alphaville
julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  




:: ‘Secretaria de Educação de Ilhéus’

COMERCIANTE DIZ QUE VAI À JUSTIÇA CONTRA “LEI DO PAI NOSSO” NAS ESCOLAS DE ILHÉUS

Secretária Lidney Campos diz que projeto é polêmico e ela ainda não sabe o que fazer.

Segundo o repórter Luiz Francisco conta em matéria para o portal Uol, ilheenses já se mobilizam para ingressar na justiça contra a lei que obriga a rezar o Pai Nosso nas escolas da rede municipal.

De autoria do vereador Alzimário Belmonte, o Gurita (PP), a lei foi aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito Newton Lima em dezembro do ano passado.

O comerciante José Antonio de Melo disse ao repórter que aguarda apenas o início das aulas na rede municipal para ingressar com ação na Justiça para que a lei seja revogada. “Espero que, até lá, o prefeito e o próprio vereador tenham sensibilidade suficiente para revogar este absurdo”.

José Antonio lembra que a Constituição Federal garante a liberdade de culto. “Não podemos aceitar a vontade de um vereador de impor uma religião às crianças”.

Ao portal, a secretária de Educação, Lidney Campos, deixa claro que não sabe ainda como agir em relação à lei do Pai Nosso, também chamada de “Guritada”.

- Leis existem para serem cumpridas, mas o projeto aprovado é muito polêmico. Ainda não tenho uma opinião formada e quero saber o que o colegiado pensa sobre esta lei – afirma a secretária.

Leia ainda
LEI OBRIGA REZAR O PAI NOSSA NAS ESCOLAS

VEREADOR DA “LEI DO PAI NOSSO” DIZ QUE
BUSCA “DESPERTAR CRIANÇAS E ADOLESCENTES”