WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘trânsito’

MP DENUNCIA ATROPELADOR DE CICLISTAS POR 17 TENTATIVAS DE HOMICÍDIO

Do G1:

O funcionário público Ricardo Neis, que atropelou um grupo de ciclistas em Porto Alegre, foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público nesta segunda-feira (21). Ele pode responder por 17 tentativas de homicídio triplamente qualificadas (motivo fútil, mediante meio que resultou em perigo comum e mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas).

Neis atropelou os ciclistas em 25 de fevereiro. Desde 11 de março, ele está preso no Presídio Central de Porto Alegre por decisão da juíza Rosane Ramos de Oliveira Michels, da 1ª Vara de Porto Alegre. A juíza determinou a prisão de Neis após receber o laudo realizado pelo Instituto Psiquiátrico Forense que mostra que o motorista “não teve doença diagnosticada”.

Na denúncia do Ministério Público, os ciclistas foram salvos pelo fato de estarem usando equipamentos de segurança e pelo pronto atendimento recebido.

Veja imagens da tentativa de homicídio:

NÃO AO GOVERNO E SIM AOS PARDAIS

Newton: "mal na fita"

As entrevistas realizadas pela empresa Compasso nesta quarta-feira, 16, e ontem (17) apontaram alto índice de rejeição ao governo Newton Lima. Para 82,3% das 602 pessoas entrevistadas, a administração é classificada como ruim ou péssima. O percentual de moradores que consideram a gestão regular é de 12,8%, ao passo que 4,3% a veem boa ou ótima. Diante da pergunta dos entrevistadores sobre a avaliação do governo, 0,7% das pessoas consultadas responderam que não saberiam opinar.

O mais curioso é que os chamados “pardais”, que estão gerando uma overdose de multas de trânsito na cidade, surpreendem com uma boa margem de aprovação na pesquisa. Nada menos que 72,8% dos entrevistados acham a fiscalização eletrônica do limite de velocidade “boa ou ótima”, não se importando com as críticas de que o sistema foi implantado sem estrita obediência às regras do Conselho Nacional de Trânsito e, por isso, está resultando em uma série de recursos contra as multas emitidas.

Leia também:

EXCLUSIVO: PESQUISA APONTA 83,1% DE APROVAÇÃO AO PORTO SUL

 

DONOS DA RUA

É frequente uma transportadora situada na Rua 1 do Loteamento Jardim Grapiúna (a rua do JG Hotel), em Itabuna, interditar o trânsito para carregar seus caminhões. A passagem de veículos fica impossível pelo local durante o longo tempo em que são feitos os carregamentos. Quem se incomoda não tem outro recurso senão procurar outra rua para passar.

O caso exige ação urgente da Secretaria Municipal de Trânsito.

FÁBRICA DE DINHEIRO

Pela quantidade de multas que vêm sendo geradas pela fiscalização eletrônica de velocidade em Ilhéus, é possível que em breve todos os problemas financeiros da prefeitura local sejam resolvidos. A coisa, de fato, é escandalosa, e os motoristas continuam se queixando da precária sinalização nas avenidas onde os radares estão instalados.

As principais reclamações são de que a divulgação anterior à implantação do sistema foi insuficiente, as placas que informam sobre a presença dos radares são pequenas e não há sinalização horizontal que indique a presença dos aparelhos.

Para os incautos, os radares ficam nas avenidas Itabuna (cruzamento próximo ao Gabriela Center), Proclamação (imediações da antiga sede da Caerc) e Lomanto Júnior (logo após a ponte que liga o centro da cidade à zona sul).

Este blog deixa claro que não é contra o estabelecimento de um rigoroso controle de velocidade no trânsito, mas sugere que isso seja feito conforme determina a lei. O objetivo, antes de tudo, deve ser educar e não transformar a fiscalização em uma “mina de ouro”.

UM ANO DE IMPUNIDADE EM ILHÉUS

Regiane e Fernando foram vítimas da irresponsabilidade no trânsito

As mortes trágicas dos jovens Regiane Vitório e José Fernando Bispo completam um ano nesta segunda-feira, dia 14. Ambos perderam a vida em um acidente provocado por motoristas que participavam de um “racha” na Avenida Lomanto Júnior, em Ilhéus.

Regiane havia ido até o espaço Boca du Mar para buscar o namorado. Quando saía do local, o Volkswagen Gol que conduzia foi atingido por uma picape GM Montana, dirigida em alta velocidade por Adriano Barreto.

Barreto e Thadeu Oliveira, outro envolvido no “racha”, foram indiciados por homicídio. Os dois se encontram em liberdade, sendo que Thadeu está foragido.

Amigos de Regiane fizeram panfletagem neste sábado, 12, no centro de Ilhéus, protestando contra a impunidade dos responsáveis pelas mortes dos dois jovens. Na terça-feira, 15, às 18 horas, será celebrada uma missa em memória das vítimas na Catedral de São Sebastião.

VÍTIMAS DE ACIDENTE FORAM SEPULTADAS HOJE EM ITABUNA

Duas das quatro vítimas do acidente ocorrido neste sábado, 12, no quilômetro 677 da BR-101, em Itagimirim, foram sepultadas na tarde deste domingo, em Itabuna. Amigos e familiares de Paulo Laerte Nascimento e de Celso Leitão, inclusive um grande número de fiéis da Igreja Adventista do 7º Dia, acompanharam a despedida.

A adolescente Tamile Canuto, que também era membro da Igreja Adventista, teve o corpo embalsamado. O sepultamento provavelmente ocorrerá em Aracaju-SE, cidade natal da jovem.

Os pais de Tamile, Hélio Joaquim Nascimento e Celsa Canuto, que sobreviveram ao acidente, permanecem internados em Itabuna, mas não correm risco de morte. Hélio será submetido a uma cirurgia para a reconstituição da face.

O sentimento na comunidade adventista de Itabuna é de consternação. Paulo Laerte era diretor financeiro da Associação Bahia Sul, que administra as igrejas adventistas do sul, extremo-sul e sudoeste da Bahia. Tamile, que tinha 12 anos, era aluna da escola. A mãe, Celsa Canuto, mudou-se há pouco tempo para Itabuna para dar aulas no mesmo estabelecimento de ensino.

O Colégio Adventista não funcionará nesta segunda-feira, 14.

O MOTO-TÁXI JÁ PODE SER REGULAMENTADO

Allah Góes | allah.goes@hotmail.com

A regulamentação do serviço, além de permitir que diversos pais de família saiam da ilegalidade, e não sejam mais vistos como “aviões do tráfico”, também possibilitará que a população seja atendida por pessoas capacitadas.

Agora que já se sabe quem de fato é o presidente do legislativo itabunense, vez que o vereador Ruy Machado venceu a guerra que travava com Roberto de Souza, pode muito bem a Câmara de Vereadores retornar ao seu principal papel, que é legislar.

O tempo que se perdeu para se saber quem de fato manda fez com que se deixasse de analisar e votar projetos com a devida atenção, razão pela qual se aprovou o novo Código Tributário da forma como ocorreu, com distorções que tornam a sua aplicação, além de inviável, danosa ao comercio local.

Assim como se deixou de analisar corretamente o Código Tributário, deixa-se, por exemplo, de se discutir a questão da regularização do serviço de moto-táxi. Um serviço que de fato existe, mas que ainda é por aqui uma atividade ilegal, coisa bem diferente do que acontece em cidades como Feira de Santana, Jequié e Santo Antônio de Jesus, que já regulamentaram a matéria.

O aprofundamento da discussão sobre a regulamentação é possível desde o dia 18 de junho de 2010, data em que foi publicada a Resolução 350 do CONTRAN, que regulamenta a Lei nº 12.009/09. Juntos, os dois dispositivos disciplinam o exercício das atividades dos profissionais em transporte de passageiros, “moto-taxista” e “motoboy”, além de dispor sobre as regras de segurança dos serviços de transporte em motocicletas e motonetas (moto-frete).

Desse modo, abriu-se a possibilidade de regulamentação da atividade profissional de transporte de passageiros, através de motos, o chamado “moto-taxi”, desde junho passado, oportunizando-se ao poder público municipal os meios necessários para fiscalizar e exigir que somente aqueles capacitados possam transportar passageiros.

Como se vê, a nossa Câmara já pode discutir a regulamentação de um serviço que hoje ocorre sem qualquer tipo de fiscalização ou segurança e, ao transportar milhares de itabunenses por dia, põe em risco a vida e a integridade física da população.

Vale lembrar que o motociclista, assim que houver a regulamentação da lei municipal, somente ficará habilitado para exercer as profissões de moto-boy, moto-taxista e moto-frete, depois de aprovado em curso feito pelo Detran, que será disponibilizado até o final do ano.

A regulamentação do serviço, além de permitir que diversos pais de família saiam da ilegalidade, e não sejam mais vistos como “aviões do tráfico”, também possibilitará que a população seja atendida por pessoas capacitadas e preparadas para o transporte, o que hoje não ocorre.

A discussão deve ser aberta também à participação dos taxisitas, oportunidade em que se poderá desmistificar a história de que “o moto-táxi acaba com o táxi, pois tira seus clientes”, mostrando-se que há mercado para todos, desde que haja regulamentação e controle.

Com a palavra a Câmara Municipal, que é o único órgão competente para a análise, discussão e regulamentação desta atividade no município, e que pode transformar o moto-táxi, que emprega muitos pais de família e é utilizado por uma grande parcela dos itabunenses, num serviço legal, que gere dividentos ao município e que não prejudique a comunidade.

Allah Góes é advogado municipalista.

DÚVIDA ATROZ

Por que as placas que informam o limite de velocidade (50 km) nos trechos onde a Prefeitura de Ilhéus instalou fiscalização eletrônica (“pardais”) são bem menores que as outras placas de trânsito? E por que, diferentemente do que ocorre em outras cidades, em Ilhéus não existe sinalização horizontal para avisar os motoristas sobre aquele limite?

É impressão deste blog, ou a vontade de multar (e arrecadar) é infinitamente superior ao desejo de ordenar e estabelecer um trânsito mais harmonioso e respeitoso?

Com a palavra, a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito.

JOVEM FERIDO EM ACIDENTE ACABA PRESO POR SUSPEITA DE CRIME

Veículos envolvidos no acidente (Foto Pimenta).

Dois jovens saíram feridos de um acidente no quilômetro 25 da rodovia Ilhéus-Itabuna, por volta das 22h30min deste domingo (2). Os jovens, prenomes Eric e Alisson, estavam numa moto que colidiu na lateral de um VW Gol.

José Matos, motorista do Gol (KLK-0561), seguia no sentido Ilhéus-Itabuna e se preparava para fazer uma conversão quando foi surpreendido pela moto Honda Fan 125, placa NTN-6046, nas proximidades da churrascaria Los Pampas.

De acordo com informações da polícia, os jovens são suspeitos de matar Mateus Silva, de 14 anos, com oito tiros no bairro Monte Cristo. Conforme a polícia, as características físicas e das roupas que os jovens usavam batem com as descrições feitas por testemunhas sobre os dois homens que cometeram o crime no Monte Cristo.

Os jovens foram socorridos por duas equipes do Samu 192 e levados para o Hospital de Base de Itabuna. O carona acabou internado no Hospital de Base e apresentava vestígios de pólvora numa das mãos e, conforme a polícia militar, apresentou identidade falsa no hospital.

O motociclista suspeito, apesar de encontrar-se em pior estado, dispensou atendimento médico e “deu no pé”. O carona foi levado para o Complexo Policial, após sair do período de observação médica.

POLÍCIA DE OLHO NO USO DA “CADEIRINHA”

A Companhia Independente da Polícia Rodoviária Estadual inicia a Operação Réveillon às 8 horas da manhã desta sexta-feira, 31, e uma das orientações é para intensificar o rigor na fiscalização do uso da “cadeirinha” para o transporte de crianças com idade até sete anos e meio.

A Operação vai até às 8h da manhã do dia 3 de janeiro e mobilizará 78 policiais por dia, além de 15 viaturas, cinco bafômetros e quatro armas não-letais. Segundo a Companhia, os motoristas também deverão estar atentos para as condições do veículo e os documentos de porte obrigatório, como a Carteira Nacional de Habilitação o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo).

“MOQUECA” NA RODOVIA

Este caminhão em precaríssimas condições foi flagrado por uma leitora do PIMENTA, quando trafegava pela BR-415, trecho Ilhéus – Itabuna. Segundo nossa colaboradora, o veículo, todo armengado, transportava garrafas-pet, que iam mal-arrumadas e caindo pela rodovia. Nem por isso o motorista teve a menor dificuldade ao passar pelo posto da Polícia Rodoviária Estadual.

Bom lembrar que já começou a “Operação Verão” nas estradas.

O ENDURO VAI ACABAR

Algumas horas após o PIMENTA informar sobre dois buracos que passaram a compor a paisagem no cruzamento das ruas Eustáquio Bastos e D. Pedro II, no Pontal, bairro da zona sul de Ilhéus, a Prefeitura mobilizou uma “força-tarefa” para consertar aquele trecho.

Para quem já tinha se acostumado a executar manobras radicais a fim de evitar as crateras, a brincadeira chegou ao fim. O “projeto paisagístico” que vinha sendo executado na área também será interrompido.

Os motoristas que não têm espírito de aventura agradecem a atenção do governo Newton Lima.

MÁQUINA DE FAZER DINHEIRO… E AFUGENTAR TURISTAS

Do Política Etc:

A Secretaria de Trânsito da Prefeitura de Ilhéus está arrecadando os tubos com os radares eletrônicos, os populares “pardais”, instalados em três pontos da cidade: as avenidas Proclamação (Savóia), Lomanto Júnior (Pontal) e Itabuna (Centro).

Apesar de ter oficialmente o propósito de coibir o excesso de velocidade, fica difícil evitar a ideia de que os pardais foram mesmo colocados nas ruas para encher os cofres da Prefeitura, às custas de motoristas desavisados. Não fosse essa a intenção, a Secretaria de Trânsito teria providenciado uma sinalização adequada para alertar sobre o limite de velocidade, estabelecido em 50 quilômetros nos trechos em que se encontram os radares.

A falta da sinalização horizontal e as diminutas placas que “informam” sobre o limite passam despercebidas até mesmo para quem está acostumado a trafegar pelas ruas de Ilhéus. Para quem passa por elas de vez em quando, então…

Já se imagina a festa que será a partir do momento em que os turistas chegarem em peso, no auge do verão (que começa oficialmente esta semana), e começarem a receber multa a três por dois. Depois de voltar das férias, o cidadão receberá em casa a notificação da Secretaria de Trânsito da Prefeitura de Ilhéus e certamente corresponderá riscando a cidade de seus próximos roteiros.

A boa notícia é que na Prefeitura há quem esteja preocupado com a situação, inclusive apontando a necessidade de sinalizar melhor as ruas em que estão os pardais. Isso implica em reconhecer que as indicações atuais são insuficientes e, portanto, que as multas até agora lavradas são indevidas.

ÔNIBUS COM PROFESSORES É APREENDIDO EM ITABUNA

Microônibus circulava irregularmente (Foto Pimenta).

Um microônibus da prefeitura de Barro Preto foi apreendido pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) por circular de forma irregular. O veículo transportava professores da rede municipal quando foi retido numa abordagem da PRE, por volta das 17h.

“Retornavamos para casa quando aconteceu isso. É inaceitável isso, um veículo da prefeitura circular de forma irregular”, explicou, irritada, uma professora que teme ser identificada. Os educadores participam de um programa de formação dos professores em nível superior.

O micro-ônibus foi apreendido e seria levado para o pátio da Polícia Rodoviária Estadual, conforme a educadora. Mais de três horas depois, a prefeitura encaminhou um outro ônibus para que os professores pudessem retornar para casa. “Vivemos uma situação absurda. Imagine que trabalhamos uma semana inteira. Aí acontece isso. É irresponsabilidade da prefeitura”.

PRE APREENDE MOTO COM PLACA ADULTERADA; DONO ESTAVA SEM HABILITAÇÃO

Placa adulterada: 9 virou 3 (Foto Costa Filho)

Um motociclista acabou preso pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) ao trafegar pela BR-415 sem carteira de habilitação e, pior, com placa adulterada. Roberto Coutinho Santos foi detido e encaminhado para o Complexo Policial de Itabuna. Ele pilotava uma Yamaha YBR 125, quando foi abordado pelos soldados Costa e Valdir, no posto da PRE no bairro Nova Itabuna.

A placa verdadeira da moto é JRY-3934, mas a numeração foi raspada e o 9 virou 3, transformanda em JRY-3334. Levado para o Complexo Policial, Roberto Coutinho disse que havia comprado a moto em setembro de um vizinho. A Polícia Civil investigará quem cometeu o crime. A moto será periciada.

Coutinho ficou detido.

Se comprovado que foi o próprio Roberto Coutinho quem adulterou a placa da moto, ele responderá ao crime que prevê pena de três a seis anos de prisão. Coutinho ainda responderá pela prática de direção perigosa (condução sem estar habilitado).

Coutinho “caiu” no dia no dia em que a Polícia Rodoviária Estadual e a PM intensificaram a fiscalização nas saídas de Itabuna e principais pontos da cidade, na chamada Operação Nazireu. Na segunda-feira, 6, duas moto foram roubadas na cidade. Uma foi recuperada. Informações do repórter Costa Filho, da Rádio Jornal.

COELBA “SALVA” A PREFEITURA E RECUPERA SEMÁFOROS

Sem crédito e com uma crise financeira que vem atrasando salários, Itabuna terá uma melhoria no trânsito graças à Coelba, que vai doar lâmpadas LED para substituir todas as usadas (ou queimadas) dos semáforos da cidade.

Com a parceria com a Coelba, a secretaria de Transporte e Trânsito já começou a substituição de lâmpadas em 30 semáforos na área central e nos bairros da cidade.

Os Diodos Emissores de Luz (LED em inglês), tem maior luminosidade e consumo bem menor de energia. Segundo o secretário Wesley Gonçalves, o projeto foi elaborado por técnicos da prefeitura.

Os LED foram doados pela Coelba dentro de seu programa de racionalização do uso de energia. O secretário alega que os semáforos queimados não estavam funcionando porque as lâmpadas deixaram de ser fabricadas.

Leia mais n´A Região

SEIS VÍTIMAS DE ACIDENTE ESTÃO NO DPT DE ITABUNA

O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna já recebeu os corpos de seis vítimas do acidente com o ônibus da empresa Transporte Central do Brasil, ocorrido no final da noite de ontem, na BR-101, proximidades do distrito de Itamarati.

Dos seis corpos que chegaram ao DPT, quatro já foram identificados. Três são de pessoas que residiam em Itabuna: Sônia Pereira Mendes, do bairro Nova Ferradas, Ana Sirley Nazaré de Oliveira, do Santo Antônio, e o motorista Jaime Nogueira de Jesus, também do bairro Santo Antônio. A outra vítima já identificada é Everaldina Cruz de Jesus, que morava em Uruçuca.

Outros passageiros do ônibus envolvido no acidente estão internados no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, e nos hospitais de Gandu e Ubaitaba. A informação é de que foram oito mortes e quase 40 feridos.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia