WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘Sócio-Estatística’

SÓ UMA SURPRESA

marco wense1Marco Wense

O outro lado, aliado do governador petista Rui Costa, é pura desunião: Geraldo Simões versus Davidson Magalhães, vanistas versus comunistas e PT versus PT.

Pesquisa da Sócio-Estatística, instituto que tem o respeito de todos os prefeituráveis de Itabuna, só aponta uma surpresa: o pré-candidato do PDT, médico Antônio Mangabeira, na frente do vice-prefeito Wenceslau Júnior, do PCdoB.

No mais, tudo esperado: o tucano Augusto Castro liderando e os ex-alcaides Fernando Gomes, José Azevedo e Geraldo Simões brigando pela segunda posição.

Castro tem razão de sobra para ficar feliz da vida, não só pela posição confortável na consulta, mas pelo fato de que o oposicionismo caminha para ter um só candidato na sucessão de Claudevane Leite.

O outro lado, aliado do governador petista Rui Costa, é pura desunião: Geraldo Simões versus Davidson Magalhães, vanistas versus comunistas e PT versus PT.

E mais: o PRB, partido do chefe do Executivo, sob a batuta do bispo e deputado Márcio Marinho, pode apoiar Augusto Castro se Claudevane Leite desistir da reeleição.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

DESGASTE DE VANE REABILITA AZEVEDO

Azevedo: novamente punido pelo TCM.

Azevedo deixou governo com imagem de incompetente, mas hoje é o maior beneficiado com os tropeços de Vane

Confirmando o dito popular de que “o boi morre para alegria do urubu”, a empresa de pesquisas Sócio Estatística tem constatado que o desgaste do governo Vane do Renascer beneficia o ex-prefeito Capitão Azevedo, que comandou o município até dezembro passado.

Quando no governo, Azevedo era visto como um gestor sem comando, desorganizado e que não planejava. Deixou vários “abacaxis” para o sucessor descascar, como débitos com servidores e fornecedores e obras inconclusas. Mas o tempo conspira contra a memória e o esquecimento vira trunfo de quem aprontou no passado e está momentaneamente fora do cenário, à espera da hora de retornar.

Segundo pesquisa da Sócio Estatística, feita entre os dias 19 e 24 de julho, a percepção positiva do governo Vane é de apenas 5,8%; a negativa atinge 61,2%. O que ainda dá um alento ao gestor é a esperança de que as coisas irão melhorar, manifestada por 48% das pessoas consultadas, empatando com a soma dos que acham que vai piorar (27%) e dos que consideram que tudo continuará na mesma (21%).

A conclusão do sociólogo Agenor Gasparetto, diretor da Sócio Estatística, é a seguinte: “como homem religioso que é, Vane precisa ter fé que será capaz de reverter situação, mas fé por si só não será suficiente para confirmar  expectativa da população”.

52,7% DOS ITABUNENSES APONTAM ESTAGNAÇÃO NA ECONOMIA LOCAL

Para itabunenses, economia local vive período de estagnação (Foto Pimenta).

Para itabunenses, economia local vive período de estagnação (Foto Pimenta/Arquivo).

A maioria do eleitorado itabunense acredita que o município está em ritmo lento quando analisada a economia do município. A percepção foi constatada na pesquisa da Sócio-Estatística, que ouviu 808 itabunenses acima de 16 anos.

Para 52,7%, Itabuna “está parada” e 24,5% acreditam que a maior economia sul-baiana “está indo para trás”. Apenas 21,3% disseram que a cidade encontra-se em ritmo de desenvolvimento. A pesquisa foi feita no período de 1 a 8 de março.

Para o sociólogo e coordenador da pesquisa, Agenor Gasparetto, os resultados apontam para “uma situação de baixa autoestima do itabunense”. Na opinião de Gasparetto, o trabalho do novo prefeito, Claudevane Leite, “passa necessariamente pela elevação da confiança e da auto-estima dos seus concidadãos em relação ao futuro de cidade em que vivem”.

O município vive a expectativa de atração de, pelo menos, uma grande indústria, a Del Valle, que, se confirmada, vai gerar até 2,5 mil empregos e será construída numa área desapropriada pelo Governo do Estado para a instalação do Distrito Industrial de Itabuna. A área fica vizinha ao município de Itapé.

Leia também:
PESQUISA REVELA QUE SÓ 23,2% DOS
ITABUNENSES APROVAM GOVERNO VANE

PESQUISA REVELA QUE SÓ 23,2% DOS ITABUNENSES APROVAM GOVERNO VANE

Vane obtém aprovação de 23,5% em início de governo.

Vane obtém aprovação de 23,5% em início de governo.

A Sócio-Estatística fez levantamento com 808 itabunenses, no período de 1 a 8 de março. Os resultados levam preocupação ao prefeito Claudevane Leite (PRB) e – mais ainda – ao ex-prefeito Capitão Azevedo (DEM).

Com pouco mais de dois meses de gestão, o Governo Vane obteve apenas 23,2% de avaliação positiva, percentual praticamente igual ao dos que consideram a gestão ruim ou péssima: 20,8%.

A margem de erro do levantamento é de 4 pontos percentuais.

O percentual dos que avaliam o governo como regular atingiu 21,5%. Dos eleitores ouvidos,  34,5% não quiseram emitir opinião.

Para Agenor Gasparetto, da Sócio-Estatística, a avaliação do governo tende levemente ao positivo, mas a administração “terá que provar que será capaz de ir além de boas intenções e bons propósitos”. O itabunense, diz Gasparetto, está mais exigente.

Gestão de Azevedo obteve reprovação de 52,1% dos itabunenses.

Gestão de Azevedo obteve reprovação de 52,1% dos itabunenses (Foto Bahia Online).

A pesquisa também aferiu o humor do eleitorado em relação ao finado governo de José Nilton Azevedo (DEM).

Exatos 52,1% dos pesquisados avaliaram como negativa a administração do ex-prefeito, sendo que, destes, 42,9% cravaram como “péssima” a gestão do democrata. A aprovação ficou em 21,1%.

Palavras de Gasparetto: “Essa avaliação praticamente sela a sorte de Azevedo como político no curto prazo. Saiu mal do governo e sair mal não é uma boa notícia e não emite sinais alvissareiros para o futuro, muito pelo contrário”.

A Sócio-Estatística ainda perguntou ao eleitor itabunense sobre as gestões de Dilma (muito bem avaliada) e de Wagner (tendendo ao negativo) e mandatos de deputados itabunenses: os estaduais Augusto Castro e Gilberto Santana têm avaliação tendendo ao positivo, enquanto o federal Geraldo Simões é mais conhecido (está no terceiro mandato de deputado e foi duas vezes prefeito de Itabuna), mas a visão que o itabunense tem dele, no geral, tende ao negativo. Atualizado às 13h37min.

SÓCIO-ESTATÍSTICA APRIMORA CONTROLE DE PESQUISAS

A Sócio-Estatística e a Gasparetto Pesquisa, ambas do sociólogo Agenor Gasparetto, vai aprimorar ainda mais o controle externo sobre as pesquisas feitas pelo grupo. As empresas decidiram informatizar a coleta de dados. Entrevistadores agora vão a campo com terminais eletrônicos com sistema Android.

Os terminais começam a ser utilizados nas pesquisas eleitorais feitas nesta semana, segundo Alda Pereira, da Sócio-Estatística. Como os terminais possuem sistema de localização GPS, é possível saber, com exatidão, se o questionário foi mesmo aplicado – e onde -, por exemplo.

A informatização também é forte aliada em períodos eleitorais, quando qualquer pesquisa é ou pode ser contestada.

PESQUISA SÓCIO-ESTATÍSTICA MOSTRA APROVAÇÃO AO PORTO SUL

Entre os entrevistados, 72,5% dizem ser totalmente favoráveis ao porto

Exclusivo

Uma pesquisa sobre o Porto Sul, encomendada por uma das empresas responsáveis pelo levantamento técnico da obra, cujos dados o PIMENTA teve acesso com exclusividade, revela ampla aprovação dos ilheenses ao projeto. A pesquisa foi realizada empresa Sócio-Estatística e ouviu 537 pessoas.

Os números mostram que 72,5% dos entrevistados são totalmente a favor do Porto Sul, enquanto que 13,6% querem conhecer mais sobre a obra. A pesquisa indica ainda que para 86,1% dos ilheenses o Porto Sul vai gerar mais empregos, 39% que vai possibilitar a realização de novas obras do governo e 60,3% que contribuirá para a atração de mais turistas.

A pesquisa da Sócio-Estatística, um dos principais institutos de pesquisa do Sul da Bahia, coordenado pelo sociólogo Agenor Gasparetto, também ouviu 150 pessoas ligadas ao trade turístico de Ilhéus, Uruçuca (Serra Grande) e Itacaré, como proprietários ou executivos de hotéis e pousadas, albergues, campings, locadoras de veículos, de agências de viagens, de passeios, taxistas, de bares e restaurantes, de lojas de artesanato, quiosques e bancas de revistas.

Os dados revelam que 60,3% do trade é totalmente a favor do Porto Sul. Apenas 8,3% disseram ser contrários à instalação do empreendimento. Outros 76,35% acreditam que o projeto vai atrair mais empregos e 59,6% que atrairá obras do poder público. Para 48,7% do trade o Porto Sul atrairá mais turistas, enquanto 8,3% acreditam que vai afastar os turistas.

A pesquisa da Sócio-Estatística foi realizada na segunda quinzena de janeiro e na primeira semana de fevereiro de 2012.

NOVA EDIÇÃO DA PRIMEIRAS & MELHORES

Agenor Gasparetto apresenta destaques da Primeiras & Melhores (Foto Cia da Notícia).

A Sócio-Estatística lançou na noite desta terça-feira (20), no auditório Milton Veloso, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Itabuna, mais uma edição da revista Primeiras & Melhores. Segundo o sociólogo Agenor Gasparetto, a revista passa por transformações e a cada edição vem apresentando novas sessões de interesse do público-alvo: empresários do comércio, indústria e serviços.

Primeiras & Melhores aborda temas como “Desenvolvimento e Meio Ambiente”, “Pesquisa e Estatística”, “Geografia e História” e traz uma abordagem sobre a implantação do Complexo Intermodal no Sul da Bahia, que inclui a Ferrovia Oeste Leste e o Porto Sul. “São questões importantes, colocadas em discussão por profissionais de alto nível, que contribuem para o debate e a sinalização de novos rumos para a região”, afirma o sociólogo Agenor Gasparetto, diretor da Sócio-Estatística.

Leia mais no Cia da Notícia

MÁGICA NO MÉRITO LOJISTA

O "mágico" Bianko.

O “mágico” Bianko é uma das atrações da cerimônia de entrega do prêmio Mérito Lojista, da CDL de Ilhéus, amanhã, no centro de convenções Luís Eduardo Magalhães, às 19h. A expectativa do presidente da CDL, Marcelo Oliveira, é de que o evento reúna mais de 800 pessoas.

As empresas premiadas foram definidas por meio de pesquisa da Sócio-Estatística, de Agenor Gasparetto, acabando com aquele cheirinho de mutreta que cercava o Mérito Lojista. O evento ainda terá como atrações a banda Submarino e o DJ Rogério.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia