WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘técnico de enfermagem’

SINEBAHIA OFERECE 95 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA

SineBahhia oferece total de 95 vagas de emprego em Itabuna

O SineBahia oferecerá 95 vagas de emprego com carteira assinada, em Itabuna, nesta segunda-feira (29). São vagas nas áreas de telemarketing, hotelaria, segurança, vendas e gestão de Recursos Humanos, dentre outras.

Os interessados devem procurar o SineBahia, no estacionamento superior do Shopping Jequitibá, a partir das 8h desta segunda. O atendimento vai até o início da tarde.

Para cadastramento, o interessado na vaga deve comparecer no sistema de intermediação de emprego com comprovantes de renda e escolaridade, carteira de identidade e CPF.

Quem já possui cadastro no sistema do SineBahia, poderá fazer consulta por meio do aplicativo de vagas de emprego do Sine Nacional, por meio de smartphone. Clique no “leia mais”, abaixo, e confira todas as oportunidades desta segunda (29). As vagas são informadas pela central do SineBahia.

:: LEIA MAIS »

SAMU DE ITABUNA PAGA SALÁRIO MAIS BAIXO DA BAHIA

Serviço tem alta aprovação popular, mas o salário...

Os funcionários do Samu 192 de Itabuna recebem os mais baixos salários da Bahia e reclamam da desvalorização. Técnicos de enfermagem, por exemplo, recebem praticamente a metade de profissionais da mesma área e que atuam no Samu de Ilhéus e Vitória da Conquista.

O salário deste profissional no Samu itabunense é de R$ 800,00, enquanto em Ilhéus e Vitória da Conquista paga-se quase o dobro, R$ 1.400,00.

– A gente vai ao secretário [Geraldo Magela] para cobrar equiparação e ele sempre fica empurrando e dizendo que aumenta quando a [gestão] plena retornar. Essa enrolação não é de agora – reclama uma das vítimas do arrocho.

Sobre o valor do salário ainda há o desconto de 8% do INSS. Líquido no bolso do técnico, só R$ 736,00. Médicos e enfermeiros também reclamam das condições precárias de trabalho e da remuneração baixa.

Os técnicos recebiam R$ 1.200,00 quando o Samu foi implantado em Itabuna, em 2004. Quando a contratação dos profissionais passou a ser feita pela Sodesp, em 2006, o salário caiu para R$ 600,00. “Foi uma vergonha”, relata um técnico em enfermagem”. A remuneração passou a R$ 800,00 quando a oscip saiu de cena.

A desvalorização atingiu todas as categorias que trabalham no Samu, segundo uma técnica ouvida pelo PIMENTA. Todos preferem não se identificar porque não são concursados e temem a perda do emprego. No comparativo com outras cidades, a defasagem é ainda maior entre os enfermeiros.

Magela promete melhoria salarial.

Por telefone, o secretário de Saúde de Itabuna, Geraldo Magela, disse que negocia com o sindicato dos servidores reajuste para todas as categorias do Samu 192. Ele reconhece a defasagem salarial em Itabuna, mas promete pagar até janeiro de 2012 o mesmo que recebem os profissionais de Ilhéus. “Todos vão ter recomposição já neste mês”, anuncia. “A gente já fez levantamento e só falta fechar acordo”.

A previsão de Magela é de um maior desembolso do município na contrapartida para manutenção do Samu 192, hoje em 20%, e que deve subir a 30% devido ao pagamento de salários. O Samu é mantido com 50% de recursos do Ministério da Saúde, 30% da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e 20% do município.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia