WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

editorias






:: ‘sul da Bahia’

APÓS 20 ANOS, PORTO DE ILHÉUS INICIA OPERAÇÕES PARA EXPORTAR CACAU

Navio levará seis mil toneladas de cacau sul-baiano para a Holanda (Foto Pimenta).

Navio levará seis mil toneladas de cacau sul-baiano para a Holanda (Foto Pimenta).

A carga é histórica e carregada de simbolismo. Após 20 anos, o sul da Bahia volta a exportar cacau. As seis mil toneladas do produto começaram a ser embarcadas, no Porto Internacional do Malhado, em Ilhéus, na manhã desta quarta-feira (27).

O carregamento deverá ser concluído no próximo final de semana, entre sábado (31) e domingo (1), quando o Navio Achtergracht, de bandeira holandesa, zarpa em direção a Amsterdã.

A operação será marcada, também, pelo ineditismo, de acordo com fontes da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba). O cacau será exportado a granel. Isso para ganhar tempo, evitando um reenvase por causa da falta de padronização das sacas. A exportação será feita pela Cargill, que tem parque moageiro em Ilhéus, e enviará a carga para a sua unidade naquele país europeu.

AUTOESTIMA

A operação levanta a autoestima do produtor em um período de alta na produção e na cotação do cacau nas bolsas internacionais – e com a arroba sendo comercializada, em média, a R$ 140,00 no eixo Ilhéus-Itabuna.

O produtor e presidente do Sindicato Rural de Ilhéus, Milton Andrade, ressalta pontos positivos e negativos da operação. Para ele, a exportação é um reconhecimento da qualidade do produto brasileiro e aponta, ao mesmo tempo, que há excedente no mercado. Caso as operações de exportação sejam contínuas, os reflexos serão ainda mais positivos para a região, na análise de Milton.

DESÁGIO

Milton enxerga como ponto negativo o deságio de, aproximadamente, 1,4 mil dólares por tonelada paga pela Cargill. O deságio faz com que deixem de ser movimentados em torno de R$ 576 milhões na Bahia e mais de R$ 1 bilhão em todo o país, quando computadas as produções do Pará, Amazonas, Rondônia e Espírito Santo.

Homens em operação de embarque de carga de cacau no porto ilheense (Foto Pimenta).

Homens em operação de embarque de carga de cacau no porto ilheense (Foto Pimenta).

Hoje, de acordo com estimativas do mercado, há excedente de, pelo menos, 60 mil toneladas de cacau no país, em parte como reflexo do excesso de importação no ano passado, quando as indústrias moageiras trouxeram 40 mil toneladas do produto no mercado africano.

Apesar da arroba do cacau atingir um dos melhores preços dos últimos anos, os cálculos de Milton apontam para um deságio de R$ 50,00 por arroba pago pela indústria ao produtor sul-baiano. “O preço justo da arroba do cacau, hoje, seria R$ 190,00”, diz em entrevista ao PIMENTA. A íntegra poderá ser conferida nesta semana.

PORTO DE ILHÉUS VOLTA A EXPORTAR CACAU

Esta cena acima, a importação de cacau, pode se tornar coisa do passado (Foto Luiz Alves).

Esta cena acima, a importação de cacau, pode se tornar coisa do passado (Foto Luiz Alves).

Ainda era século XX quando o Porto de Ilhéus, localizado metade no centro, metade no norte da cidade, exportou amêndoas de cacau pela última vez. Como conta a repórter Évellin Portugal, no Mercado do Cacau, apesar dos inúmeros problemas do setor, a produção do país, que já foi um grande exportador, atingiu números capazes de atender à demanda interna e disponibilizar um excedente capaz de ser enviado ao velho continente.

A multinacional Cargill será a responsável por mandar seu excedente adquirido para o exterior, através do navio Achtergracht. Serão embarcadas, no próximo dia 21 de outubro, seis mil toneladas da amêndoa, com destino a Amsterdã, na Holanda.

A empresa explicou “que esse movimento se deve à boa safra no Brasil, entre os meses de junho e julho deste ano, aliada à baixa demanda local e, por isso, acredita que as exportações são um importante passo para a retomada do crescimento deste segmento no país”.

A retomada de exportação fez produtores ensaiarem um sorrisinho de canto de boca. À reportagem, Milton Andrade, cacauicultor e presidente do Sindicato Rural de Ilhéus, disse que a atitude da Cargill deve incentivar outras empresas e gerar um equilíbrio do mercado interno, que por conta do excedente, está com deságio.

Os produtores acreditam que essa iniciativa, ainda que tímida, pode também puxar outras semelhantes, devido à boa qualidade que a amêndoa brasileira tem apresentado nos últimos anos. As seis mil toneladas que sairão estão inseridas num total de 290 mil que circula nas indústrias moageiras da região.

Além disso, exportar cacau por Ilhéus movimenta os sindicatos, o setor de transporte e gera receita.

Por fim, conta o presidente do Sindicato Rural de Ilhéus, a atitude da Cargill também contrapõe um posicionamento da indústria, que diz que as previsões de safra feitas pela Conab não são verdadeiras. “A própria indústria diz que o cacau produzido aqui não é suficiente para suprir a demanda interna e ainda exportar. Com essa exportação, ela está contrapondo o que afirma”, ressaltou.

CACAU TEM ALTA DE 20% COM VARIAÇÃO DO DÓLAR

Cacau alcança seu mais alto nível.

Cacau alcança seu mais alto nível.

Lamento de milhões, alegria de milhares.

O dólar na faixa dos R$ 4,00 tem feito a alegria dos produtores de cacau sul-baianos. A variação do dólar fez a cotação do produto disparar e atingir a máxima de R$ 150,00 a arroba. Ontem, fechou a R$ 144,00.

A arroba do produto estava cotada há R$ 120,00 em 21 de agosto. Ou seja, alta de 20% em menos de 40 dias.

MANHÃ DE PROTESTOS EM RODOVIAS SUL-BAIANAS

BR-101 foi bloqueada no trecho itabunense, mas liberada às 6h50min.

BR-101 foi bloqueada no trecho itabunense, mas liberada às 6h50min.

Pelo menos dois trechos de rodovias no sul da Bahia foram interditados, nesta segunda (28) pela manhã, em protestos. Em Itabuna, moradores do Bairro Santa Clara bloquearam o trecho da BR-101 próximo ao antigo Carinhoso.

A rodovia foi liberada por volta das 6h50min. Os moradores cobram a execução de serviços públicos no bairro, situado à margem da BR-101. Eles prometiam a liberação da via somente após a presença do prefeito Vane do Renascer ou do secretário de Desenvolvimento Urbano, Marcos Monteiro.

O outro protesto ainda ocorre na rodovia estadual que liga os municípios de Itajuípe e Coaraci. As primeiras informações são de que o bloqueio foi feito por trabalhadores rurais sem-terra ligados ao MST.

Há queixa de motoristas contra o estado de conservação da pista da BA-263. No sábado à noite, um casal de evangélicos morreu em colisão com um carro de passeio. As condições da pista podem ter contribuído para o acidente.

Protesto na Itajuípe-Coaraci formou grande engarrafamento (Foto Marcos Alpoim).

Protesto na Itajuípe-Coaraci formou grande engarrafamento.

FEIRA SUL-BAIANA DE BELEZA E ESTÉTICA COMEÇA NO DOMINGO

Renata Smith | Agência Sebrae

Cabeleireiros, esteticistas, administradores de salões e clínicas de estética, manicures, maquiadores e outros profissionais da área terão a oportunidade de participar da Feira de Beleza e Estética do Sul da Bahia, nos dias 27 e 28 de setembro, no Centro de Convenções de Ilhéus. Clínicas tecnológicas, workshops de inovação e seminário com oficinas integram a programação do encontro.

As palestras são gratuitas e o investimento nos workshops varia de R$ 80,00 a R$ a 110,00, à vista ou no cartão. O evento é uma realização do Sebrae e das Associações dos Profissionais de Beleza e  Cosméticos de Ilhéus (Asbelc) e Itabuna (Asbeles). As associações integram o Núcleo de Salões atendido pelo projeto Comércio e Serviços do Sebrae.

“Além de fomentar um importante setor em nossa região, a feira promoverá a realização de negócios e é também uma grande oportunidade de atualização profissional, pois proporcionará aos participantes conhecimentos relacionados à técnica e gestão de empresas ligadas ao segmento de beleza e estética”, explica a gestora do projeto, Karla Peixoto.

No domingo (27), serão debatidos os temas: “Beleza e tecnologia: sua empresa lucrando a partir das redes sociais”, em palestra que acontece às 10h; “Redução de desperdícios para salão de beleza” e “Boas práticas de eficiência energética”, em clínicas tecnológicas de 13h30min às 15h50min; “Penteado e maquiagem”, workshop com o maquiador de celebridades Carlos Carrasco de 15h30min às 18h30min; e um Workshop de Inovação de 18h30min às 22h30min.

:: LEIA MAIS »

MORRE PRODUTOR RODRIGO BARRETO

Rodrigo comandava processo de reconhecimento do IG do Cacau (Foto Maurício Maron/JBO).

Rodrigo comandava processo de reconhecimento do IG do Cacau (Foto Maurício Maron/JBO).


Do Jornal Bahia Online

Morreu ontem à noite, em São Paulo, o design e agricultor Rodrigo Barreto Menezes. Jovem, cheio de planos, Rodrigo liderava um dos mais importantes movimentos de reconhecimento do cacau sulbaiano.

Presidente da Associação Cacau Sul Bahia, que engloba diversos sindicatos e associações de agricultores, Rodrigo comandava o processo de reconhecimento da IG – Identidade Geográfica do Sul da Bahia e da marca “Cacau Sul da Bahia” junto ao INPI.

Rodrigo descobriu um problema no cérebro há pouco mais de três meses e não resistiu ao tratamento. Nos últimos dias esteve em coma induzido, respirando por aparelhos.

Segundo informações preliminares, Rodrigo será cremado em São Paulo e as cinzas serãoi trazidas para Ilhéus, sua terra natal. O agricultor era filho de Armando Menezes, o Manduca, e Ana Barreto. Deixa mulher e filhos.

Leia íntegra no JBO

SAC MÓVEL ATENDE MUNICÍPIOS DO SUL DA BAHIA ATÉ DIA 19

Estrutura do SAC Móvel continuará no sul da Bahia até dia 19.

Estrutura do SAC Móvel continuará no sul da Bahia até dia 19.

Após Canavieiras, a unidade móvel do  Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC Móvel) permanecerá no sul da Bahia. Hoje e amanhã (3 e 4), será atendida a população de Santa Luzia.

A programação do SAC Móvel estará em Una tanto no domingo como na segunda (6 e 7). O roteiro ainda inclui Buerarema (dias 9 e 10), São José da Vitória (dias 12 e 13), Jussari (dias 15 e 16) e Itaju do Colônia (dias 18 e 19).

Na unidade móvel, o cidadão poderá tirar primeira ou segunda via da carteira de identidade, CPF, antecedentes criminais e recadastramento de pensionistas do Estado. Para a retirada de segunda via da carteira de identidade, o cidadão que é casado precisa apresentar, também, a certidão de casamento.

IPPON FATURA COPA SUL DA BAHIA DE KATA

Premiação dos vencedores da copa (Foto Divulgação).

Premiação dos vencedores da copa (Foto Divulgação).

A Associação Ippon de Judô de Itabuna foi a campeã por equipe da II Copa Sul da Bahia de Kata. A competição foi realizada neste final de semana, na AABB de Itabuna.

A copa reuniu várias agremiações de municípios sul baianos, apresentando as técnicas de judô na modalidade Kata (Nage no Kata, Katame no Kata, Ju no Kata e Kimi no Kata).

A categoria Dangai foi a mais premiada, destacando-se na competição. A copa teve como vice-campeã a Associação Bushidô, de Barro Preto. A equipe da Associação Yama Arashi, de Vitória da Conquista, ficou na terceira colocação.

DRAWBACK NA PAUTA

Lídice participará de audiência.

Lídice participará de audiência.

Produtores de cacau e parlamentares participam de audiência pública, amanhã (31), na Câmara de Vereadores de Itabuna. A pauta principal é o drawback, artifício aduaneiro que permite às indústrias moageiras importar cacau com isenção de impostos. Só que, hoje, com a produção interna em alta, o drawback tem sido utilizado para forçar deságio no preço do produto (confira aqui).

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) confirmou participação na audiência. A pedida dos produtores é para que o governo, no mínimo, reduza o prazo para as operações com cacau importado, de seis para dois anos. Do contrário, empresas reforçam estoque com produto estrangeiro e massacram ainda mais o produtor. As perdas por saca de cacau passam dos R$ 120,00.

A audiência na Câmara de Itabuna será às 8 horas.

EMPRESAS ABREM VAGAS PARA CANDIDATOS COM NÍVEL SUPERIOR OU MÉDIO

empregoA empresa de consultoria em gestão com pessoas Primore está selecionando candidatos para vagas de empregos que exigem nível médio, técnico e superior.

As oportunidades são para supervisor de vendas, fisioterapeuta dermatofuncional, esteticista, estoquista, auxiliar administrativo e atendente, além de estágio.

A maioria das vagas é reservada a pessoas do sexo feminino e também são reservadas vagas para pessoas com necessidades especiais.

Os interessados devem ligar para a Primore (telefone 73-3613.1279) ou comparecer à empresa, na Rua Rui Barbosa, 345, 1º andar, centro de Itabuna, em horário comercial. Confira:

Supervisor de Vendas
Ambos os Sexos
Superior Completo
Disponibilidade de Horário
Experiência em Liderança
Habilitação B

Fisioterapeuta Dermatofuncional
Feminino
Superior completo

Esteticista
Superior / Técnico Completo
1 vaga
Feminino

Estoquista
1 vaga
Ensino Médio Completo/ Superior em Curso
Masculino

Auxiliar Administrativo
Ensino Médio Completo/ Superior em Curso
1 Vaga
Feminino

Atendente
2 vagas
Ambos os Sexos
Ensino Médio Completo
Vagas para pessoas com necessidades especiais (PNE)

Estágio
Ambos os Sexos
Cursando o Ensino Médio

COMISSÃO DEFINE DATA DE ELEIÇÃO A REITOR DA UESC

Uesc escolhe novo reitor em novembro (Foto Robson Duarte).

Uesc escolhe novo reitor em novembro (Foto Robson Duarte).

Uma comissão foi formada para cuidar do processo eleitoral que definirá o nome do novo reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus. A instituição tem o terceiro maior orçamento da região cacaueira, superada apenas pelas prefeituras de Ilhéus e Itabuna. A eleição é parte do processo de escolha do reitor. Reza a tradição que o mais votado seja o escolhido pelo governador.

O calendário da disputa já foi definido.  O prazo de inscrição de chapas será de 3 a 4 de novembro, sendo que a oficialização dos candidatos ocorrerá em 6 de novembro.

Conforme o calendário, a campanha para a reitoria estará liberada de 9 a 23 de novembro e a eleição e proclamação do resultado ocorrerão em 25 de novembro.

ADÉLIA NO PÁREO

Adélia defenderá novo mandato.

Adélia defenderá novo mandato.

A tendência é que a professora Adélia Pinheiro concorra a reeleição, mantendo uma tradição que começou com os reitores anteriores Renée Albagli e Joaquim Bastos.

O PIMENTA conversou com a assessoria da reitora. Por enquanto, não há confirmação – mas os assessores também não negam – que Adélia concorrerá à reeleição.

Também deverá haver, no mínimo, um bate-chapa com a indicação de um adversário saindo da Associação dos Docentes da Uesc (Adusc). As movimentações devem começar a partir de setembro e com a divulgação do calendário eleitoral.

AOS 20 ANOS, TEATRO POPULAR RELEMBRA MONTAGENS NO “3 ENCENA”

20anos_tpi​As comemorações pelos 20 anos do grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) prosseguem nesta semana com a apresentação, na próxima quinta-feira (20), às 19h, do “3 Encena”, na  tenda localizada na Avenida Soares Lopes. A proposta é que grupos de três atores relembrem, no palco da Tenda, cenas de montagens feitas pelo TPI ao longo desses anos.

Serão relembrados trechos das peças “O Fiscal e a Fateira” (2002), “Sgnarello, o Corno Imaginário (2002)”, “O Quadro” (2003), “Os Fuzis da Senhora Carrar” (2005), “Vida de Galileu” (2011), “O Inspector Geral” (2011) e “1789 – Ópera Afro-Rock” (2013).

A classificação indicativa é livre e o ingresso individual pode ser adquirido na bilheteria da Tenda ao valor de R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

Fundado em 1995, por Équio Reis, o grupo nasceu com o anseio de dialogar com as comunidades de Ilhéus, excluídas do processo de produção e consumo de bens culturais. Suas montagens já circularam pelo Brasil, caindo no gosto da crítica especializada.

Inaugurada há dois anos, a Tenda do TPI é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus. A programação (http://goo.gl/raAgxB) é mantida através do Programa de Apoio a Instituições Culturais de Ações Continuadas do Fundo de Cultura da Bahia.

PROJETO DA UFSB VALORIZA ARTE REGIONAL

Artistas e alunos interagem no campus Jorge Amado, em Itabuna (Foto Felipe de Paula).

Artistas e alunos interagem no campus Jorge Amado, em Itabuna (Foto Felipe de Paula).

As artes geram conhecimento ou lazer? Os estudantes do Bacharelado Interdisciplinar (BI) em Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia estão aprendendo qual é a resposta: os dois. O cotidiano do Campus Jorge Amado vem sendo tomado pelas artes. Na próxima terça à noite (4), Rans Spectro, vocalista da Banda OQuadro, estará presente no campus para um papo sobre Hip-hop: arte, território e identidade.

O Universarte surgiu como uma proposta dos estudantes para criar um espaço das artes dentro do campus. Os talentos da comunidade acadêmica se juntam a convidados para que, por meio da música, da poesia, do desenho, da interpretação, todos possam apreciar a arte feita no sul da Bahia, valorizá-la e desenvolvê-la.

Rans Spectro, d´OQuadro, bate papo na UFSB na terça (Foto Divulgação).

Rans Spectro, d´OQuadro, bate papo na UFSB na terça (Foto Divulgação).

A professora Cynthia Santos Barra, coordenadora do BI em Artes no Campus Jorge Amado, acredita que esta iniciativa traz um imenso ganho, “tanto para o curso, que ganha um espaço de reafirmação de sua capacidade produtiva, criativa, quanto para a região, que vê sua arte sendo vivenciada, a princípio, no espaço acadêmico e, em seguida, nas ruas, praças e escolas das nossas cidades”.

Aqueles que desejarem conhecer mais do projeto e acompanharem sua programação, podem seguir a página do Universarte: https://www.facebook.com/universarteufsb

A visita de Rans Spectro, da Banda OQuadro, faz parte de uma iniciativa do professor Felipe de Paula, como parte das atividades do componente Campo das Artes: saberes e práticas. “Como esse componente se destina a ser o primeiro contato dos graduandos em Artes com sua área de formação, pensei: por qual motivo não deveríamos debater alguns conteúdos do curso com artistas da região? Nessa lógica, já recebemos a poeta Daniela Galdino, os atores Ely Izidro e Márcia Mascarenhas e, agora, é a vez de Rans Spectro”, afirma o professor.

Com o tema Hip-hop: arte, território e identidade, Rans estará presente na turma de Campo das Artes falando sobre os modos que a arte do hip-hop dialoga com a identidade de um território, de suas vivências com OQuadro na relação com a constituição de uma arte universal que também não deixa de ser sul baiana.

O papo acontece na noite de terça, a partir das 19 horas. “Embora seja uma ação direcionada aos estudantes de artes, todos serão bem vindos para integrar forças na construção do conhecimento. A universidade, suas ações e saberes, são públicos”, afirma Felipe de Paula.

DRAWBACK (DO CACAU) DE NOVO

Coluna Tempo Presente, d´A Tarde

Já sofrido com as consequências biológicas, econômicas e políticas da vassoura de bruxa, os cacauicultores baianos, que a duras penas vêm conseguindo se reerguer, têm um novo inimigo, a importação.

Quando houve a quebradeira geral, a produtividade despencou e a indústria apelou para o drawback, modelo de importação previsto na lei pelo qual quem importa produtos para processar aqui e depois exportar, ganha isenção de tributos.

Ocorre que agora a cacauicultura voltou a obter níveis de produtividade que não justifica mais as quantidades importadas. Resultado: a indústria vem usando o drawback para minar o preço interno, deságio em torno de U$ 700 na cotação da bolsa, puxando o preço interno para baixo, o que dá ao produtor uma perda em torno de R$ 30 por arroba.

A insatisfação é generalizada. Esta semana, os produtores fizeram uma reunião em Gandu e programam outras em Itajuípe e Camacã. Eles se acham politicamente desamparados e vão à luta por si.

Em setembro chega ao porto de Ilhéus nova importação de Gana. A ideia é travar o porto. Vai dar rolo.

ILHÉUS: CAMINHONEIROS ESPERAM ATÉ 10 DIAS PARA DESCARREGAR NA CARGILL

Grande fila de caminhões é formada próximo à Cargill (Foto Jorge Tinga).

Grande fila de caminhões é formada próximo à Cargill (Foto Jorge Tinga).

Uma fila com mais de 10 caminhões carregados de amêndoas de cacau já se forma no distrito industrial de Ilhéus. A carga aguarda para ser depositada nos galpões da multinacional Cargil, uma das maiores processadoras desse tipo de material na região.

Tentamos contato com a empresa, sem êxito. O sindicalista Luiz Fernandes, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Moageira da Região (Sindicacau), explica que um novo método de gerenciamento usado pela empresa permite a descarga de 30 caminhões a cada 24 horas, o que estaria provocando a fila. A isso se soma um incêndio ocorrido no último fim de semana num dos galpões.

Fernandes, que esteve no distrito industrial, conta que os caminhoneiros esperam cerca de 10 dias para descarregar. Enquanto isso, contam apenas com um banheiro para tomar banho, cedido pela concorrente Joanes, e têm de arcar com despesas de alimentação e manutenção dos veículos.

Os caminhoneiros, relata Luiz Fernandes, acusam a Cargil de, diante das dificuldades em receber a carga, utilizar os veículos como depósitos provisórios.

REVOLUÇÃO NAOMARIANA

jorge portugal2Jorge Portugal | [email protected]

Não à toa, em recente encontro internacional de educação, realizado na Coreia do Sul, o ministro da Educação, Prof. Renato Janine Ribeiro, classificou a UFSB como uma das duas universidades de vanguarda do Brasil.

Acaba de começar no sul da Bahia uma verdadeira revolução no âmbito do ensino superior do país, e para o ensino baiano em particular. Seu nome: UFSB. Seu comandante-em-chefe: Prof. Naomar Almeida. Sim, ele mesmo que, ainda na condição de reitor da Ufba, implantou a bem sucedida política de ações afirmativas, que mudou a cara e a cor da universidade, e ainda instituiu os Bacharelados Interdisciplinares, buscando atualizar a nossa “Federal”, ajustando-a à moderna visão de universidade, mundo afora. Sei que não foi fácil. Acompanhei a sua árdua luta de convencimento aos seus pares, e vibrei com sua vitória final.

Cumprida a missão “ufbeana”, Naomar partiu para a concretização do seu sonho maior e pleno: a criação da Universidade Federal do Sul da Bahia, dando forma final e definitiva ao modelo que sempre esteve na cabeça de Anísio Teixeira, mas também no bojo do pensamento de Paulo Freire, Darcy Ribeiro e Milton Santos. Não à toa, em recente encontro internacional de educação, realizado na Coreia do Sul, o ministro da Educação, Prof. Renato Janine Ribeiro, classificou a UFSB como uma das duas universidades de vanguarda do Brasil. A outra é a Universidade Federal do ABC paulista.

A UFSB já nasce com um elenco de professores-doutores na sua totalidade; mantém e até amplia a estrutura dos Bacharelados Interdisciplinares e, culminância das culminâncias, em vez de estar narcisicamente voltada para as suas pós-graduações, inclina o seu olhar para o ensino médio da rede pública, como forma de desativar a “bomba social” do país. Por isso, a participação do Prof. Naomar e da UFSB no Pacto Social da Bahia tem sido necessariamente fundamental. Os colégios universitários nas demais cidades onde não há campus formal (Ferradas/Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas) darão nova vida e qualidade aos estudantes da região, que já respirarão o “ar universitário” antes mesmo de ingressar no ensino superior.

Reitor Naomar e sua equipe da UFSB: magníficos!

Jorge Portugal é poeta, educador e secretário estadual de Cultura.
(Artigo publicado no Facebook da UFSB.)

CHARGE – SALVEMOS O CACHOEIRA

Charge Sebáh

Charge Sebáh Vilas-Boas.

RUI VISITA FESTIVAL DO CHOCOLATE EM ILHÉUS

Festival atrai grande público todos os anos.

Festival atrai grande público todos os anos.

Rui visita festival (Foto Mateus Pereira).

Rui visitará festival no sábado (Foto Mateus Pereira).

O governador Rui Costa participará do Festival Internacional do Chocolate e Cacau, no sábado (13), em Ilhéus. A visita ao evento internacional foi confirmada nesta quinta (11) pela organização do festival. Rui chegará ao final da tarde do sábado.

O Festival Internacional do Chocolate e Cacau começa nesta quinta (11), no Centro de Convenções de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes. O evento reúne as cadeias produtivas do cacau e do chocolate e costuma atrair média de 25 mil visitantes nos quatro dias.

O evento deste ano terá novidades como uma máquina norte-americana que possibilita a fabricação de chocolate artesanal. Outro destaque é oficina de design de embalagem. Além de gastronomia e negócios, há espaço para a arte com músicos sul-baianos.

Toda a programação dos quatro dias pode ser conferida no site do evento. Esta é a sétima edição do festival promovido pela MVU Eventos, Biofábrica de Cacau, Associação de Turismo de Ilhéus (Atil) e Sindicato Rural de Camacan e tem apoio do PIMENTA.

PRODUTORES DE LEITE QUEREM RESPOSTAS DA NESTLÉ

Dirigentes da Adasb, Edimar e Elder querem explicações da Nestlé (Foto Reprodução).

Dirigentes da Adasb, Edimar e Elder querem explicações da Nestlé (Foto Reprodução).

Um total clima de incerteza e insegurança tem feito parte da rotina dos produtores de leite do Sul da Bahia desde que surgiram os primeiros sinais de que a Linha de Processamento de Leite da Nestlé encerraria suas atividades em Itabuna. A multinacional, que até então mantinha uma relação de parceria “saudável” com os produtores de leite, repentinamente reduziu a captação em volume, o preço pago por litro de leite e encurtou o raio de captação.

Reconhecendo que se trata de uma atividade agropecuária com maior capacidade de geração de emprego e renda, e temendo os possíveis efeitos sociais na Bacia Leiteira local decorrentes do fechamento da fábrica, a Associação dos Agropecuaristas do Sul da Bahia (Adasb) pressiona a multinacional. “Queremos saber os motivos que levaram a Nestlé à adoção dessas medidas e se essa política é transitória ou se a captação voltará ao normal”, explica o presidente da Adasb, Elder Fontes.

IMPORTAÇÃO DE LEITE

Produtores locais afirmam que após essa nova política a Nestlé reduziu o preço pago pelo litro de leite de aproximadamente R$ 1,15 para R$ 0,85, encurtou o raio de captação para área inferior a 100 km da fábrica, além da quantidade captada. Informações ainda dão conta de que a multinacional tem importado leite desidratado de países do Mercosul, em detrimento da bacia leiteira local.

“Merece reprovação a postura da multinacional que, embora goze de benefícios fiscais e de incentivos tributários para operar na região Nordeste, mais precisamente em Itabuna, decida por preterir a produção de leite local para importá-lo de outros Estados ou, ainda pior, do exterior”, frisa o vice-presidente Edimar Margotto Jr.

PREJUÍZOS E INSEGURANÇA

Os dirigentes da Adasb lembram que produtores realizaram altos investimentos – com recursos próprios ou mediante financiamentos obtidos junto aos agentes fomentadores do agronegócio – a fim de submeter suas propriedades às exigências fitossanitárias exigidas pela Nestlé.

“A sensação de insegurança e de desamparo é muito grande. Muitos produtores fizeram investimentos de monta, seja na aquisição de equipamentos, seja na modernização de pastagem, adubação, aquisição de matrizes, e precisam no mínimo, de um esclarecimento sobre o que está acontecendo”, finalizou o presidente Elder Fontes.

CIRCUITO DE INOVAÇÃO TERÁ WORKSHOPS GRATUITOS NO SUL DA BAHIA

O Sebrae realizará de 11 a 22 de maio, o Circuito de Inovação Região Sul, com workshops em 12 municípios do Sul da Bahia, voltados para a micros e pequenas empresas. O circuito visa mostrar que inovar não significa apenas investir em moderna tecnologia de máquinas, mas também colocar em prática ações de melhoria de processos empresariais, redução de custos e diferentes formas e formatos para produtos e serviços.

O circuito oferece 50 vagas por workshop, em cada município, com inscrição gratuita. O empresário pode participar das capacitações e ter acesso a consultorias em inovação e tecnologia. “Em momentos de crise, com criatividade e inovação, o empreendedor precisa buscar soluções diferenciadas para surpreender e encantar os clientes”, orienta o analista do Sebrae Ilhéus, Michel Lima

O ponto de partida é o município de Camacan, onde o workshop de abertura acontece a partir das 18h30, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Depois, é a vez de Pau Brasil (12/05), Santa Luzia e Canavieiras (13/05), Itaju do Colônia (14/05), Una (15/05), Ilhéus (18/05), Itabuna (19/05), Buerarema (19 e 20/05), Itacaré (20/05),  Uruçuca (21/05) e Ubaitaba (22/05).

INSCRIÇÕES

Os interessados podem buscar informações e fazer a inscrição no ponto de atendimento do Sebrae em Itabuna, na rua Paulino Vieira, 175, Edf. Lizete Mendonça, Centro, ou através do telefone (73) 3613 9734. Outra opção é procurar o ponto de atendimento do Sebrae em Ilhéus, na Praça José Marcelino, 100, Centro, ou pelo telefone (73) 3634-4068.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia