WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






secom bahia








maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘sul da Bahia’

RETORNO COMPLICADO PELO FERRY

O retorno para casa depois do feriado prolongado via ferry boat pode se traduzir em um pesadelo nesta segunda (2). Devido a problemas técnicos, duas das cinco embarcações escaladas pela TWB, empresa que opera o serviço, foram retiradas das operações, restringindo o número de viagens.

O ferry Ipuaçu teve um problema no sistema de injeção de combustível, enquanto o Rio Paraguaçu durante a manhã teve vazamento nos cilindros e precisou parar urgentemente para reparos. A situação é complicada ao ponto de a TWB recomendar aos passageiros que não façam a travessia entre 16h e 23h. É exatamente o início do período de maior fluxo de retorno. As informações são do Bahia Notícias.

O SUL DA BAHIA FINALMENTE NA AGENDA GOVERNAMENTAL

Wenceslau Júnior | wenceslauvereador@gmail.com

.

Vivemos mais de três décadas agonizando as consequências de uma excludente e perversa monocultura. Podridão parda, queda internacional dos preços, vassoura de bruxa, ausência de investimentos em ciência e tecnologia, baixa produtividade e a falta de diversificação da agricultura parecem ter condenado a nossa região ao fracasso.

Porém, o maior problema que enfrentamos durante todo esse tempo foi a completa ausência de uma política pública que tivesse como principal objetivo superar a crise e retomar o desenvolvimento econômico e social com respeito ao meio ambiente.

Vários anos de carlismo. Muita propaganda. Ação zero. Falava-se em desenvolvimento do turismo e estamos até hoje a mercê de infraestrutura nas principais cidades turísticas da região. Fizeram da crise do cacau algo semelhante à indústria da seca nordestina.

Muitos Filhos e Juniors foram eleitos e reeleitos com base no discurso da salvação da lavoura. Foi-se o ICB; asfixiaram a Ceplac e a única instituição de caráter regional que conquistamos foi a Uesc. Diga-se de passagem, com muita luta da comunidade.

É necessário reconhecer o esforço empreendido não só pelo governo Wagner como também pelo governo do presidente Lula. O reconhecimento é não só pelas inaugurações de obras realizadas em vários municípios, a exemplo de Coaraci e Itacaré, que recebem a visita do governador neste 31 de outubro e no dia três de novembro, oportunidade na qual irá inaugurar a rodovia Camamu-Itacaré, bem como a ponte que faltava para concretizar a ligação dos municípios, encurtando a distância para Salvador, via Bom Despacho e, por conseguinte, fomentando o turismo na região.

Deve-se reconhecimento principalmente por apresentar uma proposta concreta de retomada do desenvolvimento regional. Os investimentos em infraestrutura (Porto Sul; Aeroporto; Ferrovia; ZPE; GASENE Cacimbas-Catu), o PAC do Cacau, que finalmente saiu do papel, acompanhados do Instituto Federal de Educação Tecnológica (Ifet), que será instalado às margens da rodovia Ilhéus-Itabuna, propiciarão um novo ciclo de desenvolvimento econômico numa região completamente esquecida pelos governos passados.

Acho justa a preocupação do movimento ambientalista,que defende um maior debate dos projetos, buscando dimensionar melhor os impactos sociais e ambientais que serão gerados pelos empreendimentos. Porém, não podemos prescindir de encontrar soluções justas e compensações socioambientais que atendam, sobretudo, as populações excluídas. Ampliar as áreas das Unidades de Conservação e aportar mais recursos para criar reais condições de sua proteção deverá ser prioridade.

Também deve ser prioridade viabilizar recursos e apoio técnico para execução de obras de saneamento ambiental nos municípios que poluem as bacias do Almada e do leste para a preservação das nascentes e do rico manancial hídrico da região.

Entendo como mais do que necessária a criação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSULBA), a qual, juntamente com a UESC, que já cumpre um importante papel cientifico, e o futuro IFET, propiciarão o desenvolvimento científico-tecnológico necessário ao desenvolvimento sustentável, qualificando a mão-de-obra local para ocupar bons postos de trabalho nos futuros empreendimentos.

Contudo, não podemos perder esta oportunidade, pois o compromisso expresso por Wagner e Lula para nossa região é algo nunca visto na história. O momento é rico, aproveitemos, mas não sejamos ingênuos.

Não podemos permitir que o retrocesso retorne ao poder, no nosso país e no nosso estado. Os neoliberais que destruíram o país e fizeram da Bahia o seu maior laboratório não merecem interromper esse processo de retomada do desenvolvimento.

Parabéns Wagner e Lula! Viva ao sul da Bahia!

Wenceslau Júnior é advogado, professor da Uesb, vereador e presidente do PCdoB de Itabuna.

TUDO FM FAZ LANÇAMENTO EM ITABUNA

tudofmitajuipe

Na próxima sexta-feira, 30, a Tudo FM lança a sua programação para o sul da Bahia em coquetel no Hotel Tarik, em Itabuna, às 19h. A emissora mesclará atrações regionais com programas de rede, transmitidos diretamente de Salvador.

A Tudo FM Sul (96,1) transmitirá da rede os programas Acorda pra vida, de Raimundo Varela (das 7h às 9h), e o Bahia Notícias no Ar, apresentado pelos jornalistas Samuel Celestino e Daniela Prata (12h às 13h).

As demais faixas de horário serão preenchidas com programação regional, transmitida pela Tudo FM Sul, em Itajuípe. O diretor Otávio Júnior reforça que a emissora (ex-Tropical FM) está investindo para ampliar o seu sinal no sul da Bahia.

PRODUTORES JÁ PODEM RENEGOCIAR DÍVIDA

O governo do estado informa que os produtores de cacau que tomaram empréstimo no Programa de Recuperação da Lavoura, na década de 90, já podem procurar as agências do Banco do Nordeste, Banco do Brasil e o Desenbahia para renegociação de dívidas. Nesta fase, pelo menos 4.900 contratos são beneficiados pelo PAC do Cacau.

O PAC prevê investimentos de até R$ 2,52 bilhões na lavoura sul-baiana, dos quais R$ 500 milhões voltados ao pagamento das dívidas e outros para novos empréstimos ao produtor, que terá oito anos de carência para pagar o novo ‘prego’.

Um mutirão acontece amanhã, na sede regional da Ceplac, na rodovia Ilhéus-Itabuna. Três contratos serão assinados, simbolicamente, por lá. Apesar de prevista, a vinda do governador Jaques Wagner para o evento foi cancelada. Ele estará no sul da Bahia na próxima quinta, 29, em Itacaré, e no sábado, 31, em Coaraci.

SINALIZAÇÃO NA ITACARÉ-CAMAMU É CONFUSA

O trecho Itacaré-Camamu da BA-001 será inaugurado na próxima quinta, 29, pelo governador Jaques Wagner, mas o tráfego pela rodovia foi liberado no dia 21, após a conclusão das obras na ponte que liga os dois municípios sul-baianos.

Se a pista está um tapete e tem qualidade, o mesmo não se pode dizer das placas de sinalização. No mínimo, não são confiáveis. O flagrante abaixo é do atento Domingos Andrade, que circulou pela rodovia e captou o deslize da empresa responsável pela sinalização da estrada.

As placas, afixadas no mesmo trecho da pista, informam distâncias diferentes dali a Valença. Uma, 155 quilômetros; a outra, 115. A sinalização vertical foi colocada a cerca de 20 quilômetros da ponte que liga Itacaré a Camamu.

sinalização confusaitacaré-camamuDomingos Andrade

Afinal, Valença está a 155 (placa acima) ou 115 quilômetros? (Foto Domingos Andrade/Pimenta).

WAGNER NO MUTIRÃO DO ‘DESEMPAC’ DO CACAU

EXCLUSIVO

O governador Jaques Wagner praticamente fechou a sua vinda ao sul da Bahia, quando participa do mutirão do PAC do Cacau, no dia 27, quando devem ser assinados quatro mil contratos de renegociação de dívidas do Programa de Recuperação da Lavoura Cacaueira.

Para a  vinda de Wagner, ainda falta a confirmação da Casa Civil. O mutirão deverá ser realizada na sede regional da Ceplac, e contará com a participação de representantes dos governos estadual e federal e dos agentes financeiros Banco do Nordeste do Brasil, Banco do Brasil e Desenbahia.

É o ‘Desempac’ do Cacau…

‘DESEMPAC’ DO CACAU?

Há um ano e meio, lavoura espera dinheiro do PAC.

Há um ano e meio, lavoura espera dinheiro do PAC.

O governo do estado promete realizar um mutirão para assinatura dos 3 mil primeiros contratos de renegociação do PAC do Cacau. Segundo o secretário de Agricultura, Roberto Muniz, as assinaturas dependem apenas da sanção presidencial à Medida Provisória 462.

Nesta tarde, às 14h, haverá reunião da Câmara Setorial do Cacau, em Salvador, no hotel Catussaba, com a participação de representantes dos bancos do Nordeste, do Brasil e Desenbahia, além do governador Jaques Wagner, do secretário Roberto Muniz e de representação dos produtores.

Só um lembrete: o PAC do Cacau foi lançado em maio de 2008 pelo presidente Lula, em Ilhéus, mas até agora nenhum contrato foi assinado. Dos R$ 2,52 bilhões prometidos pelo programa, não chegou um centavo sequer ao produtor. Espera-se que, agora, o PAC “desempaque”.

ALERTA VERMELHO

O sul da Bahia tende um ser o calcanhar-de-aquiles das pretensões eleitorais do governador Jaques Wagner (PT). As últimas sondagens eleitorais mostram um quadro complicado na região famosa pelo turismo ea produção de cacau. A maioria dos levantamentos mostra uma vantagem média de cinco pontos para o ex-governador Paulo Souto (DEM).

Para contrapor o crescimento do democrata, o governo estadual conta com uma inauguração de várias obras na região, além de um pacote que inclui duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna, construção de novo aeroporto em Ilhéus e Porto Sul. Avalia-se que há um tempo razoável para reversão de quadro como, mas as obras têm de sair logo do papel. E, por aqui, Geddel não chega a ser ameaça.

DEMISSÕES EM GANDU

Nova leva de demissões em prefeituras do sul da Bahia. Informações dão conta de cem  demissões de servidores da prefeitura de Gandu, ontem. O clima é tenso. A prefeitura é a principal empregadora do município. Gandu vive clima de instabilidade administrativa.

Em pouco mais de um mês, foram demitidos três secretários e um diretor de departamento. Saiu Rosivaldo Pinheiro (finanças) e caíram Ednaldo Bispo (administração) e Emetério da Palma (esporte, cultura e turismo) e a diretora de Cultura, Lindaura Bonfim.

CONFRONTO ENTRE TUPINAMBÁS AUMENTA TENSÃO NO SUL DA BA

Início da tarde de sexta-feira, a polícia federal aciona três viaturas para investigar supostas três mortes de índios tupinambás na região entre Una, Buerarema e São José da Vitória, no sul da Bahia. As mortes não foram confirmadas, mas agentes da PF encontraram um cenário de tensão e destruição na Fazenda Boa Sorte, uma das cinco invadidas por tupinambás na última quarta-feira, 16 (confira aqui).

A tensão atingiu níveis mais elevados nos últimos dias porque os descendentes de indígenas, além de confrontos com produtores e donos de terras numa região de mais de 47 mil hectares que envolve quatro municípios, agora brigam entre si. Os caciques Babau e Moisés disputam quem invade mais propriedades e, consequentemente, toma mais terras.

A disputa, que começou na última quarta, resultou em derrota aparente para o grupo do cacique Moisés. Babau, cujo nome é Rosivaldo Ferreira, é a principal liderança dos descendentes de tupinambás. Moisés foi quem acionou a Polícia Federal, ontem. Ele é acusado pelo grupo de Babau de ter se aliado a traficantes de drogas para tomar as fazendas, na última quarta. E se voltar à região, afirmam seguidores de Babau, será escorraçado.

Está mais do que na hora das autoridades estaduais e federais voltar suas atenções para a região em litígio. São 47.376 hectares onde, além dos descendentes tupinambás, existe uma legião de produtores, trabalhadores, empreendedores da área de turismo. Uma morte misterioso ocorreu no início de junho e até agora não foram divulgadas as circunstâncias do que parece ser um possível assassinato. O homem era trabalhador rural de uma fazenda invadida pelos indígenas.

A tensão foi ainda mais agravada após a divulgação de relatório da Fundação Nacional do Índio (Funai), publicado no Diário Oficial da União em 20 de abril, que reconhece a região que compreende os municípios de Ilhéus, Una, São José da Vitória e Buerarema como sendo, originariamente, de propriedade dos descendentes tupinambás. Ou há posicionamento dos governos federal e estadual ou se caminha para derramamento de sangue na área dos mais de 47 mil hectares.

CACAU: BC PRORROGA VENCIMENTO DE DÍVIDA

Produtores têm novo prazo de vencimento de dívidas.

Produtores têm novo prazo de vencimento de dívidas.

Uma resolução do Banco Central, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 17, prorrogou até 30 de dezembro o prazo de vencimento das dívidas contraídas por produtores sul-baianos no Programa de Recuperação da Lavoura Cacaueira.

A resolução 3.782 é assinada pelo presidente do BC, Henrique Meirelles. A prorrogação é válida apenas para os produtores que aderiram ao PAC do Cacau, um novo programa de revitalização da economia cacaueira e que prevê créditos de R$ 2,52 bilhões para o sul da Bahia.

A resolução está publicada na página 43, seção 1, do Diário Oficial e declara situação de normalidade dos contratos das fases 1 a 4 do Programa de Recuperação da Lavoura. O PAC do Cacau foi lançado em maio de 2008, em Ilhéus, pelo presidente Lula. Até agora, nenhum contrato foi assinado pelos produtores com base nas linhas do programa.

NOVIDADES NO RÁDIO FM

tudofm

Os jornalistas Samuel Celestino e Ricardo Luzbel e o deputado federal Félix Mendonça vão ampliar os negócios da Tudo FM, rádio que faz deliciosa mistura de música e jornalismo e já estourou em Salvador. A emissora será inaugurada no sul da Bahia no próximo dia 30 de setembro, em Itajuípe.

A Tudo FM sul-baiana vai utilizar a estrutura da Tropical Sat, que sai de cena. Investimentos vão garantir que o sinal da emissora chegue aos principais municípios da região cacaueira. Inicialmente, retransmitirá os principais programas da Tudo FM Salvador.

morena fm

Outra novidade no rádio sul-baiano quem traz é a Morena FM. O radialista e vereador Roberto de Souza e o jornalista Marcel Leal bateram o martelo e estreiam ainda em setembro um jornalístico.

Só falta definir o horário (e o nome), mas os dois pensam em algo para o meio das tardes de segunda a sexta. Se pedir a opinião do Pimenta, podemos dizer que ampliar a cobertura jornalística é mais do que bom, é ótimo! Mas ajustemos o foco quanto ao horário que vai ao ar. Que tal nas primeiras horas da manhã, ou da tarde?

WAGNER EM BARRA DO ROCHA

O governador Jaques Wagner visita nesta segunda-feira, 24, o município sul-baiano de Barra do Rocha, administrado pelo peemedebista e ex-candidato a presidente da Amurc, Jonathas Ventura. Por lá, inaugura duas unidades do Centro Digital de Cidadania, Mercado Municipal e unidade do Saúde da Família. Wagner chegou a Barra do Rocha pouco depois das 10h. Ainda no município, o governador vai anunciar investimentos de R$ 1,3 milhão do programa Luz para Todos, que beneficiarão famílias de oito localidades do município.










WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia