WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
alba





fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

editorias






:: ‘SBT’

FUMANTES SE CHOCAM COM DIAGNÓSTICO DE PARENTES

A plataforma SBT do Bem quer conscientizar a população sobre os danos que o cigarro causa à saúde com uma campanha para o Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado na quarta-feira (31).

Assinada pela Publicis, a ação tem veiculação nas plataformas do SBT e mostra um experimento social com a seguinte questão: “O que motivaria alguém a parar de fumar se nem sua própria saúde é suficiente?”

Na produção, fumantes vão ao médico e ouvem um diagnóstico com vários problemas de saúde por conta do cigarro. No entanto, a surpresa vem quando o médico informa que aqueles problemas foram causados pelo cigarro em outras pessoas, com proximidade ao fumante.

O insight se baseia em um dado da OMS que responsabiliza o fumo passivo por 600 mil mortes por ano no mundo. Fecha o filme a mensagem: “Não fume. Se não for pelo seu bem, que seja pelo bem de quem você mais ama.” Do site Propmark.

SÓ ROLA A GLOBO

Forte ventania derrubou torre há mais de dois meses (Foto Marcelo JG Drone/Arquivo).

Forte ventania derrubou torre há mais de dois meses (Foto Marcelo JG Drone/Arquivo).

Grande parte da população de Ilhéus está tendo acesso apenas à programação da Rede Globo desde 16 de novembro passado, quando uma forte chuva derrubou a torre de transmissão de sinal do SBT, Record, Record News e TVE, no Alto da Conquista. Só quem tem TV por assinatura ou parabólica consegue assistir às outras programações.

Como diria Silmara Sousa, do Balanço Geral, da TV Cabrália, a população está na bronca.

Atualizado às 12h23min.

PAULO HENRIQUE AMORIM, SÍLVIO SANTOS, ROBERTO MARINHO E ADOLPHO BLOCH

marivalguedesMarival Guedes | marivalguedes@gmail.com

 

A outra história aconteceu com o próprio autor, quando estava desempregado. Ele conta que recebeu ligação telefônica de Hebe Camargo, “com quem sempre manteve relações afetuosas”.

 

O jornalista Paulo Henrique Amorim deu um show de conhecimento, ironia e criatividade no lançamento do seu novo livro, O Quarto Poder – Uma Outra História

Com maestria, relatou acontecimentos. Alguns estão no livro, escolhi dois, independente do grau de importância em relação aos outros.

Quando Brizola se elegeu governador, construiu o sambódromo e decidiu escolher a emissora que faria a cobertura do carnaval por meio de licitação. Boni, diretor da Globo, num vacilo, não participou e a Manchete ganhou a exclusividade.

Roberto Marinho ficou retado com Brizola e com Boni e com o dono da Manchete, Adolpho Bloch. Tentando reduzir os danos, telefonou para Bloch, com o objetivo de propor um pool para a transmissão. Mas não era atendido. Bloch mandava dizer que não estava.

Anos depois, a Manchete “quebrou”. Adolpho Bloch foi à Globo pedir ajuda. Esperou duas horas e, quando atendido, foi logo adiantando:

– Roberto, a Manchete faliu e só você pode me salvar.

– Adolpho, há dez anos estou esperando você retornar aqueles telefonemas. Passar bem.

E Bloch foi conduzido para a saída pela secretária de Roberto Marinho.

A outra história aconteceu com o próprio autor, quando estava desempregado. Ele conta que recebeu ligação telefônica de Hebe Camargo, “com quem sempre manteve relações afetuosas”.

– Paulo Henrique, estou aqui na sala do Silvio. Estou dizendo a ele que você topa vir pra cá. Você toparia?

– Claro Hebe, estou desempregado. A vida é dura.

-Viu Silvio, ele topa! Fala com ele, Silvio.

Silvio pega telefone:

– Olá, Paulo Henrique, eu gosto muito do seu trabalho. Muito mesmo. Mas eu gosto do seu trabalho na televisão dos outros.

Caso semelhante aconteceu no jornal A Tarde na década de 80. Os jornalistas Benedito Simões, Marcos Luedy e Luiz Guilherme Tavares faziam free-lance. Em função da qualidade, o chefe de redação sugeriu a contratação do trio.

O diretor Jorge Calmon, “direitista até a medula”, foi curto e sincero com eles:

– Aqui vocês jamais serão contratados.

Marival Guedes é jornalista e escreve crônicas aos domingos no Pimenta.

ISSO, ISSO, ISSO: MORRE CRIADOR DE CHAVES

Bolaños morre aos 85 anos (Foto Divulgação).

Bolaños morre aos 85 anos (Foto Divulgação).

O ator Roberto Bolaños, criador de personagens como Chaves e Chapolin, morreu aos 85 anos nesta sexta-feira (28), em sua casa em Cancún, no México. A causa da morte não foi divulgada.

Com problemas respiratórios, dificuldades para se locomover e se mexer, o ator e comediante havia se isolado com a família em Cancún em busca de ar puro, segundo informações divulgadas em abril deste ano.

Bolaños era casado com Florinda Meza, a atriz que interpretava a maioria dos personagens femininos inclusive a Dona Florinda, desde 2004. Ele era pai de Roberto, Paulina, Graciela, Marcela, Teresa e Cecília, frutos do primeiro casamento, com Graciela Fernández Pierre.

“El Chavo del Ocho”, nome original da série “Chaves”, foi exibida pela primeira vez em 20 de junho de 1971 no México. No Brasil, “Chaves” é o seriado infantil de maior longevidade da TV. No ar no SBT desde 1984, o programa conta a história de um menino órfão que vive dentro de um barril, em um cortiço.

O personagem e seus amigos Quico, Chiquinha, Nhonho, seu Barriga, seu Madruga, dona Florinda, professor Girafales e dona Clotilde, conhecida como “a bruxa do 71”, conquistaram crianças e adultos de todas as gerações no país com seu humor ingênuo, cheio de bordões e sem qualquer palavrão. Leia mais no Uol.

“EU NÃO TÔ ME SENTINDO BEM”

A presidente Dilma Rousseff (PT) passou mal após o debate do SBT, ontem à noite. A uma repórter da rede de televisão, a candidata à reeleição disse ter sentido uma queda de pressão (confira vídeo abaixo).

O debate do SBT foi histórico, não pela qualidade do seu conteúdo, mas por causa do baixo nível – de ambos os lados. Tanto Dilma Rousseff quanto Aécio Neves (PSDB) avançaram até em questões familiares.

Sem provas, Aécio disse que o irmão da petista, Igor Rousseff, era funcionário fantasma na Prefeitura de Belo Horizonte, o que foi desmentido pelo prefeito à época e hoje governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel.

Por outro lado, Dilma insistiu no nepotismo praticado por Aécio, que empregou uma irmã, vários tios e primos no governo de Minas no mesmo período em que ele esteve à frente do comando do Estado. O conteúdo completo do debate está acessível no portal Uol, parceiro do SBT nesta empreitada.

Após passar mal, Dilma gravou mensagem para dizer que estava bem e iria comer um feijãozinho com arroz. Confira a mensagem.

Após o debate, o tucano Aécio Neves fez troça da petista. Disse que ela entrou em desespero. “Viu que ela passou mal?”, questionou Marina, por telefone.

DILMA, AÉCIO E MARINA NO DEBATE DO SBT

Dilma, Marina e Aécio têm participação confirmada no debate.

Dilma, Marina e Aécio têm participação confirmada no debate.

Os candidatos a presidente da República participam de novo debate nesta segunda (1º) no SBT, às 17h45min. Será o primeiro confronto após a pesquisa Datafolha que registrou empate entre Marina Silva (PSB-Rede) e Dilma Rousseff (PT) e vitória da representante do PSB no segundo turno.

Além das líderes na pesquisa, o embate promovido pelo SBT em parceria com a Folha, Uol e Jovem Pan, tem participação confirmada de Aécio Neves (PSDB). Quatro “nanicos” também participam: Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC).

CANTOR CLEITON FRACK MORRE AFOGADO EM ILHÉUS

Cleiton foi destaque nacional no programa Astros, do SBT.

Cleiton foi destaque nacional no programa Astros, do SBT.

O cantor Cleiton Frack morreu afogado no início desta tarde na praia do São Miguel, em Ilhéus. O músico estava na cidade sul-baiana, onde fez apresentações em igrejas locais. A estada em Ilhéus foi prolongada após o Cleiton perdeu voo de retorno a São Paulo, informa o Blog do Gusmão.

Batizado Cleiton Oliveira Francisco, o músico apareceu no cenário nacional ao se destacar no programa de talentos Astros, do SBT, com o grupo adventista Artpella. No Facebook, um amigo comentou que o músico retornaria para São Paulo hoje à tarde. O contato teria ocorrido ao meio-dia desta terça-feira.

Ele resolveu caminhar na praia, após o almoço. Ao mergulhar, acabou morrendo afogado.

FALSO PRODUTOR DO SBT APLICOU GOLPES USANDO A “GAGA DE ILHÉUS” NA BA E SE

Gaga de Ilhéus chora ao ser presa no Sertão Baiano (Reprodução TV Rio Real).

Gaga de Ilhéus chora ao ser presa no município baiano (Reprodução TV Rio Real).

Solange Damascena, a Gaga de Ilhéus, acabou presa junto com estelionatários que se passavam por produtores do Domingo Leal, do SBT. A prisão ocorreu no município de Rio Real (BA). Solange disse que foi enganada pelos estelionatários e chorou diante das câmeras da equipe do Rio Real TV.

Os estelionatários se passavam por funcionários do Domingo Leal e tentavam aplicar golpes no Nordeste. “Gaga” diz ter participado de eventos da quadrilha em Itapetinga e Aracaju. “Sou pessoa honesta”, disse ao negar que soubesse do esquema. O estelionatário teria dito a Solange que era “irmão de Sílvio Santos”. O nome do “esperto” é Gerson dos Santos, que deu golpes em empresas e prefeituras e foi preso com carro roubado de locadora, segundo a polícia.

A “Gaga de Ilhéus” tornou-se famosa após uma montagem de voz e imagens ser vista por mais de 1 milhão de pessoas no Youtube. De celebridade da internet, Solange passou a humorista, com participações em programas na Record e Rede TV.

As últimas aparições da “Gaga” ocorreram na campanha política de Ilhéus, ano passado. Antes, como mostrou matéria do PIMENTA, ela estava sobrevivendo do que obtinha com a venda de cocada no Bataclan (relembre aqui). Confira o vídeo com a prisão do bando e como Solange Damascena caiu no golpe.

NO AR, A TV CABRÁLIA

daniel_thameDaniel Thame | danielthame@gmail.com

É possível dizer que mudou sem mudar, porque ao longo deste um quarto de século, continua sendo o que sempre se propôs a ser: uma televisão com a cara e as cores do Sul da Bahia, com uma profunda identidade regional.

O mês era dezembro e o ano era 1987.

Em Itabuna, todas as cores no ar anunciavam a chegada de uma nova estação. Não era o verão.

Quem chegava -e lá se vão 25 anos- era a TV Cabrália, primeira emissora de televisão do interior do Norte/Nordeste, não apenas uma repetidora da programação da Rede Manchete, a quem era afiliada.

Mas uma emissora com programação própria, vida própria e, principalmente, com a alma do Sul da Bahia.

A chegada de TV Cabrália, como era de se esperar, gerou expectativa e euforia, numa civilização orgulhosa de seu fruto de ouro e de ter forjado o próprio desenvolvimento.

O fruto de ouro, dois anos depois, perderia seu brilho, esplendor e pujança por conta de uma doença com poderes de bruxa malvada.

A TV Cabrália, símbolo daquele tempo, atravessou sobressaltos, mas resistiu ao apocalipse econômico e social  que as bruxarias provocaram, fez história. E que história.

Começou como afiliada da Rede Manchete, depois SBT e, adquirida pela Igreja Universal do Reino de Deus, passou pela Rede Record, teve uma incipiente fase na Rede Mulher e hoje integra a Record News.

É possível dizer que mudou sem mudar, porque ao longo deste um quarto de século, continua sendo o que sempre se propôs a ser: uma televisão com a cara e as cores do Sul da Bahia, com uma profunda identidade regional.

Gestada pelo espírito empreendedor do Dr. Luiz Viana Filho e que ganhou forma nas mãos do visionário Nestor Amazonas, a TV Cabrália, além de acompanhar os principais acontecimentos e se envolver nas grandes causas sulbaianas nestes 25 anos, foi uma espécie de escola de profissionais de televisão, profissão até então inexistente por essas plagas amadianas e/ou pragas vassorianas, com o perdão do trocadilho irresistível. :: LEIA MAIS »

SHOW DE COVER DO PATATI PATATÁ TERMINA EM BAFAFÁ

Pais enfurecidos e crianças aos prantos após a revelação de que os palhaços não eram Patati nem Patatá (foto Bahia Já)

Milhares de crianças acorreram na tarde desta quinta-feira, 8, para o Paripe Hall, no bairro de Paripe, Subúrbio Ferroviário de Salvador, para assistir ao show da dupla de palhaços Patati Patatá, a mais famosa hoje em dia entre a gurizada. Segundo o site Bahia Já, era grande a expectativa para o espetáculo, mas tudo terminou em frustração quando, minutos antes dos palhaços entrarem em cena, surgiu um representante do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), informando que a dupla não era original, mas um Patati Patatá “do Paraguai”.

Após a revelação “bombástica”, o site informa que a coisa não ficou nada engraçada para o empresário Marcelo Mattos, que promovia o evento. Revoltados, os pais foram em busca de explicações e Mattos teve que se refugiar no camarim, enquanto do lado de fora genitores encolerizados tentavam arrombar a porta a pontapés.

A revolta sobrou para o Paripe Hall, que apenas locou seu salão de eventos. Durante o protesto, no qual toda a decoração feita para o evento foi arrancada, teve gente que se aproveitou para surrupiar objetos. A polícia foi acionada, mas não impediu que aproximadamente 300 cadeiras fossem subtraídas pela turba.

MILITARES QUEREM CENSURAR NOVELA

A censura no Brasil foi fulminada com o regime militar, mas alguns fardados parecem não se lembrar disso. Segundo o site Adnews, um grupo de milicos não está gostando da novela “Amor e Revolução”, a mais nova tentativa do canal SBT, de Sílvio Santos, na área da teledramaturgia. A novela, segundo o autor Tiago Santiago, mostra “o lado terrível da ditadura e o lado lindo e romântico dos anos 60”.

O primeiro “lado” atingiu em cheio os brios da caserna, que está reagindo. Militares já promovem um abaixo-assinado, exigindo que a atração seja derrubada.

Mais curiosa é a tese levantada nos quartéis. Segundo a versão dos que defendem o fim de “Amor e Revolução”, a novela seria fruto de um acordo entre o empresário Sílvio Santos e o Governo Federal. O objetivo seria sanear o Banco Panamericano.

Se bobear, a história dos militares acaba dando outra novela…

SBT DIZ QUE BOLA DE “PAPEL” ATINGIU SERRA

Tumulto e agressões em Campo Grande, no Rio de Janeiro, em caminhada com o tucano José Serra. Ele até cancelou a agenda de eventos para esta tarde e recolheu-se. Enquanto o PSDB afirma que petistas lançaram objeto pesado contra o presidenciável José Serra, reportagem do SBT afirma ter visto algo semelhante a bola de papel atirada no tucano. As imagens da confusão podem ser conferidas no vídeo abaixo:

PATURY LAMENTA MORTE DO COMEDIANTE ARNAUD RODRIGUES

Arnaud Rodrigues morre em Tocantins.

O advogado e ex-delegado da Polícia Federal, Rubens Patury Filho, lamentou a morte do amigo e comediante Arnaud Rodrigues, ontem, por volta das 17h30min. A embarcação na qual estava o comediante naufragou em um lago em Lajeado (TO). Nove dos 11 passageiros sobreviveram.

“Estamos bastante consternados com o ocorrido que vitimou o nosso amigo Arnaud. Rogamos para que o senhor o ampare na Casa Celestial”. Patury lembra que o comediante possuía muitos amigos em Coaraci e Almadina, sul da Bahia. No acidente, também morreu o piloto da embarcação, conhecido apenas como Kiko. Chovia muito forte no momento do naufrágio.

Arnaud ficou conhecido ao participar de programas do também comediante Chico Anysio, na rede Globo, e participações em novelas como Pão, pão, beijo, beijo e Roque Santeiro, quando interpretou o cego Jeremias. Desde os fins dos anos 90, ele era presença constante no programa humorístico A praça é nossa, do SBT.

Confira vídeo de Arnaud em um dos vários quadros de Chico Anysio. Pra variar, Chico interpreta o “Baiano”, inspirado naquele cantor polêmico.

MORRE LOMBARDI, DO SBT, AOS 69 ANOS

O locutor Lombardi, do SBT, morreu na manhã desta quarta-feira em sua casa, em Santo André, na Grande São Paulo. Luiz Lombardi Neto tinha 69 anos e era o locutor oficial de Silvio Santos há pelo menos 40 anos.

Em nota, a emissora informou que ele foi encontrado morto pela mulher, Eni Lombardi, por volta das 8h. Ao tentar acordá-lo, encontrou-o sem vida. Ele teria sofrido um infarto enquanto dormia em sua casa em Santo André, na região do ABC paulista.

Lombardi começou a trabalhar com Silvio Santos em 1965, e acompanhou o apresentador desde então. “Logo no primeiro contato, Silvio Santos chegou para mim e falou: ‘Lombardi, vou fazer de você o locutor mais famoso do Brasil’. Na época, ele estava na TV Paulista, que era a Globo em São Paulo”, lembrou Lombardi, em depoimento publicado em seu site e reproduzido abaixo.

Com informações do Globo.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia