WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘segurança pública’

POLÍCIA DESARTICULA QUADRILHA NO ALTO DA CASCALHEIRA

Vítimas reconheceram Diego como ladrão de motos em Ilhéus.

Vítimas reconheceram Diego como ladrão de motos em Ilhéus.

A polícia militar apreendeu quase 5 quilos de maconha e 36 pedras de crack, além de recuperar duas motos, numa operação no Alto da Cascalheira, em Ilhéus, nesta sexta, 4. A operação ainda resultou na prisão de Tiago da Silva Rios, Jeremias Silva Rios, Sócrates da Rocha Rios Filho, Makoto Marques Santos, Diego Vitor do Carmo Santos Pereira e o menor T.N.S.

A operação contou com policiais do Peto e visava prender suspeitos de ter executado Caíque Nascimento do Santos, na quarta, 2. Com os seis suspeitos, a polícia ainda encontrou uma espingarda calibre 36.

De acordo com o comando da 68ª Companhia da PM em Ilhéus, os donos das motos reconheceram Diego Vitor do Carmo como autor dos roubos. Diego acabou preso por tráfico de entorpecentes, porte ilegal de arma e roubo. Os demais foram autuados por tráfico e porte ilegal de armas.

Makoto, Sócrates e Tiago foram autuados por tráfico e porte ilegal de arma.

Makoto, Sócrates e Tiago foram autuados por tráfico e porte ilegal de arma.

ASSALTO À CDL DE ITABUNA

A falta de segurança em Itabuna atingiu também funcionários e clientes da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna (CDL), ontem à tarde. Um homem armado com revólver entrou na entidade lojista, situada no segundo andar de um prédio da Avenida Cinquentenário.

O homem levou três notebooks, três celulares e aproximadamente R$ 300,00 em espécie. Logo após, o assaltante fugiu – calmamente – em uma moto preta. Com informações do Alerta Total, da TV Cabrália.

ADOLESCENTE É ASSASSINADO ENQUANTO DORMIA

Um adolescente de 17 anos é a mais nova vítima da violência em Itabuna. Ontem à noite, Pedro Rodrigo Lima Batista foi assassinado enquanto dormia na própria casa, no Loteamento 7 de Setembro, na região do Motel Carinhoso.

Pedro foi assassinado a tiros de pistolas ponto 40 e 380. Os autores dos disparos foram homens que, após chamar por Neguinho, invadiram a casa. Segundo apurou o Sport News, um irmão gêmeo da vítima conseguiu escapar, pulando o muro da casa.

A mãe da vítima  acredita que a morte tenha sido por engano. Ela afirmou que o filho era trabalhador. Pedro Rodrigo foi o 172º homicídio registrado em Itabuna em 2012, ano apontado como o mais violento da história do município sul-baiano.

POLÍCIA SEM PISTAS DE GRUPO QUE MATOU HOMEM POR CAUSA DE R$ 12,00

A polícia ainda não prendeu o autor de um crime bárbaro ocorrido ontem (17) em um sítio localizado às margens da BR-101, entre Itabuna e Buerarema, sul da Bahia. Um grupo de comerciantes bebia, quando houve desentendimento por causa de R$ 12,00. O homem que ateou fogo na vítima, identificada apenas pelo prenome João, teria roubado o dinheiro.

Após a discussão por causa do dinheiro, a vítima foi agredida pelo grupo com socos e pontapés. O grupo, segundo o caseiro do sítio, amarrou a vítima, jogou querosene e depois ateou fogo no corpo de João. De acordo com relato feito ao portal G1, os acusados são três homens e duas mulheres que vendem artigos do artesanato sul-baiano. Todos fugiram depois do crime. Ninguém ainda foi preso.

POLÍCIA PRENDE QUADRILHA SUSPEITA DE SEQUESTRAR JUÍZA E PROMOTORA EM SALVADOR

A polícia prendeu quadrilha acusada de sequestrar uma juíza de Sergipe e uma promotora pública da Bahia em Salvador, no feriado da Proclamação da República. As vítimas foram obrigadas a rodar por quase 12 horas com os bandidos.

A quadrilha foi apresentada, hoje, pela Secretaria da Segurança Pública. Taís Barbosa da Silva, 19 anos, e Bruno Souza dos Santos, 21, são apontados como chefes. O bando era integrado por dois adolescentes, de 15 e 16 anos, apreendidos pela Rondesp (Polícia Militar).

Os nomes da promotora e da juíza sequestrados não foram revelados pela polícia. A promotora que atua em um município baiano foi agredida fisicamente pela quadrilha e estuprada pelos três homens da quadrilha. Os envolvidos foram presos entre a noite de ontem e madrugada desta quarta, 21.

ITUBERÁ: QUADRILHA ATACOU 3 AGÊNCIAS BANCÁRIAS E FEZ REFÉNS

Além de assaltar e fazer reféns no Banco do Brasil de Ituberá, a quadrilha composta por aproximadamente 15 homens também atacou agências da Caixa Econômica Federal e Bradesco nesta manhã de quarta, 7. Clientes e funcionários dos bancos foram usados como escudo humano pelos bandidos.

Pelo menos 11 pessoas foram feitas reféns e foram liberadas logo após a fuga da quadrilha, que utilizou um Fiat Strada, um GM Corsa e uma picape Mitsubishi L200 para a ação. Os veículos foram incendiados próximo a Nilo Peçanha, conforme polícia.

A Secretaria de Segurança Pública baiana disponibiliza um número gratuito para denúncias que possam levar à prisão da quadrilha. O telefone é o 181.

De acordo com a assessoria da secretaria, guarnições das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipe) da Polícia Militar, em conjunto com policiais civis do Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras (Garcif), participam da operação para prender os assaltantes. A operação é coordenada pelo delegado Daniel Pinheiro, da Garcif.

MENOR CONFESSA QUE MATOU ADOLESCENTE NA CALIFÓRNIA

Os menores C.W.S. e S.S.J foram apreendidos no final da tarde desta sexta-feira, 19, na Favela Portelinha, em Itabuna, com uma pistola 9 milímetros. Os jovens foram detidos durante operação da Polícia Militar.

Após ser apreendido, S. assumiu a autoria da morte de Fabrício Souza de Oliveira, 15 anos, assassinado com tiros de pistola 9 milímetros ontem à tarde na rua Santa Maria, na Califórnia. Já o outro menor, C., não confirmou participação no crime.

JOVEM É BALEADO EM ASSALTO NO CONCEIÇÃO

Um jovem de 25 anos foi atingido por um tiro após ser roubado por dois bandidos na Travessa Catucicaba, Bairro Conceição, em Itabuna, hoje, por volta das 19h30min. Os criminosos tomaram o telefone celular do rapaz e deflagraram o tiro. O disparo atingiu a região da nuca e ocorreu assim que o jovem tentou se desvencilhar da dupla. Os assaltantes fugiram em direção à Beira-Rio.

A vítima foi socorrida e levada a um hospital. Após exames médicos, detectou-se que a bala está alojada na cabeça. Amanhã, o jovem passará por avaliação de neurocirurgião. Há pouco, a mãe da vítima se dirigiu ao Complexo Policial de Itabuna.

SECRETÁRIO NEGA USO ELEITORAL DE BASE DE SEGURANÇA EM ITABUNA

Secretário de Segurança, Maurício Barbosa (Foto Pimenta).

A Base Comunitária de Segurança instalada provisoriamente na baixada do Bairro Monte Cristo, em Itabuna, é a oitava entregue pelo governo baiano. Inspiradas nos moldes das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Rio de Janeiro, as bases comunitárias são inauguradas em áreas sob domínio do tráfico ou de grande número de homicídios. O secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, disse que Itabuna terá uma segunda unidade, em área ainda a ser definida.

Barbosa concedeu entrevista ao PIMENTA e disse que a quadra poliesportiva que a prefeitura cedeu como área para instalação da base será devolvida, recuperada, em quatro meses, quando a Base Comunitária permanente será inaugurada.

De acordo com ele, as próximas unidades a serem inauguradas serão as de Porto Seguro e Feira de Santana. A base de Itabuna será comandada pela tenente

PIMENTA – O governo tem dito que o combate à violência não é feito somente com polícia. Não é incoerência, então, construir a Base Comunitária justamente numa quadra poliesportiva?

MAURÍCIO BARBOSA – Não é incoerência, mas prioridade. A ocupação não é definitiva.  Estamos aqui iniciando um projeto de segurança para beneficiar, aproximadamente, 30 mil pessoas e, temporariamente, ela vai ficar aqui, até a construção definitiva da base e a recuperação da quadra para os jovens.

A base definitiva sai em quanto tempo?

Acreditamos que, no máximo, em oito meses, mantendo-se a mesma equipe (efetivo) policial. Infelizmente, não tivemos outra opção para acelerar o processo de instalação provisória do terreno e posterior recuperação da área de lazer.

Autoridades descerram placa de inauguração de base comunitária em Itabuna (Foto Manu Dias).

A instalação da unidade provisória tem a ver com índices de criminalidade ou, como se comenta, com o período eleitoral?

A questão é logo trazer os policiais que já estavam formados desde o início do ano. A nossa previsão era de que as obras físicas já estivessem prontas. Então, para não perdermos mais tempo, fizemos a opção de construir essa base provisória nos moldes de como têm sido feitas as UPPs cariocas.

Existem fortes críticas quando à localização da Base, considerada vulnerável pela própria geografia do local…

A questão da vulnerabilidade vai exatamente do trabalho que a polícia veio aqui para fazer. O trabalho policial oferece riscos. Minimizamos esses riscos (com a operação deflagrada em agosto). A população não pode ficar à mercê da bandidagem.

DOIS HOMICÍDIOS NO FIM DE SEMANA

O final de semana em Itabuna registrou dois homicídios, ambos na madrugada de ontem, 16. Marcos Souza Santos foi assassinado ainda na cama, no bairro Sinval Palmeiras, por dois atiradores. Eles invadiram a casa e executaram o homem que se recuperava de vários tiros sofridos há quase oito meses. A esposa da vítima estava ao lado e saiu ilesa.

Já no Pedro Jerônimo, bandidos mataram Edvanildo Nascimento Santos, o Tinho, 29 anos. A execução ocorreu na varanda de um bar próximo à residência da vítima. Os três feridos na tentativa de chacina encontram-se em estado grave no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, informa o Portal Sul da Bahia.

FLANELINHA É ASSASSINADO NO CENTRO DE ILHÉUS

Rodrigo confessou crime.

Policiais militares da 68ª Companhia prenderam Rodrigo Rafael Santos, 29, acusado de matar a tiros o flanelinha Silvio Antônio dos Anjos Silva, 29.

O crime foi praticado por volta das 10h desta sexta, nas proximidades do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), no centro histórico de Ilhéus.

Rodrigo tentou fugir após ter atirado em Silvio, mas foi alcançado por policiais em um bar na Feira da Guanabara, no centro da cidade.

Silvio, a vítima.

De acordo com a polícia, o acusado da morte do flanelinha estava com um revólver calibre 38, marca Taurus, com dois cartuchos picotados e quatro deflagrados.

Preso, Rodrigo assumiu a autoria do crime e disse que agiu “por vingança”. A vítima, Silvio dos Anjos Silva, tinha passagem pela polícia.

FERIADÃO REGISTRA DOIS HOMICÍDIOS EM ITABUNA

Itabuna registrou dois assassinatos em menos de 24 horas. Ontem à noite, Giliard Araújo dos Santos, 25 anos, foi executado no Bairro Daniel Gomes.

Hoje, por volta das 14h,Wagner Moraes, 27 anos, foi assassinado após discussão com um homem identificado como Fred, na favela Vila da Paz, na saída de Itabuna para Ilhéus.

Wagner levou um tiro e tentou correr, mas foi alcançado por Fred. Às martens do Rio Cachoeira, o algoz desferiu golpe fatal, de faca, contra o pescoço de Wagner. Após o crime, Fred usou a bicicleta da vítima na fuga.

CONFUSÃO NO 7 DE SETEMBRO

A festa do 7 de Setembro em Itabuna foi manchada pelo confronto de gangues no quarteirão entre o Bradesco e o Santuário Santo Antônio, na Avenida do Cinquentenário. O tumulto ocorreu por volta das 11h30min, quando grande multidão ainda estava na avenida.

Várias pessoas que assistiam ao desfile ficaram feridas ao tentar fugir do local do confronto entre supostos membros de grupos dos raios A e B do presídio de Itabuna. Pelo menos um homem ainda não identificado foi preso por soldados da polícia militar. Quem assistia ao desfile onde ocorreu a confusão ainda relatou ter ouvido tiro de revólver, porém não houve registro de pessoas atingidas por disparos.

O BANGUE-BANGUE É AQUI

Celina Santos | celinasantos2@gmail.com

Parafraseando Caetano Veloso, quando escreveu que “o Haiti é aqui”, numa alusão à desigualdade social brasileira, nos resta dizer que a guerra é lá na Síria, mas “o bangue-bangue é aqui”.

“Levanta, Léo, oh meu filho! Ele tá vivo, me dá a mão dele, me dá a mão dele”. Eis o lamento ensandecido de uma mãe itabunense, cujo filho adolescente foi “abatido” por 15 tiros em pleno dia, no bairro Santa Inês. Infelizmente, não se trata de um caso isolado, mas de uma cruel constante na rotina de tantas e tantas famílias dessa terra.

Enquanto esse artigo começava a ser escrito, haviam se passado 223 dias do ano de 2012. Nesse período, foram computados 112 assassinatos. Isso representa média de um homicídio a cada dois dias! A maioria das vítimas, como todos sabem, é composta por adolescentes e jovens.

Do alto da sua imaginária “zona de conforto”, muitos se pegam dizendo: “só estão matando vagabundos”, numa referência aos dependentes químicos (doentes que perdem a batalha contra a tirania do vício em crack) e àqueles que encontram na venda dessa droga um meio de ganhar dinheiro facilmente.

Mas é dado a algum ser humano o direito de decidir sobre a vida – e a morte – de outro ser? Simplesmente matar virou a solução? Quem garante que as centenas de mortos não teriam um futuro diferente, caso lhes fosse dada alguma oportunidade que não o caminho do uso e/ou tráfico de entorpecentes?

Onde estão as tais políticas públicas de cunho social? Cadê a bonita proposta do tal Pronasci (Programa Nacional de Segurança com Cidadania)? Tudo muito louvável, porém, até então, apenas no plano da teoria. Na prática, só morte e mais morte. Choro e mais choro.

Aliás, pensando estar protegidos em nosso “lugarzinho quente”, repetimos: “só morre quem está no lugar e na hora errados”. Ok. Mas onde fica o lugar certo para fugir de uma bala perdida, se pessoas estão sendo atingidas até dentro de igrejas, como aconteceu no domingo, dia 12 de agosto, no bairro de Fátima? Qual seria a hora segura, se tem gente sendo alvo de tiros até pela manhã, em plena avenida Juracy Magalhães, uma das vias mais movimentadas do centro de Itabuna?

Há muito tempo se fala em implantar, nos bairros mais perigosos da cidade, as chamadas Bases Comunitárias de Segurança. Tal medida certamente evitaria atitudes audaciosas de bandidos, como ordenar o fechamento de escolas, quando eles querem trocar tiros com seus rivais.

:: LEIA MAIS »

PRESO ACUSADO DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Adailton foi preso momentos depois da tentativa de homicídio.

Uma guarnição comandada da PM prendeu em flagrante Adailton da Conceição Santos, vulgo “Dadá” ou “D2”, acusado da tentativa de homicídio contra Adilson Santos, 27. A prisão ocorreu nesta sexta-feira, 3, por volta das 9h30min,  na via de acesso de Camacan a rodovia BR-101.

Segundo relato do major PM Rodrigues Castro, comandante da companhia, “Dadá” portava um revólver calibre 38, Taurus nº 831972, com quatro cápsulas deflagradas e duas picotadas. A arma pode ter sido a utilizada na tentativa de homicídio. A vítima foi atingida à altura do pescoço e socorrida ao Hospital Fundação de Camacan, a 526 km de Salvador.

Após a tentativa do crime, Adailton Santos tentou fugir pegando serviço mototáxi. O veículo era conduzido por João Nunes Xavier Filho. Os dois acabaram sendo interceptados pelo serviço de radiopatrulhamento da polícia. Adailton foi conduzido à delegacia de Camacan e autuado em flagrante. O mototaxista foi liberado, já que não tinha envolvimento com o crime.

DUPLA MORRE EM TROCA DE TIROS COM A PM

Confronto ocorreu na Volta da Cobra (Foto Oziel Aragão / Portal Sul da Bahia).

Dois homens suspeitos de roubar um motociclista em Itabuna acabaram mortos em suposto confronto com a Polícia Militar nesta quarta-feira, 1º.

De acordo com informações do Portal Sul da Bahia, os bandidos estavam sendo perseguidos pela polícia e trocaram tiros na região de Volta da Cobra, próximo ao Hospital de Base de Itabuna.

Os homens ainda não foram identificados. Um estava de bermuda azul e camiseta branca e o outro trajava camiseta preta e bermuda azul.

LADRÃO ROUBA CASA COMERCIAL E É PRESO EM ÔNIBUS

Wiliam foi preso 24h depois de roubar casa comercial.

Policiais da 62ª Companhia Independente da PM em Camacan prenderam Wiliam Lima dos Santos em flagrante. O homem é acusado de assaltar casa comercial em São José da Vitória, no sul da Bahia. O crime ocorreu na tarde da última sexta, 27, e a prisão ocorreu 24 horas depois.

Guarnição da PM, sob o comando do sargento Sampaio, recebeu a informação da presença do acusado em um ônibus da linha Una – Itabuna, que foi abordado. Segundo o major Rodrigues Castro, comandante da companhia, ao avistar o sargento e os soldados Viveiros e Magno, o acusado jogou um revólver calibre 38 embaixo da poltrona.

Segundo o motorista e o cobrador do ônibus, a arma estava com William. Na abordagem ao assaltante, foram encontrados R$ 2.635.00 nas palmilhas do tênis do acusado e ainda um celular da marca Samsung.

O aparelho pertencia a Sílvio Viana, vítima do assalto. Wiliam dos Santos e todo o material apreendido foram apresentados em São José da Vitória, onde o acusado ficou detido.

JOVENS SÃO EXECUTADOS EM ITABUNA

Dois adolescentes foram assassinados a tiros ontem, 22, no bairro Santo Antônio e no Loteamento 7 de Setembro (Bairro Santa Clara), às margens da BR-101, em Itabuna. As vítimas foram identificadas como Alefe de Moraes, 16, e Leandro Sales Evangelista, 17.

Alefe foi assassinado quando passava pela região da Pedreira J. Macêdo, no final da Rua José Monstans, no Santo Antôio. Já Leandro, foi executado com 18 tiros. O crime ocorreu próximo ao Motel Carinhoso.

GUERRA URBANA: ITABUNA ATINGE 100 HOMICÍDIOS EM 2012

O jovem Kaike Rodrigues Silva, 17 anos, entrou para a fria e dura estatística das mortes violentas em Itabuna como o 100º homicídio registrado no município em 2012. O Setor de Estatística da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (6ª Coorpin) também confirmou 83 tentativas de homicídio até hoje.

O crime ocorreu nesta tarde de sexta, 20, na Rua São José, no Bairro de Fátima, exatamente na porta da casa onde morava. O adolescente foi atacado por dois homens montados numa bicicleta, quando caminhava pela rua ao lado de um colega.

A irmã de Kaike, Ariele Rodrigues, confirmou que o menor já esteve envolvido no tráfico de drogas, mas atualmente era apenas usuário. Os tiros atingiram o veículo parado e o portão de uma residência. Em 2011, Itabuna atingiu a marca de 100 homicídios em junho.

POLICIAL BALEADO

Pouco tempo depois da morte do jovem, bandidos em um Fiat Pálio e um Volkswagen Gol promoveram tiroteio próximo ao local do crime. Um soldado da Polícia Militar, de prenome Ronaldo, acabou atingido na perna. Socorrido e levado ao Hospital Calixto Midlej Filho, ele não corre risco de morte.

MAPA DA VIOLÊNCIA: ITABUNA É 4º MAIS VIOLENTO PARA JOVENS NO BRASIL

O Mapa da Violência divulgado ontem pelo Instituto Sangari e Ministério da Justiça mostra Itabuna entre os quatro municípios mais violentos para jovens de até 19 anos em todo o País.

O levantamento utiliza dados de 2010 e o município sul-baiano aparece com taxa de 85,7 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes. A divulgação dos dados por faixa etária ocorreu na véspera da Caminhada pela Paz em Itabuna, que ocorre nesta manhã, com saída do Jardim do Ó, às 11h.

Outro município baiano, Simões Filho, é o campeão em violência nesta faixa etária. Situado na Região Metropolitana de Salvador, Simões Filho apresenta taxa de 134,4 homicídios para cada 100 mil habitantes. O estado tem 17 municípios entre os mais violentos para os jovens no País.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia