WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘TPI’

ILHÉUS: TPI PROMOVE MOSTRA DE CORDEL E FEIRINHA DE PRODUTOS REGIONAIS


No próximo dia 29 (sexta-feira), a partir das 19h, o Teatro Popular de Ilhéus realizará a Mostra de Poesia Popular de Cordel, evento que tem o objetivo de incentivar a expressão da literatura popular e de cordel no sul da Bahia. Aberto ao público, o encontro será na área externa da Tenda. Haverá encontro de poetas cordelistas em performances declamadas de poemas de cordel para o público. No prelúdio da mostra e durante toda a noite também ocorre a Feirinha Popular de Produtos Regionais, com abertura marcada para as 18 horas.

A mostra contará com a presença do professor e poeta Lourival Piligra numa exposição oral sobre o reconhecimento da Literatura de Cordel como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro. Na sequência, ocorrerá uma homenagem a Minelvino Francisco dos Santos, grande nome do cordel. A noite também será de lançamento do cordel O Encontro de Helena com o Sereio, de Alessandra Simões e Franklin Costa.

A atração musical da noite ficará por conta do Grupo 4° Compasso, formado por jovens oriundos da Filarmônica Capitania dos Ilhéos e que tem a proposta de resgatar gêneros brasileiros tradicionais e principalmente nordestinos como o Chorinho, o Baião, o Xote, o Maxixe, o Frevo, o Maracatu e misturar tudo isso com gêneros urbanos.

Outra atração especial será a dupla de dança, composta por Aldenor Garcia e Fernanda Carolina, que apresentará um número de forró ao som de um solo de sanfona. Em seguida, o casal segue a noite acompanhando o som do Grupo 4º Compasso.

A Feirinha Popular de Produtos Regionais também é parte da programação da noite, e será montada para oferecer vários produtos feitos por pequenos comerciantes da região. O público terá a possibilidade de consumir itens como artesanatos diversos, produtos de beleza, moda e saúde, além de variedades gastronômicas a preços populares. O TPI sugere que os visitantes procurem trazer seus próprios copos, canudos e sacolas reutilizáveis a fim de diminuir a produção de lixo e assim contribuir para a preservação do meio ambiente. :: LEIA MAIS »

ACLAMADO PELA CRÍTICA, ESPETÁCULO DO TPI SERÁ APRESENTADO NO PRÓXIMO SÁBADO

Os fuzis da Senhora Carrar será reapresentado sábado, no TPI ||Foto Lucas Vitorino

Os fuzis da Senhora Carrar será reapresentado sábado, no TPI ||Foto Lucas Vitorino

Novo espetáculo do grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI), Os fuzis da senhora Carrar volta a ser apresentado no próximo sábado (15), às 20h, na Tenda, espaço cultural localizado na Avenida Soares Lopes.

Com direção de Romualdo Lisboa, a história apresentada em Os fuzis da senhora Carrar tem como contexto a Guerra Civil Espanhola, contando o drama de uma viúva que tenta proteger os filhos durante o conflito.

Nas redes sociais do grupo ilheense, é possível ver diversos relatos positivos do público sobre o espetáculo, que estreou no final do mês de maio deste ano. Em sua mais recente apresentação, o espetáculo foi assistido pelo crítico de teatro Eduardo Campos, da revista Caros Amigos, que em breve deve publicar um artigo sobre o espetáculo na publicação distribuída em diversas regiões do país.

Os fuzis da senhora Carrar possui 1h10min de duração e conta com recursos audiovisuais, além de música ao vivo, executada pelos próprios atores. Os ingressos para a apresentação podem ser adquiridos à preços populares, na bilheteria da Tenda. A classificação indicativa é de 14 anos.

A Tenda é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, uma das instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

“OS FUZIS DA SENHORA CARRAR” ESTREIA SÁBADO, NO TPI

Tânia Barbosa interpreta a personagem Senhora Carrar (Foto Lucas Vitorino).

Tânia Barbosa interpreta a personagem Senhora Carrar (Foto Lucas Vitorino).

Estreia no próximo sábado (27), às 20h, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI), na Avenida Soares Lopes), Os fuzis da senhora Carrar, com classificação indicativa de 12 anos. O espetáculo é uma produção do grupo teatral do TPI.

Da obra do alemão Bertolt Brecht, o espetáculo conta a história de Teresa Carrar (personagem interpretada pela atriz Tânia Barbosa), uma mãe que tenta manter a integridade dos filhos em meio à guerra civil espanhola.

Os ingressos para a estreia podem ser adquiridos, em horário comercial, na Papirus Livraria (Shopping It’art) e na bilheteria da Tenda, a partir das 19h do sábado.

O texto, escrito em 1937, durante o conflito, provoca o público a pensar sobre a estupidez das guerras, a desumanização e impotência a que são submetidas as sociedades. Este é o primeiro espetáculo da ‘Trilogia da Guerra’, projeto cênico do TPI, que apresentará ainda mais dois espetáculos nos próximos meses.

Os fuzis da senhora Carrar tem música ao vivo e utiliza recursos audiovisuais, tornando o espetáculo ainda mais atrativo. A montagem contou com o financiamento do próprio público, a partir da campanha on-line “sua contribuição vale um espetáculo”, desenvolvida pelo TPI e com a mobilização de artistas de diversas regiões do Brasil.

Uma das contrapartidas da campanha foi a doação de ingressos para estudantes da rede pública de ensino de Ilhéus, que através de um trabalho de mediação, também foram convidados pelo grupo ilheense a desenvolverem atividades sobre o contexto da história apresentada no espetáculo. O material desenvolvido pelos estudantes terá publicação online.

TENDA

A Tenda é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, uma das instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

DEBATE SOBRE ECONOMIA CRIATIVA REÚNE AUTORIDADES EM ILHÉUS

Claudiana, Alexandre Simões, Marão, Bebeto e Vivaldo participam de debate.

Claudiana, Alexandre Simões, Marão, Bebeto e Vivaldo participam de debate.

No mês em que o Teatro Popular de Ilhéus (TPI) comemora quatro anos de atividades na Tenda, localizada na Avenida Soares Lopes, a economia criativa é o foco das discussões no projeto Improviso, Oxente!, no próximo sábado (8), às 19h. O TPI apresentará em seu palco um diálogo sobre o tema: “A economia criativa como propulsora do desenvolvimento social e econômico”.

O Improviso, Oxente! é gratuito e aberto ao público. Especialmente nesse sábado, durante o evento, atores do Teatro Popular de Ilhéus realizarão intervenções com músicas que integram a trilha sonora de seus espetáculos teatrais.

Para participar do bate-papo, foram convidados Claudiana Figueiredo, coordenadora regional do Sebrae; Mário Alexandre, prefeito de Ilhéus; José Vivaldo Mendonça, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia); Bebeto Galvão, deputado federal; e Alexandre Simões, superintendente de Promoção Cultural da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Durante esta edição do Improviso, Oxente! também serão apresentados números dos quatro anos de funcionamento da Tenda e detalhes do projeto Parque Cultural Aldeia das Artes, espaço multilinguagem com foco no desenvolvimento das novas tecnologias e economia criativa, idealizado pelo Teatro Popular de Ilhéus, com auxílio do arquiteto e urbanista alemão, Carl Van Hauenschild. :: LEIA MAIS »

TPI DEBATE IMPACTOS SOCIAIS E ECONÔMICOS DA REFORMA PREVIDENCIÁRIA

Professor Sérgio Ricardo debate reforma.

Professor Sérgio Ricardo debate reforma.

Nesse sábado (18), às 19h30min, a Tenda Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, será palco de um debate gratuito com o tema “Impactos econômicos e sociais da reforma da Previdência”.

O bate-papo contará com a presença do professor Sérgio Ricardo Ribeiro Lima, do Departamento de Economia da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Como moderador, o diretor e dramaturgo, Romualdo Lisboa, do grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI).

Em seguida, os participantes do evento terão a oportunidade de assistir a apresentação do espetáculo “Medida por medida”, uma comédia do TPI, baseada na obra de William Shakespeare, que trata de assuntos como justiça, abuso de poder e castidade.

Recentemente, o espetáculo foi contemplado por um edital do setorial de teatro do Fundo de Cultura da Bahia, sendo apresentado em seis municípios do sertão baiano.

Conforme explicou Romualdo Lisboa, o debate desse sábado tem o objetivo de trazer para o ambiente local uma importante discussão sobre uma proposta do governo que afeta diretamente o povo brasileiro.

CURRÍCULO

Doutor em sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE),  Sérgio Ricardo Ribeiro Lima possui também mestrado em Economia Política pela Universidade Federal da Paraíba (hoje UFCG). Atualmente é professor titular no curso de Ciências Econômicas da UESC, onde fundou e coordena o CACES, projeto responsável pela elaboração de boletins trimestrais de conjuntura econômica e social dos municípios de Ilhéus e Itabuna.

MEDIDA POR MEDIDA

A história da peça se desdobra a partir das decisões de Ângelo, juiz implacável que substitui o Duque de Viena, cumprindo à risca as leis contra a fornicação. O espetáculo foi montado durante a ocupação do Teatro Castro Calves, em Salvador, pelo Teatro Popular de Ilhéus, vencedor, em 2014, do edital do projeto TCA.Núcleo.

TPI COMEMORA 10 ANOS DE “TEODORICO MAJESTADE” COM APRESENTAÇÃO NA SEXTA

Teodorico em cena: sucesso de público e crítica (Foto Karoline Vital).

Teodorico em cena: sucesso de público e crítica (Foto Karoline Vital).

O grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) comemora, na próxima sexta-feira (16), os dez anos de cartaz da peça Teodorico Majestade – As últimas horas de um prefeito, escrita pelo dramaturgo e diretor, Romualdo Lisboa, em 2006. A festa terá apresentação da peça, na tenda do TI, na Avenida Soares Lopes, próximo ao Colégio São Jorge. O ingresso será no estilo “pague quanto quiser”. Ou seja, o espectador define o valor que quer pagar.

No final do mês de novembro deste ano, a peça foi apresentada pelo grupo ilheense ao público pernambucano, no encerramento da 18ª edição do Festival Recife do Teatro Nacional, realizado em Recife, que reuniu grupos de seis estados brasileiros.

O TPI foi o único grupo a representar o estado da Bahia no Festival, apresentando ainda o espetáculo “Medida Por Medida”, baseado na obra de William Shakespeare. As duas peças agradaram tanto o público quanto a crítica especializada local (confira depoimento no vídeo abaixo).

Em Teodorico Majestade, uma sátira política em linguagem de cordel, é contada a história do prefeito beberrão e corrupto da fictícia cidade de Ilha Bela, que está prestes a ser expulso do cargo pela população. Na tentativa de se livrar, ele realiza uma negociação que é garantia de bons risos.

DOAÇÃO DA BILHETERIA

O valor arrecadado com a apresentação de Teodorico Majestade, nesta sexta, será doado pelo Teatro Popular de Ilhéus ao grupo Aguadeiro, do Acre, que viajava pelo país abordo de um ônibus realizando apresentações teatrais e desenvolvendo sua pesquisa na área.

O veículo teve perda do motor nas proximidades da Chapada Diamantina. Anteriormente, o grupo Aguadeiro integrou, com seus espetáculos, a programação da Tenda Teatro Popular de Ilhéus durante os meses de setembro e outubro de 2016, realizando também apresentações em praças, feiras, escolas e comunidades de Ilhéus, através do projeto “Caravana Mundo Palco”.

NOVO SITE

Também na sexta-feira, o TPI lançará sua nova página na internet, que configura um dos principais canais de comunicação do grupo. A nova página tem objetivo de trazer, de forma mais objetiva, informações sobre as atividades do Teatro Popular de Ilhéus, além de dados e  programação mensal da Tenda, espaço que administra há três anos.

CIA SENHAS DE TEATRO PROMOVE ATIVIDADES CULTURAIS EM ILHÉUS

Circo Negro é uma das atrações trazidas para Ilhéus pela Cia Senhas de Teatro (Foto Maringas Maciel).

Circo Negro é uma das atrações da Cia Senhas em Ilhéus (Foto Maringas Maciel).

Ilhéus será a primeira cidade a ser contemplada com ações do projeto Circo Negro em Circulação no Nordeste, realizado pela CiaSenhas de Teatro. De 8 a 11 de junho, o grupo de Curitiba apresentará seu premiado espetáculo Circo Negro, sempre às 20 horas, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI).

Além da peça, o projeto oferecerá oficina de formação de plateia voltada a alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e realizará o encontro Ação de Com-Vivência, cujo público-alvo é a classe artística regional. Todas as atividades, incluindo as apresentações teatrais, são gratuitas.

O projeto Circo Negro em Circulação no Nordeste conta com patrocínio do Ministério da Educação e Cultura e da Petrobrás Distribuidora. A iniciativa foi selecionada pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2015/2016. Entre os principais objetivos das ações estão proporcionar uma aproximação com a arte teatral, promover a troca de experiências artísticas e construir novos espaços de comunicação entre artistas de teatro no Brasil.

A CiaSenhas de Teatro é um coletivo que atua em Curitiba desde 1999, formado por artistas-pesquisadores das Artes Cênicas. Desde sua fundação, a companhia tEm se dedicado à investigação da linguagem cênica, mantendo o enfoque no trabalho do ator-criador.

CIRCO NEGRO

Desde sua estreia em 2013, Circo Negro tem participado de inúmeros festivais e realizado apresentações em diversas regiões do Brasil. A montagem tem traz o texto do argentino Daniel Veronese, Traduzido por André Carreira, sob a direção de Sueli Araújo.

Misturando realidade e ficção num jogo permanente com o público, Circo Negro é teatro apresentando o teatro. A citação ao circo está presente em todos os elementos visuais e sonoros, criando a paisagem de um tempo-espaço situado entre as imagens do circo mítico em contraste com o lugar do próprio teatro. A peça tem classificação 18 anos e conta com acessibilidade para pessoas com deficiências auditivas e visuais.

TPI APRESENTA ESPETÁCULO EM SALVADOR

medida_ssaO Teatro Popular de Ilhéus (TPI) apresenta, de amanhã até domingo (8 a 10), sempre às 19 horas, em Salvador, o espetáculo Medida por Medida, baseado na obra homônima do dramaturgo William Shakespeare. As apresentações acontecem no Teatro Vila Velha, com ingressos a R$ 30 e R$ 15 e indicação para quem tem a partir de 12 anos.

O espetáculo é uma comédia que se desdobra a partir das decisões do personagem Ângelo, juiz implacável que substitui o Duque de Viena e cumpre rigorosamente as leis contra a fornicação.

As apresentações do TPI na capital baiana foram contempladas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, da Secretaria de Cultura do Estado (Secult). No total, 15 grupos culturais são apoiados pela iniciativa.

TENDA DO TPI DIVULGA PROGRAMAÇÃO DE MARÇO

 

Calando Deu é uma das atrações do TPI em março (Foto Elisa Mendes).

Calando Deu é uma das atrações do TPI em março (Foto Elisa Mendes).

Música, teatro, dança, circo, oficinas, literatura e cinema fazem parte da programação para o mês de março na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. O espaço cultural, localizado na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, conta com uma programação mensal.

Dentre as atrações deste mês estão os eventos musicais De todas as periferias (dia 5), com a participação de 10 grupos de rap de Ilhéus e Itabuna, e o Metal Crushers (dia 6), que traz a banda mineira de metal Veneral Sickness, além de bandas da região.

A Tenda ainda recebe, em março, o premiadíssimo monólogo Calango deu! Os causos de Dona Zaninha (dias 12 e 13), com a atriz Suzana Nascimento.

Haverá também apresentações de Medida por medida (da obra de William Shakespeare)” (dia 18) e Teodorico Majestade – As últimas horas de um prefeito (dia 31), peças teatrais imperdíveis do grupo Teatro Popular de Ilhéus, que apresenta, gratuitamente, no dia 19,  o Conto&Cantigas, seguido pela Cia. Circo da Lua.

A programação completa da Tenda pode ser visualizada por meio de um link no blog oficial do Teatro Popular de Ilhéus, ou pelo aplicativo Tenda Teatro Popular de Ilhéus, disponível de graça na Google Play Store. Para outras informações: (73) 4102-0580.

O espaço é administrado pelo grupo Teatro Popular de Ilhéus, uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

CONTO&CANTIGAS ABRE PROGRAMAÇÃO DO TPI EM 2016

Contos&Cantigas abre programação do TPI deste ano (Foto TPI).

Contos&Cantigas abre programação do TPI deste ano (Foto TPI).

A programação da Tenda Teatro Popular de Ilhéus em janeiro começa nesta sábado (9), às 17h, com o Conto&Cantigas, com atores e músico contando histórias de forma dramatizada. A apresentação, com classificação indicativa livre, será na área verde da tenda, na Avenida Soares Lopes.

A programação da Tenda ainda segue com apresentação da Companhia Circo da Lua (dia 16); 9º Encontro Grapiúna de Compositores e Compositoras (dia 15); e Tributo Grapiúna: Eles e Elas Cantam (dia 22). No dia 23, haverá lançamento do disco IsmeraRock & O Calibre Dobrado. A apresentação de Medida Por Medida, peça do grupo do Teatro Popular de Ilhéus inspirada na obra homônima de William Shakespeare, encerra a programação de janeiro. Serão três dias – 28, 29 e 30.

A programação completa está disponível na internet, por meio do link http://goo.gl/pzFt58, no aplicativo Tenda Teatro Popular de Ilhéus (download na Google Play Store) e nos folhetos informativos distribuídos no próprio espaço cultural.

AOS 20 ANOS, TEATRO POPULAR RELEMBRA MONTAGENS NO “3 ENCENA”

20anos_tpi​As comemorações pelos 20 anos do grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) prosseguem nesta semana com a apresentação, na próxima quinta-feira (20), às 19h, do “3 Encena”, na  tenda localizada na Avenida Soares Lopes. A proposta é que grupos de três atores relembrem, no palco da Tenda, cenas de montagens feitas pelo TPI ao longo desses anos.

Serão relembrados trechos das peças “O Fiscal e a Fateira” (2002), “Sgnarello, o Corno Imaginário (2002)”, “O Quadro” (2003), “Os Fuzis da Senhora Carrar” (2005), “Vida de Galileu” (2011), “O Inspector Geral” (2011) e “1789 – Ópera Afro-Rock” (2013).

A classificação indicativa é livre e o ingresso individual pode ser adquirido na bilheteria da Tenda ao valor de R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

Fundado em 1995, por Équio Reis, o grupo nasceu com o anseio de dialogar com as comunidades de Ilhéus, excluídas do processo de produção e consumo de bens culturais. Suas montagens já circularam pelo Brasil, caindo no gosto da crítica especializada.

Inaugurada há dois anos, a Tenda do TPI é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus. A programação (http://goo.gl/raAgxB) é mantida através do Programa de Apoio a Instituições Culturais de Ações Continuadas do Fundo de Cultura da Bahia.

CINECLUBE ÉQUIO REIS EXIBE “OS FILHOS DA MATA”

Cineclube exibe "Os filhos da mata" nesta quinta.

Cineclube exibe “Os filhos da mata” nesta quinta.

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus (localizada na Avenida Soares Lopes) recebe uma sessão especial do Cineclube Équio Reis, nesta quinta-feira (18), às 19h, com a exibição do documentário Konehõpe Upu Ibá – Os Filhos da Mata. O filme foi produzido pelo coletivo “En Cleta Vamos”, composto por jovens argentinos que viajam pela América do Sul de bicicleta, exibindo filmes gratuitamente.

O documentário teve as imagens gravadas entre os meses de fevereiro e março deste ano, quando os integrantes do coletivo moraram, por um mês, na Reserva Pataxó da Jaqueira, localizada a 13 km de Porto Seguro, no sul da Bahia. Trinta famílias da etnia Pataxó vivenciam a sua cultura e preservam 827 hectares de mata atlântica na localidade.
O documentário aborda assuntos como as consequências do massacre de 1951; o processo de homologação e demarcação do território indígena; a criação de uma escola com educação diferenciada; as tradições e costumes dos Pataxós, e o etnoturismo. Além disso, o filme também enfatiza a importância das mulheres na construção da história daquela comunidade.
Após a exibição, os integrantes do coletivo “En Cleta Vamos” vão falar um pouco sobre a produção deste documentário e responder possíveis questionamentos do público. A classificação é livre e a entrada é gratuita.

SHOW DE ROCK E MPB ABRE PROGRAMAÇÃO DE MARÇO DO TPI

Crime Organizado abre programação do TPI em março.

Crime Organizado abre programação do TPI em março (Foto Karoline Vital).

Karoline Vital

Com letras autorais questionando as contradições da vida, a banda Crime Organizado e Ayam Ubraus Barco se unem em um show único de rock and roll e Música Brasileira Progressiva (MBP). A apresentação acontece às 19 horas do próximo domingo (15), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). As entradas custam R$ 20 inteira e R$ 10 meia para estudantes, idosos, titulares do Cartão TPI ou na compra antecipada. O show, com classificação 14 anos, será a primeira atração do mês realizada no espaço cultural, que segue com apresentações teatrais, música, cinema e debates.

Depois de circular por bairros ilheenses, o Cineclube Équio Reis segue vinculado ao projeto Cine Incidental levando curtas-metragens de Chaplin, com trilha sonora executada ao vivo pelos músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa. No dia 16, fará apresentação na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), às 19 horas. No mesmo horário, nos dias 17 e 24, a atração acontece em frente à Tenda TPI, com entrada franca e classificação livre.

As bandas independentes da região trazem  rap, hip hop e reggae, na terceira edição do Consciência Alternativa. Já estão confirmadas a poesia de Favela, Ogiva MC, Coletivo Rap de Rua, Grupo Kgonbola. O encontro será no dia 21, às 19 horas, com ingressos a R$ 10 e R$ 5. A classificação indicativa é 12 anos.

:: LEIA MAIS »

CULTURA NEGRA É TEMA DO CINECLUBE EM NOVEMBRO

O Cineclube Équio Reis retorna à Tenda do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) e dedicará as terças-feiras a curtas-metragens relacionados à consciência negra em novembro. Amanhã (4), a partir das 18 horas, será exibido o documentário Pro Filho que Precisar, que conta a história do Terreiro Matamba Tombenci Neto, narrada por Mãe Hilsa Mukalê. O curta-metragem foi montado por Jaco Galdino, Marinho Rodrigues, Márcio Goldman e Maíra Bühler.

A seleção dos vídeos que serão exibidos ao longo do mês de novembro no Cineclube Équio Reis contou com a colaboração do Grupo de Preservação da Cultura Negra Dilazenze. Foram escolhidos curtas-metragens nacionais e internacionais que trazem diferentes perspectivas sobre a cultura negra e suas colaborações para a sociedade. As exibições serão gratuitas e abertas ao público em geral.

O Cineclube Équio Reis ganhou caráter itinerante, exibindo filmes em praças, escolas, igrejas e entidades de vários bairros de Ilhéus. No último mês, o projeto prestou homenagem às crianças e, além dos curtas-metragens, levou um show de palhaços à Associação Centro Educacional de Ação Integrada (ACEAI) Nossa Senhora da Vitória.

FINAL DE SEMANA RECHEADO NO TPI

Casa de Farinha é atração desta sexta na Tenda do TPI.

Casa de Farinha é atração desta sexta na Tenda do TPI.

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) terá duas atrações neste final de semana. Hoje (22), a Cia de Dança Sôanne Marry apresenta Casa de Farinha, às 20h. Neste sábado (23), MCs e DJs participam do encontro Consciência Alternativa, a partir das 17h.

O espetáculo de dança Casa de Farinha é inspirado nos livros Farinha, Madeiras e Cabotagem: a capitania de Ilhéus no antigo sistema colonial, do historiador Marcelo Henrique Dias, e Tambores de Angola, de Robson Pinheiro.

O encontro Consciência Alternativa terá dez apresentações de grupos de jovens talentos sul-baianos. Para cada espetáculo, o ingresso custa R$ 20,00 e R$ 10 para estudantes e idosos. A meia vale também para titulares do cartão fidelidade TPI.

CULTURA: CARTÃO TPI OFERECERÁ ATÉ 15% DE DESCONTO EM LIVRARIA ILHEENSE

Karoline Vital, do TPI, e Bruno Vita, da Papirus, exibem termo de parceria.

Karoline Vital, do TPI, e Bruno Vita, da Papirus, exibem termo de parceria.

Quem possui Cartão do Teatro Popular de Ilhéus (TPI) terá 10% de descontos em livros e 15% de descontos nos demais produtos da Papirus Livraria, em Ilhéus, que se tornou a mais nova parceira do programa de descontos e de incentivo à cultura.

– Nossa intenção é aumentar a rede de parceiros para oferecer ainda mais benefícios aos nossos associados, que já têm direito a pagar meia-entrada durante um ano em todos os espetáculos da Tenda, além de abatimento nas mensalidades de cursos e oficinas – disse o coordenador administrativo do TPI, Antônio Melo.

O Cartão TPI tem, ainda, como parceiros a Pizzaria Pinocchio e a Lanchonete Praça do Mestre, que concedem desconto de 5% em refeições e lanches a titulares do cartão. O benefício é garantido com a apresentação do cartão e de documento de identidade com foto.

O termo de parceria do Teatro Popular de Ilhéus com a Papirus foi assinado pelo gerente da loja, Bruno Vita, e a coordenadora de comunicação do TPI, Karoline Vital. A loja fica no Shopping It´Art, no calçadão da Dom Pedro II, no centro histórico de Ilhéus.

Para ter direito ao benefício, o associado deverá apresentar o Cartão TPI e um documento de identidade com foto. Para se associar, é preciso preencher um cadastro e pagar a taxa anual de R$ 25,00.

Karoline explica que as empresas parceiras do Cartão TPI ganham espaço para expor suas marcas no espaço cultural, além do nome do estabelecimento ser incluído na mensagem de serviço, antes dos espetáculos. Em contrapartida, podem oferecer descontos ou brindes para os titulares do Cartão TPI. Informações pelo telefone (73) 4102-0580.

TPI LANÇA CAMPANHA QUE MOSTRA COMO DOAR E RECEBER RESTITUIÇÃO DO IR

lll

Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes (Foto TPI).

O Teatro Popular de Ilhéus (TPI) lançou campanha para captar doações e patrocínios para manutenção do grupo e da tenda cultural na Avenida Soares Lopes. Sou Parceiro busca captar doadores pessoas físicas que optam pelo modelo completo de declaração do Imposto de Renda.

Os doadores podem aplicar até 6% do valor pago e recebê-lo, integralmente, na próxima declaração. Sendo pessoa jurídica, se a empresa for tributada em lucro real, o limite do percentual é de 4% do imposto devido e o investimento pode ser abatido ou deduzido.

LEI ROUANET

A campanha do TPI foi aprovada pela Secretaria de Fomento à Cultura do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, autorizando a captação de R$ 1,9 milhão para dinamização do grupo e apresentações de cinco espetáculos do seu repertório em Ilhéus.

O valor a ser captado também financiará remontagem, ensaios abertos e apresentação de A estória engraça e singela de Fuscão – o quase capão – e o cabo eleitoral, de Équio Reis;  turnê da ópera afro-rock 1789 em Salvador e no Rio de Janeiro; além de cursos e oficinas. Ao todo, serão 66 apresentações para um público estimado de mais de 13 mil pessoas.

– Qualquer valor pode ser depositado. A pessoa escolhe o destino do seu imposto e ainda colabora com a cultura brasileira – afirma  o diretor artístico do TPI, Romualdo Lisboa.

Os interessados devem efetuar depósito identificado com o valor desejado na conta bancária do projeto, aberta e supervisionada pelo Ministério da Cultura. O doador receberá comprovante de renúncia e será ressarcido no ano seguinte, seja como restituição ou abatimento no valor do IR a ser pago.

BRINDES A DOADORES

As pessoas físicas que doarem a partir de R$ 15 receberão brindes do Teatro Popular de Ilhéus. Há um kit de presentes diferenciados para cada valor, que podem incluir cartão postal, livros, Cartão TPI, DVDs e entradas gratuitas.

No caso de pessoas jurídicas, a empresa patrocinadora do projeto terá sua logomarca divulgada em material gráfico, releases, mídias digitais, CDs e DVDs. Para mais informações, os interessados podem ir à Tenda Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, ou ligar para (73) 4102-0580, em horário comercial.

CINEMA E DANÇA NO TPI

Filmes de Charles Chaplin são atração na Quarta do Cinema

Filmes de Charles Chaplin são atração na Quarta do Cinema

A Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, segue com sua programação de janeiro, com atrações para todos os públicos.

Amanhã é dia da Quarta do Cinema, com exibição gratuita do Cine Incidental a partir das 19 horas. Nesse projeto, os músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa executam ao vivo efeitos e trilha sonora de clássicos de Charles Chaplin. O filme em cartaz será o curta Dia de Pagamento.

Na Quinta da Dança, a Tenda do TPI recebe, a partir das 20 horas, o espetáculo Casa de Farinha, da Cia. de Dança Sôanne Marry e Ballet Folclórico do Ifba. Ingressos a R$ 20,00, com direito a meia-entrada para estudantes, idosos e titulares do cartão de fidelidade do TPI.

PROGRAMAÇÃO VARIADA NA TENDA DO TPI

tenda tpi

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) inicia 2014 com um leque variado de atrações. A programação inclui cinema, teatro, dança e música para plateias de gostos e idades diferentes.

Sábado Sim Verão abre a programação de janeiro neste sábado (04), a partir das 20 horas, com shows das bandas Enttropia e IOS. Este evento é realizado em parceria com o Coletivo Chocolate Groove, trazendo o melhor da música independente da região. As entradas custam R$ 20 a inteira e R$ 10 para estudantes, idosos e titulares do Cartão TPI.

Ao longo deste mês, a Tenda oferece a Quarta do Cinema, com o Cine Incidental, no qual serão exibidos filmes mudos de Charles Chaplin, sonorizados pelos músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa. Na Quinta da Dança, a Cia. de Dança Sôanne Marry, A-RRISCA, Núcleo da Dança, Balé Afro Dilazenze, Grupo de Dança do Disk Emoções e Rafaela Canabrava trazem variados estilos de expressão corporal.

Para a Sexta do Teatro, estão programados os espetáculos Auto do Boi da Cara Preta (dia 10), 1789 (dia 17), Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito ( dia 24) e Lendas da Lagoa Encantada (31).

A agenda traz ainda o projeto Conto e Cantigas, com atividades exclusivas de incentivo à leitura e musicalização para crianças. Para participar, basta pagar uma taxa de adesão de R$ 15, que vale por um ano. O próximo encontro será no dia 25, a partir das 16 horas.

TENDA DO TEATRO POPULAR FICA DENTRO D’ÁGUA

Tenda foi invadida pela água

Tenda foi invadida pela água

Prejuízos estimados em mais de R$ 100 mil são a triste consequência das chuvas para o Teatro Popular de Ilhéus, hoje o único espaço cultural da cidade com uma programação regular de eventos. A tenda do TPI, situada na Avenida Soares Lopes, foi invadida pela água, que atingiu equipamentos de informática, som, iluminação, cenários, figurinos, livros e documentos.

Segundo a assessoria do Teatro, o levantamento dos danos ainda é parcial, o que significa que o prejuízo estimado pode aumentar. A inundação afetou o Núcleo de Produção Audiovisual e a Biblioteca Jorge de Souza Araújo, implantada recentemente.

“Só depois que o tempo melhorar, poderemos avaliar as avarias com exatidão”, explica o diretor artístico do TPI, Romualdo Lisboa. Por causa dessa situação, o grupo foi obrigado a adiar o espetáculo Casa de Farinha, que estrearia neste fim de semana.

Água tomou conta da área interna da tenda do TPI (fotos Karoline Vital)

Água tomou conta da área interna da tenda do TPI (fotos Karoline Vital)

TEODORICO EM CARTAZ NA TENDA DO TPI

 

Teodorico Majestade é um dos sucessos do Teatro Popular de Ilhéus (Foto Karoline Vital).

Teodorico Majestade é um marco na história do Teatro Popular de Ilhéus (Foto Karoline Vital).

A sátira em cordel Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito estará em cartaz nesta sexta-feira e sábado (15 e 16), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). As sessões começam às 20 horas e as entradas custam R$ 20 a inteira e R$ 10 para estudantes, idosos ou titulares do Cartão TPI. A classificação indicativa é de 14 anos.

A comédia, escrita e dirigida por Romualdo Lisboa, revela as sujeiras da má política suja e a importância da mobilização popular. Na fictícia  Ilha Bela,  Teodorico Majestade se vê acuado em seu gabinete, abandonado pelos seus antigos aliados. Após uma série de desmandos e escândalos, ele tenta negociar sua permanência no poder com o povo enfurecido.

Em cartaz desde 2006, Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito representa um marco histórico para os 18 anos do Teatro Popular de Ilhéus. A montagem já foi apresentada em bairros e distritos do município e em outras cidades baianas, incluindo Salvador, além de outros Estados, como Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Em 2008, recebeu duas indicações ao Prêmio Braskem de Teatro, na categoria melhor texto e melhor ator, para Ely Izidro. No ano passado, Teodorico percorreu 22 assentamentos do Território Litoral Sul.

TPI FAZ CAMPANHA DE IMPACTO POR PLATEIA

A criatividade é uma das marcas do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). A última do grupo teatral é uma campanha em vídeo para a formação de plateia no sul da Bahia. “O rapto” mostra traz uma pessoa entendiada com a televisão.

Interpretado por Felipe de Paula, o personagem é sequestrado e encapuzado por um bando. O doce cativeiro é o teatro, mais exatamente a Tenda do TPI, na Avenida Soares Lopes. Confira a sacada da turma.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia