WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe
nota premiada prefeitura ilheus





janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘saúde’

ANS SUSPENDE VENDA DE 41 PLANOS DE SAÚDE

ANS suspendeu vendas de 41 planos de saúde || Foto Reprodução

ANS suspendeu vendas de 41 planos de saúde || Foto Reprodução

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu, nesta sexta (1º), a venda de 41 planos de saúde comercializados por 10 operadoras. A medida decorre de reclamações de usuários feitas no segundo trimestre deste ano em relação à cobertura assistencial, como negativas e demora no atendimento.

A proibição das vendas começa a valer no dia 8 de setembro. As mais de 175 mil pessoas que já são atendidas por esses planos deverão continuar a ser assistidas por eles, segundo a agência. Caso as operadoras não garantam a cobertura, elas poderão ser multadas.

A lista completa dos planos que tiveram as vendas suspensas, está disponível no site da ANS. Nele, os beneficiários também podem consultar informações sobre cada operadora, a fim de saber quais tiveram planos suspensos ou reativados e como está a situação deles.

CONFIRA LISTA DOS PLANOS SUSPENSOS

As operadoras que tiveram planos suspensos neste ciclo de avaliação foram Salutar Saúde Seguradora S/A, Unimed Norte/Nordeste – Federação Interfederativa das Sociedades Cooperativas de Trabalho Médico, Caixa de Assistência à Saúde (CABERJ), Caixa de Previdência e Assistência dos Servidores da Fundação Nacional de Saúde (CAPESESP), Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas, Sociedade Assistencial Médica e Odonto Cirúrgica (SAMOC S.A), Sociedade Cooperativa Cruzeiro – Operadora de Planos de Saúde Sociedade Cooperativa, Unimed-Rio Cooperativa de Trabalho Medico do Rio de Janeiro; GS Plano Global de Saúde LTDA. e Green Life Plus Planos Médicos LTDA.

Ao todo, foram recebidas 15 mil reclamações, das quais mais de 13 mil impactaram a avaliação desses planos. A maior parte delas (43,7%) foi em relação ao gerenciamento de ações, tais como autorizações prévias e cobrança de coparticipação.

:: LEIA MAIS »

ANVISA SUSPENDE VENDA E USO DE LOTES DE PARACETAMOL E AMOXICILINA

Anvisa suspende lote de medicamentos

Anvisa suspende lote de medicamentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a comercialização de um dos lotes de Paracetamol e do antibiótico Amoxil BD (amoxicilina tri-hidratada). Os medicamentos serão retirados do mercado.

A suspensão da distribuição, comercialização e uso será aplicada ao lote 0130/16 da versão genérica do Paracetamol solução oral 200mg/mL, válido até março de 2018, do laboratório Hipolabor Farmacêutica.

De acordo com a agência, o medicamento apresentou problemas em uma análise que foi realizada e teve “resultado insatisfatório no ensaio de análise de aspecto, por apresentar material sólido”.

Em nota, a farmacêutica informou que o lote já foi recolhido. “A empresa vai tomar as medidas necessárias para apurar se a alteração no aspectos do medicamento foi ocasionada por armazenamento em condições inadequadas.”

O medicamento Amoxil BD, nas apresentações 200 mg/5ml e 400mg/5ml, foi recolhido de forma voluntária pela empresa Glaxosmithkline Brasil, que comunicou o procedimento à agência. A reportagem entrou em contato com a empresa, mas ela ainda não se manifestou.

RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA LEVA SERVIÇOS PARA MORADORAS DE URUÇUCA

Programa inicia atendimento em Uruçuca

Programa inicia atendimento em Uruçuca nesta quinta-feira (24)

O programa Saúde sem Fronteira Rastreamento do Câncer de Mama atende as moradoras de Uruçuca desta quinta-feira (24) a 1º de setembro. De acordo com a secretária de Saúde do município, Domilene Borges, a meta é atender 1.169 mulheres, na faixa etária de 50 a 69 anos.

Na sede, o procedimento será feito em uma unidade móvel, na Praça Régis Pacheco, até o dia 31 deste mês. Na Vila de Serra Grande, o mutirão será nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, na Praça Pedro Gomes. O horário de atendimento será das 7h às 12h e das 14h às 17h.

O prefeito Moacyr Leite Júnior destaca que a realização do exame é muito importante. “Eu fico muito feliz em poder fazer parcerias que proporcionem melhor qualidade de vida para nossa população”, disse o prefeito. Para ser atendida, a mulher deve levar um documento de identidade, Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de endereço.

TRATAMENTO

O Saúde sem Fronteiras é um programa que tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento.

Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia. O programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

ATO CONTRA O FECHAMENTO DO SÃO LUCAS REÚNE ESTUDANTES E CLUBES DE SERVIÇO

Manifestantes foram às ruas contra fechamento de hospital || Foto Pimenta

Manifestantes foram às ruas contra fechamento de hospital || Foto Pimenta

Estudantes, trabalhadores da área de saúde, vereadores e representantes de clube de serviço foram às ruas do centro de Itabuna, nesta tarde de quinta (17), em mais uma atividade de mobilização contra o fechamento do Hospital São Lucas, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Após concentração no Jardim do Ó, os manifestantes seguiram em passeata pela Cinquentenário, com uma parada na Praça Adami. A atividade foi encerrada há pouco.

Exibindo faixas e cartazes, os manifestantes pediam a manutenção do São Lucas. A unidade médico-hospitalar possui cerca de 170 funcionários e presta mais de 26 mil atendimentos ao ano a pacientes de 127 municípios da Bahia e de parte de Minas Gerais e Espírito Santo.

Durante a passeata desta quinta, o tesoureiro da subsecção itabunense da OAB, Rui Carlos Rodrigues, lamentava a ameaçava de fechamento do hospital, enquanto bilhões de reais são torrados pela corrupção no país.

A entidade está entre as representações que participam da campanha pela manutenção do São Lucas. João Evangelista, dirigente do Sintesi, que representa os trabalhadores, observa que o hospital já empregou 220 trabalhadores. Hoje, possui cerca de 170.

Mosaico forma palavras de ordem contra fechamento do São Lucas || Foto Pimenta

Mosaico forma palavras de ordem contra fechamento do São Lucas || Foto Pimenta

FECHAMENTO ANUNCIADO

O fechamento do São Lucas é iminente. Em abril deste ano, a Provedoria da Santa Casa informou que o déficit mensal da unidade atingia R$ 180 mil, o que tornava inviável a sua manutenção. Durante reunião com a secretária de Saúde de Itabuna, Lísias Miranda, e representantes do Ministério Público Estadual (MP-BA), o hospital apresentou os dados financeiros.

Naquela reunião, ficou decretada a “descontinuidade” dos serviços e o consequente fechamento do Hospital em outubro. A mobilização de clubes de serviços e sindicatos visa evitar que o São Lucas feche as portas. Reuniões e audiências públicas na Câmara de Vereadores foram realizados, mas sem solução até agora.

UPA

O município não acena com mais recursos para o hospital, que atende unicamente a pacientes do SUS. Para atenuar os efeitos do fechamento do São Lucas, acenou ao Ministério Público Estadual com a abertura da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Monte Cristo antes do prazo final para fechamento do São Lucas, que é outubro. Também ampliaria o atendimento médico-hospitalar do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Já o Estado, ofereceu a possibilidade de gestão compartilhada. A questão não avançou.

CAMINHADA EM DEFESA DO HOSPITAL SÃO LUCAS

Entidades mantêm mobilização contra fechamento do São Lucas

Entidades mantêm mobilização contra fechamento do São Lucas

O movimento em defesa do Hospital São Lucas fará um novo ato público, nesta quinta (17). Clubes de serviço, funcionários e a irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna fazem caminhada na Avenida do Cinquentenário. A concentração começará às 14 horas, no Jardim do Ó.

O hospital corre risco de fechamento. A provedoria da Santa Casa alega um déficit mensal superior a R$ 180 mil. O São Lucas prestou 26,6 mil atendimentos de pronto-socorro no ano passado, além de registrar 2.618 internamentos e 1.729 consultas ambulatoriais em 2016.

ESTADO É CONDENADO POR IRREGULARIDADES TRABALHISTAS NO CLÉRISTON ANDRADE

Emergência do Clériston Andrade, em Feira.

Emergência do Clériston Andrade, em Feira.

O Governo do Estado foi condenado em ação civil pública a pagar indenização por danos morais coletivos de R$5 milhões, após comprovação de que o ambiente de trabalho do Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, oferecia riscos à saúde dos funcionários. A ação foi movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia, pelo Ministério Público Federal (MPF) e pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), após denúncias de trabalhadores. A sentença já transitou em julgado e por isso não cabe mais recurso.

Para a procuradora do trabalho Annelise Leal, que representou o MPT na ação, “o Estado tinha o dever de resguardar a integridade física e a saúde dos trabalhadores, oferecendo segurança, protegendo os objetivos constitucionais da dignidade da pessoa humana e do valor social do trabalho, fundamentos do Estado Brasileiro. Mas não fez isso, cometendo assim ato ilícito, já que colocou em risco a saúde e a vida de seus funcionários”. Ela informa que o Governo do Estado tem 120 dias para cumprir todos os itens da sentença e que o MPT já vai iniciar o processo de execução para cobrar o pagamento da indenização, que deve ser feita por precatório.

A sentença de primeira instância foi proferida pelo juiz Gilber Santos Lima, da 6ª Vara do Trabalho de Feira de Santana, em outubro do ano passado. O Estado recorreu, mas a Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho negou o recurso ordinário e manteve o teor da sentença, que condenou o Governo do Estado a regularizar a coleta e o armazenamento dos resíduos do hospital, a não voltar a manter os materiais em outro espaço e a fazer a separação devida, sob multa diária de R$500 por item descumprido.

A indenização por danos morais coletivos de R$5 milhões deverá ser depositada pelo Estado no Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad), fundo estadual destinado a financiar projetos de capacitação e promoção de relações de trabalho dignas. :: LEIA MAIS »

VISTA EMBAÇADA PODE SER PROBLEMA GRAVE DE VISÃO, ALERTA MÉDICO

Vista embaçada pode sinalizar problema grave na visão

Vista embaçada pode sinalizar problema grave na visão

Nogueira alerta para cuidados com a visão

Nogueira alerta para cuidados com a visão

A vista embaçada pode ser sinal de “problemas muito graves na visão”, alerta o médico oftalmologista Antônio Nogueira. O paciente pode até considerar normal, por causa do cansaço do dia a dia, mas o embaçamento também pode ter relação com doenças como catarata, uveite, deslocamento da retina ou até “olho seco”, segundo o especialista.

De acordo com Nogueira, o problema pode ter relação também com quadro de diabetes ou de hipertensão, que também deixa a vista “cansada”.

Para identificar o que realmente ocorre, o médico orienta consultas regulares. “O olho seco que causa embaçamento transitório costuma ser solucionado com a própria piscada, que lubrifica os olhos. Porém, em algumas situações o olho seco pode permanecer por mais tempo e incomodar muito, sendo necessário uso de colírio lubrificante”, diz.

Para o médico, que também é diretor técnico do Cenoe Hospital de Olhos, “qualquer mínimo detalhe não pode passar em branco” quanto à saúde ocular. Segundo ele, “o ideal, ao menor sinal de anormalidade, é procurar um oftalmologista, e em caso de diagnóstico precoce, a chance de um tratamento mais efetivo é muito maior”.

FRIO AUMENTA CASOS DE CONJUNTIVITE ALÉRGICA; VEJA COMO AGIR

Médica alerta para sintomas e cuidados com a conjuntivite alérgica || Imagem DayHorc

Médica alerta para sintomas e cuidados com a conjuntivite alérgica

A mudança do clima favorece o aparecimento de sintomas alérgicos, dentre eles a conjuntivite alérgica, nome dado à inflamação da conjuntiva. A doença é provocada em muitos casos por ácaros e fungos presentes nas roupas pesadas de inverno e que não passaram pela higienização correta após longos meses guardados em ambientes escuros e fechados.

Os principais sintomas da conjuntivite alérgica são olho vermelho, edema nas pálpebras e coceira. De acordo a oftalmologista Isabela Guimarães, do DayHorc, outra característica bastante comum dessa doença é apresentação dos sintomas nos dois olhos ao mesmo tempo, enquanto nos outros tipos manifestam sintomas em um olho e depois no outro.

Segundo ela, não há risco de transmissão da conjuntivite alérgica e não é preciso separar toalhas e artigos de higiene pessoal. “A diferença é que este tipo de conjuntivite não é contagioso, ou seja, não há risco de surto”, esclareceu.

Quanto aos outros tipos de conjuntivite, como os causados por bactérias ou vírus, a especialista faz uma recomendação. “ É muito importante procurar um especialista, assim que surgirem os primeiros sintomas: coceira, olhos vermelhos, sensibilidade à luz, sensação de areia nos olhos, edema das pálpebras e secreção”.

Só o médico, alerta Isabela, poderá dizer qual é o tipo de conjuntivite e indicar o melhor tratamento. A automedicação, observa, nunca é recomendada. “As pessoas se esquecem de que colírio também é remédio”, complementa.

Veja algumas dicas da oftalmologista

– Tirem do armário os casacos e coloque no sol para tirar os ácaros, provocadores da reação alérgica.
– Mantenha os ambientes ventilados.
– Lave as mãos com freqüência e evite coçar os olhos.
– Não encoste o frasco das pomadas e colírios nos olhos e lave as mãos antes a após aplicá-los.
– Evite a exposição a agentes irritantes (fumaça) e alérgenos (como os ácaros e o pólen das flores) que podem causar conjuntivite.
– Não use lentes contato enquanto estiver com conjuntivite ou em uso de colírios ou pomadas.
– Procure um médico, assim que surgirem os sintomas: coceira, olhos vermelhos, sensibilidade à luz, sensação de areia nos olhos, edema das pálpebras e secreção.
– Faça limpeza com panos úmidos para remoção de poeira, principalmente no quarto de dormir, e do mofo, evite contato com pelo de animal, se for sensível, remova tapetes e tudo que possa favorecer a alergia.

UMA HISTÓRIA CONSTRUÍDA A MUITAS MÃOS

ericjrEric Ettinger Júnior

 

 

Não menos simbólico é a concretização deste sonho exatamente no ano que completamos 100 anos de fundação.

 

 

Itabuna completa 107 anos e a inauguração da UTI Pediátrica do Hospital Manoel Novaes neste 28 de julho reforça a minha convicção que a história da Santa Casa de Misericórdia se confunde com a própria história da cidade.

Nesta data, eu, que sou filho de Itabuna, nascido no Novaes, fico ainda mais orgulhoso de, ao lado do Governo Estadual e do Governo Municipal, entregar este presente: uma UTI que já nasce com o legado de ter sido construída a muitas mãos.

A Unidade é fruto do olhar empreendedor dos gestores da Santa Casa, do zelo pela saúde pública, das mãos solidárias do GACC e Instituto Ronald McDonald, do amor ao próximo do cidadão grapiúna. Não menos simbólico é a concretização deste sonho exatamente no ano que completamos 100 anos de fundação.

E, assim, junto aos meus colegas de Provedoria, a todo Corpo Clínico e de técnicos profissionais da instituição, seguimos com a missão de preparar a Santa Casa para os próximos 100 anos, mantendo foco em Itabuna, sempre.

Eric Ettinger Junior é provedor da Santa Casa de Itabuna.

CIGARRO, ÁLCOOL E HPV AUMENTAM RISCO DE CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

JULHOVERDEA prevenção ao tabaco, a bebidas alcoólicas e ao papilomavírus (HPV) faz parte do alerta do Julho Verde, mês em que são reforçadas as campanhas contra o câncer de cabeça e pescoço. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que mais de 10 mil pessoas tenham morrido de câncer de laringe e cavidade bucal em 2015, de acordo com o levantamento mais recente.

Os tumores do câncer de cabeça e pescoço manifestam-se em lesões na boca, na faringe, na laringe e na tireoide. Não são classificados nessa modalidade de câncer os tumores no cérebro e nos olhos. Segundo Luiz Paulo Kowalski, diretor do Departamento de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Otorrinolaringologia do Hospital A.C. Camargo, a automedicação e a falta de diagnóstico correto fazem com que de 70% a 80% dos pacientes cheguem ao médico com a doença em estado avançado.

Os sintomas do câncer incluem lesões brancas ou vermelhas, feridas, caroços, incômodo para engolir, rouquidão, dor e desconforto, com duração maior que duas semanas. “São sintomas que se confundem com doenças comuns. No caso da doença comum, em duas semanas os sintomas desaparecem, com ou sem tratamento. O câncer vai se tornando cada vez pior, os sintomas só se agravam. Aí deve despertar a atenção, 15 dias é o ponto chave”, esclarece o médico.

No caso de doença avançada, os sintomas são dor, sangramento, perda de dentes e perda de peso. O diagnóstico precoce traz mais chances de cura ao paciente. Há 20 anos, a taxa média de cura era 50%. Atualmente, com o aumento do diagnóstico precoce e os tratamentos mais modernos, o índice subiu para 65% a 70%. Os tumores de tireoides têm ainda mais sucesso, com taxa de cura superior a 90%.

A taxa de incidência apurada no país este ano pelo Inca mostra que homens são os mais afetados por esse tipo de câncer. Para o câncer de laringe, foram 6.360 novos casos de homens e 990 casos em mulheres. O câncer da cavidade oral afetou 11.140 pacientes masculinos e 4.350 mulheres.

PREVENÇÃO

Evitar os principais fatores de risco, como o cigarro, são a mais importante forma de prevenção. Segundo o médico, os diversos componentes químicos da combustão do tabaco, com forte potencial cancerígeno, afetam a boca, a garganta e a laringe. “As pessoas que fumam um maço por dia, por 20 anos, têm risco de cinco a dez vezes maior que a pessoa que nunca fumou. Se beber, aumenta de 60 a 80 vezes esse risco”, adverte. :: LEIA MAIS »

O QUE O PROVEDOR DA SANTA CASA NÃO DISSE

raimundo santanaRaimundo Santana | jrssantana13@gmail.com

 

Ao propor manter o triênio e a produtividade apenas aos trabalhadores que hoje estão contratados, a Instituição busca baratear a mão de obra para, em um futuro próximo, demitir os trabalhadores hoje contratados.

Sobre a negociação coletiva 2017/2018 com a Santa Casa é imperativo registrar que a postura da comissão que representa a Santa Casa neste ano foi, desde o início, extremamente desrespeitosa, trazendo de volta à negociação pontos que já haviam sido objeto de consenso, para impedir que a negociação avançasse. Deixou claro o interesse em inviabilizar um entendimento no processo de negociação.

Estimulado pela publicidade do governo federal que entende ser possível convencer a população que a perda de direitos é boa, o provedor tenta convencer os trabalhadores da Santa Casa do mesmo absurdo. O que se vê é um processo de tentativa de barateamento da mão de obra, desprezando, assim, o valor do trabalho.

O objetivo da Santa Casa de Itabuna é claro. Ao propor manter o triênio e a produtividade, presentes nos salários dos trabalhadores há mais de 20 anos, apenas aos trabalhadores que hoje estão contratados, a Instituição busca baratear a mão de obra para, em um futuro próximo, demitir os trabalhadores hoje contratados, que, na opinião do Provedor, são caros, por uma mão de obra mais barata.

O SINTESI não vai admitir isso!

Essa história de crise da Santa Casa é uma alegação que não convence mais ninguém. Já foi dito por esse sindicato em mesa de negociação que a ação para estancar a crise, caso ela exista de fato, seria renegociar os valores dos contratos com os parceiros da Santa Casa, os que exploram os serviços lucrativos e são muito bem remunerados por eles. Retirar direitos de trabalhadores que recebem salários tão baixos não é a saída.

Raimundo Santana é dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi).

ILHÉUS ATENDE ORDEM E VACINARÁ CONTRA GRIPE APENAS GRUPOS PRIORITÁRIOS

Vacinação contra o vírus Influenza limita-se a grupos prioritários.

Vacinação contra o vírus Influenza limita-se a grupos prioritários.

A Secretaria de Saúde de Ilhéus decidiu atender a determinação do Estado e só irá iniciar a vacinação geral contra a gripe após atingir a meta de imunizar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários. Ontem (5), a secretária Elizângela Oliveira chegou a anunciar a adesão à determinação do Ministério da Saúde, mas à tarde o município resolveu cumprir às orientações da Secretaria Estadual da Saúde.

A Bahia está com a meta de vacinação abaixo do previsto. Assim como acontece em todo o território nacional. Em Ilhéus, chegou-se a 58,2%, vacinando 24.055 pessoas do público-alvo inicial da campanha.

Deste total, foram 5.199 crianças (42,22%), 1.755 trabalhadores da saúde (58,33%), 740 Gestantes (38,85%), 217 Puérperas (69,33%) e 12.255 idosos (63,41%). Os dados não incluem os portadores de doenças crônicas, ainda não computados pelo Sistema DataSus.

PÚBLICO-ALVO

Para atingir a meta prevista inicialmente com apenas o público-alvo da campanha, Ilhéus ainda precisa vacinar 41.109 pessoas. São crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses, mulheres de qualquer idade gestacional e puérperas no pós-parto até 45 dias.

FUMANTES SE CHOCAM COM DIAGNÓSTICO DE PARENTES

A plataforma SBT do Bem quer conscientizar a população sobre os danos que o cigarro causa à saúde com uma campanha para o Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado na quarta-feira (31).

Assinada pela Publicis, a ação tem veiculação nas plataformas do SBT e mostra um experimento social com a seguinte questão: “O que motivaria alguém a parar de fumar se nem sua própria saúde é suficiente?”

Na produção, fumantes vão ao médico e ouvem um diagnóstico com vários problemas de saúde por conta do cigarro. No entanto, a surpresa vem quando o médico informa que aqueles problemas foram causados pelo cigarro em outras pessoas, com proximidade ao fumante.

O insight se baseia em um dado da OMS que responsabiliza o fumo passivo por 600 mil mortes por ano no mundo. Fecha o filme a mensagem: “Não fume. Se não for pelo seu bem, que seja pelo bem de quem você mais ama.” Do site Propmark.

SANTA CASA DE ITABUNA EM DESEQUILÍBRIO

raimundo santanaRaimundo Santana | jrssantana13@gmail.com

 

A influência desses profissionais aumentou na instituição, passando por um processo de loteamento dos setores lucrativos da Santa Casa de Itabuna, onde os parceiros também são médicos. O referido modelo de gestão sofre críticas severas de toda a sociedade, principalmente pelos resultados que produziu.

 

 

Já faz algum tempo que a Confederação Nacional das Santas Casas recomendou que as instituições, em nível nacional, inserissem nos seus estatutos cláusula impeditiva para que médicos fossem provedores das instituições. Tal orientação se deve a experiências malsucedidas de médicos/provedores que não conseguem compreender as Santas Casas no todo, e sim os seus próprios interesses.

Pois bem! Há algum tempo, a Santa Casa de Itabuna rompeu com esta orientação, excluindo tal cláusula impeditiva, para eleger um médico provedor.

Desde então, a influência desses profissionais aumentou na instituição, passando por um processo de loteamento dos setores lucrativos da Santa Casa de Itabuna, onde os parceiros também são médicos. É importante que se diga que o referido modelo de gestão sofre críticas severas de toda a sociedade, principalmente pelos resultados que produziu.

Estes mesmos parceiros hoje ocupam cargos de decisão politica e gestão econômica da instituição, em uma confusão administrativa em que, às vezes, fica difícil se definir quando agem defendendo os interesses da Santa Casa, ou os interesses de suas empresas “parceiras”.

Esse fato tem criado dificuldades na condução da negociação coletiva, pois a estrutura administrativa da Santa Casa só consegue enxergar os interesses dos médicos, levando o atual provedor a fazer pouco caso do processo de negociação coletiva, na data base da categoria, impondo aos trabalhadores um processo de mobilização e enfrentamento a essa situação.

Raimundo Santana é dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi).

DESAFIO CONTRA O SEDENTARISMO MOBILIZA 18 PAÍSES

DIA DO DESAFIOMais de 3,4 mil cidades em 18 países participarão da 23ª edição do Dia do Desafio, na próxima quarta-feira (31). A ideia é mobilizar a população contra o sedentarismo com uma competição saudável entre cidades. Ganha quem contabilizar o maior número de pessoas que tenham praticado, pelo menos, 15 minutos de atividade física entre a 0h e 21h do dia 31 de maio. No Brasil, participam 1.886 cidades.

O mote deste ano é a construção de microrredes para o incentivo da prática esportiva. “A proposta é que um amigo desafie outro, na família, no trabalho”, explicou Airton Oliveira, da gerência esportiva do Serviço Social do Comércio em São Paulo (Sesc-SP), entidade que coordena o evento no continente americano.

Depois de fazer a atividade, o praticante deve ligar para uma unidade do Sesc para que ela conte pontos para a cidade. Também é possível registrar a participação na página do Dia do Desafio no Facebook.

Segundo Oliveira, ao longo dos anos a conscientização sobre a importância da atividade física foi ganhando espaço entre a população, principalmente por causa das práticas ao ar livre.

“Temos visto as pessoas se apoderando dos espaços públicos. Vemos com maior frequência, por exemplo, as corridas de rua”, destacou. De acordo com o gerente do Sesc, para vencer o sedentarismo também valem pequenas escolhas, como trocar o elevador por escadas;

Além dos exercícios feitos individualmente, entidades e organizações participantes do Dia do Desafio promoverão atividades durante todo o período do evento em locais como unidades do Sesc, estações de trem e metrô e terminais de ônibus. A programação envolve, por exemplo, caminhadas, passeios ciclísticos e brincadeiras. Da Agência Brasil.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia