WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Sesab’

POLICLÍNICA DE CONQUISTA ABRE INSCRIÇÕES PARA PROCESSO SELETIVO COM 68 VAGAS

Inscrições para processo seletivo estão abertas

O Consórcio Interfederativo de Saúde da Região de Vitória da Conquista e Itapetinga abriu, nesta terça-feira (12), inscrições no processo seletivo para a contratação de profissionais para diversos cargos. No total, são 68 vagas para assistente administrativo, assessor técnico, assistente social, médico, enfermeiro, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, técnico em enfermagem e técnico em radiologia, além de cadastro de reserva. Para acessar o edital, clique aqui.

O candidato tem até o dia 3 de março para se inscrever mediante ao pagamento de taxa que varia de R$ 50,00 a R$ 90,00, a depender do cargo pretendido e carga horária de trabalho semanal. As provas objetivas serão aplicadas pela Fundação de Apoio a Educação e Desenvolvimento Tecnológico (Fundação Cefet Bahia) no dia 7 de abril.

O processo seletivo terá duas etapas, sendo a primeira a prova objetiva de caráter classificatório e eliminatório todos os cargos. A segunda etapa da seleção será a prova de títulos de caráter classificatório. Os candidatos ao cargo de assistente administrativo não passam por essa etapa.

O resultado final do processo será será publicado no dia 23 de maio e as contratações devem ser feitas até junho. O salário varia de R$ 1.188,13 a R$ 5 mil. O contrato de serviço terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. Clique aqui para se inscrever.

ILHÉUS AMPLIA CAPACITAÇÃO PARA PREVENÇÃO AO SARAMPO

Capacitação envolveu profissionais da área de saúde || Foto Clodoaldo Ribeiro/GovIlhéus

Técnicos da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) promoveram capacitação, em Ilhéus, sobre manejo clínico do sarampo para todos profissionais das redes pública e privada do município, ontem (26). O treinamento, mediado pelo Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde de Ilhéus, teve como público alvo enfermeiros e médicos clínicos.

Segundo o diretor do Departamento de Vigilância em Saúde de Ilhéus, Gleidson Santana Souza, a capacitação abrange profissionais de várias esferas da saúde. “É preciso que os casos com suspeita da doença, ou confirmadas, tenham todas as medidas de controle realizadas. Esse paciente não pode ser encaminhado de volta pra casa sem ter passado, de imediato, pelas ações de bloqueio epidemiológico”, explicou.

Segundo a enfermeira técnica da Vigilância Epidemiológica e do Núcleo Regional de Saúde da Sesab, Marisa Susmaga, é preciso haver um esforço conjunto para que o surto da doença não ocorra na cidade. A capacitação contou com palestras do médico Gustavo Cunha, sobre o manejo clínico do sarampo e da técnica Cássia Virgínia, que falou sobre a vigilância epidemiológica voltada ao sarampo.

VACINAÇÃO

O sarampo ocorre uma vez na vida, e se a pessoa já teve a doença não precisa vacinar outra vez. A imunização acontece de forma normal para crianças até os cinco anos. Acima dessa idade até aos 29 anos, é preciso duas doses de a tri viral para o indivíduo ser imunizado. Pelo protocolo do Ministério da Saúde, dos 30 aos 49 anos, com apenas uma dose do tríplice viral já conta como imunizado.

VILAS-BOAS E FG INSPECIONAM OBRAS DA POLICLÍNICA REGIONAL DE ITABUNA

Fábio Vilas-Boas fará inspeção de obras nesta sexta || Foto Mateus Pereira/GOVBA

O prefeito Fernando Gomes e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, vão inspecionar as obras de construção da Policlínica Regional de Saúde, nesta sexta (10). A unidade de saúde está sendo construída na Avenida J.S. Pinheiro, no Lomanto, em Itabuna.

Da inspeção, também participa o prefeito de Itacaré e presidente da Amurc, Tonho de Anízio. A visita está marcada para as 9h30min. Quando estiver em funcionamento, a policlínica atenderá pacientes de 31 municípios sul-baianos em várias especialidades.

COSTA DO CACAU

Vilas-Boas deverá visitar, ainda, o Hospital Regional Costa do Cacau, que deverá mudar de gestão nos próximos meses. Uma licitação está sendo feita. Hoje, o hospital é administrado pelo Instituto Gerir.

PEDIATRIA DO HOSPITAL DE ILHÉUS ATENDERÁ PELO SUS; PREFEITURA E SESAB SELAM ACORDO

Autoridades e servidores em negociação de acordo com o Hospital de Ilhéus

Ainda neste mês, o Hospital de Ilhéus, entidade privada, oferecerá atendimento pediátrico pelo SUS, segundo acordo fechado pela Prefeitura de Ilhéus e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), ontem (17). As negociações envolveram o titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas, e o prefeito Mário Alexandre (Marão).

De acordo com o diretor do Hospital de Ilhéus, Jorge Viana, o contrato será assinado nesta semana e a unidade passará a ofertar consultas ambulatoriais e de urgência, além de internação em enfermarias.

O investimento anual em custeio será da ordem de R$ 5,2 milhões. Para o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, esse contrato garantirá segurança e qualidade no atendimento pediátrico durante o período em que o Hospital Regional Luiz Viana estiver sendo reformado para tornar-se uma unidade materno-infantil de alta complexidade.

ROSEMBERG DIZ QUE LUTARÁ POR MANUTENÇÃO DO HOSPITAL DE CAMACAN

Reunião na Sesab discutiu manutenção do Hospital de Camacan

O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) se reuniu, nesta terça-feira (30), com o secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Villas-Boas, parlamentares federais, prefeitos e vereadores do Litoral Sul para discutir a manutenção e ampliação do atendimento da Fundação Hospitalar de Camacan.

Com a ampliação do número de leitos e atendimentos à região, após a inauguração, em dezembro último, do Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, houve uma redução do número de atendimentos na unidade médica de Camacan.

Visando a manutenção da saúde financeira da Fundação, a Sesab orientou que o hospital amplie procedimentos de obstetrícia e ortopedia. Além disso, as prefeituras da região deverão indicar os pacientes prioritários para atendimento em Camacan.

O deputado Rosemberg informou que vai lutar para buscar recursos para adequar e melhorar a Fundação Hospitalar de Camacan com equipamentos necessários aos procedimentos solicitados pela Sesab. “É de fundamental importância manter em funcionamento um equipamento de saúde tão importante para toda a região”, defendeu o parlamentar petista.

Também participaram da audiência os deputados federais Davidson Magalhães e Antônio Brito, além dos prefeitos de Camacan, Oziel Bastos (Oziel da Ambulância); de Santa Luzia, Antônio Guilherme, que preside o Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima); a prefeita de Pau Brasil, Babi de Prado; e de Itaju da Colônia, Djalma Duarte; além dos vereadores Acácio Miranda e Nego Elder, ambos de Pau Brasil.

NOVO HOSPITAL DE ILHÉUS DIVULGA LISTA DE APROVADOS; 45 SÃO CONVOCADOS

Hospital divulgou lista de aprovados em seleção pública

Com um dia de atraso, o Instituto Gerir divulgou neste domingo (10) a lista de aprovados em seleção pública para vagas no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus. Os profissionais deverão ser contratados imediatamente. O hospital estadual será inaugurado na próxima sexta (15) e deverá entrar em funcionamento no dia 18.

Os aprovados são para as vagas de Almoxarife, Assistente de Departamento Pessoal, Assistente Farmácia, Assistente Social, Auxiliar Administrativo, Biomédico, Enfermeiro, Enfermeiro do Trabalho, Enfermeiro Especialista em Terapia Intensiva e Farmacêutico.

A lista de profissionais aprovados tem, ainda, Faturista, Fisioterapeuta, Especialista em PGRS, Técnico em Imobilização Ortopédica, Técnico em Enfermagem, Técnico em Informática e Técnico em Segurança do Trabalho. O processo seletivo também serviu para formar cadastro de reserva.

HOSPITAL CONVOCA 45 APROVADOS

Já para esta segunda (11), estão sendo convocados 45 aprovados para as vagas de Almoxarife, Assistente de Farmácia, Farmacêutico e Enfermeiro. A lista completa pode ser acessada no link de lista dos convocados. A apresentação com os documentos para a contratação deverá ser no horário das 9h às 11h, no setor de Recursos Humanos do Hospital da Costa do Cacau, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, no Banco da Vitória.

1 — CONFIRA A LISTA DOS APROVADOS E CADASTRO RESERVA

2 — CONFIRA LISTA DOS CONVOCADOS (11.DEZ)

 

________

________

ESTADO MANTERÁ FUNCIONÁRIOS EFETIVOS E CONTRATADOS DO REGIONAL, DIZ VILAS-BOAS

Secretário diz que Estado manterá efetivos e contratados || Foto Mateus Pereira/GOVBA

Após reunião mantida com o governador Rui Costa e o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, disse que não há motivo para apreensão por parte dos servidores estaduais lotados no Hospital Geral Luiz Viana Filho. A unidade serão transformada em hospital unidade pediátrica com a inauguração do Hospital do Cacau.

De acordo com o secretário, “uma parte dos atuais servidores lotados no Hospital Luiz Viana Filho será realocada para o Hospital Costa do Cacau e outra parte ficará na unidade, que permanecerá aberta, com atendimento pediátrico, até o início da reforma que vai transformar o atual hospital em unidade materno-infantil municipal.”

Fábio Vilas-Boas explicou que durante o período de obras no Hospital Luiz Viana Filho, os servidores que não forem transferidos para o Costa do Cacau serão cedidos às unidades municipais da rede de saúde de Ilhéus. “Ao fim do período de realização da obra, que será custeada pelo governo do Estado, esses servidores retornarão ao Luiz Viana, já transformado em hospital materno-infantil”, acrescentou.

No caso dos servidores de áreas administrativas do Hospital Geral Luiz Viana, eles podem espontaneamente optar pela transferência para outras unidades do Governo do Estado da Bahia instaladas no município ou na Região Sul. O secretário confirmou que a Superintendência de Recursos Humanos (SUPERH) da SESAB coordenará o processo de transição dos funcionários a partir desta semana.

TERCEIRIZADOS

No caso dos funcionários terceirizados que prestam serviços ao Hospital Geral Luiz Viana, o secretário Fábio Vilas-Boas afirmou que “serão readmitidos, majoritária e preferencialmente, nas vagas disponibilizadas no Hospital Regional Costa do Cacau.”

ESTADO E PREFEITURA EXPLICAM COMO SERÁ TRANSIÇÃO DO REGIONAL PARA HOSPITAL COSTA DO CACAU

Hospital Regional passará por reformas para ser transformada em maternidade

– Reforma do Hospital Regional deve durar 9 meses e custar R$ 8 milhões

– Perguntas e respostas esclarecem dúvidas

– Hospital Regional permanecerá aberto, com atendimento exclusivo de pediatria, até ser transformado em unidade materno-infantil

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, e o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, firmaram compromissos para garantir a assistência à saúde no período de reforma do Hospital Geral Luiz Viana Filho. Com a inauguração do Hospital Costa do Cacau em dezembro, no Banco da Vitória, o Regional será transformado no Hospital Materno Infantil de Ilhéus. A previsão é de que a reforma dure nove meses.

O prefeito se comprometeu em reabrir postos de saúde (ampliando a rede de atenção básica), abrir dois ambulatórios de pediatria e ampliar, imediatamente, o atendimento de urgências clínicas e ortopédicas 24 horas no Hospital São José e na Clínica Coci. Outro compromisso foi o de credenciar serviços de urgência e internação pediátricas 24 horas na sede do município, além de incrementar e renovar serviços de obstetrícia com a Maternidade Santa Helena por mais um ano.

O compromisso do estado será viabilizar a manutenção do funcionamento do Hospital Luiz Viana Filho de forma complementar ao Hospital Costa do Cacau (HRCC) até o início das obras de reforma da unidade, além de ceder servidores do grupo saúde para atuarem no novo hospital-maternidade municipal.

Dentre as obrigações do Estado, também está a cessão temporária de equipamentos para a Maternidade Santa Helena qualificar leitos de UTI e semineonatal. O governo baiano também deverá fazer a transferência mensal para o fundo municipal de saúde de Ilhéus de recurso financeiro de aproximadamente de R$ 400 mil para apoiar o contrato da Maternidade e o credenciamento de serviço de pediatria.

Quanto aos atuais servidores lotados no Hospital Luiz Viana Filho, parte será realocada no HRCC e parte permanecerá na nova estrutura hospitalar materno-infantil municipal que surgirá após a reforma da unidade. Já os funcionários terceirizados serão avaliados pela Organização Social que administrará o HRCC a fim de preencher, se possível, as vagas na unidade.

Durante o período de reforma do Hospital Luiz Viana Filho, os servidores que não forem transferidos para o HRCC permanecerão cedidos às unidades municipais de Ilhéus, ao fim do qual retornarão ao Luiz Viana, já transformado em hospital materno-infantil.

Abaixo, clique no link “leia mais” e confira uma sequência de perguntas e respostas de nota conjunta da Secretaria Estadual de Saúde e da Prefeitura de Ilhéus sobre o período de transição do Luiz Viana para o Hospital do Cacau. :: LEIA MAIS »

“BALEIA AZUL”: SESAB INDICA MEDIDAS DE PROTEÇÃO E ORIENTAÇÃO DE ADOLESCENTES

Villas Boas: medidas de proteção a jovens e adolescentes (Foto Alfredo Filho).

Villas Boas: medidas de proteção a jovens e adolescentes.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) determinou a adoção de medidas necessárias para proteger e orientar adolescentes devido a suspeitas de tentativas de suicídio estimuladas pelo jogo virtual Baleia Azul. O secretário da saúde Fábio Vilas-Boas anunciou força-tarefa para investigar casos de jovens que procuraram assistência hospitalar nos últimos dias por causa de atos de automutilação e outros ferimentos autoprovocados.

“A orientação aos pais e educadores dos jovens é que se registre a ocorrência, seja preservado o material (celular e/ou computador) e prestado atendimento médico imediato”, disse Vilas-Boas. A Sesab determinou que hospitais, prontos socorros, unidades de saúde e demais serviços de atendimento médico na Bahia redobrem a atenção em situações de automutilação e uso inadequado de medicamentos por crianças e adolescentes.

Para a família, a recomendação é que, ao identificar algum comportamento suspeito, leve a criança ou adolescente para a unidade de saúde mais próxima. “A situação é delicada e os pais devem ficar atentos ao comportamento de seus filhos. Trata-se de um jogo criminoso que tomou conta das redes sociais e está vitimando crianças”, observa.

Uma nota técnica da secretaria vai orientar a conduta dos profissionais de saúde frente a este tipo de situação. Além disso, uma rede de serviços esta à disposição para dar suporte aos casos que forem registrados, tanto com assistência clínica quanto psicológica, em unidades como os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e o Núcleo de Prevenção ao Suicídio do Centro Antiveneno da Bahia.

Caso haja algum sinal de automutilação, o encaminhamento deve ser feito para o pronto socorro, de um hospital ou de uma Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA). Órgãos de saúde, educação e segurança pública estão trabalhando em conjunto para dar uma resposta à sociedade frente a este grave problema.

SINAIS DE ALERTA

Adolescentes saudáveis também podem ser atraídos pelo jogo por curiosidade ou pela sedução do proibido e acabar se colocando em perigo. Por isso, é importante ficar atento aos sinais de que os filhos possam estar entrando na brincadeira ou estejam precisando de ajuda.

baleia azul2

 

Importante é manter as crianças e adolescentes protegidos e com a assistência necessária. Em casos de identificação de comportamentos suicidas, deve-se ligar para Centro de Informações Antiveneno (0800 284 4343), que funciona 24 horas, ou para o telefone 141, para receber orientações de como proceder.

PAULO BICALHO NA SESAB

Bicalho foi nomeado para cargo na Sesab.

Bicalho foi nomeado para cargo na Sesab.

Elogiado pelo trabalho desenvolvido no Hospital de Base e na Secretaria de Saúde de Itabuna, o médico Paulo Bicalho acaba de ser nomeado diretor de Gestão da Rede Própria da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) pelo governador Rui Costa.

O cargo está na estrutura da Superintendência de Atenção Integral à Saúde da Sesab. A nomeação foi publicada na edição desta quinta (16) do Diário Oficial do Estado.

HOSPITAL PEDE SOCORRO EM IBICARAÍ

Prefeito pediu ajuda à Sesab, mas resposta foi negativa (Foto Marcos Japu).

Prefeito pediu ajuda à Sesab, mas resposta foi negativa (Foto Marcos Japu).

Com dificuldades financeiras, o Hospital Arlete Maron, de Ibicaraí, terá que reduzir os atendimentos. A expectativa é do prefeito Lenildo Santana (PT), que na segunda-feira (4) foi até Salvador para pedir ajuda ao Governo do Estado, na tentativa de evitar o colapso da unidade de saúde.

Segundo Lenildo, a dificuldade de atender os pacientes se acentuou com o avanço dos casos de zika, dengue e chikungunya no município de 24 mil habitantes. O prefeito alega que o hospital não tem recebido o suporte necessário da Secretaria de Saúde do Estado.

Lenildo pediu a intervenção do secretário de Relações Intitucionais, Josias Gomes, junto à Sesab, mas a resposta foi desanimadora. Ao site Bahia Notícias, o prefeito declarou que a Sesab disse não ter condições de oferecer ajuda no momento.

De acordo com o gestor de Ibicaraí, o Hospital Arlete Magalhães tem uma despesa mensal de R$ 120 mil e acumula dívidas no valor de R$ 250 mil. A unidade, segundo Lenildo, atende cerca de 300 pessoas por dia.

SESAB PREJUDICA DEMITIDOS DE HOSPITAL DE PORTO SEGURO

Continua o impasse envolvendo funcionários do Hospital Luís Eduardo Magalhães, de Porto Seguro, e que foram demitidos pela Monte Tabor. A empresa ainda não pagou a rescisão dos trabalhadores e alega que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) não repassou os R$ 10 milhões previstos em contrato. De acordo com a Monte Tabor, não há como quitar as rescisões sem o repasse devido pelo governo baiano.

A Sesab não enviou representantes para a audiência de mediação, promovida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em Eunápolis. De acordo com João Evangelista dos Santos, da secretaria de Imprensa do Sintesi (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região), as rescisões estão sendo homologadas para permitir aos demitidos o saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e encaminhamento para seguro desemprego.

“Quanto às parcelas rescisórias, serão reclamadas judicialmente pelo sindicato”, informa João. O contrato com a Monte Tabor envolvia 500 funcionários no Luís Eduardo Magalhães. Com a ausência da Sesab, todos estão sendo prejudicados.

SESAB ANUNCIA CONTRATAÇÃO DE MAIS 400 PROFISSIONAIS PARA A BAHIAFARMA

Villas Boas, ao centro, em reunião com dirigente do Conselho de Farmácia baiano (Foto Divulgação).

Villas Boas, ao centro, em reunião com dirigente do Conselho de Farmácia baiano (Foto Divulgação).

Mais de 400 profissionais – entre farmacêuticos, químicos e biólogos – serão contratados pela Bahiafarma, entidade ligada a Secretaria da Saúde do Estado, a partir de 2016, conforme anúncio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Aliado a este montante, a expectativa é que a demanda por mão de obra qualificada aumente a partir da política de atração de indústrias farmoquímicas pelo Governo da Bahia.

Segundo o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, a escassez de mão de obra qualificada para atuar no segmento é uma realidade no estado. O titular da Sesab se reuniu nesta semana com o presidente do Conselho Regional de Farmácia do Estado da Bahia (CRF-BA), Mário Martinelli Júnior, para elaborar uma estratégia que garanta o maior número de baianos ocupando essas vagas.

– Uma das iniciativas visa estimular o direcionamento dos cursos de pós-graduação para a área farmoquímica, bem como estruturar um programa de estágio remunerado para estudantes da graduação na Bahiafarma.

PERSPECTIVAS
A Bahiafarma é considerada como empresa estratégica no processo de atração e fixação de laboratórios e indústrias farmacêuticas, para a criação de um pólo farmoquímico na Bahia nos próximos anos. Está em implantação o desenvolvimento de linha de produção multipropósito, com a fabricação de imunobiológicos e de itens como órteses e próteses de alto perfil, além de testes rápidos de diagnósticos voltados para o SUS de todo o Brasil, com a possibilidade ainda de exportar para a América Latina.

Ainda de acordo com Vilas Boas, em paralelo, com o propósito de captar outros negócios possíveis de serem assimilados, independentes de transferência de tecnologia via Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDP), a Bahiafarma tem prospectado outros projetos, considerando a necessidade de investimento, custo de produção, disponibilidade de mercado e demanda de consumo do Sistema Único de Saúde (SUS). Já se tem parcerias estabelecidas com diversos laboratórios, entre eles, Cristália, Novartis, Libbs e Biocen.

PORTO: MPT MEDIARÁ ACORDO ENTRE SESAB, MONTE TABOR E DEMITIDOS DE HOSPITAL

Santana: audiência no dia 25.

Santana: audiência no dia 25.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) marcou para o próximo dia 25, às 14h, a primeira reunião de mediação entre representantes dos trabalhadores do Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, a Monte Tabor e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).

A Monte Tabor demitiu 500 funcionários terceirizados do hospital no final de agosto, mas ainda não pagou as rescisões. A audiência de conciliação será na sede regional do MPT, em Eunápolis.

De acordo com a direção do Sintesi, a Monte Tabor havia marcado a homologação das rescisões para 4 de setembro, o que não ocorreu. Os trabalhadores, de acordo com o presidente do Sintesi, Raimundo Santana, estão apreensivos com a possibilidade de não receber os direitos.

Os funcionários do hospital de Porto foram demitidos com o encerramento de contrato entre a Sesab e a Monte Tabor, que administrava o Luís Eduardo Magalhães. A empresa alega ainda não ter recebido repasse para quitar as rescisões e disse que o dinheiro está previsto em contrato.

Há críticas ao posicionamento da Sesab. A secretaria ainda não se pronunciou quanto ao drama dos mais de 500 demitidos, apesar do clima de apreensão.

MONTE TABOR NÃO PAGA RESCISÕES DE DEMITIDOS DE HOSPITAL EM PORTO SEGURO

Após protestos por atrasos de salário, funcionários enfrentam mais problemas com a Monte Tabor (Foto Sintesi).

Após protestos por atrasos de salário, funcionários enfrentam mais problemas com a Monte Tabor (Foto Sintesi).

A empresa Monte Tabor ainda não homologou as rescisões de 500 funcionários demitidos do Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, gerando clima de apreensão. A empresa teve contrato rescindido com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e deveria homologar as rescisões dos funcionários em 4 de setembro, o que não ocorreu até o momento.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi), Raimundo Santana, afirma que a entidade “acompanha com muita preocupação” a situação dos trabalhadores demitidos. A Monte Tabor mantinha contrato com a Sesab para administrar o hospital de Porto Seguro. O contrato foi encerrado em 31 de agosto.

A empresa informou ao sindicato, segundo Raimundo, que ainda não há data para efetivar as homologações e pagar as verbas rescisórias. Conforme a empresa, o pagamento “dependeria de repasses de recursos pelo Estado da Bahia, o que não foi feito” e não há previsão de quando deverá ocorrer. Os recursos, de acordo com alegação da empresa, estariam previstos em contrato.

MEDIAÇÃO DO MPT

O Sintesi buscou mediação do Ministério Público do Trabalho para que a Monte Tabor e o Estado resolvam a situação. Ainda segundo Raimundo, não é descartada uma ação coletiva para assegurar o pagamento das rescisões dos trabalhadores.

Os atingidos pela rescisão de contrato entre Sesab e Monte Tabor farão assembleia, na segunda (21), para definir cronograma de mobilizações e até decidir sobre ação judicial coletiva.

TJ-BA CONSIDERA ILEGAL GREVE DE SERVIDORES DA SESAB

Tribunal baiano considera greve ilegal.

Tribunal baiano considera greve ilegal.

O Tribunal de Justiça da Bahia concedeu, neste domingo (19), liminar ao Governo do Estado da Bahia considerando ilegal o movimento de greve do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde da Bahia (Sindsaúde), com multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

O TJ-BA entendeu que não era válido o principal argumento do sindicato para a deflagração da greve: o corte do adicional de insalubridade. Mais de 1,5 mil servidores recebiam em desconformidade com os critérios estabelecidos na legislação, ação esta, tomada com o objetivo de atender orientações dos órgãos de controle.

Ainda como resposta à demanda, o Tribunal reconheceu que há um diálogo aberto entre o governo e a categoria com a realização de reuniões, tendo a última ocorrido no dia 16 de julho. Outro motivo que levou o tribunal a decretar ilegal a greve foi o caráter do serviço de saúde, considerado essencial, e os graves prejuízos acarretados para a população.

ACORDO PÕE FIM A GREVE DE MÉDICOS EM HOSPITAL DE PORTO SEGURO

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) intermediou um acordo que encerrou, ontem (22), o indicativo de greve dos médicos do Hospital Deputado Luis Eduardo Magalhães,  em Porto Seguro, e o Monte Tabor, entidade que administra a unidade de saúde. A decisão foi ratificada em assembleia,  restabelecendo todas as atividades. Mesmo com a paralisação dos atendimentos eletivos por 24 horas, os casos de urgência e emergência foram realizados.

Entre  os pontos de pauta, o diretor clínico do hospital,  Lucival Urzedo, apontou a necessidade de melhoria estrutural e dos equipamentos,  contratação de novos funcionários, regularização de pagamentos, bem como alteração do vínculo trabalhista de pessoa jurídica para celetista.

Em resposta às reivindicações,  o superintendente de Gestão dos Sistemas de Regulação da Atenção à Saúde da Sesab, José Saturnino Rodrigues, e o diretor do Monte Tabor, Sidney Neves, apontaram que apenas neste ano, o Estado da Bahia direcionou novos equipamentos,  tais como, incubadoras, monitores multiparamétricos, oxímetros de pulso, ventiladores pulmonares, além de 50 camas.

Também foi confirmado o compromisso de ampliar o número leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de cinco para dez, bem como novos equipamentos,  a exemplo de autoclaves, respiradores e mantas térmicas.

Quanto aos pagamentos, a Sesab informou que eles são realizados de forma regular e consecutiva, sendo que após o término do contrato com o Monte Tabor, em 18 de maio, os pagamentos passaram a ser realizados por instrumento indenizatório,  o que ocorre 30 dias após a prestação do serviço e não de forma antecipada, como ocorria na modalidade de gestão.

PACIENTE CORRE RISCO DE FICAR PARAPLÉGICO

Jurandir aguarda por cirurgia há quase um mês.

Jurandir aguarda por cirurgia há quase um mês.

O publicitário e radialista Carlos Santiago publicou um desabafo que é, ao mesmo tempo, um pedido de ajuda ao seu irmão Jurandir Santiago. Há quase um mês, o irmão do publicitário está internado no Hospital de Base de Itabuna à espera de uma cirurgia. Jurandir caiu de uma laje e sofreu lesão na coluna.

Carlos diz ter sido informado que médicos especialistas do hospital em Itabuna não fazem a cirurgia por não receberem do estado pelo procedimento. E, assim, preferem empurrar o problema para Salvador, a fim de que a cirurgia seja feita na capital baiana. Porém, a Central de Regulação do Estado se nega a transferir o paciente por que Itabuna, no entendimento da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), tem capacidade para realizar o procedimento.

O jogo de empurra já dura semanas e, com o passar do tempo, aumenta ainda mais o risco de Jurandir ficar paraplégico. Carlos questiona: “Se meu irmão não andar mais, a culpa é de quem?

A situação é desumana, desalentadora. O desabafo de Carlos foi publicado por ele mesmo em uma rede social. Por lá, muita gente revela sua indignação e solidariza-se com o radialista e o irmão dele que sofreu acidente. Até quando essa situação vai perdurar?

Com a palavra, o secretário de Saúde de Itabuna, Eric Ettinger.

 

VACINAÇÃO CONTRA GRIPE DEVE CONTINUAR EM MUNICÍPIOS QUE NÃO ATINGIRAM META

vacinação gripeA vacinação contra a gripe deverá continuar em Itabuna e mais de 240 municípios que ainda não atingiram a meta. Até a última sexta (12), Itabuna tinha vacinado pouco mais de 65% do público alvo da campanha. A meta é imunizar 80%.

A recomendação para que continue a vacinação até alcançar a meta foi repassada aos municípios pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) na manhã desta segunda-feira (15). Em toda Bahia, apenas 168 municípios conseguiram atingir os 80% da meta

QUEM DEVE SER VACINADO

Devem ser vacinados idosos a partir de 60 anos, trabalhadores de saúde, povos indígenas, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral que afeta o sistema respiratório e pode levar a complicações graves e ao óbito. O risco é ainda maior especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia