WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘TIcomia’

TICOMIA CONFIRMA FESTA, NEGA DÉBITO COM O ECAD E CITA “DEPÓSITOS JUDICIAIS”

Produção do Ticomia nega débito e diz que festa está confirmada

A produção do Ticomia negou que deva R$ 700 mil ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), conforme o próprio órgão informou à imprensa. O Ecad acionou, judicialmente, tanto o Ticomia como o Brega Light, ambos em Ibicuí, e o São João do Allanbick, em Barreiras.

A direção do Ecad na Bahia informou que havia liminar contra as três festas particulares juninas na Bahia em razão de dívida. A produção do Ticomia rebate. “Os valores efetivamente devidos são objeto de depósitos judiciais, medida adotada em razão da discordância quanto aos valores cobrados pelo ECAD”, citou a produção do Ticomia em nota de esclarecimento.

A nota é encerrada com informação de que a edição 2018 do Ticomia está mantida. “Desta forma, a produção confirma a realização do Ticomia 2018, que ocorrerá com a mesma qualidade e segurança de sempre, propiciando cultura e lazer a todos os participantes desse grande vento”, informa a nota.

BREGA LIGHT REBATE O ECAD E DIZ QUE NÃO HÁ LIMINAR CONTRA A FESTA

Produção do Brega Light nega que haja impedimento contra a festa || Foto Irimar Silva

A produção da Brega Light, festa junina privada em Ibicuí, emitiu nota na qual desmente o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) e nega a existência de liminar que impeça a reprodução de música durante o evento. O Brega Light está marcado para os dias 22 e 24 de junho.

Ao Bocão News, diretor da representação baiana do Ecad afirmou haver liminar que proibia tanto o Brega Light como o Ticomia, ambos em Ibicuí, e o São João do Allanbick, em Barreiras, de tocarem música por causa de dívida milionária relativa aos direitos autorais. “Existe uma decisão judicial a favor do pagamento dos direitos autorais aos compositores”, manifestou-se a representação do Ecad na Bahia.

Abaixo, a nota emitida pela empresa produtora do Brega Light:

A Produção do Brega Light informa que não existe qualquer decisão judicial impedindo a realização do evento marcado para os dias 22 e 24 deste mês, bem como, a reprodução das músicas pelos artistas contratados para participar do evento. As providências estão sendo tomadas para que seja dado o direito de resposta ao evento pelos veículos de imprensa que divulgaram as informações inverídicas.

Ibicuí, 07 de Junho de 2018

BREGA LIGHT E TICOMIA SÃO PROIBIDAS DE TOCAR MÚSICA POR CAUSA DE DÍVIDA COM O ECAD

Festas particulares são proibidas de tocar música por causa de dívida milionária

Três das grandes festas juninas promovidas pela iniciativa privada na Bahia, Brega Light e Ticomia – em Ibicuí – e São João do Allanbick – em Barreiras – estão proibidos, judicialmente, de tocar músicas. Segundo o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), as empresas promotoras destas festas devem quase R$ 3 milhões por não pagamento de direitos autorais.

A dívida foi revelada pelo Ecad ao Bocão News. “Existe uma decisão judicial a favor do pagamento dos direitos autorais aos compositores”, segundo o Ecad, que acusa as empresas de não cumprirem a decisão.

Segundo a reportagem do Bocão News, são R$ 1,6 milhão devidos pelo Brega Light, R$ 700 mil do Ticomia e R$ 690 mil do São João do Allanbick.  As empresas que promovem o Ticomia e o Brega Light não pagam direitos autorais desde 2012 e a festa de Barreiras desde 2005, segundo o Ecad.

FESTAS CONFIRMADAS

As festas estão confirmadas, apesar dos débitos. O Forró Ticomia anunciou, para 23 de junho, Dorgival Dantas, Gabriel Diniz, Mano Walter, Luan Estilizado, Lordão, Calcinha Preta e Mastruz com Leite.

Já o Brega Light, anunciado para os dias 22 e 24 de junho, terá shows de Aviões, Safadão, Gusttavo Lima, Parangolé, Trio da Huanna,  Donas do Bar, Jorge e Mateus, Léo Santna, Marcia Felipe, Jonas Esticado, Solange Almeida e Zé Neto e Cristiano. O Allanbick deve reunir Solange Almeida, Gusttavo Lima, Isaias Estilizado e Toinho & Cia.

TICOMIA DETONA MAIARA & MARAÍSA PELA “FALTA DE RESPEITO AOS CLIENTES E FÃS”

Dupla Maiara e Maraísa é detonada pelo Ticomia | Imagem Reprodução

Dupla Maiara e Maraísa é detonada pelo Ticomia | Imagem Reprodução

A produção da festa de camisa Ticomia, em Ibicuí, emitiu nota para lamentar a ausência das sertanejas Maiara e Maraísa, no último sábado (24). A dupla era considerada a principal atração da festa, que completou 30 anos em 2017. A organização do evento junino de camisa detonou a dupla.

A produção do evento considerou “injustificada” a ausência da dupla e lamentou que isso venha “acontecendo em diversos eventos, com a aquiescência de alguns empresários artísticos, que denotam total falta de respeito aos clientes contratantes, aos seus fãs e ao público, de modo geral”.

Ainda segundo o Ticomia, a apresentação da dupla estava marcada para as 14h30min, o que derrubaria o argumento de Maiara & Maraísa para a “necessidade de voo noturno”. A organização da festa disse ter sido surpreendida com a notícia de cancelamento às 19h do sábado (24), quando a dupla já teria se apresentado, caso o contrato tivesse sido cumprido.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em virtude da lamentável ausência da dupla sertaneja Maiara & Maraísa, contratada para apresentação na festa de celebração dos 30 anos do Forró Ticomia 2017, realizada neste sábado, 24 de junho, na Fazenda El Dorado, no município baiano de Ibicuí, a direção do evento vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1. Em primeiro lugar, agradecemos a confiança e o carinho do grande público que prestigiou a edição de comemoração dos 30 anos do Forró Ticomia, evento pioneiro no segmento de festa de camisa no São João da Bahia, abrilhantada pelos excelentes shows apresentados pelas bandas Mastruz com Leite, Lordão, Cavaleiros do Forró, Luan Estilizado, Terno e Chinela, Saia Rodada, a dupla sertaneja César Menotti & Fabiano e Gabriel Diniz;

2. Quanto à ausência, injustificada da dupla Maiara & Maraísa, vimos expressar veemente repúdio a este fato, lamentando que o mesmo vem acontecendo em diversos eventos, com a aquiescência de alguns empresários artísticos, que denotam total falta de respeito aos clientes contratantes, aos seus fãs e ao público, de modo geral;

3. Afirmar que a produção do Ticomia cumpriu todas as obrigações e exigências inerentes ao contrato assinado com a dupla Maiara & Maraísa (através do seu escritório de representação Work Show Produções e Entretenimento Artísticos Ltda – ME, CNPJ 20.077.216/0001-62, localizada na Av. E, 1470 – qd B 29A – 16 andar, Edifício JK, Jardim Goiás – Goiânia, CEP: 74810-030), entre elas, reserva de hotel, vans e carros-executivos à disposição da banda e das artistas, em local e horário marcados, com contrato integralmente pago antecipadamente;

4. Ressaltamos que o horário estabelecido no contrato para a realização do show seria às 14h30min, fato confirmado pela produção da dupla, o que torna injustificável a argumentação da necessidade de voo noturno, manifestado em nota nas redes sociais pela dupla contratada; :: LEIA MAIS »

FORRÓ DO TICOMIA CHEGA AOS 30 ANOS

Ticomia reúne milhares de pessoas a cada ano em Ibicuí.

Ticomia reúne milhares de pessoas a cada ano em Ibicuí.

O Forró Ticomia, a mais tradicional festa de camisa do São João da Bahia, completa 30 anos. O arrasta-pé deste ano será especial e contará com oito bandas, no dia 24, a partir do meio-dia, na Fazenda Eldorado, localizada a quatro quilômetros do centro de Ibicuí.

A celebração terá Saia Rodada, Mastruz com Leite, Cavaleiros do Forró, Lordão, Gabriel Diniz, Luan Estilizado e as duplas sertanejas Maiara & Maraísa e César Menotti & Fabiano. A promessa é de 12 horas de produção musical nos palcos montados na Eldorado.

A festa Ticomia começou em 1987, quando um grupo de estudantes de Agronomia e Veterinária da UFBA (Universidade Federal da Bahia) vinha passar férias em Ibicuí, a convite de colegas dos cursos, e resolveu ao lado dos anfitriões e moradores animados da cidade criar o que seria o primeiro Bloco “Ticomia”.

O evento deu certo e se tornou o ponto alto do São João de Ibicuí, com grande sucesso na Bahia e ganhando dimensão nacional com a vinda de pessoas de outros estados, atraídas pela tradição da cultura junina e a repercussão da qualidade dos serviços oferecidos.

O produtor Lourival Dourado Filho, mais conhecido como Douradinho, destaca que o Ticomia tem como compromisso valorizar o forró e as raízes da cultura nordestina. Lembra que a ideia da festa surgiu com a intenção de manter a tradição junina e evitar que outros ritmos – como o ‘fricote’, à época – invadissem a temporada do São João na Bahia. E em Ibicuí, município que há 62 anos promove o São João mais original do estado, a festa encontrou o espaço ideal para celebrar a integração das pessoas que amam o ritmo forró, em clima de paz e alegria.

A FORÇA DAS FESTAS JUNINAS NA BAHIA

Douradinho salienta que, durante o Encontro Nacional do Forró, realizado este ano na cidade de Cruz das Almas, foram apresentados dados que comprovam que as festas juninas se tornaram mais importantes economicamente para a Bahia do que o carnaval.

Ele diz que a cultura junina se estende por todo o Estado e é uma comemoração marcante para a população da zona rural, que representa nossas raízes. “Em todo o mundo, quem for buscar suas raízes irá encontrá-las numa fazenda, num sítio, na zona interiorana. Por mais alta que a seja a árvore e sua grande copa, o seu sustentáculo será a sempre as raízes”, afirma o agrônomo Douradinho. :: LEIA MAIS »






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia