de unidade intensiva não contam mais com a obrigatoriedade da transferência para outra unidade hospitalar da capital”, observa.

A médica também aponta que a UTI pediátrica eleva as chances de vida de muitos pacientes que antes precisavam ir para a capital ou outro município para ter este atendimento. “Quero agradecer especialmente, a equipe de profissionais do nosso setor, que assumiram esse desafio e que junto à direção fizeram e fazem esse sonho se concretizar a cada dia. Um esforço recompensado diariamente com vidas que ganham uma nova oportunidade de permanecer entre nós”.

MARÃO ANUNCIA CONCURSO PARA CONTRATAÇÃO DE MÉDICOS E ENFERMEIROS

Ao lado do titular da Sesab, Marão anunciou concurso na saúde || Foto Clodoaldo Ribeiro

O prefeito Mário Alexandre anunciou que o município está preparando concurso público para contratar profissionais para a área de saúde, principalmente médicos e enfermeiros. “O objetivo é fortalecer a atenção básica e a média complexidade, a fim de desafogar o fluxo de pacientes no Hospital Regional Costa do Cacau”, disse ele. O prefeito não estipulou data para lançamento do edital para definir banca organizadora do certame nem início das inscrições.

O anúncio do concurso foi feito durante inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (PA) da Conquista, que passa a funcionar nesta segunda (17). A unidade, na Avenida Brasil, funcionará 24h, com serviços de urgência e emergência, tendo capacidade para 150 atendimentos por dia. De acordo com o prefeito, a meta é chegar ao final do governo com 70% de cobertura da atenção básica. “Encontramos [o município] com o vergonhoso índice de 16% [de cobertura] em janeiro de 2017”, assinalou.

A abertura da unidade 24h é resultado de ação do município e do estado para reforçar a atenção básica e de média complexidade. Durante a inauguração do PA da Conquista, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, disse que os trâmites estão adiantados, com o Ministério da Saúde, para a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Malhado, além da instalação de mais 16 equipes do Programa Saúde da Família (PSF) no município.

“Liberamos o anexo do antigo Hospital Luiz Viana Filho para a instalação de um PSF e a sede do Samu”, revelou. A meta do Governo do Estado, segundo Vilas Boas, é transformar a região de Ilhéus e Itabuna em uma referência de atendimento público de saúde para todo o Brasil.

SOBRE O FECHAMENTO DO CEMEPI

Raimundo Santana | jrsantana13@gmail.com

 

O Sintesi requereu ao Ministério Público Estadual que promova uma mediação com o Município de Itabuna e a direção do CEMEPI, com vistas a tentar encontrar uma saída negociada em que os mais afetados não sejam os usuários do SUS, sobretudo os mais carentes.

 

Há uma guerra de versões sobre o fechamento do CEMEPI. A direção da unidade hospitalar alega que os recursos pagos pelo Município de Itabuna são insuficientes para manter a instituição, que funciona com 100% SUS com portas abertas, com pronto-socorro funcionando 24 horas. Afirma que só está em funcionamento, ainda, por causa do repasse mensal de um subsídio de R$ 100.000,00 que as duas gestões municipais anteriores faziam – e levantou o repasse ideal para abrir uma negociação, que já se arrasta, faz bom tempo, sem encaminhamento concreto.

Por sua vez, o secretário de Saúde, Isaac Nery, alega que já paga além do faturado pelo hospital e a direção da unidade hospitalar foi inflexível e precipitada no processo, não deixando margem para negociação que viabilize a manutenção do funcionamento do hospital. O secretário prometeu buscar uma alternativa com outro prestador que propicie a manutenção dos leitos que eram utilizados pelo CEMEPI. O hospital fazia cerca de 470 consultas/mês e cerca de 100 internamentos/mês.

Na verdade, o que está em jogo é a manutenção ou não de uma importante parcela do atendimento pediátrico em Itabuna e região com o fechamento de uma unidade hospitalar com 50 anos de serviços prestados, que emprega diretamente 46 funcionários.

Quando se fala em buscar alternativa de internamento para absorver essa demanda, não é tão simples assim. A Maternidade Ester Gomes encontra-se à beira da falência, com cerca de 7 meses de salários atrasados deixados pela gestão anterior e cerca de 3 meses de salários atrasados da atual gestão, problema com pagamento de folha médica, etc.

Já o hospital Manoel Novaes tem um papel importante no atendimento de pediatria, atendendo SUS e convênios de Itabuna e região, com uma considerável sobrecarga. A UPA chegou a ser um alento no atendimento de pediatria em nossa cidade, contudo o Município renegociou o contrato com o instituto que administra a unidade alterando de R$ 900 mil para R$ 500 mil o contrato e reduzindo os serviços. Porém, já no pagamento da primeira fatura, quitou-se apenas R$ 350 mil. Como ato final, os médicos pediram demissão coletiva.

O financiamento da SUS deveria ser tripartite (União, Estado e Município). Todavia, o gestor municipal não leva esse fato em consideração. Essa inobservância está transformando Itabuna e demais cidades da região em cemitérios de hospitais.

A partir dessa realidade, o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna (Sintesi) requereu ao Ministério Público Estadual que promova uma mediação com o Município de Itabuna e a direção do CEMEPI, com vistas a tentar encontrar uma saída negociada em que os mais afetados não sejam os usuários do SUS, sobretudo os mais carentes.

Raimundo Santana é dirigente do Sintesi.

UBAITABA FAZ VARREDURA PARA VACINAR CRIANÇAS CONTRA PÓLIO E SARAMPO

Crianças de um ano a menos de cinco anos devem ser vacinadas

Equipes de saúde de Ubaitaba fazem varredura de casa em casa, a chamada busca-ativa, para identificar e vacinar contra poliomielite (paralisia infantil) e sarampo crianças de um ano e menos de cinco ainda não imunizadas. Os profissionais da Secretaria de Saúde do município sul-baiano estão pedindo aos pais e responsáveis que apresentem o cartão de vacinação de crianças nessa faixa etária.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Ubaitaba, o município vacinou 67,02% destas crianças que deveriam ser imunizadas contra as duas doenças. Mas o percentual está abaixo dos 95% preconizados pelo Ministério da Saúde, daí a iniciativa da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de ir em domicílios para reforçar a necessidade da vacinação.

A poliomielite e o sarampo são doenças de notificação obrigatória. Por isso, os responsáveis pelas crianças devem levar os menores nesta faixa etária para que sejam vacinadas, principalmente depois de novos registros destas doenças no país. Profissionais de saúde alertam para a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite, bem como a circulação do vírus do sarampo no país.

MODELO DO MUTIRÃO DO DIABETES DE ITABUNA É ADOTADO POR 16 MUNICÍPIOS BRASILEIROS

Mutirão em Itabuna é adotado por 16 municípios brasileiros

Rafael Andrade é o idealizador do mutirão || Foto Pedro Augusto

O modelo do Mutirão do Diabetes de Itabuna, que terá sua 14ª edição no dia 10 de novembro, está sendo adotado em vários estados brasileiros. Sucesso em ações de prevenção e tratamento, o evento itabunense já foi apresentado no Congresso Mundial de Diabetes no Canadá, como exemplo a ser seguido por outros países.

O idealizador e coordenador do Mutirão e presidente da ONG Unidos Pelo Diabetes, o médico Rafael Andrade, tem participado de seminários e teleconferências nos quais expõe o projeto, focado principalmente na prevenção da doença. O modelo do mutirão já foi adotado por cidades como Curitiba (PR), Belém (PA), Feira de Santana (BA), Petrolina (PE), Ribeirão Preto (SP) e Joinville (SC).

A partir deste ano, haverá mutirões do diabetes em Blumenau (SC), Florianópolis (SC), Uberlândia (MG), Betim (MG), Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ), Presidente Prudente (SP), Sorocaba (SP), Campo Grande (MS) e São José dos Pinhais (PR), todos com o apoio da ONG Unidos Pelo Diabetes de Itabuna.

Criada em 2017 para ampliar as ações do Mutirão, a ONG Unidos pelo Diabetes, vem fornecendo transferência do know-how para diversas instituições, além de investir na capacitação de profissionais de saúde e na conscientização da população, para os riscos e cuidados na prevenção e tratamento do diabetes.

Para Rafael Andrade, a promoção de mutirões em várias cidades brasileiras vai se multiplicando a cada ano contribui para amenizar a deficiência e desigualdade, combatendo uma das doenças que mais fazem vítimas fatais e deixam sequelas no país.

URUÇUCA VACINA 68,19% DAS CRIANÇAS CONTRA SARAMPO E PARALISIA INFANTIL

Vacinação contra sarampo e paralisia infantil vai até dia 31

A Secretaria de Saúde de Uruçuca informou que o município sul-baiano está próximo de cumprir a meta da campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo. Devem ser imunizadas 1.245 crianças de 1 ano a menores de 5 anos de idade. Até a última segunda (20), 68,19% das crianças já tinham sido vacinadas contra a paralisia infantil e o sarampo, de acordo com o município.

Preocupadas, as autoridades de saúde do município fazem novo alerta sobre os riscos que elas correm caso não recebam as vacinas que estão sendo disponibilizadas no Centro de Saúde, e nas Unidades de Saúde da Família (USFs) Dr. Edson Rosa, Everaldo Argolo e Independência, além do distrito de Serra Grande.

Michelle Fernandes, técnica responsável pelo Departamento de Vigilância em Saúde de Uruçuca, disse que o município continua com a campanha de vacinação contra a poliomielite e sarampo. “É importante lembrar que os pais ou os responsáveis devem levar seus filhos de 1 ano a menores de 5 anos de idade aos postos de saúde para que sejam imunizadas, pois ainda tem tempo. Procurem as salas de vacina até o dia 31 de agosto, levando sempre a carteira de vacinação para que sejam atualizadas por nossos vacinadores. Onde tem infância, tem vacinação”, destacou.

URUÇUCA INTENSIFICA VACINAÇÃO CONTRA PARALISIA INFANTIL E SARAMPO

Vacinação contra sarampo e paralisia infantil é intensificada em Uruçuca

A Secretaria da Saúde de Uruçuca intensifica o alerta para vacinar todas as crianças do município de um ano a menores de cinco anos de idade contra a paralisia infantil e sarampo. Durante a mobilização nacional organizada pelo Ministério da Saúde, estarão funcionando neste sábado (18), das 8h às 17h, o Centro de Saúde, as Unidades de Saúde da Família (USFs) Dr. Edson Rosa, Everaldo Argolo e Independência, além da USF de Serra Grande.

De acordo com o cronograma, as equipes de vacinadores também atuarão na zona rural. A enfermeira Michelle Fernandes, responsável técnica do Departamento de Vigilância em Saúde de Uruçuca, considera de fundamental importância os pais ou responsáveis levar o cartão de vacinação da criança. “É através deste documento imprescindível que os nossos técnicos podem acompanhar todo o desenvolvimento das crianças”.

IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO

A poliomielite ou a paralisia infantil causa repentina dormência e pode afetar desde as pernas até o corpo inteiro, comprometendo a respiração. A contaminação se dá por contato fecal-oral, por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de portadores e ao falar, tossir ou até respirar.

Já o sarampo, doença altamente contagiosa, pode ser transmitido pelo contato com secreções. Os sintomas iniciais são semelhantes aos da gripe, porém aumentam ainda mais, combinando com o surgimento de manchas vermelhas pelo corpo.

VILAS-BOAS E FG INSPECIONAM OBRAS DA POLICLÍNICA REGIONAL DE ITABUNA

Fábio Vilas-Boas fará inspeção de obras nesta sexta || Foto Mateus Pereira/GOVBA

O prefeito Fernando Gomes e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, vão inspecionar as obras de construção da Policlínica Regional de Saúde, nesta sexta (10). A unidade de saúde está sendo construída na Avenida J.S. Pinheiro, no Lomanto, em Itabuna.

Da inspeção, também participa o prefeito de Itacaré e presidente da Amurc, Tonho de Anízio. A visita está marcada para as 9h30min. Quando estiver em funcionamento, a policlínica atenderá pacientes de 31 municípios sul-baianos em várias especialidades.

COSTA DO CACAU

Vilas-Boas deverá visitar, ainda, o Hospital Regional Costa do Cacau, que deverá mudar de gestão nos próximos meses. Uma licitação está sendo feita. Hoje, o hospital é administrado pelo Instituto Gerir.

 

SINEBAHIA OFERECE 40 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA E 8 EM JEQUIÉ NESTA 2ª

SineBahia oferece quase 50 vagas de emprego em Itabuna e em Jequié

A última segunda-feira de julho começa com a oferta de 40 vagas de emprego na unidade do SineBahia de Itabuna, no sul do Estado, e outras 8 oportunidades no posto de Jequié, no sudoeste. São ofertas em várias áreas e níveis de escolaridade, desde saúde, administração, segurança e eletromecânica.

Os interessados devem procurar as unidades do serviço de intermediação de vagas nos respectivos municípios, munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade (RG), CPF e comprovantes de escolaridade e de residência. Vagas para pessoas com deficiência (PCD) exigem laudo médico. Clique no leia mais, na sequência, e confira todas as oportunidades para hoje. :: LEIA MAIS »

PREFEITURA DE ILHÉUS ABRE 26 VAGAS PARA MÉDICO; SALÁRIO PODE CHEGAR A R$ 8 MIL

A Prefeitura de Ilhéus abriu processo seletivo para a contratação temporária de 26 médicos para unidades de Pronto Atendimento da Conquista e da Zona Sul. O salário varia de R$ 4,2 mil a R$ 8 mil, de acordo com o edital.

As inscrições serão abertas na próxima segunda (30) e vão até dia 3 de agosto, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na Secretaria de Saúde de Ilhéus, na Avenida Lomanto Júnior, 50, no Pontal.

Segundo o edital, são 14 vagas para médico emergencista, 5 para médico socorrista, 5 para clínico geral, um endocrinologista e um angiologista.

UBATÃ: JUSTIÇA CONDENA “DAI DA CAIXA” A 7 ANOS DE PRISÃO E A DEVOLVER R$ 2,5 MILHÕES

Dai da Caixa é condenado a prisão e perda de direitos políticos

A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Ubatã Adailton Ramos Magalhães, o Dai da Caixa, a 7 anos e cinco meses de prisão e a devolver R$ 2,5 milhões em ações por fraude contra o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e irregularidades no uso de verbas da Saúde. As sentenças do juiz federal substituto Jorge Peixoto, da subseção judiciária de Jequié, também atingem ex-ocupantes de cargos de confiança na gestão de Dai da Caixa nos anos 2000, conforme sentenças as quais o PIMENTA teve acesso.

Os prejuízos por fraudes no FGTS e na área de saúde superam os R$ 3,2 milhões em valores ainda não atualizados. De acordo com a investigação feita pela União e da qual fez parte o Ministério Público Federal, Dai não comprovou despesas na área de saúde no total de R$ 743.769,65, além de R$ 271.316,00 por não implantação de unidades do Programa Saúde da Família.

Os mais de R$ 2,5 milhões foram movimentados irregularmente em contas vinculadas ao Fundo Municipal de Saúde. Nesta ação, o ex-prefeito foi multado em R$ 50 mil e condenado a perda de direitos políticos por cinco anos. A ex-secretária Maria Celeste Guimarães perdeu direitos políticos e levou multa de R$ 30 mil. Ambos devem devolver os R$ 2,5 milhões de forma solidária, conforme a decisão.

FRAUDE NO FGTS

A investigação apontou esquema fraudulento contra o FGTS. A fraude permitiu total de R$ 517.432,60 em 72 saques do FGTS para funcionários da Prefeitura e até nomes que não estavam na folha do município por meio de falsificação de documentos e anotações falsas nas carteiras de Trabalho. A fraude, segundo a Justiça Federal, ocorreu no período de 2001 a 2003.

Segundo o magistrado, o prefeito se aproveitou do conhecimento como funcionário da Caixa Econômica para fraudar o sistema de FGTS. Acabou condenado a 7 anos e cinco meses de prisão em regime semiaberto. Já o chefe do Setor de Pessoal da Prefeitura no período, Hildeberto Silva Dias, teve pena menor, de 2 anos e 9 meses, mas no regime aberto.

Além de adulterações em prazos de admissões, conforme testemunhas, também ocorreram apropriações indébitas dos valores sacados do FGTS, conforme denúncias. O próprio chefe do Setor Pessoal, segundo anota a sentença, se beneficiou do esquema fraudulento com inserções de datas de admissão falsas. Hildeberto levou mais de R$ 20 mil em saques em seu nome. Matéria atualizada.

ILHÉUS: MARÃO TRANSFERE EMERGÊNCIA PEDIÁTRICA PARA O HOSPITAL VIDA MEMORIAL

Após acordo, Viva Memorial passa a atender pacientes do SUS || Foto Clodoaldo Ribeiro

Desde a zero hora desta quinta-feira (28), o atendimento de urgência e emergência de pediatria pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Ilhéus passou a ser feito pelo Hospital Vida Memorial, na região do Terminal Urbano, centro da cidade. O serviço mudou de endereço devido ao encerramento do convênio firmado entre a secretaria municipal de Saúde (Sesau) com o Hospital de Ilhéus, por decisão da direção da unidade hospitalar, segundo a Prefeitura de Ilhéus.

Por meio de Decreto de Situação de Emergência, já publicado no Diário Oficial do Município, o prefeito Mário Alexandre adotou a medida que resultou na assinatura de um novo convênio, transferindo o atendimento pediátrico para o Vida Memorial. Marão justificou o contrato emergencial. Segundo ele, o Hospital de Ilhéus teria exigido acréscimo de R$ 100 mil no contrato para atendimento pediátrico.

O pedido não foi acatado pela Prefeitura. A secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, por meio de nota, disse que os municípios pactuados e Ilhéus não têm suporte financeiro para bancar tal majoração nas bases propostas. “Também discordamos das alegações para tal acréscimo uma vez que, pelo menos parte dos custos apontados para justificar a elevação do valor, não é oriunda, exclusivamente, dos serviços prestados ao SUS pelo Hospital de Ilhéus”, criticou a secretária.

MÉDICO CRITICA MARÃO

Pré-candidato ao Senado Federal pelo MDB, o médico Jorge Viana, dono do Hospital de Ilhéus, fez duras críticas ao prefeito Mário Alexandre. Disse ter procurado o gestor do município várias vezes e, numa entrevista, afirmou não saber se Marão estava em Salvador, Brasília ou dançando “na boquinha da garrafa”.

SANTA CASA DÁ FÉRIAS COLETIVAS A FUNCIONÁRIOS DO SÃO LUCAS, QUE PODE FECHAR EM DEFINITIVO

Mobilização impediu fechamento do São Lucas em 2017, mas agora negociações não avançaram

As negociações entre Secretaria de Saúde de Itabuna e Santa Casa de Misericórdia não avançaram e o risco de demissões de dezenas de trabalhadores é alto caso o Hospital São Lucas feche. A unidade médico-hospitalar é gerida pela Santa Casa. Desde o dia 31 de maio o São Lucas não recebia mais pacientes e os últimos internados já receberam alta.

À espera de uma definição por parte da Secretaria de Saúde de Itabuna, a Santa Casa decidiu dar férias coletivas para dezenas de funcionários que trabalhavam no São Lucas e redistribuir parte deles entre os hospitais Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes. Uma reunião estava marcada entre a direção da Santa Casa e o secretário de Saúde de Itabuna, Deivis Guimarães, para a semana passada, mas não ocorreu.

O São Lucas estava operando como retaguarda da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA 24 Horas) do Monte Cristo e dispunha de 50 leitos para internações pelo contrato. Antes da crise, em 2017, o São Lucas funcionava com cerca de 170 funcionários. Após o contrato para atuar como unidade de retaguarda, o número de empregados no Hospital foi reduzido para cerca de 100, conforme números do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi).

A entidade acompanha todo o processo com preocupação diante dos sinais ainda mais evidentes que dezenas de trabalhadores serão demitidos da Santa Casa por falta de renovação do contrato, segundo o presidente do Sintesi, Raimundo Santana.

Como a Secretaria de Saúde de Itabuna não respondeu, formalmente, à proposta financeira da Santa Casa, o atendimento no São Lucas foi suspenso no dia 31 passado, data em que se encerrou o contrato. Numa entrevista ao PIMENTA, o diretor financeiro da Santa Casa, André Wermann, reclamou da falta de diálogo por parte do secretário para a renovação (relembre aqui), posição que foi confirmada, também, por meio de nota oficial da instituição.

ITABUNA E ILHÉUS CORREM RISCO DE SURTO DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA, DIZ MINISTÉRIO DA SAÚDE

Itabuna e Ilhéus correm risco de epidemia de dengue zika e chikungunya

O novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), divulgado nesta sexta-feira (8), mostra que dezenas de municípios baianos correm sério risco de enfrentar um surto de dengue, zika e chikungunya. De acordo com o Ministério da Saúde, a situação é muito preocupante em localidades como Itabuna (13,1%) e Ilhéus (11,6%).

Em Itabuna, de cada 100 imóveis pesquisados, pelo menos 13 estão com larvas do mosquito Aedes aegypti. Em Ilhéus, a situação é parecida. Foram encontrados criadouros em 11 de cada 100 imóveis visitados pelos agentes de combate a endemias. O risco de surto  de dengue, zika e chikungunya é muito alto também em Buerarema (9,1%), Ibicaraí (10,2%) e Itapé (8,1%).

Há risco de surto ainda em Camacan, Itapintaga, Jussari, Canavieiras, Itajuípe e Mascote. Nessas localidades, os índices de infestação de larvas do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya variam de 4,9% a 7,1%. O município com o maior índice infestação no país é baiano. Em Itiúba, de cada 100 imóveis pesquisados, 28,6% estão com criadouros.

Os dados do Ministério da Saúde mostraram ainda que 1.153 (22%) municípios em todo o país apresentaram alto índice de infestação do Aedes aegypti. Além das cidades em situação de risco, o levantamento identificou 2.069 localidades em alerta, com o índice de infestação predial (IIP) entre 1% a 3,9% e 1.711 municípios com índices satisfatórios, inferiores a 1%.

APÓS EXAMES, MARCONE DIZ QUE ESTÁ LIBERADO PARA REASSUMIR PREFEITURA DE ITAJUÍPE

Marcone em selfie em retorno da capital baiana para Itajuípe

Licenciado do cargo por problemas de saúde, Marcone Amaral retornou de Salvador nesta sexta-feira (8) e disse que já está liberado pelos médicos para reassumir a Prefeitura de Itajuípe. Marcone sofreu uma trombose pulmonar, há mais dois meses, e licenciou-se do cargo para fazer tratamento. “Graças a Deus, estou bem melhor e já liberado para retornar as minhas funções e meus projetos”, disse Marcone. O anúncio foi feito por meio de redes sociais.

Nos últimos 30 dias, a prefeitura vem sendo comandada pelo vice-prefeito, Léo Capoeira. “Só tenho que agradecer a Deus por estar junto comigo nesse momento tão difícil que passei nos últimos meses”, disse Marcone. “Tenho certeza que tudo isso tem um propósito e eu irei confiar ainda mais nos caminhos que Deus tem reservado para minha vida”.

IBT ESPERA ATENDER MAIS DE 600 HOMENS DURANTE O MUTIRÃO “CABRA MACHO” EM ITABUNA

Ação preventiva, o Cabra Macho realiza mais de 600 exames, por ano, gratuitamente

  • Mutirão oferece exame gratuito de próstata

Uma das maiores ações sociais do interior da Bahia, o Cabra Macho espera prestar 600 atendimentos preventivos gratuitos de câncer de próstata. A ação social da Igreja Batista Teosópolis será realizada nos dias 16 e 17 de junho, na sede da igreja, localizada na Avenida Félix Mendonça, bairro da Conceição, em Itabuna.

“A cada ano, buscamos melhorar o atendimento aprimorando nossos serviços. Para nós, é uma forma de ajudar vidas e contamos com a força do voluntariado para oferecer um serviço de qualidade à sociedade”, destacou o pastor Genilson Souto.

Na 6ª edição, a ação social contará com cerca de 150 voluntários, entre profissionais de saúde, a exemplo de médicos especialistas em urologia,  enfermeiros, técnicos de laboratório, farmacêuticos e técnicos em enfermagem. O médico João Correia, hoje radicado em Londrina no Paraná, estará em Itabuna para ajudar no mutirão.

Coordenador do Ministério da Ação Social, Gilson Pinheiro, ressalta que o Cabra Macho é anual, mas a sua organização vai para além do período do evento. “É um trabalho que realizamos durante todo o ano. Após terminado o mutirão, nosso trabalho prossegue, pois realizamos o acompanhamento de todos aquele que forem diagnosticados. É um trabalho que fazemos para a sociedade”, explica Gilson Pinheiro.

Nas edições anteriores, pessoas de vários municípios do sul da Bahia, como Buerarema, Uruçuca, Ilhéus, Itajuípe, Arataca e São José da Vitória, entre outros, foram examinadas. Na rede particular, a consulta e os exames custam em média R$ 200,00.

MOBILIZAÇÃO E RECOMENDAÇÕES

Neste sábado, dia 9, voluntários farão panfletagem  no bairro da Conceição, Centro Comercial e Avenida do Cinquentenário, em Itabuna. O objetivo é sensibilizar as pessoas para que realizem os exames preventivos de câncer de próstata, que  é o segundo que mais atinge a população masculina perdendo apenas para o câncer de pulmão.

É recomendável a quem for realizar os exames em jejum de, pelo menos, quatro horas, não ter relação sexual 48 horas antes da coleta, não realizar exercícios que causem impacto no períneo, como andar de bicicleta (principalmente as de selim estreito), equitação (andar a cavalo) e não fazer sexo anal antes do exame.

unisa






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia