WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba








novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘Seagri’

LEÃO PROMETE REFORÇO PARA BIOFÁBRICA FUNCIONAR “NO MÁXIMO DA CAPACIDADE”

Lanns Almeida, à esquerda, mostra a João Leão muda produzida na Biofábrica (Foto Mariana Fereira).

Lanns Almeida, à esquerda, mostra a João Leão muda produzida na Biofábrica.

O vice-governador João Leão visitou as instalações do Instituto Biofábrica de Cacau (IBC), em Banco do Pedro, Ilhéus, para conhecer o processo de produção implantado em 2016. Segundo ele, o estado irá “organizar ainda mais” a participação na Biofábrica. João Leão citou a Agenda de Desenvolvimento Territorial nos Territórios de Identidade da Bahia.

“Por ele, nós vamos fazer um trabalho com a Biofábrica, com o Sebrae e as universidades, de dar condições ao homem do campo, principalmente aquele mais pobre, o pequeno produtor. Então, nós temos todo interesse que a Biofábrica passe a funcionar no máximo da sua capacidade”, disse. A visita de Leão também foi acompanhada pelos secretários estaduais Vítor Bonfim (Agricultura) e José Vivaldo Mendonça (Ciências, Tecnologia e Inovação).

PRODUÇÃO

A Biofábrica produz aproximadamente 490 mil mudas de cacaueiros, bananeiras, abacaxizeiros, goiabeiras, açaizeiros, entre outras fruteiras, além de mandioqueiras, essências florestais e orquídeas. Parte dessas mudas é micropropagada em laboratório. Os cacaueiros, que são multiplicados por enxertia ou enraizamento com as novas tecnologias implantadas no IBC alcançaram o inédito índice de até 95% de sobrevivência.

“Fizemos uma visita para que o vice-governador, João Leão, pudesse conhecer de perto a estrutura da Biofábrica e o que já foi feito pela nova gestão nesses últimos 14 meses. A Secretaria de Agricultura tem feito uma participação com o instituto, a partir da direção de Lanns Almeida, e a parte de estruturação física já foi iniciada”, disse Vítor Bonfim

Novas tecnologias foram implantadas na Biofábrica, diz Bonfim, com aumento da produção, melhora significativa da resistência das mudas e diminuição do número de perdas. “Isso nos orgulha”, declarou o secretário Vítor Bonfim. De acordo com ele, o objetivo do estado é que o instituto atinja sua capacidade máxima de produção.

“BIOFÁBRICA DA BAHIA”

“Nós sabemos que é preciso, sobretudo, a regularidade nos repasses para que a Biofábrica possa funcionar em sua capacidade plena, quase quadruplicando a sua produção atual. Então, nós esperamos que, a partir dessa visita do nosso vice-governador, o governo do estado melhore a participação nessa interface com a Biofábrica e possamos trazer investidores externos, principalmente na agroindustrialização, e, a partir daí, a Biofábrica se tornar a Biofábrica da Bahia”, completou.

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça, disse que a visita de Leão busca mostrar todo o potencial da região e integrar a Biofábrica como instrumento de desenvolvimento. “Isso, naturalmente, envolve a estruturação das condições de execução orçamentária, ampliação da capacidade técnica instalada e, sobretudo, o reconhecimento da Biofábrica como patrimônio do estado da Bahia e vai ser integrado ao desenvolvimento”, disse.

O diretor da Biofábrica, Lanns Almeida, ressaltou que o vice-governador e os secretários estaduais puderam ver, de perto, os avanços obtidos desde 2016. “Com o aumento do índice de sobrevivência das nossas mudas, as tecnologias que implantamos e o retorno positivo que temos dado aos produtores e agricultores familiares, temos a certeza de que a tendência é contribuirmos para elevar o nível de desenvolvimento socioeconômico da região sul da Bahia e do estado como um todo”, avaliou o diretor-geral da Biofábica, Lanns Almeida.

MUDANÇA NA SEAGRI

Da coluna Tempo Presente, d´A Tarde

Apesar do ti-ti-ti, não vai haver reforma do secretariado do governo este ano como se fala. Aliás, Rui Costa nem cogita.

Se mudança houver, será na Secretaria da Agricultura, e ainda assim por decisão do próprio secretário Paulo Câmera. O estado de saúde dele é mais complicado do que se diz.

ASSOCIAÇÃO REAGE CONTRA NOMEAÇÃO DE EX-DEPUTADA PARA A ADAB

jusmari-oliveiraA possibilidade da ex-prefeita e ex-deputada Jusmari Oliveira ocupar a direção da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) levou a Associação dos Fiscais Estaduais Agropecuários se pronunciar contra a nomeação.

Com o título “Agropecuária em risco”, a associação veiculou em jornais carta em que lembra que o cargo sempre foi ocupado por servidores de carreira da própria Adab. O documento é assinado pelo presidente da associação, José Neder.

Neder cita Rui Costa ao lembrar que o então candidato a governador teria defendido a valorização da meritocracia. E Jusmari nada teria a ver com a área. Como a Adab seria, para Jusmari, um consolo por ter perdido a disputa pelo comando da Secretaria de Agricultura, é possível que os apelos da associação não sejam ouvidos pelo governo estadual.

TITULAR DA SEAGRI, FERNANDA MENDONÇA PROMETE GESTÃO PARTICIPATIVA

Fernanda Mendonça promete diálogo com setores produtivos (Foto Divulgação).

Fernanda Mendonça promete diálogo com setores produtivos (Foto Divulgação).

Primeira mulher a assumir o comando da Secretaria Estadual de Agricultura baiana, Fernanda Mendonça disse que pretende implementar uma gestão participativa na Seagri, “dialogando com todos os segmentos e focando na transversalidade das ações”.

A médica veterinária itabunense e titular da Seagri participou ontem, em Brasília, da posse da nova ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu. Fernanda diz ter travado conversa com a ministra em que ressaltou a relevância do país e da Bahia como produtores de alimentos, além do papel da Bahia na sua eficiente estrutura de defesa agropecuária.

Ao tomar posse, Kátia Abreu enfatizou a necessidade de apoio aos produtores, não interessando o tamanho da terra. “Desde que tenha um palmo de chão, o ministério está pronto para apoiar em qualquer circunstância”. A secretária estadual de Agricultura disse compartilhar dessa visão.

FERNANDA MENDONÇA NA SEAGRI

Fernanda: indicada para a Seagri.

Fernanda: indicada para a Seagri.

A médica veterinária Fernanda Mendonça deve comandar a Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri). A veterinária foi indicada pelo deputado federal Félix Júnior pela cota do PDT.

Quadro da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Fernanda é itabunense e sobrinha do ex-deputado e ex-prefeito Félix Mendonça e, claro, prima de Félix Júnior.

A Seagri está entre as dez pastas cujos titulares serão anunciados pelo governador eleito, Rui Costa, na próxima quinta (16). Hoje, foram divulgados os secretários de Rui em 14 pastas.

Hoje, o petista adiantou que haverá mudança no comando-geral da PM e na chefia da Polícia Civil. Saem, respectivamente, Alfredo Castro e Hélio Jorge Paixão. Os substitutos serão conhecidos somente no dia 31.

JOSIAS NO GOVERNO BAIANO

O artigo do deputado federal Josias Gomes, publicado aqui no blog, foi visto como sinal de que ele deverá ocupar a Pasta da Agricultura no governo de Rui Costa. O texto do parlamentar petista defende a escolha de Dilma Rousseff para a mesma área no governo federal. A presidente quer a senadora peemedebista Kátia Abreu no Ministério da Agricultura.

O artigo pode permitir esta leitura, mas Josias pode ocupar uma outra pasta na gestão do companheiro Rui, a de Indústria, Comércio e Mineração. A Seagri é comandada hoje pelo PP, partido do vice-governador eleito, João Leão. O PP quer manter o controle da Agricultura, mas com “porteira fechada” e o retorno de Eduardo Salles ao cargo. O ex-secretário foi eleito deputado estadual.

O governador eleito promete divulgar o secretariado ainda na primeira quinzena de dezembro, mas só após o dia 10. Na segunda (1º), Rui anuncia como ficará a estrutura administrativa do Estado. Secretarias serão extintas, assim como órgãos e empresas.

CARNEIRO ASSUME AGRICULTURA

Carneiro assume a Seagri na próxima segunda, 20.

Carneiro assume a Seagri na próxima segunda, 20.

O ex-deputado federal Jairo Carneiro assumirá a Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri) na próxima segunda (20), às 15h30min, em solenidade no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Até então chefe de gabinete da Seagri, Carneiro substituirá o agrônomo Eduardo Salles. A chefia de gabinete será ocupada pelo atual superintendente de Atração de Negócios, Jairo Vaz.

Eduardo Salles deixa a secretaria porque vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa baiana. Além dele, outros quatro secretários do Governo Wagner que disputarão eleições em outubro devem deixar o governo até o final deste mês.

Apenas os secretários Rui Costa (Casa Civil), Otto Alencar (Infraestrutura) e Robinson Almeida (Comunicação) vão permanecer no cargo até o limite do prazo final de desincompatibilização (5 de abril) para secretários que vão disputar cargos eletivos.

 

PRAGA ATACA PLANTAÇÃO DE SOJA NA BAHIA E AUTORIDADES DESCONFIAM DE BIOTERRORISMO

Helicoverpa causa prejuízos de aproximadamente R$ 1 bilhão no oeste baiano.

Helicoverpa causa prejuízos de aproximadamente R$ 1 bilhão no oeste baiano.

Uma espécie de lagarta está destruindo plantações de soja e algodão no oeste baiano e em quatro estados brasileiros. O ataque da lagarta Helicoverpa armigera, segundo o secretário estadual de Agricultura (Seagri), Eduardo Salles, é suspeito. A desconfiança das autoridades é de que a praga que já resulta em prejuízos de R$ 1 bilhão tenha sido introduzida nas lavouras baianas numa ação bioterrorista.

Por meio de sua assessoria, Salles disse que a suspeita de ação criminosa está sendo investigada pela Polícia Federal e pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O caso foi discutido por autoridades, em Barreiras, neste fim de semana.

Além do municípios de Barreiras, São Desidério, Luís EduardoMagalhães, Baianópolis, Formosa do Rio Preto, Riachão das Neves, Correntina, Jaborandi e Cocos, na Bahia, a praga já se dissemina por plantações de soja e algodão nos estados de Goiás, Mato Grosso, Paraná e Piauí.

Na reunião deste final de semana, produtores e autoridades sanitárias trataram de definir ações e regras para aplicar um produto, o Benzoato de Amamectina, inicialmente, em 10 propriedades atingidas na região.

NOVOS DESAFIOS

marivalguedesO jornalista Marival Guedes deixou a assessoria de imprensa da Bahia Pesca, posto que exerceu com competência nos últimos anos, garantindo eficiente divulgação dos projetos e ações da empresa vinculada à Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri).

Sempre atencioso, Guedes enviou breve despedida aos companheiros da imprensa, agradecendo o apoio ao seu trabalho. Agora, o jornalista fará um périplo pelo Uruguai, Argentina e Chile, deixando os futuros compromissos profissionais para depois de fevereiro.

SEAGRI ENCERRA HOJE INSCRIÇÕES EM PROCESSO SELETIVO

Hoje é o último dia de inscrições na seleção pública da Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri) para preencher 118 vagas para técnico e engenheiro em agrimensura e técnico agropecuário.

A inscrição está sendo feita somente pela internet, no endereço  www.selecao.uneb.br/seagri2012.4. A taxa é de R$ 30,00 (nível médio) ou R$ 40,00 (nível superior). Os salários variam de R$ 1.049,89 (técnico agropecuário e técnico em agrimensura) e 2.288,39 (engenheiro em agrimensura).

A contratação será feita por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). A prova está prevista para ser aplicada no dia 6 de janeiro em Bom Jesus da Lapa, Itabuna, Juazeiro, Ribeira do Pombal, Senhor do Bonfim e Vitória da Conquista.

COMEÇA HOJE O AQUAPESCA BRASIL

Cerca de 2 mil pessoas deverão participar do 17º Aquapesca Brasil, um encontro de pescadores, marisqueiras e aquicultores de toda a Bahia. O evento começa nesta quarta-feira, 7, e prossegue até o dia 9, no Centro de Convenções de Salvador. A abertura, às 16 horas, contará com a presença do governador Jaques Wagner.

O encontro é fruto de iniciativa do Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí (SC) e Região, contando com parceria da Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional do Estado (CAR).

A proposta do evento é discutir políticas públicas dirigidas às colônias de pescadores.

O FUTURO DA CEPLAC

Sede regional da Ceplac, na rodovia Ilhéus-Itabuna.

O secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, provocou maior rebu quando propôs a transformação da Ceplac em Instituto Embrapa Cacau. O PIMENTA fez enquete para saber como a comunidade regional recebia a proposta do secretário. Eis os resultados:

33% concordam com a ideia diante do alto número de ceplaqueanos já aposentados ou próximo de pendurar a chuteira;

32% dos votos foram pelo fechamento do órgão federal e instalação da universidade federal na sede regional (BR-415);

26% discordam desta ou daquela proposta e afirmam que a Ceplac é importante para a região; e

9% defenderam que Salles pense na extinção da secretaria pilotada por ele, a Seagri.

FESTIVAL DA TILÁPIA

No Mar Aberto, a tilápia é servida com aipim crocante e pasta de alho

Receitas das mais variadas e saborosas poderão ser conhecidas e apreciadas pelos baianos até o dia 16 de abril, durante o Festival da Tilápia. A programação teve início ontem (26), em 44 restaurantes de sete cidades baianas: Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Paulo Afonso, Ilhéus, Porto Seguro e Vitória da Conquista.

O festival é uma iniciativa da Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), que entra em sua terceira edição e já se consagrou no calendário de eventos ligados à gastronomia no Estado. A promoção conta com a parceria da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

De acordo com a Bahia Pesca, o evento mobiliza cooperativas produtoras do pescado e projetos de piscicultura desenvolvidos pela empresa no interior da Bahia. O objetivo é fortalecer a cadeia produtiva do peixe. “A Bahia Pesca investe na divulgação da tilápia, um peixe nobre pelo seu sabor e valor protéico”, afirma o presidente da empresa, Isaac Albagli.

Em Ilhéus, os restaurantes que participam do festival são os seguintes:

Mar Aberto Music Bar – Avenida Litorânea Sul, 129, Pontal

Mar e Amor – Rua Coronel Pessoa, 96, Centro

Maróstica – Avenida 2 de Julho, 966, Centro

 

PREOCUPAÇÃO COM A MONILÍASE

Salles (dir.) conversou sobre o assunto com o diretor-geral da Ceplac, Jay Wallace (foto Heckel Júnior)

A monilíase, praga considerada pior que a vassoura-de-bruxa, e que já atinge plantações de cacau em países que fazem fronteira com a Amazônia brasileira, constitui-se em ameaça para a cacauicultura nacional.

O secretário da Agricultura da Bahia, Eduardo Salles, tratou recentemente do assunto com o diretor-geral da Ceplac, Jay Wallace, e pretende discuti-lo no próximo dia 28, em Rondônia, durante encontro de secretários estaduais de agricultura.

Salles diz ter consciência de que é praticamente impossível evitar a entrada da moníliase no país, mas observa a necessidade de adotar medidas para que isso não ocorra tão cedo. “Queremos atrasar esse processo ao máximo, até que a pesquisa agropecuária possa encontrar meios para desenvolver a tecnologia de combate”, afirma.

O secretário também defende a realização de convênios com países fronteiriços para intensificar o controle da praga. Essa proposta foi levada ao Departamento de Sanidade Mental do Ministério da Agricultura.

VACINAÇÃO CONTRA AFTOSA TEM COBERTURA DE QUASE 100%

A Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri) divulgou nesta terça-feira os resultados da etapa da vacinação contra a febre aftosa realizada em novembro do ano passado. De acordo com a Seagri, foram imunizados 97,12% do total de 4,9 milhões de bovinos e bubalinos com até 24 meses.

O secretário Eduardo Salles lembra que o índice alcançado é superior aos 90% exigidos pela Organização Mundial de Saúde Animal para regiões livres de febre aftosa. “Isso mostra o comprometimento do Estado com a defesa agropecuária e dos criadores em colaborar com o desenvolvimento do setor”, elogia Salles.

Os destaques na etapa da vacinação contra a aftosa foram as coordenadorias regionais da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) de Irecê (cobertura de 99,26% do rebanho), Itapetinga (99,14%) e Itaberaba (99,11%).

BAHIA PESCA PROMOVE CONCURSO DE FOTOGRAFIA

A Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), recebe até o dia 31 deste mês as inscrições para o concurso de fotografias “Bahia Pesca e Mar”, cujo tema é “Bahia: um olhar para a pesca e o mar”.

O concurso é aberto a fotógrafos profissionais e amadores, com o objetivo de incentivar trabalhos que enfatizem as riquezas naturais do Estado. Cada candidato poderá participar  com até dez fotografias, que deverão ser enviadas no prazo de quinze dias após o encerramento das inscrições, com o formato 20x30cm.

O prêmio do concurso será de R$ 3 mil para o primeiro colocado, metade desse valor para o segundo e R$ 500,00 para o terceiro lugar. A entrega ocorrerá no dia 16 de março.

 

SALLES PROMETE TERMINAIS PESQUEIROS PARA ESTE ANO

Segundo o secretário da Agricultura da Bahia, Eduardo Salles, os terminais pesqueiros de Ilhéus e Salvador, que se encontram em construção, serão concluídos ainda este ano. O compromisso foi assumido durante a abertura do 2º Seminário Nacional de Pesca Artesanal, na última segunda-feira, em Salvador.

O secretário contabiliza um crescimento de 150% no setor pesqueiro da Bahia nos últimos anos e diz que há potencial para maior incremento nessa área. “Com seus 1.200 quilômetros de costa, (o Estado) tem potencial para avançar ainda mais no segmento da pesca”, declarou.

A implantação dos terminais, que deverão beneficiar 30 mil pescadores, e a construção de quatro embarcações para pesca oceânica são apontados pelo titular da Seagri como fatores que irão contribuir para o fortalecimento do setor.

EXPOFENITA PODE DISPENSAR APOIO DA SEAGRI

O coordenador da Exposição Agropecuária e Feira de Negócios de Itabuna (Expofenita), evento programado para ocorrer entre o final de setembro e o início de outubro deste ano, anunciou que poderá dispensar o apoio oferecido pela Secretaria da Agricultura da Bahia.

De acordo com Josias Miguel, a Seagri se propõe a destinar R$ 40 mil como patrocínio, valor que ele considera irrisório diante dos custos do evento. “Caso seja esse o apoio da Seagri, nós dispensamos e vamos procurar outros patrocinadores”, afirma o coordenador.

Josias diz que a Expofenita tornou-se estratégica para a promoção da agropecuária sul-baiana e que, portanto, merece maior atenção da Secretaria da Agricultura do Estado.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia