WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘saúde’

ILHÉUS: REINAUGURADA UNIDADE DE SAÚDE NO MALHADO

Zé Neguinho, Marão e Fábio Vilas-Boas inauguram unidade || Foto Clodoaldo Ribeiro

As comemorações dos 485 anos de fundação e 138 anos de elevação de Ilhéus à categoria de cidade foram iniciadas com a reinauguração da Unidade Básica de Saúde Sarah Kubitschek, no Malhado, neste final de semana. A unidade oferecerá à população consultas com médicos clínico, ginecologista e pediatra, além de outros serviços prestados em postos de saúde.

As obras incluíram a construção de uma área que interliga os dois prédios, onde funcionará uma recepção. A unidade atenderá moradores do Malhado, Parque Infantil e de dezesseis bairros da zona norte de Ilhéus. A inauguração contou com a presença do secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que destacou investimentos do Governo do Estado, como o Hospital Regional da Costa do Cacau, que atende cerca de 100 municípios, para procedimentos de urgência e emergência.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, apontou para o novo padrão de unidade de saúde, determinado pelo Ministério da Saúde e adotado no município. “Unidade como essa aqui, ninguém nunca viu em Ilhéus”, enfatizou Mário Alexandre, referindo-se à ampla estrutura do Sarah Kubitschek, que foi totalmente reconstruído e ampliado e ganhou salas climatizadas e salas de atendimento adequadas aos novos padrões exigidos pelo Ministério da Saúde.

Vilas-Boas também citou a Policlínica Regional de Itabuna, com obras em fase de conclusão, que vai atender 31 municípios do sul da Bahia. A unidade de saúde oferecerá uma série de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia.

NÚMERO DE FUMANTES NO BRASIL CAI 40%, APONTA MINISTÉRIO DA SAÚDE

Brasil registra queda no número de fumantes

No Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado na sexta-feira (31), o Brasil tem motivos para comemorar. Dados inéditos do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) revelam que, em 2018, 9,3% dos brasileiros afirmaram ter o hábito de fumar. Em 2006, ano da primeira edição da pesquisa, esse índice era de 15,6%.

Nos últimos 12 anos, a população entrevistada reduziu em 40% o consumo do tabaco, o que reforça a tendência nacional observada, ano após ano, de queda constante desse hábito nocivo para a saúde.

O Vigitel revela ainda que o perfil dos tabagistas vem mudando ao longo dos anos. A queda de uso do tabaco é significativa em pessoas de 18 a 24 anos de idade (12% em 2006 e 6,7%, em 2018), 35 e 44 anos (18,5% em 2006 e 9,1% em 2018) e entre 45 a 54 anos (22,6% em 2006 e 11,1% em 2018).  As mulheres também vêm assumindo um protagonismo importante nesse cenário, superando a média nacional, reduzindo em 44% o hábito de fumar no período.

FATOR DE RISCO

O diretor de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Eduardo Macario, ressaltou a importância do Dia Mundial Sem Tabaco. “A principal mensagem que a gente quer passar é o que o tabagismo é um fator de risco que provoca uma série de doenças e diversas mortes, e é um ato totalmente passivo de mudança. Quem para de fumar diminui esses riscos ”.

Realizada com maiores de 18 anos nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal, o Vigitel é uma pesquisa telefônica sobre diversos assuntos relacionados à saúde. Para a edição mais recente, foram entrevistados 52.395 pessoas entre janeiro e dezembro de 2018.

MULHERES E CAPITAIS

No ano passado, as mulheres se destacaram por serem as que menos fumaram, com índice de 6,9%, ou seja, quase a metade dos homens, com 12,1%. Quando analisado o fator de idade, a menor prevalência se dá entre aqueles com 65 anos ou mais (6,1%) e em jovens de 18 a 24 anos (6,7%).

Já a maior é registrada naqueles com idade entre 55 a 64 anos, em que o índice é igual a 12,3%. As capitais com mais fumantes são Porto Alegre (14,4), São Paulo (12,5) e Curitiba (11,4) e menos fumantes, Salvador (4,8%), São Luís (4,8%) e Belém (4,9%).

:: LEIA MAIS »

AGRAVAMENTO DA CRISE NA SAÚDE DE ITABUNA

Raimundo Santana

 

 

Os serviços ofertados na UPA foram reduzidos – para diminuir custos – e o Hospital São Lucas e o Cemepi (pediátrico) fecharam, mas esses valores não foram alocados em novos serviços. Ainda assim, com a “sobra” a Secretaria de Saúde de Itabuna não consegue pagar com regularidade os prestadores em funcionamento, apesar de receber rigorosamente do Fundo Nacional de Saúde

 

 

A população de Itabuna, que tem sofrido sucessivas perdas de oferta de serviços de saúde nos últimos tempos, irá se deparar com mais um risco de desassistência. No dia 31 de julho de 2019, encerra-se o contrato de prestação de serviços de saúde entre o Hospital Manoel Novaes (Santa Casa de Misericórdia) e o poder público municipal.

A Santa Casa tem debatido nas suas instâncias internas. Inclusive, apresentou os números do balanço financeiro da instituição no Conselho Municipal de Saúde, em reunião que contou com a presença do Secretário Municipal de Saúde. Durante a reunião, o consenso entre os presentes foi de que a situação da Instituição é preocupante.

O Hospital Manoel Novaes, unidade materno-infantil cujo atendimento é 90% SUS, referenciada na realização de partos de alto risco, está entre as três unidades hospitalares que realizam cirurgias pediátricas no Estado – as outras são Hospital Martagão Gesteira, em Salvador, e Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. O Manoel Novaes é uma das duas instituições hospitalares que realizam atendimentos em oncologia pediátrica no estado. Nessa especialidade, o hospital itabunense atende a pacientes de mais de 300 municípios do Estado da Bahia.

Na apresentação, a Santa Casa informou um déficit operacional mensal de R$ 1 milhão e 457 mil, que, segundo a mesma, vem sendo debatido com a SESAB e com a Secretaria Municipal de Saúde, sem, contudo, receber dos entes públicos garantias de um encaminhamento que sane tal dificuldade até o momento. O coordenador administrativo da Santa Casa de Itabuna, André Wermann, afirmou que não será possível manter a instituição nesse nível de endividamento contínuo, sob pena de inviabilizá-la.

A politica de saúde em Itabuna precisa passar por um debate importante de financiamento e viabilidade de manutenção dos serviços de saúde em funcionamento, necessariamente envolvendo SESAB e Secretaria Municipal de Saúde. É importante registrar que os valores mensais de repasses da MAC (média e alta complexidade) para Itabuna são insuficientes – cerca de 8 milhões e 400 mil reais.

Por sua vez, os serviços ofertados na UPA foram reduzidos, para reduzir custos, o Hospital São Lucas e o Cemepi (pediátrico) fecharam e esses valores não foram alocados em novos serviços. Ainda assim, com a “sobra” a Secretaria de Saúde de Itabuna não consegue pagar com regularidade os prestadores em funcionamento, apesar de receber rigorosamente em dia do Fundo Nacional de Saúde, por volta do dia 12 de cada mês, o que agrava e muito a situação dos prestadores. Isso é inexplicável.

Se não quisermos passar pela destruição total do sistema de saúde em nosso município, precisamos também de uma atuação contundente do Conselho Municipal de Saúde, do Ministério Público Estadual (MP-BA) e da Vara da Fazenda Pública para que esses abusos de poder praticados pelas autoridades politicas sejam coibidos. Assim, asseguramos a assistência e proteção aos usuários dos serviços de saúde.

Raimundo Santana é dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesir).

CAMACAN: OZIEL PEDE AFASTAMENTO PARA CUIDAR DA SAÚDE; VICE ASSUME PREFEITURA

Oziel e o vice, Paulo do Gás, que deverá assumir o cargo hoje || Foto Reprodução

O prefeito de Camacan, Oziel Bastos, mais conhecido como Oziel da Ambulância, deverá se afastar do mandato para cuidar da saúde. Nesta quinta (30), o pedido de afastamento foi protocolado na Câmara de Vereadores. Durante o período em que o prefeito estiver afastado, o município será comandado pelo vice, Paulo do Gás. A posse do vice deve ocorrer ainda na tarde de hoje.

Oziel está afastado do cargo há quase 10 dias, após sentir fortes dores e ser transferido para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, onde foi diagnosticado que o prefeito estava com pancreatite (inflamação do pâncreas). Apesar da melhora no quadro de inflamação, Oziel continuou internado, sendo transferido para o Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna, dias depois. O gestor do município baiano permanece internado na unidade da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

URUÇUCA ADQUIRE NOVOS APARELHOS PARA PRÉ-NATAL NA REDE BÁSICA DE SAÚDE

Novos aparelhos reforçam atendimento na rede básica de saúde de Uruçuca

A Secretaria de Saúde de Uruçuca adquiriu seis novos aparelhos Sonar que servem para auxiliar e auscultar o batimento cardíaco do bebê durante o pré-natal. Os aparelhos foram distribuídos nas Unidades Básicas de Saúde do município. O secretário de Saúde de Uruçuca, Marcos Pereira, reafirmou a importância dessa nova aquisição da Secretaria de Saúde.

As unidades vão realizar os pré-natais com mais eficiência e qualidade. “É um equipamento importantíssimo para a realização de um trabalho ainda mais qualificado. Assim podemos ter diagnósticos precoces, com mais propriedade, principalmente no que se refere à saúde da gestante e do bebê”, disse.

MÉDICOS DO HOSPITAL GERAL DE CONQUISTA REALIZAM PROCEDIMENTO INÉDITO NO NORDESTE

Procedimento inédito no Nordeste foi realizado por equipe do HGVC, de Conquista

O médico Iogo Henrique classificou como histórico para a neurocirurgia o procedimento inédito realizado pelo Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), na última segunda-feira (27), quando o hospital fez a primeira microcirurgia neuroendoscopia assistida da região brasileira. O HGVC é caracterizado pela assistência em alta complexidade em neurocirurgia.

Com essa técnica disponível, segundo o médico, aumenta a eficiência do serviço. Ainda que nem todos os pacientes sejam candidatos a realizar procedimentos minimamente invasivos, a grande maioria dos casos é beneficiada. O uso da neuroendoscopia durante os atos microcirúrgicos permite que o procedimento seja realizado com mais segurança e por craniotomias menores, segundo os médicos Iogo Henrique e Mauro Sérgio.

A neuroendoscopia é considerada bem menos invasiva que o tradicional. No procedimento é usado o endoscópio cirúrgico, um instrumento ótico que permite a visualização de estruturas no interior de uma cavidade cerebral com aumento e boa resolução. O procedimento possibilita o acesso a tumores, sangramentos e outras lesões, ainda que em lugares mais profundos, sem precisar de uma grande cirurgia.

Dentre os benefícios da neurocirurgia minimamente invasiva destacam-se menor tempo de internação, incisões menores, menor trauma cirúrgico, menor risco de infecção e recuperação mais rápida. Ainda segundo a equipe, as cirurgias são mais rápidas e precisas e praticamente há ausência ou mínima manipulação do cérebro.

Essa técnica é uma grande conquista para os pacientes de toda região. No HGVC está disponível o que de melhor existe na área da neurocirurgia. Mesmo em nível nacional, esse tipo de tratamento é oferecido em poucos centros de referência na área.

Ainda nesta terça (28), foi realizada outra cirurgia desse tipo. Um jovem de 29 anos, com um tumor localizado no tronco cerebral (uma região de difícil acesso e que 1mm faz diferença entre vida e morte), foi submetido ao tratamento cirúrgico com essa técnica. O procedimento durou cerca de 2h e ocorreu sem intercorrências. Poucos minutos depois, o paciente já se encontrava sem sintomas ou queixas e com previsão de alta hospitalar em 48h.

HIPERTENSÃO ATINGE 24,7% DOS BRASILEIROS QUE RESIDEM EM CAPITAIS; VEJA COMO SE PREVENIR

Hipertensão afeta praticamente um quarto dos moradores de capitais no Brasil

Uma pesquisa do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2018) mostrou que a hipertensão atinge 24,7% dos moradores das capitais do Brasil. Do grupo de entrevistados, 60,9% de pessoas com mais de 65 anos disseram ser hipertensas. É o grupo mais significativo. Entre os entrevistados com idades entre 45 e 54 anos, 49,5% afirmaram ter hipertensão. Os dados foram divulgados hoje (17), no Dia Mundial da Hipertensão. O Vigitel 2018 entrevistou 52.395 pessoas nas capitais brasileiras.

Além disso, a pesquisa mostra que a doença, também conhecida como “pressão alta”, atinge mais pessoas no Rio de Janeiro, Maceió, João Pessoa e Vitória. Já São Luís, Porto Velho, Palmas e Boa Vista são as capitais com menor incidência de hipertensão entre seus habitantes.

Dados preliminares do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde mostram que, em 2017, o Brasil registrou 141.878 mortes devido a hipertensão ou a causas relacionadas a ela. Isso significa que 388,7 pessoas morreram a cada dia. Segundo o ministério, grande parte dessas mortes é evitável e 37% dessas mortes são precoces, ou seja, em pessoas com menos de 70 anos de idade.

O sal de cozinha é um dos maiores vilões da pressão alta. Isso porque o seu principal componente é o sódio, presente também em alimentos industrializados. Dados do ministério revelam ainda que, embora 90% dos homens e 70% das mulheres consumam mais sal do que o máximo recomendado, 85,1% dos brasileiros adultos consideram seu consumo de sal adequado.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

Para o combate à hipertensão, o ministério recomenda a adoção de um estilo de vida saudável desde a infância até a terceira idade e a realização dos exames de saúde pelo menos uma vez no ano. A prática de exercícios físicos é outro hábito recomendado pela pasta.

Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) fornece medicamentos para hipertensão em unidades básicas de saúde e em cerca de 31 mil unidades farmacêuticas credenciadas ao programa Farmácia Popular.

Para retirar os remédios, é preciso apresentar um documento de identidade com foto, CPF e receita médica dentro do prazo de validade (120 dias). A receita pode ser emitida por um profissional da rede pública ou de hospitais e clínicas privadas.

HOSPITAL COSTA DO CACAU PROMOVE ORIENTAÇÃO SOBRE ALIMENTAÇÃO E HÁBITOS SAUDÁVEIS

Funcionários passam por atualização no Costa do Cacau || Foto Divulgação

Funcionários do Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, participaram de uma palestra sobre alimentação saudável e prevenção à saúde, nesta quinta (9), proferida por Tarcila Lima. A palestra é parte do ciclo de atualização do corpo funcional do HRCC e, de acordo com a direção do hospital, tem reflexos positivos na assistência aos usuários do SUS.

Conferencista, Tarcila Lima destacou que, para manter ou iniciar uma rotina com hábitos saudáveis, é preciso esforço, porque consumir comidas gordurosas e rápidas é muito mais prático, porém com danos à saúde.

Tarcila orienta a ter um foco. “Deixar de lado aqueles hábitos nada saudáveis, como beber refrigerantes, comer balas, doces, chocolates e frituras, dentre outras refeições e alimentos gordurosos, é essencial. Além da quantidade equilibrada de carboidratos, proteínas e lipídios, o organismo precisa também das vitaminas e minerais”, destacou.

AVALIAÇÃO

A gerente de enfermagem do Costa do Cacau, Solange Carvalho, participou da capacitação e elogiou a direção do HRCC. “Tivemos momentos interessantes onde recebemos várias orientações e essas ações mostram o cuidado e a atenção que a direção tem conosco. A atual empresa tem um olhar voltado para os usuários do SUS e seus funcionários”, garante a enfermeira. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: PROCESSO SELETIVO OFERECE 81 VAGAS E ATÉ R$ 8 MIL DE SALÁRIO

Sede da Secretaria de Saúde funciona próximo ao Palácio Paranaguá, no Centro

A Prefeitura de Ilhéus abriu inscrições no processo seletivo simplificado para contratação de médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, conforme edital obtido pelo PIMENTA. Os contratos terão validade de um ano, no Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), com salários variando de R$ 1,2 mil a 8 mil, a depender da carga horária e do cargo. São 31 vagas para médicos e 50 para enfermeiros e técnicos.

De acordo com o edital, são 23 vagas para o cargo de técnico enfermagem. Os profissionais contratados vão atuar nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), com salário de R$ 1,2 mil para 40 horas semanais de trabalho. Para o cargo de enfermeiro, são 27 vagas e salário de R$ 2.265,64 para 40 horas semanais.

Para o cargo de médico, as vagas são para psiquiatra (2) e obstetra (4), com salário de R$ 4.325,16 para 20 horas semanais; ginecologista (4) e pediatra (5), com remuneração de R$ 4 mil para 20 horas de trabalho. Ainda para o cargo de médico, são oferecidas outras 16 vagas para clínico  geral, com salário de R$ 8 mil para 40 horas semanais. :: LEIA MAIS »

ESTUDANTE DE MEDICINA, MISS ILHÉUS GABRIELA VIEGAS É ENCONTRADA MORTA

Gabriela Viegas foi encontrada morta em Minas, neste sábado (4)

A miss Ilhéus 2018, Gabriela Viegas, foi encontrada morta neste sábado (4), em Belo Horizonte, Minas Gerais. Ela estudava Medicina pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e estava noiva do consultor fitness Lucas Ferrara. “Gabriela Viegas acaba de perder a batalha contra a depressão. Meus sinceros sentimentos aos amigos, família e a todos os amantes do mundo miss que sofrem ao descobrir da pior maneira que suas deusas não estão imunes a esta triste doença. Descanse em paz”, afirmou missólogo Ricardo Mello.

Gabriela era ativa nas redes sociais, e a última foto que ela postou foi em uma praia, há seis dias. O coach de misses Maycom Soares lamentou a morte da amiga, que sofria depressão. “Hoje eu perdi a amiga mais querida que eu tinha, que mais se preocupava comigo. Ela me amava do jeito que sou, não me julgava, só me amava. Qualquer dorzinha que eu tinha, ligava para ela. Ela sempre me ajudava. Ela foi a miss mais miss que eu tive. Mais grata, mais humana, mais solidária. O que farei da minha vida sem os conselhos dela, sem o amor dela?”.

O velório de Gabriela será neste domingo (5), a partir das 16h, no SAF, na Conquista, em Ilhéus, e será aberto ao público. O sepultamento está marcado para a manhã desta segunda-feira (6). Redação Pimenta com Correio24h.

ILHÉUS: HOSPITAL COSTA DO CACAU FAZ MAIS DUAS CAPTAÇÕES DE CÓRNEAS

Hospital Costa do Cacau fez mais captações de córneas neste final de semana

A Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, fez, na sexta-feira (26) e no sábado (27), mais duas captações de córneas, autorizadas pelos responsáveis legais dos doadores.

Silvana Batista, coordenadora da CIHDOTT, lembra que o hospital já integra a rede, contribuindo para que as pessoas inscritas na lista de espera na Bahia e nos demais estados tenham acesso o mais breve possível a este nobre gesto de amor, que é o transplante. “É importante que a pessoa manifeste em vida o desejo de se tornar uma doadora”.

A captação de córneas no Costa do Cacau é feita por equipe própria, composta pelos enfermeiros Silvana Batista e Ronaldo Vidal. “Ter uma equipe própria é fator determinante para dar celeridade ao processo, permitindo que mais captações sejam concretizadas na região, com maior frequência e diminuindo a fila de espera por este transplante na Bahia. As córneas serão transplantadas para as primeiras pessoas compatíveis que estão aguardando em lista única da Central de Transplantes da Bahia”, afirmou Ronaldo Vidal.

A equipe do Serviço Social também é fundamental no processo da doação, pois o contato com a família do doador nesse momento difícil é bastante delicado. “Entendemos o momento de dor que enfrenta a família do doador, e há muitas dúvidas que são esclarecidas através dos assistentes sociais, que conversam sobre as etapas da captação, sem esquecer, claro, de respeitar o momento de cada familiar”, concluiu a coordenadora da CIHDOTT.

ACIDENTE DE TRABALHO NO BRASIL MATA UMA PESSOA A CADA 3 HORAS E 40 MINUTOS

Acidente do trabalho causou mais de 17 mil mortes em sete anos || Foto Elza Fiúza/AB

O Brasil registra uma morte por acidente de trabalho a cada 3 horas e 40 minutos.De acordo com o Observatório Digital de Segurança e Saúde do Trabalho, entre 2012 de 2018 foram contabilizados 17.200 falecimentos em razão de algum incidente ou doença relacionados à atividade laboral. Neste domingo, é comemorado o Dia Mundial e Nacional de Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças de Trabalho, uma data criada para alertar a sociedade sobre o problema.

No comparativo por anos, houve queda nos registros, com 2.659 casos em 2014; 2.388 em 2015; 2.156 em 2016; 1.992 em 2017; e 2.022 em 2018. Já os acidentes de trabalho são mais frequentes e ocorrem a cada 49 segundos. No mesmo período, foram registrados 4,7 milhões incidentes deste tipo, conforme o Observatório.

Os tipos de lesão mais comuns foram corte e laceração, com 734 mil casos (21%). Em seguida, vêm fraturas, com 610 mil casos (17,5%), contusão e esmagamento, com 547 mil (15,7%), distorção e tensão, com 321 mil (9,2%) e lesão imediata, com 285 mil (8,16%). As áreas mais atingidas foram os dedos (833 mil incidentes), pés (273 mil), mãos (254 mil), joelho (180 mil), partes múltiplas (152 mil) e articulação do tornozelo (135 mil).

:: LEIA MAIS »

COSTA DO CACAU FAZ CAPTAÇÕES DE CÓRNEAS E AJUDA A DIMINUIR FILA DE TRANSPLANTE

Hospital Costa do Cacau fez captações de córneas nesta semana

Profissionais da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, realizaram nesta semana duas captações de córneas na unidade. Os processos foram iniciados após autorização das famílias dos doadores M. M. S, de 44 anos, e A.F.C, 67 anos.

Para que a captação seja feita é realizado um rigoroso controle em todo o processo. Os enfermeiros  Silvana Batista e Ronaldo Vidal, da CIHDOTT, explicam que, para o procedimento se tornar possível, o doador deve ter entre dois e 70 anos de idade e não apresentar enfermidades como Hepatites B e/ou C, HIV (AIDS) e enfermidades infectocontagiosas transmissíveis por meio do transplante, além da morte não ter sido por causa desconhecida.

Segundo a enfermeira Silvana Batista, a unidade faz buscas ativas diariamente nos setores do Hospital Costa do Cacau. Esse trabalho é para alertar os profissionais, observa, “para que os casos possíveis de doação sejam comunicados imediatamente à comissão e iniciem o processo de avaliação e contato com a família”. O contato com os familiares, acrescenta, é feito pela equipe do Serviço Social.

POSSIBILIDADE DE AMENIZAR O SOFRIMENTO

A captação de órgãos e os transplantes, afirma Silvana, se apresentam como uma possibilidade viável e eficaz de amenizar o sofrimento e a morbidade de pessoas com ​doenças graves. Nesse processo, o assistente social é de fundamental importância. É esse profissional que acolhe, orienta e realiza a entrevista ​com os familiares que desejarem doar. :: LEIA MAIS »

MÉDICA ALERTA QUE HIPERTENSÃO ARTERIAL NO DIABÉTICO EXIGE CONTROLE MAIS RÍGIDO

Cuidados ajudam a reduzir riscos|| Foto Divulgação

A hipertensão arterial exige mais cuidados nas pessoas com diabetes porque a doença representa mais um fator de envelhecimento vascular, que predispõe a Acidente Vascular Cerebral (AVC), enfarte. Por isso, foram definidos novos parâmetros para a hipertensão no diabético – 13/8 – que deve ser mais baixo do que o padrão aceitável para a população em geral: 14/9, segundo a cardiologista Lucélia Magalhães.

Lucélia Magalhães, que integra a equipe do Centro de Atenção Especializada, da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), destaca que o tratamento da hipertensão, além dos medicamentos – é muito importante seguir a prescrição médica, quanto às doses e horários – passa também por cuidados na alimentação, que exigem ainda mais atenção nos diabéticos. A médica reforça que os cuidados devem ser redobrados.

ALIMENTAÇÃO POBRE EM GORDURAS

De acordo com a cardiologista, a alimentação deve ser pobre em sódio (sal) e gorduras. Lucélia Magalhães explica que o diabético tem mais possibilidade de desenvolver ateromas (placas de gordura) e rica em fibras. Ela ressalta que é muito importante também evitar os carboidratos simples (representado pelos açúcares). Estima-se que entre 30 a 40% dos diabéticos apresentam hipertensão arterial.

Os cuidados com a alimentação, segundo a especialista, são muito importantes para manter a glicemia sob controle, porque o diabetes descompensado aumenta o risco de complicações vasculares. E se o paciente é hipertenso, o risco é em dobro.

:: LEIA MAIS »

OMS APONTA EXPLOSÃO DE CASOS DE SARAMPO EM TODO O MUNDO EM 2019

OMS aponta explosão do número de casos de sarampo no mundo || Divulgação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que o número de casos de sarampo no mundo aumentou cerca de 300% no primeiro trimestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2018.

Dados preliminares divulgados pela OMS indicam que foram registrados mais de 112 mil casos de sarampo em 170 países nos três primeiros meses de 2019. A entidade informou que os recentes surtos da doença causaram muitas mortes, principalmente de crianças.

Os casos de sarampo na África aumentaram em aproximadamente 700%, em comparação ao mesmo período do ano passado. Na Europa, o crescimento foi de 300%, apesar do uso de vacinas na região ser mais difundido.

Segundo a OMS, o sarampo é quase totalmente evitável por meio de duas doses de uma vacina segura e eficaz. Mas a organização afirmou que somente 67% da população mundial tomaram a segunda dose.

A OMS aconselha que as pessoas tomem as duas doses da vacina. A organização também pede que os países garantam que todas as crianças sejam vacinadas, uma vez que o sarampo pode afetá-las mais duramente.

ITABUNA: APÓS ACORDO COM O MPT, HOSPITAL DE BASE ABRE 72 VAGAS EM PROCESSO SELETIVO

Hospital de Base de Itabuna faz processo seletivo com 72 vagas

Após acordo judicial firmado com o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Hospital de Base de Itabuna abriu 72 vagas para contratação de médicos e cirurgiões dentistas. Os salários variam de R$ 5 mil a R$ 13,4 mil, a depender da carga horária e da especialidade. As inscrições são apenas presenciais e devem ser feitas no hospital, no Loteamento Nossa Senhora das Graças, em Itabuna.

Pelo acordo judicial, os profissionais serão contratados pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (Fasi) em regime celetista. O contrato, de acordo com o MPT e o edital da seleção pública, terá duração de 22 meses, podendo ser prorrogado por igual período.

O acordo para o processo seletivo foi feito após o MPT ingressar com uma ação de execução de termo de ajuste de conduta que vinha sendo descumprido havia anos pelo município. O MPT concordou em reduzir drasticamente os valores que a Fasi deveria pagar à sociedade em multas por descumprimento do TAC assinado em 2010 caso a Fundação se comprometesse a substituir os contratos pejota por contratos temporários enquanto providencia a contratação efetiva dos profissionais de saúde como servidores efetivos.

CLIQUE E CONFIRA EDITAL COMPLETO

No TAC, segundo o procurador do MPT Ilan Fonseca, responsável pelo caso, havia previsão de pagamento de multa de R$20 mil por cada um dos itens descumpridos. “O ajuste de conduta tratava da obrigação de manter o pagamento dos salários em dia e o recolhimento de contribuições e demais obrigações trabalhistas, mas houve um claro e incontestável descumprimento, o que nos fez ingressar na Justiça. Mas para evitar um prejuízo ainda maior à sociedade, concordamos em converter a maior parte dessa multa em obrigação de substituir os contratos PJ por contratos temporários até o concurso”, explicou.

SEM CONCURSO PÚBLICO

O acordo foi negociado entre o MPT e a Fasi e foi homologado na 1ª Vara do Trabalho de Itabuna. Nele, ficou decidido que a Fasi publicaria o edital para contratação pela CLT em regime temporário de médicos e cirurgiões dentistas. A contratação do servidor por meio de contratos temporários se deve à inexistência de legislação municipal prevendo cargos públicos para médicos a serem preenchidos pela Fasi e pela situação irregular de contratação de pessoas jurídicas, em desacordo com as regras celetistas. :: LEIA MAIS »

QUEM DESEJA PAZ, CULTIVA JUSTIÇA

Davidson Magalhães

 

Na pedra fundamental da sede da OIT, erguida às margens do Lago Léman, na Suíça, está grafada uma frase em latim que bem orienta nossos passos por um trabalho centrado no bem-estar do ser humano, cujo benefício é a paz mundial: “Si vis pacem, cole justiciam” (Se deseja paz, cultive justiça).

 

Imagine o mundo do trabalho sem folga nos finais de semana, sem jornada diária de oito horas ou mínimas condições de saúde e segurança, com exploração de trabalho escravo ou infantil, sem a mínima proteção para trabalhadores vulneráveis ou grávidas.

Estas e outras conquistas sociais são resultado de 100 anos de ações da Organização Internacional do Trabalho (OIT), agência multilateral da Organização das Nações Unidas (ONU), criada em 28/06/1919, por ocasião da assinatura do Tratado de Versalhes, que encerrou oficialmente a I Grande Guerra.

A Bahia também comemora com extensa programação (dia 11, 15 h, Teatro Castro Alves) o centenário da instituição que norteia nossa jurisprudência, com status supralegal e validade jurídica submetida à Constituição da República; cujo texto conduz à centralidade do trabalho como direito social umbilicalmente ligado à salvaguarda da dignidade humana.

Na Bahia, o Trabalho Decente tornou-se uma estratégia de desenvolvimento. A redução das disparidades, o combate a condições laborais degradantes e a inserção de grupos vulneráveis em ocupações de qualidade motivaram o Governo da Bahia, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), a mobilizar trabalhadores, empregadores e sociedade civil para a criação da Agenda Bahia do Trabalho Decente (ABTD), em 2007.

O Trabalho Decente é alicerce básico para a superação da pobreza e redução das desigualdades, garantia da
governabilidade democrática e o desenvolvimento sustentável. O conceito inclui não apenas o trabalho formalizado, mas igualmente o subcontratado, terceirizado ou autônomo, em domicílio ou na informalidade, em cooperativas ou associações.

A Setre criou, em 2011, o Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad) para captação de recursos que implementem os nove eixos prioritários: Erradicação do Trabalho Infantil, Erradicação do Trabalho Escravo, Saúde e Segurança do Trabalhador, Promoção da Igualdade da Pessoa com Deficiência, Promoção da Igualdade de Gênero e Raça, Trabalho Doméstico, Juventude, Serviço Público e Empregos Verdes. De lá para cá, já foram investidos R$ 10,4 milhões beneficiando milhares de pessoas.

O Funtrad é um dos instrumentos de resistência à pauta trabalhista regressiva dos anos mais recentes. Tivemos a
Reforma Trabalhista e o fim do Ministério do Trabalho, e a recente MP 873 que, no mesmo compasso desastroso, enfraquece os sindicatos.

Para piorar o que já está ruim, bate à porta do Brasil a Reforma da Previdência, com reflexos fatais na vida de todos, particularmente dos mais necessitados. Alguns dos direitos e garantias laborais universais conquistados ao longo de décadas correm o risco de descarte oficial no país.

Por outro lado, 100 anos após a criação da OIT, estamos diante de um novo e inusitado desafio no mercado de trabalho, qual seja o de enfrentar as mudanças provocadas pela revolução da indústria 4.0 no limiar do século XXI.

O Governo da Bahia sinaliza claramente a intenção de enfrentamento dessa nova era. Por isso, a Agenda Bahia do Trabalho Decente se fortalece e amplia suas ações, em busca de melhores condições, qualidade e renda; para uma vida mais digna, com saúde, segurança, educação, alimentação, lazer e moradia, para todos os baianos.

Torna-se oportuno, neste momento de centenário da OIT, uma profunda reflexão sobre os seus postulados de origem, que o Brasil sempre assimilou: a salvaguarda dos direitos sociais como o caminho mais seguro para a paz duradoura.

Na pedra fundamental da sede da OIT, erguida às margens do Lago Léman, na Suíça, está grafada uma frase em latim que bem orienta nossos passos por um trabalho centrado no bem-estar do ser humano, cujo benefício é a paz mundial: “Si vis pacem, cole justiciam” (Se deseja paz, cultive justiça).

Davidson Magalhães é secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e suplente de senador pela Bahia.

TRF1 MANTÉM CONDENAÇÃO E SUSPENDE DIREITOS POLÍTICOS DO PREFEITO DE EUNÁPOLIS

Robério teve condenação mantida pelo TRF1 || Foto Divulgação

O prefeito de Eunápolis, no extremo-sul da Bahia, José Robério Batista de Oliveira (PSD), teve a apelação negada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) no caso em que foi condenado por improbidade administrativa por uso de verba do Ministério da Saúde para abastecer veículos particulares e um trio elétrico da empresa do gestor.

O acórdão com a decisão do TRF1 foi publicado no último dia (29) e mantém na íntegra a decisão da Justiça Federal de Eunápolis, que em 15 de dezembro de 2011 condenou Oliveira a perda dos direitos políticos por cinco anos, sentença válida também para o secretário de Saúde à época, Josemar Marinho Siquara.

No TRF1, Oliveira tem como defensor o advogado Alexandre Kruel Jobim, para quem “a decisão foi equivocada”. O advogado informou que “haverá recurso contra a decisão, já que o Prefeito José Robério não teve nenhuma participação, direta ou indireta, nos fatos tidos como ímprobos nem houve qualquer dano ao erário público”. Oliveira continua no cargo.

Na mesma sentença, fruto de uma ação de improbidade administrativa de autoria do Ministério Público Federal (MPF), a empresa GPM Mercantil Derivados de Petróleo (Posto Maioral, pertencente a Geraldo Brito Nunes) foi condenada a proibição de contratar com o poder público por cinco anos.

No Posto Maioral, os veículos, conforme observou o juiz federal José Alexandre Franco, relator do acórdão e cujo voto foi acompanhado em unanimidade pelos juízes da 3ª Turma do TRF1, eram abastecidos sem seguir o procedimento correto pela Prefeitura, com emissão de requisições, nota fiscal e em veículos credenciados.

“Todavia, verifica-se do compulsar dos autos que não havia uma obediência ao regramento de controle de aplicação da verba pública. Eram emitidos bilhetes de próprio punho [inclusive pelo próprio gestor], sem nenhum timbre ou formalidade, determinando o abastecimento de determinado veículo”, escreveu o juiz. Confira a íntegra no Correio24h.

AÇÕES EM ITABUNA LEMBRAM CUIDADOS COM A SAÚDE DOS RINS

O Setor de Hemodiálise da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna promoverá, nesta quinta (14), ações para lembrar o Dia Mundial do Rim, uma ação interna no Hospital Calixto Midlej Filho. O “Bloquinho dos Rins“ fará a panfletagem de setor em setor do hospital, levando informações e conscientizando os colaboradores sobre os cuidados com a saúde dos rins.

Após a panfletagem na manhã desta quinta, o bloquinho passará pela Unidade de Saúde Ubiratan Moreira, na Vila de Itamaracá. A programação será encerrada na parte da tarde, com a Caminhada Renal, marcada para as 15h, com saída do Jardim do Ò, centro de Itabuna. A Santa Casa de Misericórdia é referência em serviços de diálise e transplante renal da nossa região.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), cerca de 850 milhões de pessoas tem algum tipo de problema renal. A Doença Renal Crônica (DRC), de acordo com a entidade, causa, pelo menos, 2,4 milhões de mortes por ano, com uma taxa crescente de mortalidade.

MORTALIDADE

A Injúria Renal Aguda (IRA), um importante fator de risco para DRC, afeta mais de 13 milhões de pessoas no mundo, sendo que 85% desses casos ocorrem em países de baixa e média renda. Estima-se que cerca de 1,7 milhão morram anualmente por causa da IRA no mundo.

É importante considerar que a DRC e a IRA são condições impactantes para o aumento da morbidade e mortalidade de outras doenças, em função dos seus fatores de risco, como diabetes e hipertensão, e da presença de infecções por hepatites, HIV, malária e tuberculose presente em muitos lugares do mundo. Em crianças, a DRC e a IRA também implicam em uma morbidade e mortalidade significativas.

“OLHO PREGUIÇOSO”: AMBLIOPIA PODE AFETAR VISÃO DA CRIANÇA, MAS TEM TRATAMENTO

Bernardo Almeida: ambliopia tem tratamento

A ambliopia é uma redução da visão que ocorre porque o cérebro ignora a imagem recebida de um dos olhos. É um caso muito comum, que geralmente acomete crianças a partir dos quatro anos de idade. Também conhecido como olho preguiçoso, a redução causa um desvio ou desalinhamento de um olho e pode provocar alguns problemas de visão, como rápida perda de acuidade visual, perda de visão binocular, provocando incapacidade de medir a profundidade, e risco aumentado de perda de visão no olho mais forte.

Bernardo Almeida, médico especialista em oftalmologia geral e catarata do Hospital DayHorc, do Grupo Opty em Itabuna, diz que a perda da visão causada pela ambliopia pode ser permanente, “caso o distúrbio não seja diagnosticado e tratado antes dos oito anos de idade”.

Uma causa comum desse tipo de problema é um erro refrativo (miopia/hipermetropia ou astigmatismo) que seja maior em um dos olhos. “Ocorre uma informação descombinada, sendo que a precedência de um dos olhos faz com que o cérebro ignore a informação do outro”, conta.

De um modo geral, tudo o que cause algum tipo de desequilíbrio visual pode também provocar ambliopia, como as cataratas na infância, lentes turvas, diferenças de forma ou de tamanho e outras anomalias anatômicas ou estruturais. O médico Bernardo Almeida alerta que, quanto mais cedo se descobre e trata um olho preguiçoso, as chances de sucesso são melhores.

Para tratar o problema, o primeiro passo é corrigir o olho preguiçoso, ou seja, corrigir problemas de visão. “O tratamento é feito através de óculos com lentes específicas para corrigir o foco do olho mais fraco. O mais provável é que seja necessário tapar o olho saudável por algum tempo, de modo a fortalecer o olho afetado”, explica o especialista do Hospital DayHorc, de Itabuna.

Ainda segundo ele, depois é preciso treinar a ligação olho-cérebro. Na maioria dos casos, os oftalmologistas bloqueiam o olho mais forte para treinar o cérebro para começar a reconhecer a imagem do olho amblíope ou preguiçoso.

A correção da ambliopia, observa Bernardo Almeida, não corrige problemas de estrabismo, o que mantém os olhos desalinhados. Neste caso, é indicada a cirurgia dos músculos do olho.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia