WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘sindicato’

O MEDO DO SERVIDOR

Presidente do Sindiserv diz que denunciará governo se houver atraso no décimo terceiro

O funcionalismo da Prefeitura de Itabuna tem sido vítima de frequentes atrasos no pagamento dos salários, o que já provoca temor com relação ao Natal. A folha de novembro foi paga somente na sexta-feira, 9, e o Sindicato dos Servidores Municipais já se prepara para fazer barulho, caso o governo não quite o décimo terceiro até o dia 20, conforme prevê a lei.

“Estamos de sobreaviso”, afirma a presidente do sindicato, Karla Lúcia Oliveira. Caso haja atraso no abono de Natal, a entidade pretende encaminhar representação contra o governo no Ministério Público do Trabalho.

AGENTE DE SAÚDE DENUNCIA CONSELHO

Candidato à reeleição como vice-presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde de Itabuna, Josivaldo Gonçalves acusa o Conselho Municipal de Saúde de interferir na sucessão do Sindiacs. Segundo Gonçalves, o Conselho está empenhado na campanha de Valter Prado, que faz parte do CMS.

O candidato a vice afirma que o Conselho se tornou um QG da chapa 2, encabeçada por Prado. “Em vez de isenção, há aparelhamento”, critica Gonçalves, que compõe chapa 1, na qual está à frente Roberto Lima Machado. Gonçalves afirma que o conselheiro Steve Campos Miranda, indicado pelo Conselho para compor a comissão eleitoral, trabalha em favor da chapa 2.

COMERCIÁRIOS DIZEM QUE PATRÕES TENTAM LEVAR CAMPANHA SALARIAL EM “BANHO MARIA”

Comerciários e patrões: impaciência na mesa de negociação

Como de costume, a campanha salarial dos trabalhadores do comércio de Itabuna se desenrola – para não dizer “se enrola” – em clima tenso e confuso. Já houve cinco rodadas de negociação sem que os representantes de empregados e patrões tenham chegado a um acordo.

Na última reunião, a diretoria do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista, patronal, pediu mais tempo para avaliar as reivindicações do Sindicato dos Comerciários, o que causou irritação. Para o presidente dos comerciários, Gilson Costa, há uma tentativa dos lojistas de levar a negociação em “banho maria”. Irônico, Costa diz que “nesse ritmo o acordo só sai na Copa do Mundo de 2014”.

Ironias à parte, a negociação não pode demorar tanto, já que ela envolve a aprovação da convenção coletiva 2011-2012. A última convenção está vencida desde o dia 31 de outubro e é este documento que normatiza o funcionamento especial do comércio, como a abertura das lojas do Jequitibá Plaza Shopping, aos domingos e feriados. “A não assinatura poderá desorganizar o comércio de Itabuna”, adverte Costa.

O impasse na mesa de negociação tem a ver com os reajustes pedidos pelos comerciários. Para um office-boy, por exemplo, o Sindicato reivindica remuneração de R$ 640,00, mas os empregadores só querem pagar R$ 600,00. Os representantes dos comerciários dizem que este valor é menor do que a previsão do salário mínimo que vigora a partir do ano que vem.

SINDICATO FECHA LOJA DA INSINUANTE EM ITABUNA

Protesto obrigou a loja a fechar as portas

Mesmo em meio a uma reforma, com poeira pra todo lado, funcionários da loja Insinuante situada na Praça Adami, em Itabuna, trabalhavam normalmente na manhã desta segunda-feira, 25. Quer dizer, normalmente é modo de falar…

Para evitar a inalação das partículas suspensas no ar, todos usavam máscaras, o que não evitava totalmente o incômodo causado pela nuvem de poeira. O Sindicato dos Comerciários considerou a situação absurda e fez um protesto que obrigou a gerência da loja a fechar as portas e dispensar o pessoal.

Funcionários trabalhavam com máscara para se proteger da poeira

Segundo o presidente do sindicato, Jairo Araújo, a loja funcionava sem a menor condição. “Não temos nada contra a Insinuante modernizar sua loja, mas que o faça de portas fechadas, sem a presença dos trabalhadores”, afirmou. Ele explicou que, no interior do estabelecimento, o gesso do teto estava sendo desmontado e partes do piso eram quebradas enquanto os funcionários tentavam se proteger com máscaras. Do lado de fora, uma grande quantidade de entulho se acumulava.

Araújo diz que vai exigir que a loja fique fechada até o término da reforma. Caso contrário, ele afirma que encaminhará denúncia ao Ministério Público do Trabalho.

CHAPA ÚNICA NA ELEIÇÃO DOS COMERCIÁRIOS

O atual vice-presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Gilson Costa, ligado ao PCdoB, encabeça chapa única na eleição da nova diretoria da entidade, programada para esta sexta-feira, 22. A votação acontece das 8 às 17 horas, na sede do Sindicato.

Na nova chapa, Jairo Araújo, o atual presidente, assumirá o cargo de tesoureiro. Araújo ocupou a presidência por dois mandatos, mas há 17 anos está na diretoria da entidade.

FORRÓ DOS COMERCIÁRIOS

Sábado, 4 de junho, é dia de arrastar a chinela  em Itabuna, no Forró dos Comerciários. A festa é aberta e começa às 13 horas, no calçadão da Ruy Barbosa, com animação do sanfoneiro Pescoço de Mola e das bandas Forró Genuíno, Madame Buchada e Zabumbahia.

O forró deste ano faz parte das comemorações dos 65 anos anos do sindicato.

 

IMAGENS DE “PRISCAS ERAS”

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna comemora 65 anos nesta sexta-feira, 20. A entidade nasceu nos anos 40, enfrentou ditaduras, já teve fases de combatividade e também de peleguismo, mas se consolidou como uma das mais fortes organizações sindicais do sul da Bahia.

Uma ampla programação fará parte da festa de aniversário, mas uma das atrações está sendo reservada  para depois. Trata-se de uma exposição fotográfica, que conta boa parte da história do Sindicato. As imagens ainda estão sendo reunidas e selecionadas, mas pelo menos uma o PIMENTA já divulga em primeira mão.

Na foto abaixo, comecinho dos anos 80, o então presidente do Sindicato, Agenor Medeiros, recebe cumprimento do prefeito da época, Fernando Gomes. Atrás, com um daqueles gravadores gigantes daquele tempo, o jornalista Joel Filho, com um respeitável bigode, registra o evento.

FG cumprimenta Agenor Medeiros, enquanto o intrépido Joel Filho registra tudo com seu supergravador

 

FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO

O funcionamento do comércio de Itabuna no sábado, 23, será facultativo, de acordo com o Sindicato dos Comerciários e conforme convenções coletivas assinadas entre trabalhadores e patrões. Hoje (21), feriado de Tiradentes, e amanhã (22), Sexta-Feira da Paixão, o comércio permanecerá fechado. Exceção para as lojas do Jequitibá Plaza Shopping e os supermercados, que deixam de funcionar somente na sexta.

SEIS MESES DE IMPUNIDADE

Faz seis meses nesta quarta-feira, 29, que o dirigente do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, Paulo Colombiano, e sua companheira Catarina Galindo foram assassinados. Eles foram alvos de dois bandidos, que estavam em uma moto e abordaram as vítimas quando estas chegavam em casa, no bairro de Brotas, em Salvador. Data do crime: 29 de junho de 2010.

Há indícios, segundo a própria Secretaria da Segurança Pública da Bahia, de que Colombiano e Catarina Galindo foram alvos de crime de mando. No entanto, seis meses depois o crime continua envolvido em mistério e sem autoria conhecida.

Familiares e amigos das vítimas mantêm a oferta de R$ 10 mil de recompensa para quem oferecer informações que levem à identificação dos assassinos.

EVENTO REUNIU TRABALHADORES DE INDÚSTRIAS MOAGEIRAS DO BRASIL E DA HOLANDA

Operários de indústrias moageiras de cacau do Brasil e da Holanda participaram de um encontro entre os dias 23 e 26, no Hotel Praia do Sol, em Ilhéus. Foi uma oportunidade para a troca de experiências e discussão de temas como automação industrial, precarização do trabalho, terceirização e negociação coletiva.

O encontro foi organizado pela TIE-Brasil, uma ONG criada em 1978 na Holanda, voltada ao acompanhamento de sindicatos e trabalhadores de empresas transnacionais. Da programação, constaram visitas à Ceplac e à indústria Barry Callebaut, a única do setor que permitiu a entrada dos participantes do evento.

Para o presidente do Sindicacau, Luiz Fernandes, a atividade foi proveitosa e permitiu um debate sobre a realidade das indústrias moageiras de cacau. “É importante unirmos forças e montarmos estratégias para a melhoria das condições de trabalho e de vida dos trabalhadores do mundo todo”, afirmou.

ELEIÇÃO DO SINSEPI

Os servidores públicos municipais de Ilhéus escolherão nesta segunda-feira, 13, a nova diretoria de seu sindicato. Luiz Cláudio Machado, o Lu, encabeça a chapa que tenta permanecer no comando da entidade pelo terceiro mandato consecutivo e quem enfrenta a hegemonia é o guarda municipal Alex de Aquino.

A eleição não será tranquila. Há notícias de manipulações e irregularidades, inclusive uma manobra para que pessoas estranhas ao quadro de servidores votem num dos candidatos.

Já tem gente de olho na maracutaia e a disputa tem tudo para ir parar na justiça.

COMERCIÁRIOS INICIAM CAMPANHA SALARIAL

Os trabalhadores do comércio de Itabuna definiram a pauta de sua campanha salarial, tendo como principal ponto a reivindicação de um reajuste de 12%. Em assembleia, a categoria também aprovou outros itens que serão negociados com a representação patronal.

A lista inclui auxílio-creche de R$ 75,00, redução da jornada de trabalho, participação nos lucros e a definição de percentuais para as comissões pagas aos comerciários.

CAIXA QUER VENDER CASAS A JORNALISTAS SINDICALIZADOS. MAS SINDICATO NÃO SINDICALIZA JORNALISTAS

Domingos Matos |  matos.domingos@gmail.com

Interessante a notícia que recebo no email, oriunda da assessoria de imprensa da prefeitura de Itabuna. Em letras destacadas em negrito, o título anuncia que “Profissionais de imprensa e comerciários terão acesso a Programa Habitacional”.

Maravilha, penso. Lendo com mais cuidado, porém, descubro que o “convênio assinado na tarde da última sexta-feira (30) entre Prefeitura de Itabuna, Caixa Econômica Federal (CEF), e a FM Construtora está assegurando o acesso de jornalistas e radialistas sindicalizados ao Programa de Financiamento Habitacional “Minha Casa, Minha Vida”. (grifo meu).

Ou seja, não é pra qualquer um jornalista. Tem que ser sindicalizado – nem é bom perguntar o que eles têm para blogueiro, visto que nosso Trombone tem classificação ‘livre’. Mas vamos nos ater ao caso dos jornalistas e radialistas “tradicionais”. Melhor, vamos ficar apenas com o caso dos jornalistas, uma vez que identifico maior facilidade para os companheiros do microfone na seara em que quero meter o bedelho.

:: LEIA MAIS »

COMÉRCIO TERÁ FUNCIONAMENTO ALTERADO NO DIA 29

De acordo com o Sindicato dos Comerciários de Itabuna, os estabelecimentos do comércio varejista local funcionarão somente das 12 às 18 horas no próximo dia 29.

A mudança no horário se deve a uma cláusula da convenção coletiva celebrada com o sindicato patronal, que prevê funcionamento em meio expediente no primeiro dia útil após o “carnaval municipal”.

De acordo com os comerciários, como não houve carnaval, a folga ficou transferida para o primeiro dia útil após a data de aniversário da cidade.

VIOLÊNCIA SINDICAL

O assassinato de Paulo Colombiano,diretor do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, e de sua companheira Catarina Galindo, na terça-feira, 29 de junho, tem grande possibilidade de estar relacionado à agressiva disputa existente em torno da entidade sindical. Os grupos que se engalfinham para controlá-la costumam utilizar armas que levam ao convencimento pelo medo, fato que era observado por um comunista no sepultamento do casal (os dois eram membros do PCdoB).

O fato é que, pela frieza, tudo indica que o crime foi coisa de profissional.

CONTREIRAS NÃO ACREDITA NO DISSÍDIO

O advogado do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna, Iruman Contreiras, diz que não irá prosperar a estratégia das empresas de levar a campanha salarial para o dissídio coletivo (ver nota abaixo). Segundo ele, o caminho do tribunal só pode ser trilhado quando há um requerimento formulado pelas duas partes, diante de um impasse insuperável nas negociações.

No caso, há o impasse. Mas a opção pelo dissídio foi tomada unilateralmente pelas empresas.

“Estamos iniciando no TRT um processo que fatalmente será extinto”, aposta Contreiras. Ele diz ainda que os donos de ônibus criam dificuldades nas negociações e não querem conversar com os dirigentes do Sindirod. “O objetivo dos empresários é viabilizar o sindicato de Pezão”, acusa o advogado, referindo-se ao ex-presidente do Sindirod, Adeládio Pereira, que estaria por trás da tentativa de criar uma entidade “pelega”, o Sintracol.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia