WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘serviços’

SHOPPING JEQUITIBÁ, 19 ANOS: O SONHO QUE HELENILSON CHAVES TRANSFORMOU EM REALIDADE

Manoel Chaves Neto

 

É com orgulho e responsabilidade que trabalhamos unidos arduamente com todo nosso TIME, dia a dia, tijolo a tijolo, para consolidar o sonho que nosso pai, Helenilson Chaves implantou, transformou em realidade, demonstrando de forma inequívoca a capacidade empreendedora da nossa gente grapiúna e a certeza de que, é no trabalho presente, que celebramos a fé no futuro.

 

Inaugurado no ano 2000, graças ao pioneirismo e espírito empreendedor do empresário Helenilson Chaves, o Shopping Jequitibá é, hoje, o maior centro comercial do Sul da Bahia, num raio de 250 quilômetros. Em meio a uma das maiores crises já enfrentadas pela região, Helenilson teve a percepção de que era preciso quebrar paradigmas, romper a dependência de um único produto, o cacau, e modelar Itabuna como polo regional não apenas comercial e industrial, mas também prestador de serviços e de lazer/empreendimento, o que se revelou um acerto.

Hoje o Shopping Jequitibá, com seus 24.675 m2 de ABL, além do varejo, contempla no seu mix vários serviços que atraem mensalmente milhares de pessoas, movimentam a economia e geram empregos.

Ao completar 19 anos, o Jequitibá está a todo vapor, com as obras da segunda ampliação com mais 4.320 m2 de novas ABL, que incluem mais áreas de varejo, lazer e serviços, como a rede de papelaria e material de escritório Kalunga, a Smart Fit academias inteligentes, a Med Plaza, um centro médico integrado com todas as especialidades; os cinemas Cinemark, maior exibidor de filmes do país; Casas Bahia, principal empresa de varejo do Brasil; e o restaurante Burger King.

Helenilson idealizou e inaugurou o Jequitibá

Além disso, temos um compromisso permanente com a capacitação e valorização de nosso TIME e parceiros, num processo que busca oferecer um atendimento de qualidade, produtos variados e de excelência, que contemplam as demandas regionais e faça do Jequitibá um shopping Regional Dominante no Sul da Bahia.

É com orgulho e responsabilidade que trabalhamos unidos arduamente com todo nosso TIME, dia a dia, tijolo a tijolo, para consolidar o sonho que nosso pai, Helenilson Chaves, implantou, transformou em realidade, demonstrando de forma inequívoca a capacidade empreendedora da nossa gente grapiúna e a certeza de que, é no trabalho presente, que celebramos a fé no futuro.

Mais que um empreendimento, o Shopping Jequitibá é um símbolo e um patrimônio da nossa região, capaz de ser resiliente e superar desafios e obstáculos.

Manoel Chaves Neto é diretor do Shopping Jequitibá.

A PESSOA CERTA NO LUGAR CERTO

Jaciara Santos | contato@jaciarasantos.com.br

 

O atendimento é a base para o sucesso de qualquer organização. Pode-se ter os melhores produtos e serviços, mas, se não tiver pessoas qualificadas, nenhum outro investimento tem o efeito de substituir um bom atendimento.

 

 

Com as festas de final de ano, o fluxo de pessoas em busca de produtos e serviços, aumenta significativamente. O atendimento tende a se tornar mais mecânico e frio. Entretanto, precisamos perceber que atender bem é um diferencial importante, que fideliza o cliente e faz com que o mesmo indique a empresa onde foi bem atendido para familiares e amigos.

Analiso cada atendimento, cada abordagem dos vendedores de nossa região. Percebo que o descaso com o consumidor se torna cada vez mais visível. Vendedores e atendentes muitas vezes exercendo um papel que foge totalmente de seu perfil.

Às empresas, é oportuno perceber que, antes de contratar um colaborador, faz-se necessário um processo seletivo eficaz, para que a frustração entre ambos os lados não venha à tona logo nos primeiros meses de trabalho.

Nesta semana visitei alguns estabelecimentos para comprar alguns mimos para minha família. Mas, confesso, foi árdua minha missão, por causa da falta de humanidade e profissionalismo em inúmeras empresas que visitei.

O atendimento é a base para o sucesso de qualquer organização. Pode-se ter os melhores produtos e serviços, mas, se não tiver pessoas qualificadas, nenhum outro investimento tem o efeito de substituir um bom atendimento.

Assim sendo, vou sugerir algumas dicas para você, empresário, gestor ou profissional autônomo, que trabalha diretamente com o público:

Dica 1: Atenda cada pessoa que entrar em seu estabelecimento como cliente VIP;

Dica 2: Ouça o seu cliente; e

Dica 3: Tente superar as expectativas do consumidor.

Seguindo essas dicas, tenho certeza que sua organização obterá mais sucesso, maiores resultados. Vale a pena também ressaltar a importância de identificar profissionais que não estão satisfeitos e que podem afetar o clima da empresa – e veja, urgentemente, o que pode fazer para solucionar a demanda.

Lembre-se: “A pessoa certa, no lugar certo, gera resultados extraordinários.”

Boas vendas!

Jaciara Santos é master coach.

EMPRESAS PODEM DISPUTAR R$ 1,5 MILHÃO PARA INVESTIR EM INOVAÇÃO

Apresentação do edital com R$ 1,5 milhão para inovação (Foto João Alvarez/Sebrae).

Apresentação do edital com R$ 1,5 milhão para inovação (Foto João Alvarez/Sebrae).

O Fórum Regional Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, que conta com o apoio técnico do Sebrae, apresentou um edital, com recursos não reembolsáveis de R$ 1,5 milhão para empresários do setor de comércio e serviços interessados em inovar. O edital, com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), foi apresentado na quinta-feira (20), no auditório da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (SICM), em Salvador.

A elaboração do edital, que é destinado a microempreendedores individuais (MEI) e empresários donos de negócios de pequeno porte com receita bruta anual até R$ 3,6 milhões do setor, foi realizada pelo Comitê de Ciência, Tecnologia e Inovação do Fórum e contou com o apoio do Sebrae.

O edital pode ser aplicado a projetos de produtos (bens e serviços), processos ou investimentos em gestão organizacional que sejam, necessariamente, inovadores. Uma das linhas de financiamento também é destinada a instituições científicas ou tecnológicas em parceria com empresas. O prazo de inscrição vai até 6 de março de 2015 e o edital pode ser acessado integralmente no site da Fapesb.

O diretor técnico do Sebrae Bahia, Lauro Ramos, afirmou que a instituição disponibilizará apoio às empresas interessadas em inscrever projetos. “O nosso papel é contribuir para que os projetos sejam consistentes e consigam ser contemplados pelos benefícios”, afirmou. Ele recomendou que empresários interessados busquem informações no site do Sebrae ou procurem auxílio diretamente nas unidades do serviço.

ITABUNA: INDÚSTRIA PUXA EMPREGO

carteira de trabalhoItabuna fechou abril com saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o município gerou 208 novos postos de trabalho.

O resultado positivo foi puxado pelo setor da indústria, que começou a recontratar no município e fechou o mês passado com saldo de 148 novos empregos. Serviços gerou 62 novas vagas ao registrar 285 contratações ante 223 desligamentos.

Quando avaliados todos os setores, o acumulado dos 12 meses preocupa. O saldo ficou negativo: corte de 153 vagas.

O alento é que, nos quatro primeiros meses deste ano, o município gerou 165 vagas. A nota negativa vai para os setores de serviço e comércio, que eliminaram 74 e 64 postos de trabalho, respectivamente, neste ano.

EDUCAÇÃO À MESA

Karoline VitalKaroline Vital | karolinevital@gmail.com

Deu para ver a marra se derretendo no rosto dela, de onde brotou um sorriso amarelo. E assim, com a minha educação doméstica, investi em refeições menos tensas no futuro.

Minha educação para o momento das refeições foi além dos princípios básicos de etiqueta, como não falar de boca cheia e não apoiar os cotovelos sobre a mesa. Com minha família, aprendi a norma básica na hora de comer: trate bem quem te alimenta! Tenho dois tios garçons e sempre contaram as barbaridades causadas pela falta de civilidade de clientes e o espírito vingativo dos funcionários da cozinha e afins. Humilhações e reclamações em tom esnobe muitas vezes são revidadas com cuspe na comida, canudos previamente inseridos no nariz e ouvidos, bifes bem passados pelo chão e demais nojeiras arquitetadas por mentes criativas e sentimentos feridos.

Antes que sua arrogância deseje lembrar àquele que te serve sobre quem está pagando pela comida, é preciso avaliar os possíveis riscos que você pode se submeter. E não adianta querer se blindar falando de profissionalismo e apelar para ameaças ao gerente ou dono do estabelecimento. E por mais que Seu Madruga tenha ensinado que “a vingança nunca é plena, mata a alma e envenena”, gente é um bicho rancoroso e perverso.

Tratar bem quem prepara sua comida deve seguir os princípios básicos da convivência humana, acrescidos do instinto de autopreservação. E foi a estratégia de sobrevivência à mesa deu origem a um ato de celebração muito comum: o brinde. Pesquisadores contam que o hábito de brindar surgiu na Grécia, 400 anos antes de Cristo. Ao bater os copos, misturava-se a bebida servida e o convidado se assegurava de que seu anfitrião não tinha intenções de envenená-lo.

Partindo das lições familiares, sempre segui à risca o princípio de jamais destratar quem lidava com minha refeição. Uma vez, quando prestava serviço a certa Prefeitura, recebi um vale para almoçar no restaurante parceiro do governo municipal. O evento que cobri durante a manhã se estendeu além do horário. O restaurante era pequeno, funcionava na residência da proprietária. Só consegui chegar ao estabelecimento perto das 14 horas e as funcionárias, que pensavam estar livres do seu turno, receberam-me com uma enorme tromba. Faziam questão de demonstrar explicitamente toda sua contrariedade. Uma delas se queixava de dor de cabeça e pressão alta.

– Senhora, já que está se sentindo mal, é melhor procurar um posto de saúde, pois hipertensão é um perigo – aconselhei, cautelosamente.

– Por mim, eu morro! – respondeu-me com aspereza.

Depois de escolher o meu prato, perguntei o que tinha para beber.

– Se quiser, tem água – informou-me a funcionária com desdém.

– Está ótimo! – exclamei com um sorriso no rosto, numa tentativa desesperada de criar alguma empatia. Não sei se a tática funcionou, mas fui surpreendida com uma limonada.

O clima no restaurante era tenso. O lugar era minúsculo e dava para ouvir todas as pragas rogadas da cozinha. Mas, como meu estômago estava colando nas costas, tive que me submeter ao risco, pedindo proteção divina.

:: LEIA MAIS »

ITABUNA E ILHÉUS CORTAM 806 EMPREGOS EM 2013

empregoOs dois maiores municípios do sul da Bahia fecharam setembro no vermelho, apesar do Brasil ter apresentado um dos melhores saldos de novos empregos dos últimos anos. Itabuna cortou 26 postos de trabalho. Ilhéus atingiu 219 no mês passado.

O saldo negativo é ainda maior quando se leva em conta os nove primeiros meses do ano. Itabuna cortou 399 vagas de emprego com carteira assinada no período. Ilhéus foi além: 407.

O desemprego em Ilhéus em setembro foi puxado pelo setor da construção civil, que cortou 189 vagas formais. O mesmo setor abriu 9 postos de trabalho em Itabuna no último mês.

Nas duas cidades, o saldo em nove meses na construção civil é negativo:  corte de 86 vagas em Ilhéus e 106 no município vizinho.

Os resultados auferidos em 2013 estão entre os piores dos últimos dez anos, conforme dados do Ministério do Trabalho e Emprego.

Em Itabuna, apenas o setor de serviços fechou o mês de setembro com ‘boa’ folga: 78 novas vagas.

A área industrial cortou 80 vagas em setembro e 486 no ano. O comércio apresentou saldo negativo de 35 vagas no mês passado. No acumulado de janeiro a setembro, menos 36 vagas.

ITABUNA: SAC ATENDE EM UNIDADES PROVISÓRIAS

Após interromper as atividades no imóvel onde funciona em Itabuna, devido ao desabamento de parte do teto (confira aqui), o SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) volta a operar nesta sexta-feira, 2, na cidade, em locais provisórios.

Nos próximos 30 das, a carreta do SAC Móvel ficará ao lado do prédio interditado, oferecendo os serviços de solicitação e renovação de documentos como Carteira de Trabalho, RG e Habilitação.

Haverá também serviços disponíveis em outras unidades provisórias. O Sine (Sistema Nacional de Emprego) atende os cidadãos ao lado da Vila Olímpica, enquanto o SAJ (Serviço de Atendimento Judiciário) fica temporariamente instalado no mesmo imóvel onde funciona a Vara da Infância e Juventude, na Rua das Nações Unidas, centro de Itabuna.

PROBLEMAS NA COLETA DE LIXO

Lixo acumulado nesta manhã na Rua Duque de Caxias, centro de Itabuna (foto Pimenta)

Lixo acumulado nesta manhã na Rua Duque de Caxias, centro de Itabuna (foto Pimenta)

Moradores de vários bairros de Itabuna se queixam da deficiência na coleta de lixo. Na manhã desta segunda-feira, 22, pilhas de resíduos podiam ser vistas amontoadas tanto em áreas da periferia como no centro da cidade.

A situação é crítica em determinados locais, como o loteamento Monte Líbano, no bairro São Roque. Moradores da rua onde funciona a unidade de saúde Dilson Cordier afirmam que o serviço de coleta não é realizado ali há aproximadamente dez dias.

Próximo desse local, na esquina da Rua Independência com a João Timóteo, no acesso ao bairro Castália, também há lixo acumulado.

Na semana passada, o PIMENTA denunciou a empresa responsável pela coleta por não fornecer equipamentos de proteção individual aos funcionários, expondo os mesmos a riscos.

VANE DE OLHO NA GRATUIDADE

Vane recebeu representantes de movimentos sociais nesta terça-feira (foto Pedro Augusto)

Vane recebeu representantes de movimentos sociais nesta terça-feira (foto Pedro Augusto)

Na reunião que teve nesta terça-feira, 25, com representantes de movimentos sociais que pedem melhoria nos serviços públicos, principalmente no transporte coletivo, o prefeito de Itabuna, Claudeavane Leite (PRB), deixou claro que uma das medidas com as quais o governo pretende reduzir a pressão sobre as passagens será a revisão da gratuidade. A impressão do gestor é de que o número de passageiros que viajam de graça é superior ao dos que efetivamente têm esse direito.

“Estamos investigando”, declarou o prefeito durante a reunião, referindo-se à gratuidade. Vane também anunciou medidas para melhorar a qualidade do transporte, a exemplo da instalação de uma estação de transbordo ao lado do terminal rodoviário, no Centro Comercial.  Segundo ele, o equipamento reduzirá “pela metade” o tempo de espera nos pontos de ônibus e os gastos dos usuários com a passagem.

O secretário de Transportes e Trânsito, Clodovil Soares, falou sobre outras medidas relacionadas à mobilidade urbana. Entre elas, a instalação de ciclovias no centro da cidade, cortando as avenidas Amélia Amado, Inácio Tosta Filho e Ilhéus. Disse ainda que aumentará a fiscalização sobre o cumprimento de horários pelas empresas de ônibus.

OI CASTIGA USUÁRIO COM “CALADÃO”

oiClientes da operadora Oi que residem na região do bairro Castália e imediações, em Itabuna, estão há três dias sem conseguir fazer ou receber ligações no serviço móvel. Basta entrar no bairro que os aparelhos ficam inoperantes, informando “falha de conexão”.

Na noite desta segunda-feira, 25, um cliente ligou para a operadora e foi informado de que há de fato um problema com o sinal nessa área e a previsão é de que o transtorno seja eliminado até o dia 1º de março. Ou seja, o “caladão” iniciado no último sábado deve prosseguir até a próxima sexta.

O mais grave é que, apesar de ser um problema que afeta um grande número de usuários, a Oi não toma a iniciativa de informar as “vítimas”, limitando-se a explicar o que ocorre apenas quando algum cliente resolve se queixar.

Um detalhe é que em grande parte do bairro Castália os serviços de telefonia móvel são precários, e os da Oi ganham de todos os demais em matéria de falta de qualidade. Quem insiste em manter linhas da operadora, é porque é muito teimoso, masoquista ou porque tem o telefone móvel agregado a outros serviços da operadora, como internet e linha fixa (o tal “Oi Conta Total”).

ITABUNA GERA APENAS 559 EMPREGOS EM 2012

carteiradetrabalhoOs setores da indústria e da construção civil em Itabuna apresentaram o pior desempenho dos últimos 12 meses do ano passado e cortaram, juntos, 290 postos de trabalho em dezembro.

Os dados do Ministério do Trabalho e Emprego revelam, também, que o resultado não foi pior por que comércio e serviços fecharam o último mês de 2012 no azul, gerando, respectivamente, 42 e 37 novas vagas.

O acumulado de 2012 aponta a geração de apenas 559 empregos em Itabuna, um dos piores dos últimos dez anos.

A área de serviços foi quem mais abriu novas vagas ano passado: 254. Na sequência, aparecem indústria (211) e construção civil (103).

ILHÉUS

Em Ilhéus, indústria, comércio, agropecuária e construção civil encerraram dezembro no vermelho. Juntos, eliminaram 142 postos de trabalho no mês. Já o setor de serviços, foi em sentido contrário e gerou 83 novos postos de trabalho.

A economia ilheense fechou 2012 com saldo positivo de emprego: 505.  Apesar de cortar vagas em dezembro, o comércio foi o destaque no ano passado ao gerar 279 novos empregos. O setor de serviços criou outros 165. Somente a indústria fechou no negativo. Cortou 93 postos de trabalho.

FEIRA DE SAÚDE NESTE SÁBADO

Quem mora em Itabuna e cidades vizinhas e quiser verificar se a saúde está em dia terá uma boa oportunidade neste sábado, 15, quando acontece a Feira de Saúde do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) em Biotecnologia e Saúde. O evento será realizado na Praça José Bastos (em frente à FTC), das 8 às 13 horas, com oferta de vacinas, aferição da pressão arterial, teste de glicemia e checagem do percentual de gordura corporal.

Na feira, o público receberá ainda informações sobre prevenção de doenças cardíacas, alimentos funcionais, sucos metabólicos, fitoterapia, entre outros assuntos relacionados à saúde. “Esses serviços contribuirão para avaliar as condições de saúde e nutrição dos participantes”, afirma a diretora do CEEP, Josonita da Silva Marinho.

BANCOS TERÃO QUE EXPLICAR SUAS TAXAS

Da Agência Brasil

Os seis maiores bancos do país terão de prestar esclarecimentos ao Ministério da Justiça sobre os pacotes de serviços que oferecem. O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do ministério deu dez dias de prazo para as instituições financeiras apresentarem as respostas.

De acordo com o Ministério da Justiça, existem indícios de falta de transparência na oferta de pacotes bancários com base em levantamento nas páginas das instituições na internet. Além disso, os bancos estariam inserindo, nos pacotes, serviços gratuitos e obrigatórios. Para o DPDC, o procedimento pode levar à tarifação indireta, fazendo o cliente pagar por serviços aos quais tem direito garantido pela legislação.

A notificação atingiu os seguintes bancos: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú e Santander.

Leia mais

OI SEM SINAL

Clientes da operadora de telefonia Oi em Itabuna voltam a reclamar de problemas no sinal. Nesta manhã de segunda-feira, 3, está impossível fazer ou receber ligações, e a informação é de falha na conexão.

Esse tipo de problema é corriqueiro com a Oi e a empresa não se preocupa em dar satisfações aos usuários. Não é à toa que é uma das campeãs em queixas no Procon.

ITABUNA GERA 112 EMPREGOS EM SETEMBRO

Itabuna abriu 112 novas vagas de emprego com carteira assinada em setembro, conforme o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Comércio (45 novas vagas), serviços (38) e agropecuária (37) foram os maiores responsáveis pelo saldo positivo no mês passado.

Na sequência, vem a indústria de transformação, com abertura de 32 novos postos de trabalho. A construção civil cortou 35 vagas.

A indústria foi o setor que mais gerou empregos nos nove primeiros meses deste ano: 353 novos postos de trabalho. Apesar dos números negativos dos últimos meses, a construção civil registrou saldo de 303 empregos.

Já o comércio, ainda apresenta saldo negativo de 135 vagas. O município sul-baiano abriu 701 novas vagas no acumulado dos últimos nove meses.

SIMÕES LAMENTA SUSPENSÃO DO CARNAVAL

Deputado aponta prejuízos para o comércio e o setor de serviços

O anúncio de que Itabuna não terá carnaval m 2012 provocou lamentos do deputado federal Geraldo Simões (PT). Segundo ele, o cancelamento da festa trará impactos para o comércio e o setor de serviços.

Simões também criticou a gestão financeira da Prefeitura. Ele afirma que o prefeito José Nilton Azevedo (DEM) reclama de dificuldades, mesmo recebendo R$ 400 milhões por ano. O petista acredita que não há justificativa plausível para se deixar de fazer Carnaval em Itabuna.

“Com isso, jovens perdem uma opção de lazer e o nosso comércio e o setor de prestação de serviços deixam de ganhar com o movimento de pessoas na cidade”, projeta o deputado.

A Prefeitura alegou ter suspendido o Carnaval em função da falta de apoio de empresas privadas e da situação da dengue no município (Itabuna tem um dos maiores índices de infestação por Aedes aegypti no Brasil). Em lugar da folia carnavalesca, Azevedo anunciou uma festa para o final de julho, coincidindo com o período do aniversário da cidade (leia aqui e aqui).

 

ITABUNA GERA 342 NOVOS EMPREGOS EM NOVEMBRO

Casas Bahia foi uma das redes que chegaram em Itabuna em 2011 (Foto Pimenta).

Os três principais setores da economia itabunense voltaram a contratar acima da média em novembro, revela o Ministério do Trabalho. Os números foram divulgados no final da manhã desta terça (20) e levam em conta apenas os empregos com carteira assinada.

Depois de “patinar” durante os dez primeiros meses no item geração de empregos, o setor de serviços abriu 156 novas vagas no mês passado. Os bons ventos sopraram também nos setores do comércio e indústria, que abriram 92 e 80 novas vagas, respectivamente.

O PIMENTA cruzou os dados das dez principais economias do estado e Itabuna apareceu em quarto lugar na geração de empregos em novembro, superando cidades como Feira de Santana (66 empregos) e Vitória da Conquista (-79).

À frente de Itabuna ficaram apenas Salvador (5.469 novos empregos), Camaçari (502 ) e Candeias (383). O trio tem em comum o fato de estar localizado na região metropolitana.

A boa notícia para a economia itabunense é a recuperação do comércio no acumulado do ano. Puxado pelos investimentos de mais de R$ 25 milhões no Shopping Jequitibá, o setor chega em novembro com saldo positivo de 415 vagas no ano e com a liderança na geração de empregos dentre todos os setores da economia local. Em 2010, eram apenas 24 novos empregos em igual período.

Os números do comércio são superiores ao da construção civil, que gerou 367 novos empregos no ano – mas em novembro abriu somente 7 novas vagas.

Se os números gerais da economia itabunense foram bons em novembro, o mesmo não se pode dizer do acumulado dos últimos 11 meses. A economia itabunense gerou somente 877 empregos em 2011, média de 79 empregos por mês.

ILHÉUS CORTA VAGAS

A economia ilheense fechou novembro no vermelho no quesito geração de empregos. Foram cepados 73 postos de trabalho com carteira assinada no mês passado, sendo este o resultado direto da abertura de 674 vagas ante 747 demissões. Serviços e indústria cortaram, juntas, 122 vagas. Comércio e construção civil amenizaram o mês ao abrirem 61 vagas.

SEM DIREITO À CORRESPONDÊNCIA

Vejam que situação complicada a dos moradores das localidades de Sambaituba, Vila Olímpio e Aritaguá, situadas na zona rural, no norte de Ilhéus. 

Por causa do acesso difícil, aquelas comunidades não são atendidas pelos Correios e as correspondências a elas destinadas ficavam na agência do bairro Malhado, até que seus donos fossem retirá-las. Ocorre que, há umas quatro semanas, a agência sofreu um assalto e, desde então, não mais reabriu as portas. Resultado: os moradores daquelas comunidades ficaram sem o serviço.

Moradores inconformados com a situação procuraram a central dos Correios em Ilhéus, onde foram orientados a ligar para o Serviço de Atendimento ao Cliente da ECT. Eles relatam que este serviço é bastante precário e serve apenas para testar a paciência do suplicante, numa espera absurda pela solução que nunca vem.

É desrespeito via Sedex.

COELBA NO SANTA INÊS

A Coelba decidiu ampliar em uma semana a permanência de sua unidade móvel no bairro Santa Inês, em Itabuna. No veículo, são recebidos pedidos de religação, segunda via de conta, ligação nova, inspeção, parcelamento de débitos e inscrição na Tarifa Social Baixa Renda.

A unidade ficará estacionada na praça do bairro, em frente à igreja católica, desta segunda-feira, 13, até sexta, 16, com horário de atendimento das 8 horas às 16h30min.

UNIDADE MÓVEL DA COELBA NO SANTA INÊS

A Coelba estará com sua unidade móvel no bairro Santa Inês, em Itabuna, desta terça-feira, 7, até sexta, dia 10. O serviço visa facilitar a solicitação de parcelamento de débitos, inspeção, novas ligações, segunda via de conta, religação e cadastramento na Tarifa Social Baixa Renda.

A Agência Móvel da Coelba estará na praça do bairro, em frente à Igreja Católica, atendendo no horário das 8h30min às 16h30min.

QUER VENDER, COMPRAR, ALUGAR OU TROCAR?

Quer comprar um carro? Que tal acessar o ClassiPimenta? E se o seu caso é vender, também é só dar um “pulinho” no site e anunciar o produto. É rápido, fácil e gratuito.

O Classipimenta possui mais de 350 ofertas de produtos ou serviços no ar. Carro, imóvel, terreno, equipamentos ou acessórios de informática, você encontra um pouco de tudo por lá. E para facilitar contatos de interessados, deixe sempre telefone ou email ao anunciar.

E se você está procurando emprego na área de vendas ou administração, por lá existem pelo menos duas boas oportunidades na categoria “Emprego”: uma empresa oferece até R$ 5 mil para o cargo de vendedor que disponha de tempo para viagens e tenha veículo. E uma ONG de Porto Seguro seleciona gestor administrativo-financeiro. Acesse o ClassiPimenta, os classificados do PIMENTA.

www.classipimenta.com.br








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia