WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Tenda do TPI’

FESTIVAIS SÃO DESTAQUES NA PROGRAMAÇÃO DO TPI EM SETEMBRO

Tenda do TPI divulga programa de setembro || Foto Lucas Vitorino

Tenda do TPI divulga programa de setembro || Foto Lucas Vitorino

Saiu a programação de setembro da Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Os destaques são os festivais Latino-Americano de Teatro da Bahia (Filte) e Sonora – Ciclo de compositoras.

Realizado em Salvador e Ilhéus, o Filte acontece na Tenda nesta sexta (1º) e sábado (2), às 20h, com apresentação do espetáculo Os fuzis da senhora Carrar, do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). O ingresso, que pode ser adquirido na bilheteria do espaço cultural, custa R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A classificação indicativa é 14 anos.

Surgido a partir de um movimento internacional na internet, o Sonora reunirá mulheres criadoras do sul da Bahia nos dias 15 e 16, com a realização da Oficina gratuita Corpo e Mandinga (9h), por Evani Tavares, e shows de diversas compositoras (19h), além do Bazar das Comadres. :: LEIA MAIS »

“OS FUZIS DA SENHORA CARRAR” ESTREIA SÁBADO, NO TPI

Tânia Barbosa interpreta a personagem Senhora Carrar (Foto Lucas Vitorino).

Tânia Barbosa interpreta a personagem Senhora Carrar (Foto Lucas Vitorino).

Estreia no próximo sábado (27), às 20h, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI), na Avenida Soares Lopes), Os fuzis da senhora Carrar, com classificação indicativa de 12 anos. O espetáculo é uma produção do grupo teatral do TPI.

Da obra do alemão Bertolt Brecht, o espetáculo conta a história de Teresa Carrar (personagem interpretada pela atriz Tânia Barbosa), uma mãe que tenta manter a integridade dos filhos em meio à guerra civil espanhola.

Os ingressos para a estreia podem ser adquiridos, em horário comercial, na Papirus Livraria (Shopping It’art) e na bilheteria da Tenda, a partir das 19h do sábado.

O texto, escrito em 1937, durante o conflito, provoca o público a pensar sobre a estupidez das guerras, a desumanização e impotência a que são submetidas as sociedades. Este é o primeiro espetáculo da ‘Trilogia da Guerra’, projeto cênico do TPI, que apresentará ainda mais dois espetáculos nos próximos meses.

Os fuzis da senhora Carrar tem música ao vivo e utiliza recursos audiovisuais, tornando o espetáculo ainda mais atrativo. A montagem contou com o financiamento do próprio público, a partir da campanha on-line “sua contribuição vale um espetáculo”, desenvolvida pelo TPI e com a mobilização de artistas de diversas regiões do Brasil.

Uma das contrapartidas da campanha foi a doação de ingressos para estudantes da rede pública de ensino de Ilhéus, que através de um trabalho de mediação, também foram convidados pelo grupo ilheense a desenvolverem atividades sobre o contexto da história apresentada no espetáculo. O material desenvolvido pelos estudantes terá publicação online.

TENDA

A Tenda é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, uma das instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

TPI COMEMORA 10 ANOS DE “TEODORICO MAJESTADE” COM APRESENTAÇÃO NA SEXTA

Teodorico em cena: sucesso de público e crítica (Foto Karoline Vital).

Teodorico em cena: sucesso de público e crítica (Foto Karoline Vital).

O grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) comemora, na próxima sexta-feira (16), os dez anos de cartaz da peça Teodorico Majestade – As últimas horas de um prefeito, escrita pelo dramaturgo e diretor, Romualdo Lisboa, em 2006. A festa terá apresentação da peça, na tenda do TI, na Avenida Soares Lopes, próximo ao Colégio São Jorge. O ingresso será no estilo “pague quanto quiser”. Ou seja, o espectador define o valor que quer pagar.

No final do mês de novembro deste ano, a peça foi apresentada pelo grupo ilheense ao público pernambucano, no encerramento da 18ª edição do Festival Recife do Teatro Nacional, realizado em Recife, que reuniu grupos de seis estados brasileiros.

O TPI foi o único grupo a representar o estado da Bahia no Festival, apresentando ainda o espetáculo “Medida Por Medida”, baseado na obra de William Shakespeare. As duas peças agradaram tanto o público quanto a crítica especializada local (confira depoimento no vídeo abaixo).

Em Teodorico Majestade, uma sátira política em linguagem de cordel, é contada a história do prefeito beberrão e corrupto da fictícia cidade de Ilha Bela, que está prestes a ser expulso do cargo pela população. Na tentativa de se livrar, ele realiza uma negociação que é garantia de bons risos.

DOAÇÃO DA BILHETERIA

O valor arrecadado com a apresentação de Teodorico Majestade, nesta sexta, será doado pelo Teatro Popular de Ilhéus ao grupo Aguadeiro, do Acre, que viajava pelo país abordo de um ônibus realizando apresentações teatrais e desenvolvendo sua pesquisa na área.

O veículo teve perda do motor nas proximidades da Chapada Diamantina. Anteriormente, o grupo Aguadeiro integrou, com seus espetáculos, a programação da Tenda Teatro Popular de Ilhéus durante os meses de setembro e outubro de 2016, realizando também apresentações em praças, feiras, escolas e comunidades de Ilhéus, através do projeto “Caravana Mundo Palco”.

NOVO SITE

Também na sexta-feira, o TPI lançará sua nova página na internet, que configura um dos principais canais de comunicação do grupo. A nova página tem objetivo de trazer, de forma mais objetiva, informações sobre as atividades do Teatro Popular de Ilhéus, além de dados e  programação mensal da Tenda, espaço que administra há três anos.

FINAL DE SEMANA DE MÚSICA NA TENDA DO TPI

Crime Organizado é uma das atrações deste final de semana no TPI.

Crime Organizado é uma das atrações deste final de semana no TPI.

A Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, recebe neste próximo sábado (9) o Festival da Música Independente, e no domingo (10), a segunda edição do “Metal Crushers”.

O Festival da Música Independente contará com shows das bandas Verbo&Juízo e A Unidade, as duas de Salvador, além da ilheense Crime Organizado. As apresentações iniciam às 19h, com ingresso de R$ 20 (inteira).

No domingo, o heavy metal toma conta da Tenda. Serão cinco bandas se apresentando: Cemitério (São Paulo), Escarnium (Salvador), Blessed in Fire (Salvador), Sades (Ilhéus) e Mortífera (Ilhéus). A sequência de shows terá início às 16h. O ingresso custa R$ 25 (inteira). Organizado pela HeadCrushers Produções, o Metal Crushers promete atrair caravanas de diversos municípios do estado.

A classificação indicativa para os dois eventos é de 14 anos. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do local. A Tenda é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, uma das quinze instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

TPI TRAZ MÚSICA, TEATRO E DEBATE EM JULHO

Banda Verbo & Juízo é uma das atrações de julho da Tenda do TPI.

Banda Verbo & Juízo é uma das atrações de julho da Tenda do TPI.

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus, espaço cultural localizado na Avenida Soares Lopes, divulgou a sua programação para o mês de julho. Ao todo, serão 13 dias de eventos, que variam desde debates a show musicais. A programação tem início já neste sábado (2), às 16h, com o Café na Ágora, que traz o professor Antônio Moreno para debater sobre a construção do autoconhecimento.

Ainda neste mês, a Tenda apresenta o Festival da Música Independente, com as bandas Verbo&Juízo (Salvador), A Unidade (Salvador) e Crime Organizado (Ilhéus), no dia 9, além do Improviso, Oxente!, que vai discutir a “Gestão pública sustentável e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, todas as terças-feiras, sempre às 19h.

Para quem gosta de uma boa comédia, o grupo Teatro Popular de Ilhéus sobe ao palco no dia 28, com Medida Por Medida, peça inspirada na obra de William Shakespeare e dirigida por Romualdo Lisboa.

A programação completa com mais detalhes pode ser conferida no site www.teatropopulardeilheus.com.br, ou ainda através do aplicativo “Tenda Teatro Popular de Ilhéus”, disponível para download gratuito no Google Play Store.

CIRCO NEGRO EMPOLGA PLATEIA EM ILHÉUS

Encenação de "Circo Negro" no palco da Tenda do TPI, em Ilhéus (Foto Clóvis Lunardi).

Encenação de “Circo Negro” no palco da Tenda do TPI, em Ilhéus (Foto Clóvis Lunardi).

Foi debaixo de uma lona circense que a CiaSenhas de Teatro abriu, ontem (8), a temporada de espetáculos e oficinas pelo Nordeste brasileiro, com o espetáculo Circo Negro. As apresentações gratuitas seguem até o sábado (11), sempre às 20h, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes.  A montagem, cuja classificação indicativa é 18 anos, disponibiliza de duas intérpretes de Libras e roteiro em Braile.

O espetáculo Circo Negro tem texto do argentino Daniel Veronese, traduzido por André Carreira e dirigido por Sueli Araújo. A referência ao circo está presente em todos os elementos visuais e sonoros, que criam uma paisagem de um tempo-espaço entre as imagens do circo mítico em contraste com o teatro. A realização de números circenses serve como metáfora do jogo de relações de poder e competitividade, misturando realidade e ficção num jogo permanente com o público.

“COM-VIVÊNCIA”

Como parte do projeto Circo Negro em Circulação Nordeste, a CiaSenhas de Teatro convidou membros da classe artística ilheense para o encontro Ação de Com-Vivência. A atividade será realizada neste sábado (11) a partir das 15 horas, também na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. O objetivo é construir um espaço de diálogo e troca de experiências entre os artistas sul-baianos e os do coletivo paranaense.

O projeto Circo Negro em Circulação Nordeste é patrocinado pelo Ministério da Cultura e pela Petrobras Distribuidora. A ação executada pela CiaSenhas de Teatro foi selecionada pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2015/2016. Após a temporada em Ilhéus, os artistas de Curitiba seguem para Juazeiro do Norte, no Ceará.

TENDA DO TPI RECEBE “TEODORICO MAJESTADE”

Teodorico Majestade volta à Tenda do TPI na sexta (Foto Karoline Vital).

Teodorico Majestade volta à Tenda do TPI na sexta (Foto Karoline Vital).

Em dia de Mobilização Nacional em Defesa da Democracia, o grupo Teatro Popular de Ilhéus entra em cena com o sempre atual espetáculo Teodorico Majestade – As últimas horas de um prefeito”. A apresentação será nesta quinta-feira (31), às 19h, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus.

O grupo lançou ainda, para esta apresentação, a campanha “Pague Quanto Quiser”, ficando o valor do ingresso à critério do espectador. “Teodorico Majestade” é uma  sátira em cordel que garante boas risadas e reflexões, com uma história que explora os bastidores de um cenário político impregnado pela corrupção.

Escrita em 2006 pelo dramaturgo e diretor de teatro, Romualdo Lisboa, a peça já circulou por diversas cidades brasileiras, chegando a participar da Mostra Latino Americana de Teatro, em São Paulo. “Teodorico Majestade” recebeu duas indicações ao cobiçado prêmio Braskem.

Além disso, a peça atrai os olhares do mundo acadêmico, sendo objeto de estudo de variadas pesquisas, rendendo ao Teatro Popular de Ilhéus um vídeo documentário de mesmo título da obra.

O Teatro Popular de Ilhéus é uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) por meio do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

TENDA DO TPI DIVULGA PROGRAMAÇÃO DE MARÇO

 

Calando Deu é uma das atrações do TPI em março (Foto Elisa Mendes).

Calando Deu é uma das atrações do TPI em março (Foto Elisa Mendes).

Música, teatro, dança, circo, oficinas, literatura e cinema fazem parte da programação para o mês de março na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. O espaço cultural, localizado na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, conta com uma programação mensal.

Dentre as atrações deste mês estão os eventos musicais De todas as periferias (dia 5), com a participação de 10 grupos de rap de Ilhéus e Itabuna, e o Metal Crushers (dia 6), que traz a banda mineira de metal Veneral Sickness, além de bandas da região.

A Tenda ainda recebe, em março, o premiadíssimo monólogo Calango deu! Os causos de Dona Zaninha (dias 12 e 13), com a atriz Suzana Nascimento.

Haverá também apresentações de Medida por medida (da obra de William Shakespeare)” (dia 18) e Teodorico Majestade – As últimas horas de um prefeito (dia 31), peças teatrais imperdíveis do grupo Teatro Popular de Ilhéus, que apresenta, gratuitamente, no dia 19,  o Conto&Cantigas, seguido pela Cia. Circo da Lua.

A programação completa da Tenda pode ser visualizada por meio de um link no blog oficial do Teatro Popular de Ilhéus, ou pelo aplicativo Tenda Teatro Popular de Ilhéus, disponível de graça na Google Play Store. Para outras informações: (73) 4102-0580.

O espaço é administrado pelo grupo Teatro Popular de Ilhéus, uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

CONTO&CANTIGAS ABRE PROGRAMAÇÃO DO TPI EM 2016

Contos&Cantigas abre programação do TPI deste ano (Foto TPI).

Contos&Cantigas abre programação do TPI deste ano (Foto TPI).

A programação da Tenda Teatro Popular de Ilhéus em janeiro começa nesta sábado (9), às 17h, com o Conto&Cantigas, com atores e músico contando histórias de forma dramatizada. A apresentação, com classificação indicativa livre, será na área verde da tenda, na Avenida Soares Lopes.

A programação da Tenda ainda segue com apresentação da Companhia Circo da Lua (dia 16); 9º Encontro Grapiúna de Compositores e Compositoras (dia 15); e Tributo Grapiúna: Eles e Elas Cantam (dia 22). No dia 23, haverá lançamento do disco IsmeraRock & O Calibre Dobrado. A apresentação de Medida Por Medida, peça do grupo do Teatro Popular de Ilhéus inspirada na obra homônima de William Shakespeare, encerra a programação de janeiro. Serão três dias – 28, 29 e 30.

A programação completa está disponível na internet, por meio do link http://goo.gl/pzFt58, no aplicativo Tenda Teatro Popular de Ilhéus (download na Google Play Store) e nos folhetos informativos distribuídos no próprio espaço cultural.

TENDA DO TPI RECEBE MANUTENÇÃO E REABRE NA SEGUNDA QUINZENA

Tenda do TPI passa por manutenção (Foto Karoline Vital).

Tenda do TPI passa por manutenção (Foto Karoline Vital).

Karoline Vital

A programação da Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) estará suspensa nos próximos 15 dias, mas os trabalhos não irão parar. O espaço cultural vai baixar a lona para receber serviços de manutenção e prepara novidades para receber o público em seu retorno. “Neste ano, temos muitas atividades especiais para celebração dos 20 anos do TPI. Planejamos diversas surpresas para aqueles que já acompanham nosso trabalho e ainda queremos atrair uma nova plateia”, adiantou a coordenadora de teatro, Tânia Barbosa.

Nos últimos dias, foram retirados materiais e desmontados equipamentos e estruturas internas da Tenda TPI a fim de baixar a lona a partir desta semana. Entre as adequações que serão realizadas, estão serviços de limpeza, pintura, manutenção e troca do cordoamento. A previsão é que a manutenção seja concluída em até 10 dias. “Essa requalificação do espaço visa não apenas o conforto do público, que poderá desfrutar de um ambiente ainda mais agradável, mas também a comodidade dos artistas que vêm se apresentar”, explica o coordenador administrativo, Antônio Melo.

Inaugurada há dois anos, a Tenda TPI é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, que loca a estrutura do Circo Show Brasil. Sua programação regular é mantida através do Programa de Apoio a Instituições Culturais de Ações Continuadas, do Fundo de Cultura da Bahia. Além de apresentações de teatro, dança e música, o local disponibiliza uma biblioteca aberta à visitação, oferecendo ainda cursos e oficinas artísticas.

O espaço cultural ainda possui um programa de fidelidade, o Cartão TPI, que oferece meia-entrada em todas as atividades e tratamento personalizado. Os titulares do cartão têm descontos em produtos e nos seguintes estabelecimentos comerciais: Lanchonete Praça do Mestre, Pizzaria Pinocchio, Livraria Papirus, Restaurante La In e Discovery Idiomas. Para aderir ao programa, basta preencher um cadastro e pagar uma taxa anual. Como contrapartida, as empresas interessadas em fechar parceria têm suas logomarcas divulgadas na programação impressa e no espaço cultural.

“MEDIDA POR MEDIDA” FAZ SUCESSO EM ESTREIA NA TENDA DO TPI

Peça montada pelo TPI fez sucesso em Salvador e na estreia em Ilhéus (Fotos Karoline Vital).

Peça montada pelo TPI fez sucesso em Salvador e na estreia em Ilhéus (Foto Karoline Vital).

Karoline Vital

O tempo instável não superou a vontade do público de acompanhar a primeira apresentação de Medida por Medida em Ilhéus. A plateia de quase 500 pessoas assistiu a todos os minutos da nova montagem do Teatro Popular de Ilhéus (TPI), na última sexta-feira (09). Na noite do dia 10, o sucesso se repetiu e a frente da Tenda TPI foi tomada pelo público, que riu, vibrou e se emocionou com a comédia. Nesta semana, o espetáculo segue para a porta da Catedral. Em respeito à Novena de São Sebastião, as apresentações serão às 20h30min de hoje e quarta (dias 13 e 14).

Medida por Medida é a primeira peça de William Shakespeare a ser montada pelo grupo ilheense que completa duas décadas em agosto deste ano. As apresentações em Ilhéus fecham o projeto Shakespeare – Teatro Popular em Construção, aprovado pelo edital de ocupação do Complexo Teatro Castro Alves, TCA.NÚCLEO 2014, em seleção organizada pelo Teatro Castro Alves e Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). Entre agosto e dezembro do ano passado, foram realizadas apresentações de espetáculos, seminários, debates, oficinas, além de intercâmbio com o grupo Clowns de Shakespeare, do Rio Grande do Norte.

A história de Medida por Medida se desenrola a partir das decisões do severo Ângelo, juiz que substitui o Duque de Viena, fazendo cumprir as leis contra a fornicação de forma implacável.  A partir disso, Cláudio é condenado à morte por ter engravidado sua amada Julieta. Para reverter a sentença, Isabella, noviça e irmã do prisioneiro, tenta negociar com Ângelo, que coloca como condição para atender o pedido a entrega da virgindade da donzela.

SUCESSO EM CASA

Para o diretor Romualdo Lisboa, a volta a Ilhéus foi muito esperada pelos artistas e pelo público. Medida por Medida estreou no dia 10 de dezembro na capital baiana, com duas semanas de apresentações no Largo do Campo Grande.

– Estávamos ansiosos para mostrar aos nossos conterrâneos o resultado dos quatro meses de trabalho em Salvador, quando trocamos conhecimentos e experiências com profissionais do Centro Técnico do TCA, do Clowns de Shakespeare, Shicó do Mamulengo e tantos outros artistas e estudiosos que colaboraram para a nossa montagem – disse Romualdo.

As apresentações em Ilhéus são gratuitas e contam com apoio da Secretaria Municipal de Cultura. O espetáculo é apresentado em um reboque, que se transforma em palco, projetado pelo arquiteto Carl Von Hauenschild.

A adaptação do texto de Shakespeare foi feita por Romualdo Lisboa e Fernando Yamamoto (Clowns). Os figurinos e adereços de Medida por Medida ficam a cargo do potiguar Shicó do Mamulengo e do ilheense Justino Vianna, que também criou a maquiagem. A direção musical foi criada por Elielton Cabeça (TPI) e Marco França (Clowns).

CULTURA NEGRA É TEMA DO CINECLUBE EM NOVEMBRO

O Cineclube Équio Reis retorna à Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) e dedicará as terças-feiras a curtas-metragens relacionados à consciência negra em novembro. Amanhã (4), a partir das 18 horas, será exibido o documentário Pro Filho que Precisar, que conta a história do Terreiro Matamba Tombenci Neto, narrada por Mãe Hilsa Mukalê. O curta-metragem foi montado por Jaco Galdino, Marinho Rodrigues, Márcio Goldman e Maíra Bühler.

A seleção dos vídeos que serão exibidos ao longo do mês de novembro no Cineclube Équio Reis contou com a colaboração do Grupo de Preservação da Cultura Negra Dilazenze. Foram escolhidos curtas-metragens nacionais e internacionais que trazem diferentes perspectivas sobre a cultura negra e suas colaborações para a sociedade. As exibições serão gratuitas e abertas ao público em geral.

O Cineclube Équio Reis ganhou caráter itinerante, exibindo filmes em praças, escolas, igrejas e entidades de vários bairros de Ilhéus. No último mês, o projeto prestou homenagem às crianças e, além dos curtas-metragens, levou um show de palhaços à Associação Centro Educacional de Ação Integrada (ACEAI) Nossa Senhora da Vitória.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia