WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘saúde’

STF PEDE EXPLICAÇÕES AO GOVERNO SOBRE LEI QUE AUTORIZA PÍLULA DO CÂNCER

pilulacancerO Supremo Tribunal Federal (STF) pediu explicações à presidente Dilma Rousseff sobre a Lei 13.269, que aprova o uso da fosfoetanolamina no país. O uso da substância, conhecida como pílula do câncer, foi autorizado por lei sancionada há uma semana pela presidenta. Médicos e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são contra o dispositivo legal.

A decisão, proferida pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF, foi uma resposta à Ação Direta de Inconstitucionalidade da Associação Médica Brasileira (AMB),  alegando que a lei libera o uso de uma substância que não passou pelos testes clínicos necessários para comprovar segurança e eficácia. O prazo para as explicações é de cinco dias, a partir da publicação da decisão, emitida na quarta-feira (20).

“A nossa preocupação é que essa lei, na maneira que está colocada, permite que uma substância que a gente não conhece de maneira técnica, embasada em testes de segurança e eficacia, seja liberada para os pacientes sem registro no Ministério da Saúde ou na Anvisa. É uma grande violação da legislação que hoje regula o uso de medicamentos”, detalhou o diretor da AMB, José Bonamigo. Da Agência Brasil

DE OLHO NA ATENÇÃO BÁSICA

Secretário quer melhorar atendimento nas unidades básicas

Secretário quer melhorar atendimento nas unidades básicas

A melhoria do atendimento nas unidades básicas e de saúde da família de Itabuna é um dos próximos alvos do secretário Paulo Bicalho. Segundo informações, ele não está nada satisfeito com o desempenho de alguns dos gerentes das unidades e medidas corretivas deverão ser adotadas.

Na gestão do ex-secretário Eric Ettinger, foi criado um incentivo financeiro para os enfermeiros que atuam na gerência das unidades. A ideia era que esse “plus” no salário tivesse como contrapartida um maior compromisso dos gestores com a qualidade do atendimento.

O problema é que alguns se limitam a colocar o dinheiro no bolso e não se preocupam com o usuário. É nessa turma que Bicalho está de olho.

ITABUNA PODE COMEÇAR VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE NESTE DOMINGO

vacinacaogripe2Itabuna recebeu hoje (13) aproximadamente 30% das unidades da vacina para a campanha contra a gripe H1N1. A remessa foi feita pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), que recebeu as doses do Ministério da Saúde.

O Ministério recomendou a antecipação da campanha em todo o país para a próxima segunda-feira (18), mas a falta da vacina ainda é um problema. Com parte das doses à disposição, a Secretaria de Saúde de Itabuna pretende iniciar a campanha já no domingo (17).

Segundo informações obtidas pelo PIMENTA, a intenção do secretário Paulo Bicalho é abrir o chamado “QG de Combate ao Mosquito” no domingo para deflagrar a campanha de imunização contra a H1N1.

Fazem parte do público-alvo da campanha: gestantes (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a cinco anos incompletos, idosos, profissionais de saúde e portadores de doenças crônicas.

ITABUNA: SECA, ÁGUA SALGADA E INCONVENIÊNCIAS

Efigênia OliveiraEfigênia Oliveira | ambiente_educar@hotmail.com

Setembro passou, outubro e novembro/ já estamos em dezembro, meu Deus, o que é de nós? (…) Sem chuva na terra, descamba janeiro, depois fevereiro, o mesmo verão (…). Apela pra março que é o mês preferido/ do santo querido Senhor São José/ Mas nada de chuva, tá tudo sem jeito (…).

O lamento épico na voz do sanfoneiro Luís Gonzaga descreve exatamente a situação atual do sul da Bahia, cujo clima em nada se assemelha ao sertão nordestino. Em crise hídrica desde agosto de 2015, que registrou um inverno de poeiras de chuva, adentramos abril de 2016 sem sinais claros de que em breve mataremos a saudade de um banho de chuveiro com água insípida. Além do banho salgado e limitado, toalhas e roupas lavadas com essa água propiciam prejuízos, ao organismo humano, e aos outros organismos vivos.

Nesse cenário, Itabuna parece ser a cidade mais castigada de todas da região: falta d’água, violências várias, lixo jogado a esmo nas ruas, odor fétido por toda parte; ilhas de calor que concentram altas temperaturas, em decorrência de devastada cobertura vegetal na área urbana e entorno; concentração de gases nocivos à saúde e alta infestação de doenças provenientes do aedes.

Os rios da Bacia do Leste e bacias circunvizinhas, impossibilitados estão de matar a sede de ecossistemas e populações que vão do sul ao extremo sul do estado, todas elas atingidas pela seca persistente e atípica. Os municípios e suas respectivas sedes e comunidades regionais se encontram no mesmo problema, sem solução em curto prazo, mas estão livres da água salgada.

O dito aqui não é novidade, porém nada se diz do que passa a população ribeirinha do Almada, ao longo do trecho banhado pelas marés, até a estação de tratamento da Emasa em Castelo Novo. Não somente humanos, mas plantações, criações, fauna, flora e ictiofauna são afetadas pela água salgada que adentra o rio e afluentes, quase sem vida, atingindo severamente essas populações. Um tipo de invasão que lembra um pouco a tragédia de Mariana, uma vez que ambas as situações deveriam ter sido evitadas ou minimizadas.

:: LEIA MAIS »

HOSPITAL PEDE SOCORRO EM IBICARAÍ

Prefeito pediu ajuda à Sesab, mas resposta foi negativa (Foto Marcos Japu).

Prefeito pediu ajuda à Sesab, mas resposta foi negativa (Foto Marcos Japu).

Com dificuldades financeiras, o Hospital Arlete Maron, de Ibicaraí, terá que reduzir os atendimentos. A expectativa é do prefeito Lenildo Santana (PT), que na segunda-feira (4) foi até Salvador para pedir ajuda ao Governo do Estado, na tentativa de evitar o colapso da unidade de saúde.

Segundo Lenildo, a dificuldade de atender os pacientes se acentuou com o avanço dos casos de zika, dengue e chikungunya no município de 24 mil habitantes. O prefeito alega que o hospital não tem recebido o suporte necessário da Secretaria de Saúde do Estado.

Lenildo pediu a intervenção do secretário de Relações Intitucionais, Josias Gomes, junto à Sesab, mas a resposta foi desanimadora. Ao site Bahia Notícias, o prefeito declarou que a Sesab disse não ter condições de oferecer ajuda no momento.

De acordo com o gestor de Ibicaraí, o Hospital Arlete Magalhães tem uma despesa mensal de R$ 120 mil e acumula dívidas no valor de R$ 250 mil. A unidade, segundo Lenildo, atende cerca de 300 pessoas por dia.

VEREADOR CRITICA ATENDIMENTO DO PLANSERV EM ITABUNA

Hilton Coelho recebeu queixa de usuários do Planserv em Itabuna

Hilton Coelho recebeu queixa de usuários do Planserv em Itabuna

Servidores públicos se queixam do mau atendimento do Planserv  – plano de saúde que atende ao funcionalismo estadual – em Itabuna. O mais curioso é que eles procuraram um vereador de Salvador para encaminhar sua reclamação.

Segundo a queixa recebida pelo vereador Hilton Coelho, do Psol de Salvador, o Planserv não possui médicos credenciados em psiquiatria e endocrinologia em Itabuna. Coelho diz que pacientes que pagam o Planserv e necessitam dessas especialidades são obrigados a viajar no mínimo 241 quilômetros, até Vitória da Conquista, para obter atendimento.

“Absurdo que em uma cidade do porte de Itabuna não disponha de nenhum psiquiatra que atenda aos requisitos do Planserv para credenciamento”, critica o vereador soteropolitano.  Coelho lembra que o Planserv não tem inadimplência, pois o desconto da mensalidade é feito diretamente no contracheque do servidor. “[Por isso], espera-se um serviço de melhor qualidade e com maior número de especialidades”, afirma.

O VALOR DA FILANTROPIA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO AO SUS

Dr. Eric Ettinger Junior, Provedor eleitoEric Ettinger Jr.

 

É consenso que o SUS tem uma tabela de preços sem reajuste há mais de 10 anos, caracterizando o chamado subfinanciamento dos serviços.

 

Às vésperas de completar 100 anos, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna segue mantendo o título de instituição filantrópica de saúde, mesmo tendo visto o conceito de filantropia mudar durante o próprio curso de sua história. O que antes era uma entidade que prestava serviços aos que não podiam pagar, hoje é regulada pelo Estado a partir de uma legislação específica. Muitos seguem olhando a Santa Casa com o olhar de quando ela foi criada, quando aqui existiam os benfeitores e a superabundância econômica da região do cacau para manter a receita hospitalar.

O tempo passou e, apesar de a Santa Casa garantir continuidade a diversas ações sociais e religiosas, o que tange a prestação de serviços de saúde é regulado por um contrato com o Gestor do SUS e precisamos cumprir obrigações permanentes para renovar nosso título de filantropia.

A Filantropia é assim uma concessão do Ministério da Saúde a entidades jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, certificadas como Entidade Beneficente de Assistência Social com finalidade de prestação de serviços na área da saúde, desde que cumpridas condições definidas pela Legislação. Uma dessas condições é a execução de um índice de filantropia que não pode ser inferior a 60%. Historicamente a Santa Casa alcança sempre mais de 75% deste índice, dados auditados e acompanhados, inclusive com cruzamento de informações pelo Ministério da Saúde.

O cumprimento dessa e de outras obrigatoriedades garante a manutenção do título de filantropia, e garante também a isenção no pagamento de contribuições sociais e a celebração de convênios com o poder público. No entanto, é consenso que o SUS tem uma tabela de preços sem reajuste há mais de 10 anos, caracterizando o chamado subfinanciamento dos serviços.

:: LEIA MAIS »

RUI ENTREGA UNIDADE DE SAÚDE E RODOVIA PAVIMENTADA EM CARAVELAS

Rui estará em Caravelas.

Rui estará em Caravelas.

As obras de pavimentação da BR-418, em Caravelas, no extremo-sul da Bahia, serão entregues nesta sexta (1º), pelo governador Rui Costa. A solenidade está programada para as 10h, no Bairro Ponta de Areia.

A rodovia tem 84,5 quilômetros de extensão. Segundo o governo, foram investidos R$ 130,5 milhões na obra, recursos oriundos do Ministério dos Transportes.

Para a gestão estadual, a pavimentação da rodovia fomentará a produção agropecuária, além de alavancar o turismo na região de Caravelas, ponto de embarque para o arquipélago de Abrolhos.

De acordo com a agenda do governador, também haverá inauguração de uma unidade do Programa Saúde da Família (PSF) no bairro.

AEDES DÁ FOLGA E QG REDUZ EXPEDIENTE

QG passará a funcionar das 7 às 19 horas (Foto Pimenta).

QG passará a funcionar das 7 às 19 horas (Foto Pimenta).

O chamado QG de Combate ao Mosquito, que cuida de pessoas infectadas pelo Aedes aegypti, já atendeu cerca de 23 mil pessoas desde que foi instalado em Itabuna, no dia 18 de fevereiro. Nos primeiros dias, a unidade, que funciona na Avenida Cinquentenário, vivia lotada de pacientes com zika, dengue e chikungunya, mas felizmente o movimento começou a cair nas últimas duas semanas.

Diante da boa notícia de que o mosquito caiu de produção, a Secretaria Municipal da Saúde resolveu mudar o regime de funcionamento do QG. Em vez de ficar aberto 24 horas por dia e 7 dias por semana, a unidade passará a atender somente das 7 às 19 horas. A mudança vale a partir de sexta-feira, dia 1º.

O QG tem uma equipe de 120 profissionais, que inclui médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem.  Voluntários de igrejas, escolas e estudantes da área de saúde contribuem com a unidade e no auxílio aos pacientes.

OLHA QUEM ESTÁ FALANDO

ricardo ribeiroRicardo Ribeiro | ricardo.ribeiro10@gmail.com

O tal do dedo sujo é danado pra apontar o erro alheio, ignorando completamente a própria sujeira. Por falar em dedo, vem à mente a lembrança daquele caso em que médicos faziam moldes com suas digitais para enganar o sistema eletrônico de controle de ponto nos respectivos locais de trabalho… Isso enquanto embolsavam dinheiro público a título de salário pelo que não faziam. Tem safadeza maior que essa?

Muitos desses médicos “trabalham” em quatro ou cinco lugares, sem prestar um atendimento decente em nenhum deles. São os mesmos que se indignaram quando o governo resolveu trazer profissionais de outros países para suprir a carência de doutores, principalmente nas cidades mais afastadas dos grandes centros. Se o vigor que essa turma imprime para defender privilégios e ganhos ilícitos fosse aplicado ao interesse público, esse país seria outro.

Agora, surge a denúncia de que 145 servidores do Estado da Bahia apresentaram atestados falsos para se locupletar do dinheiro público sem trabalhar. Inventavam doenças para receber seus salários, enquanto davam expediente normal em prefeituras do interior. Muitos deles são médicos, que foram flagrados no contrapé e agora responderão a processo administrativo. Deveriam ser presos.

Esses picaretas somente demonstram como a corrupção é um tipo de virose endêmica no Brasil. Uma doença que se espalha por toda parte, em todos os níveis, e faz com que esse país permaneça no atoleiro do atraso.

É bem provável que muitos desses elementos flagrados com as calças na mão e os jalecos sujos de lama sejam daqueles indignados com a roubalheira na política, jactando-se da própria honestidade. Será falta de discernimento para entender que são da mesma laia? Ou é apenas cinismo?

Ricardo Ribeiro é advogado.

ITABUNA ESPERA VACINAR 30 MIL ANIMAIS

Gatos e cães com mais de 3 meses devem receber a vacina contra a raiva (foto Pedro Augusto)

Gatos e cães com mais de 3 meses devem receber a vacina contra a raiva (foto Pedro Augusto)

Começa amanhã (30) a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica, que em Itabuna projeta imunizar 30 mil animais, entre cães e gatos. Para quem mora na zona urbana, a vacina estará disponível no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), no bairro Antique, e na Unidade de Saúde José Maria de Magalhães Neto (antigo Sesp), no Centro. O atendimento ocorre das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

A cobertura na zona rural será feita por equipes volantes, que visitarão casas e fazendas. Segundo o veterinário Samir Hage, podem receber a vacina os cães e gatos a partir dos três meses de idade. No “Dia D de Combate à Raiva Animal” (16 de abril), a antirrábica estará disponível em todas as unidades de saúde do município, informa o secretário municipal da Saúde, Paulo Bicalho.

Em abril e maio, Itabuna também fará parte da campanha de vacinação contra a gripe influenza tipo A (H1N1), que começa a assustar a população de alguns estados. A cidade já enfrenta um surto de arboviroses relacionadas ao mosquito Aedes aegypti.

LUIS FERNANDO VERISSIMO É INTERNADO COM INFECÇÃO RESPIRATÓRIA

Verissimo está internado com infecção respiratória (Foto GGN).

Verissimo está internado com infecção respiratória (Foto GGN).

O escritor Luis Fernando Verissimo, 79 anos, está internado desde a última sexta-feira no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na zona sul do Rio, e seu estado de saúde é estável. De acordo com o boletim médico divulgado hoje (28) pelo hospital, o escritor permanecerá internado para tratamento de infecção respiratória e arritmia cardíaca.

Em 2013, o escritor foi internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, após apresentar sintomas de angina (dores no peito). Ele chegou a ficar internado no Centro de Terapia Intensiva, mas seu estado clínico melhorou. Verissimo foi transferido para um apartamento e dias depois, liberado do hospital.

EMENDA DE R$ 1 MILHÃO ASSEGURA OBRAS E EQUIPAMENTOS PARA O HOSPITAL DE BASE

Vane, Davidson, vereadores e superintendente da Caixa assinaram convênio (Foto Lucas França-Secom).

Vane, Davidson e superintendente da Caixa assinaram convênio (Foto Lucas França-Secom).

O Hospital de Base de Itabuna ganhará mais 22 leitos nos próximos dias, elevando para 184 a sua capacidade de internações simultâneas de pacientes, anunciou o prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer). O novo espaço de atendimento será utilizado para desafogar o pronto socorro.

A obra será tocada com recursos próprios e inclui, segundo Vane, reforma completa do espaço que está sendo preparado para os novos leitos, a instalação de um sistema central de climatização e de equipamentos de última geração que garantam mais segurança no acompanhamento clínico dos pacientes.

O hospital também adquiriu dois aparelhos para hemodiálise. São seminovos e vieram do Hospital Ana Nery, em Salvador, por meio de uma parceria da Secretaria de Saúde da Bahia com a Prefeitura de Itabuna. “Agora passaremos a fazer aqui o atendimento a pacientes renais crônicos, com um dos aparelhos ficando na UTI do hospital”, disse o prefeito. Antes, o paciente precisava ser encaminhado para hospital da Santa Casa ou para Salvador para o tratamento.

Bicalho, Nascimento, Vane e Davidson assinam convênio (Foto Lucas França).

Bicalho, Nascimento, Vane e Davidson assinam convênio (Foto Lucas França).

EMENDA ASSEGURA R$ 1 MILHÃO PARA HOSPITAL

Ainda ontem, o prefeito, acompanhado de vereadores, secretários e do deputado Davidson Magalhães (PCdoB-BA), participou de assinatura de convênio que destina R$ 750 mil para reforma da UTI ou do centro cirúrgico do Hospital de Base, além de R$ 250 mil para aquisição de novos equipamentos.

A verba total de R$ 1 milhão foi obtida por meio de emenda do deputado Davidson Magalhães. O superintendente regional da Caixa Econômica, Marcus Vinícius Nascimento, disse que o governo federal “tudo fará para agilizar a licitação da obra”, principalmente por este se tratar de um setor sensível.

EX-SECRETÁRIO CONSEGUE VAGA NA UTI DO SÃO JOSÉ

Macedo sofre de cardiomiopatia de grau 4

Macedo sofre de cardiomiopatia de grau 4

O ex-secretário de Assistência Social de Ilhéus, Augusto Macedo, que sofre de cardiomiopatia de grau 4 e necessita ser submetido a transplante do coração, conseguiu vaga ontem (17) na UTI do Hospital São José. Antes, ele ficou durante dois dias na enfermaria da unidade da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, apesar de apresentar estado de saúde muito delicado.

O caso do ex-secretário foi relatado pelo PIMENTA na quarta-feira (16) – confira. A nota informa que, enquanto aguarda na fila do transplante, Macedo precisa implantar um ressincronizador cardíaco, cirurgia que na Bahia somente é realizada pelo SUS no Hospital Ana Nery, de Salvador.

Logo após a publicação da nota no blog, alguns políticos procuraram a família do ex-secretário. Entre os que se mostraram solidários, estão o deputado federal Bebeto Galvão (PSB) e a deputada estadual Ângela Sousa (PSD), com quem Macedo já trabalhou. Antes, apenas o vereador Fábio Magal lhe prestava auxílio.

Em nota, a deputada Ângela afirma que somente na última quarta-feira teve conhecimento de que seu ex-assessor estava internado. “A partir de então, entrei em contato com o secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas, solicitando seu apoio na transferência para Salvador”, diz a nota. A deputada também colaborou, junto à Central de Regulação do SUS, para que Macedo conseguisse uma vaga em UTI.

ILHÉUS: EX-SECRETÁRIO TEM QUADRO DE SAÚDE DELICADO E PRECISA DE TRANSPLANTE

Augusto Macedo, quando era secretário de Assistência Social de Ilhéus em um período do governo Newton Lima

Augusto Macedo, quando era secretário de Assistência Social de Ilhéus em um período do governo Newton Lima

É muito grave o estado de saúde do ex-secretário de Assistência Social de Ilhéus, Augusto Macedo. Portador de cardiomiopatia dilatada, de grau 4, ele necessita ser submetido a um transplante de coração.

Macedo enfrenta dificuldades financeiras para arcar com os custos de seu tratamento. Sem encontrar vaga na UTI do Hospital Geral Luiz Viana Filho, ele acabou sendo internado na enfermaria do Hospital São José, setor que não tem estrutura adequada para um paciente com um quadro de saúde tão delicado.

Fragilizado pela doença, o ex-secretário depende de respirador mecânico e utiliza cadeira de rodas. Para aumentar sua chance de sobrevida enquanto aguarda na fila do transplante, Macedo precisa de um ressincronizador cardíaco (espécie de marcapasso). Pelo SUS, o hospital credenciado na Bahia para instalar o aparelho é o Ana Nery, de Salvador.

De acordo com Macedo, o Ana Nery realiza apenas seis cirurgias desse tipo por semana. O ex-secretário tenta uma vaga para receber o implante e segue sua luta pela vida, contando com poucos amigos que ainda o apoiam, a exemplo do vereador Fábio Magal. Outros políticos aos quais ele serviu o abandonaram no momento mais difícil de sua vida.

PREFEITURA DIZ QUE “CEMITÉRIO DE ÔNIBUS” RECEBE VISTORIA SISTEMÁTICA

A respeito da nota publicada há pouco pelo PIMENTA, sobre uma área que seria potencial foco do mosquito Aedes aegypti na Rua Alício de Queiroz, a Prefeitura de Itabuna informou que tem ciência do problema e desde janeiro realiza um monitoramento sistemático do terreno.

De acordo com a Secretaria de Comunicação, as vistorias ocorrem a cada quinze dias, desde que o governo recebeu denúncia de moradores do condomínio Jorge Amado, situado na mesma rua.

Além da área onde estão abandonadas sucatas de ônibus e entulho, os agentes da Vigilância Epidemiológica têm vistoriado outros terrenos na mesma vizinhança, que também representariam ameaça de se tornar criadouros do mosquito transmissor da dengue, da zika e da febre chikungunya.

Informações e denúncias sobre possíveis focos podem ser transmitidas à Vigilância por meio do telefone 3612-8324.

PARQUE DE DIVERSÕES DO AEDES AEGYPTI

A gravíssima epidemia de arboviroses associadas ao mosquito Aedes aegypti tem causado intenso sofrimento a muitos itabunenses. Basta ir a ao “QG de Combate ao Mosquito” ou ao pronto-atendimento do Hospital Calixto Midlej Filho para se ter uma ideia do estrago que o inseto está provocando.

Apesar dessa situação calamitosa, a cidade ainda convive com exemplos absurdos de descaso e falta de respeito com a saúde pública.

As fotos abaixo são de um enorme terreno situado na Rua Alício de Queiroz, vizinho ao Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (Ciomf). No local, ônibus velhos, verdadeiras sucatas, juntam-se ao mato e montes de entulho, com diversos focos do mosquito que transmite dengue, zika e a terrível chikungunya.

Uma pessoa que contraiu essa última doença compara a dor que sente à de alguém que teve todos os ossos do corpo esmigalhados. Uma agonia que pode acompanhar o portador do vírus durante meses, fingindo desaparecer e voltando quando se menos espera, como uma tortura.

Ouvir relatos como esse e ver imagens hediondas como as da foto é de causar indignação. Que a Prefeitura adote as devidas providências para coibir esse descaso criminoso!

foco aedes

foco aedes2

Imagens do descaso e da falta de respeito com a saúde pública

Imagens do descaso e da falta de respeito com a saúde pública

PROJETO PREVÊ AUMENTO DE PENA PARA ABORTO EM CASO DE MICROCEFALIA

Proposta já foi aprovada na Câmara (foto Ana Nascimento - MDS/Portal Brasil)

Proposta já foi aprovada na Câmara (foto Ana Nascimento – MDS/Portal Brasil)

Autor do projeto do Estatuto da Família, já aprovado na Câmara dos Deputados, o deputado federal Anderson Ferreira (PR-PE) apresentou outra proposta polêmica à Casa. O projeto aumenta a pena no caso de aborto cometido em razão da microcefalia ou outra anomalia do feto.

Para o deputado, não é o aborto que resolve os problemas da sociedade, mas sim o Estado dar condições para uma vida digna. “Sou autor do projeto Estatuto da Família, que já foi aprovado na Câmara dos Deputados. A intenção foi justamente criar um instrumento para as famílias poderem cobrar e ter acesso às políticas públicas. Quando uma criança nasce tem direito à saúde, educação, segurança, alimentação. Está na Constituição”, diz Ferreira.

O Projeto de Lei 4.396/2016, que altera o artigo 127 do Código Penal, prevê o aumento da pena em um terço até a metade quando o aborto for cometido em razão da microcefalia ou qualquer outra anomalia do feto, provocado ou consentido pela própria gestante ou por terceiros, com ou sem o aval da mulher. Da Agência Brasil

BANCO DE SANGUE PRECISA DE DOADORES DO SEXO MASCULINO

Epidemia pressiona demanda no Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna

Epidemia pressiona demanda no Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna

A alta demanda por transfusões de sangue em Itabuna, pressionada pelo atendimento de pacientes com suspeita de dengue hemorrágica, torna ainda mais dramática a situação do Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia.

De acordo com a instituição, apesar da campanha por doações, o número de doadores ainda está distante do ideal para fazer frente à epidemia de viroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Quem pega dengue, zika ou chikungunya fica impedido de doar sangue por, pelo menos, 30 dias após o desaparecimento dos sintomas.

Outro complicador é o aumento da demanda pelo concentrado de plaquetas, um dos componentes do sangue, normalmente utilizado no controle de sangramentos de pacientes em tratamento da leucemia e outros tipos de câncer, os que são submetidos a transplante de medula óssea, cirurgias cardíacas e as vítimas de trauma, além dos casos suspeitos de dengue hemorrágica. Para o aproveitamento das plaquetas, o doador precisa ser do sexo masculino.

Segundo a biomédica Raquel Gois, coordenadora do Laboratório do Banco de Sangue de Itabuna, o sangue coletado das mulheres não é indicado para a produção das plaquetas, pois está associado a um tipo de reação que pode causar lesões pulmonares, entre outros problemas.

A quantidade de doadores do sexo masculino para a produção de plaquetas também é grande. Para cada transfusão de plaquetas, são necessárias de seis a oito bolsas de sangue. “Por isso é importante que as pessoas continuem realizando doações de sangue, encorajando principalmente os homens”, apela o enfermeiro Adelson Bispo, coordenador do Banco de Sangue.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia