WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe
nota premiada prefeitura ilheus





janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘sul da Bahia’

#ELENÃO: ATO CONTRA BOLSONARO ATRAI MILHARES AO CENTRO DE ITABUNA

Movimento das mulheres contra Bolsonaro teve reforço em Itabuna || Foto Pimenta

O movimento das mulheres brasileiras contra o presidenciável Jair Bolsonaro atraiu milhares de pessoas ao centro de Itabuna, no sul da Bahia, na manhã deste sábado (29). Pintadas, com faixas e cartazes nas mãos ou soltando gritos de ordem contra o candidato do PSL, mulheres se concentraram no Berilo, próximo ao Centro de Cultura Adonias Filho, e seguiram em passeata pela Avenida do Cinquentenário, por volta das 11h. Faixas e cartazes faziam críticas a declarações machistas e homofóbicas já proferidas pelo presidenciável.

A organização do movimento #EleNão calcula ter reunido cerca de 4 mil pessoas no ato em Itabuna. O movimento está ocorrendo em todo o país neste sábado. Em São Paulo, a estimativa é de que o ato contra Bolsonaro esteja reunindo, ao menos, 150 mil pessoas. Já no Rio de Janeiro, na Cinelândia, outras 100 mil pessoas.

No sul da Bahia, também houve manifestação contra Bolsonaro em Ilhéus, com passeata e apresentações culturais em frente ao Teatro Municipal, no Centro Histórico.

REAÇÃO

Os atos em Itabuna e Ilhéus foram pacíficos. Não houve registro de tumulto durante a caminhada em Itabuna, que ganhou maior proporção. Os favoráveis ao presidenciável Bolsonaro prometem reagir com carreata, neste domingo (30), que começará em Itabuna e será encerrada na vizinha Ilhéus.

Manifestantes prestam homenagem a Maria Aparecida, vítima de feminicídio || Foto Pimenta

HOMENAGEM A APARECIDA

Ainda na principal artéria comercial do centro de Itabuna, as manifestantes pararam em frente à drogaria onde a comerciária Maria Aparecida Reis trabalhava, próximo à agência principal do Bradesco no município. As manifestantes fizeram minuto de silêncio em homenagem à vítima de feminicídio em 8 de junho passado.

Maria Aparecida foi baleada e esfaqueada pelo ex-companheiro em um ônibus, na Praça Olinto Leone. A marcha #EleNão foi encerrada exatamente na praça onde ocorreu o feminicídio (relembre aqui).

Mulheres exibem cartazes com mensagens contra presidenciável || Foto Pimenta

LÍDER DE FACÇÃO CRIMINOSA DE ILHÉUS É PRESO EM CANAVIEIRAS

“Marquinhos” tirou a barba para fugir da polícia || Montagem Pimenta

Líder de facção criminosa em Ilhéus e 4 de Espadas no “Baralho do Crime” da Bahia, Marcos Santos Rosa, de 24 anos, foi preso na manhã deste domingo (23), no município de Canavieiras, no sul da Bahia, com visual diferente do sempre conhecido.

Para tentar livrar-se de investigadores, “Marquinhos” não mais estava usando barba. Policiais do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) prenderam o acusado de homicídio e tráfico de drogas durante ronda no Jardim Burundanga.

Durante abordagem a Marquinhos, os policiais encontraram revólver calibre 38, munições e drogas. A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) havia incluído “Marquinhos” no baralho no qual constam os criminosos mais perigosos do Estado.

CONQUISTA DO IG DO CACAU SUL-BAIANO EM PUBLICAÇÃO DE EMPREENDEDORISMO

Publicação do Sebrae destaca perspectivas para o cacau no sul da Bahia

A Revista Conexão Sebrae traz como destaque deste período a produção de cacau no sul da Bahia, que conquistou registro de Indicação Geográfica (IG). A conquista traz ótimas perspectivas para os produtores que integram a Associação Cacau Sul Bahia (ACSB). O texto mostra os planos dos produtores e como o reconhecimento pode alavancar a produção e agregar valor ao cacau produzido no território sul-baiano.

Clique aqui para ler a revista

Empresários que não conseguiram aderir ao Refis, que se encerrou no dia 9 de julho, podem optar pelo parcelamento dentro do processo convencional do Simples Nacional, que é em até 60 meses, sem redução de multas e juros. Todas as informações sobre este assunto de interesse do empresário que não quer ficar inadimplente estão nesta edição da Conexão.

História de empresários que enfrentaram e superaram dificuldades para se estabelecerem no mercado também estão nesta edição.

O leitor vai conhecer os cases do Cantinho do Peixe, em Porto Seguro, que após a ameaça de falência conseguiu se reestabelecer e aumentar vendas; e da Delly Pães, em Jacobina, que atingiu a expansão com inauguração de outras lojas no mesmo ramo, após participar do Programa Negócio a Negócio. :: LEIA MAIS »

COM NOITE DE ELOGIOS, DAVID NASCIMENTO GARANTE VAGA NA PRÓXIMA FASE DO “THE VOICE”

David Nascimento é bastante elogiado na fase Remix, do The Voice || Reprodução

Elogiado pelos técnicos da edição de 2018 do The Voice Brasil, o itabunense David Nascimento superou mais uma etapa no reality da Rede Globo no final da noite da quinta-feira (13). O músico interpretou I´m not the only one, de Sam Smith, na fase chamada Remix, quando o técnico salva um dos membros do time direto e um outro nome é escolhido na repescagem.

Não faltaram elogios para David após a apresentação da noite desta quinta. “É muito importante, David, que o Brasil saiba uma coisa que o The Voice descobriu em você, que é um saxofonista. Eu me sinto tão vitorioso em ter um artista como você no palco”, disse Brown, lembrando que David chegou ao programa dizendo que não cantava. “Você canta muito”, emendou o técnico.

Apresentador do The Voice, Thiago Leifert destacava, novamente, o sucesso do cantor de Itabuna. Ao final da apresentação, Leifert, junto com Brown, voltou a elogiá-lo. “Esse menino… A evolução dele é a mais clara, a mais absurda que a gente já teve aqui”. Já o técnico, afirmou que espera vê-lo cantando e tocando saxofone no palco.

Ainda representando um município do sul da Bahia, o capixaba Edson Carlos, que hoje mora em Una, foi salvo por Ivete Sangalo. E avançou direto para a próxima fase. Os próximos programas vão ao ar na segunda (17) e na terça (18). Abaixo, confira trecho da apresentação de David.

ELEIÇÕES 2018: OCEB ENTREGA PLEITOS DO COOPERATIVISMO BAIANO A CANDIDATOS

Porto entregará propostas a candidatos

O Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia (OCEB) entregará carta aos candidatos a deputado estadual, deputado federal, ao Senado e ao governo baiano com pleitos para o fortalecimento do modelo produtivo do cooperativismo e do desenvolvimento do Estado.

A solenidade no sul do Estado será nesta terça (11), às 19h, no auditório da Unimed Itabuna, na Avenida Firmino Alves (Alameda da Juventude), Centro de Itabuna. Sílvio Porto, presidente do Sicredi, e Edwaldo Pinheiro, do Sicoob, farão a entrega do documento.

De acordo com o presidente da OCEB, Cergio Tecchio, a carta é resultado de reflexões durante encontros regionais do Direcoop em Salvador, Feira de Santana, Luís Eduardo Magalhães, Vitória da Conquista e Itabuna, reunindo presidentes, dirigentes e gestores de cooperativas.

A partir dos encontros, afirma, foram definidos os pleitos do cooperativismo nos setores agropecuário, de crédito, trabalho, educação, saúde, transporte, consumo e habitação.  A ideia do Sistema OCEB, segundo Cergio, é levar as demandas do sistema a todos os candidatos, “independente das chances reais de vir a ser eleito ou não”.

Direta ou indiretamente, calcula o dirigente da OCEB, cerca de um milhão de pessoas, na Bahia, estão vinculadas a cooperativas, o que reforça a importância do documento a ser entregue regionalmente e de atendimento das demandas.

IBAMA ENCONTRA 250 HECTARES DE ÁREA DESMATADA NO SUL E EXTREMO-SUL DA BAHIA

Destruição da Mata Atlântica|| Foto Ibama

O Ibama detectou, durante a operação Mata Viva realizada de junho a agosto, a supressão de 257,9 hectares de Mata Atlântica em municípios do sul e extremo-sul do estado. Foi constatada a eliminação de mata em 32 dos 49 polígonos com indicativos de desmatamento.

O monitoramento foi realizado nos municípios de Canavieiras, Santa Luzia, Una, no sul da Bahia; e Alcobaça, Guaratinga, Jucuruçu, Itamaraju e Medeiros Neto, no extremo-sul. De acordo com o Ibama, foi verificado que houve supressão de Mata Atlântica em diversos estágios e regeneração. Além do trabalho de campo, a destruição foi detectada via imagens de satélite do Núcleo de Geoprocessamento da Unidade Técnica do Ibama, em Eunápolis.

Durante a operação, os fiscais emitiram 21 autos de infração, que somam R$ 1,4 milhão. Além disso, foram apreendidas 32 aves, cinco carcaças de animais silvestres (tatus, porco do mato e paca).

CONFIRA VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA SEXTA (17)

SineBahia oferece vagas de emprego em Itabuna, Ilhéus e Jequié nesta sexta (17)

As unidades do SineBahia em Itabuna e Ilhéus, no sul do estado, e Jequié, na região sudoeste, oferecem total de 29 vagas de emprego com carteira assinada nesta sexta-feira (17). A maioria das vagas é oferecida em Itabuna, num total de 20 oportunidades. Em Ilhéus, são 4 vagas, enquanto em Jequié são oferecidas outras 5.

Os interessados devem procurar uma das unidades do SineBahia nestes municípios, apresentando CPF, carteiras de Trabalho e de Identidade (RG) e comprovantes de residência e de escolaridade. Para as vagas destinadas a pessoas com deficiência (PCD), é necessário apresentar laudo médico. Confira todas as vagas ao clicar no link “leia mais” a seguir. :: LEIA MAIS »

“DE FÉRIAS COM O EX”, DA MTV, GRAVA 3ª TEMPORADA EM ILHÉUS, ITACARÉ E SERRA GRANDE

Reality será gravado na Costa do Cacau e vai ao ar em setembro || Reprodução

O reality show mais polêmico e amado entre o público jovem grava a terceira temporada em Ilhéus, Serra Grande (Uruçuca) e Itacaré nos próximos dias. De casa nova, o De Férias com o Ex tem estreia prevista para setembro, na MTV e MTV Play. A nova temporada terá 12 episódios.

A maior temporada de todas, promete a MTV, vai contar com episódios inéditos, quentes e explosivos. Em De Férias com o Ex Brasil, dez solteiros vão passar férias em um paraíso tropical e ficarão confinados em uma mansão. Mas o sonho pode se transformar em pesadelo, quando os ex-companheiros começam a assombrar os dias e noites dos participantes do reality. Cada ex está lá “por vingança ou para reacender a chama do amor”.

A primeira e segunda temporada foram filmadas na Praia da Pipa, no litoral potiguar. O reality show brasileiro é coproduzido pela Floresta Produções e exibido pela MTV. É a versão brasileira do formato original britânico Ex on the Beach.

As gravações já começaram. O programa mostrará importantes pontos turísticos, praias paradisíacas e a famosa Lagoa Encantada de Ilhéus, além de principais points de Itacaré e Serra Grande.

CANAVIEIRAS: PREFEITO FAZ GESTO DE ARMA E CHAMA CHEFE DA RESEX PARA BRIGAR “DE HOMEM PRA HOMEM”

Dr. Almeida faz gesto de arma e chama Joaquim para briga (no detalhe)

O prefeito Clóvis Almeida, o Dr. Almeida (PPS), surpreendeu alunos, professores e ambientalistas durante debate sobre a Reserva Extrativista de Canavieiras (Resex) ao chamar para a briga, “no meio da rua”, o chefe da Resex, Joaquim Rocha Neto.

O chefe da Reserva tentou mostrar que o prefeito se equivocada ao falar de reserva extrativista.

Dr. Almeida reagiu, fazendo gesto de arma com os dedos:

– Fui covardemente chamado de “Burro” por Joaquim. Só não entendeu quem não quis. Então, se ele tiver coragem de me chamar de burro no meio da rua, a gente resolve de homem pra homem – disse.

A cena foi gravada por um dos presentes no debate, nesta quinta (26), no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães. Confira o vídeo, abaixo.

POR DÍVIDA TRABALHISTA, RESORT DE ITACARÉ VAI A LEILÃO PELA METADE DO PREÇO

Resort esteve entre os mais luxuosos do litoral baiano || Divulgação

O Eco Resort Itacaré já foi dos mais badalados resorts do litoral baiano. Agora, será levado a leilão no próximo dia 8 de agosto, com lance inicial de R$ 5 milhões, para pagamento de ações no âmbito da Justiça do Trabalho, polo de Itabuna. O leilão foi determinado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5).

Construído pelo empresário Kléber Almeida, Itacaré Eco Resort foi adquirido pela Cavalcanti Patrimonial e Administração de Bens Próprios Ltda, do investidor João Cavalcanti, há mais de cinco anos.

Desde 2014, o resort enfrentava problemas trabalhistas, até com registro de greve dos funcionários por causa de atraso de salários (relembre aqui). Os interessados no imóvel já podem dar lances, via internet, no site da RJ Leilões. É o lote 27.

ARTIGO | AS ONDAS DE DESENVOLVIMENTO E A CACAUICULTURA DO SUL DA BAHIA

Antonio Zugaib || ac.zugaib@uol.com.br

 

A regulamentação de uso da indicação geográfica, obtida pela Associação Cacau Sul Bahia, é um instrumento valioso para se conseguir uniformidade na qualidade, necessária para uma boa comercialização do produto, principalmente no mercado externo.

 

A cacauicultura do sul da Bahia já passou por diversas ondas de desenvolvimento. Primeiro foi a onda de desenvolvimento agrícola, quando os produtores de cacau – baianos, árabes e sergipanos – substituíram as plantações de cana-de-açúcar, com seus diversos engenhos, espalhadas neste rica Capitania de São Jorge dos Ilhéus, por plantações de cacau. Com suor e luta, os produtores de cacau implantaram nesta região um sistema denominado Cabruca, sistema este admirado no mundo inteiro, pois consegue extrair da terra seu valor econômico, conservando e preservando a mata atlântica.

Neste sistema de produção de cacau existente há cerca de 250 anos, a cacauicultura do sul da Bahia despertou o mundo produzindo uma quantidade significativa de cacau estimulando o interesse de exportadores e processadores a se localizarem na região, dando início a segunda onda de desenvolvimento, que chamamos de industrialização. Vieram os Kaufmann, implantando inicialmente o Chocolate Vitória, os Wildberger trazendo as empresas exportadoras e, posteriormente, as indústrias Barreto de Araújo, a Berkau, a Cargil, a Chadler, a ADM Cocoa, a Nestlé, assim como, através da organização dos produtores locais, a Itaísa. Neste ciclo de desenvolvimento produzimos líquor, torta, manteiga e pó de cacau. Iríamos chegar a cobertura do chocolate quando uma série de fatores conjunturais e estruturais desagregaram a economia cacaueira, culminando com a chegada da vassoura-de-bruxa, provocando um retrocesso sem precedentes dessa economia, com fechamento de fábricas e descapitalização dos produtores.

Atualmente, estamos voltando a um estágio de desenvolvimento muito mais forte, porque não estamos com a visão só na matéria-prima, nem tampouco em um chocolate de cobertura ou chocolate de massa. Estamos entrando em uma terceira onda de desenvolvimento que estou chamando de “Customização”. Customização é um substantivo feminino que remete para o ato de customizar e significa personalização ou adaptação.  

A customização consiste em uma modificação ou criação de alguma coisa de acordo com preferências ou especificações pessoais. Assim, customizar é alterar alguma coisa segundo o seu gosto pessoal. É isto que está acontecendo na cacauicultura do sul da Bahia. Os consumidores estão experimentando o chocolate segundo seu gosto pessoal. E a maioria dos consumidores deste produto que é preferência nacional já decidiu saborear um chocolate com alto teor de cacau.

Experimentos são realizados por meio de novas variedades desenvolvidos pela Ceplac e parceiros, onde é feita uma análise sensorial do chocolate sobre variáveis importantes, como aroma, sabor, derretimento, dureza, amargor e acidez, sem deixar de lado a localização, o porte, o tamanho dos frutos, o peso total das sementes secas por fruto, nem tampouco a produtividade do cacaueiro.

O chocolate é visto como um produto especializado que precisa de profissionalismo para ter sucesso no empreendimento. Para isso, a regulamentação de uso da indicação geográfica, obtida pela Associação Cacau Sul Bahia, é um instrumento valioso para se conseguir uniformidade na qualidade, necessária para uma boa comercialização do produto, principalmente no mercado externo. Porém, obtido esse profissionalismo estaremos no topo do mercado, obtendo um preço mais compensador, pois estaremos agregando valor ao nosso produto. Com uma boa política de crédito rural, os produtores poderão transferir toda a tecnologia gerada pela Ceplac, através de clones de alta produtividade e poderão reviver momentos felizes novamente.

Antonio Zugaib é engenheiro agrônomo, mestre em Economia Rural, técnico em Planejamento da Ceplac e professor da Uesc.

SINEBAHIA OFERECE MAIS DE 40 VAGAS EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA SEXTA (20)

SineBahhia divulga vagas de emprego em Itabuna, Jequié e Ilhéus

Vagas de emprego nesta sexta-feira (20) nas unidades de Itabuna, Ilhéus e Jequié do SineBahia. O maior número de oportunidades é oferecido em Itabuna, seguido de Ilhéus, ambas no sul do Estado, e Jequié, no sudoeste. São vagas para os vários níveis de escolaridade e alguns dos cargos não exigem experiência.

Para disputar a vaga, a pessoa deve ter cadastro no SineBahia. Para se inscrever, é necessário apresentação de carteiras de Trabalho e de Identidade (RG), CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Quem disputa vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PCD), precisa do laudo médico. Confira todas as vagas no “leia mais”, abaixo. :: LEIA MAIS »

CEPLAC COM NOVO NOME E AUTONOMIA

Sede da Ceplac no sul da Bahia || Foto Pimenta

A sigla permanecerá, mas a Ceplac mudará de nome.

Deixará de ser Comissão Executiva do Plano para se tornar Centro de Excelência das Políticas para a Lavoura Cacaueira (Ceplac).

Mais importante que a não mexida na “sopa de letras”: a Ceplac voltará a ter autonomia.

Agora, é esperar o Diário Oficial cantar.

O SUCESSO DE UM ASSENTAMENTO SUL-BAIANO QUE PRODUZ CHOCOLATE PREMIUM

Joelson Ferreira, do Terravista, em Arataca, no sul da Bahia || Foto Daniel Thame/GovBA

Chocolate produzido por assentados ganhou Paris

O Assentamento Terra Vista, criado em 1994, foi uma das primeiras áreas de reforma agrária no sul da Bahia, surgido no auge da crise provocada pela vassoura-de-bruxa, que dizimou 80% da produção de cacau na região. Hoje é exemplo de projeto de agricultura familiar com foco na sustentabilidade e na educação.

Com 910 hectares, sendo 300 hectares de cacau e 313 hectares de Mata Atlântica, o Terravista possui 55 famílias. Elas produzem cerca de 5 mil arrobas de cacau 100% orgânico, por ano. A produtividade alcança cerca de 70 arrobas por hectares, que, aliados ao cultivo de frutas, verduras e hortaliças, garantem uma renda média de 2,5 salários mínimos por família. Do cacau, 10% é destinado à produção do Chocolate Terra Vista, um produto premium que já foi apresentado no Salão do Chocolate de Paris.

“A produção de cacau e a conservação da natureza são práticas indissociáveis nesse novo modelo de desenvolvimento”, explica o coordenador do Terra Vista, Joelson Ferreira. “O cuidado com a terra, a melhoria das amêndoas a produção orgânica e um modelo educacional focado nas necessidades do setor rural estão contribuindo para que os assentados tenham uma vida digna, sem necessidade de migrar para as incertezas dos centros urbanos”, diz.

A educação é uma prioridade no assentamento. Funcionam no local o Centro Integrado Florestan Fernandes e o Centro de Educação Profissional Milton Campos. O primeiro oferece o Ensino Fundamental I e II e atende alunos de 11 municípios, enquanto o segundo oferece os cursos profissionalizantes de Agroecologia, Meio Ambiente, Agroindústria, Agroextrativismo, Informática, Zootecnia e Segurança do Trabalho, além de um curso de nível superior em Agronomia, com especialização em Agroecologia. Os universitários são oriundos de assentamentos de todas as regiões da Bahia.

CHEF PERUANO É ESTRELA DO FESTIVAL SABORES DE ITACARÉ

Brict Perez é uma das atrações entre os chefs do Festival de Sabores em Itacaré, agora em julho || Foto Deguste

A famosa cozinha peruana terá presença garantida no principal evento gastronômico do sul da Bahia. O chef Brict Perez participará do Festival Sabores de Itacaré, marcado para o período de 12 a 15 de julho. Brict Perez é formado em gastronomia peruana e alta cozin​h​a nas Universidades Libertador e Gastrotur do Peru e tem restaurante de grande sucesso em Trancoso, em Porto Seguro.

Na passagem pelo município sul-baiano, a promessa é a de ensinar o verdadeiro sabor da cozinha tradicional. Apresentará pratos como lomo saltado, arros chaufa, planchas de polvo, sudado de peixe, além de pisco sour e chilcanos.

Brict participa do intercâmbio gastronômico com o apoio do Escritório Comercial do Peru no Brasil. O Festival Sabores de Itacaré chega à 5ª edição. Neste ano, segundo a organização, 40 restaurantes participarão do evento, que devem utilizar ingredientes produzidos por agricultores familiares.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia