WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

workshop










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘trânsito’

ILHÉUS SOFRE COM O DESCASO

Ilhéus aguarda mais um verão, mas novamente não se preparou para a época do ano em que sua economia é beneficiada quase exclusivamente por aquilo que Deus lhe ofereceu de graça: as praias, as matas e o clima. No que depende do homem (infraestrutura, zelo, organização), a cidade segue padecendo.

No centro, a coleta de lixo continua sofrível e a sujeira não poupa os pontos turísticos. Nas cabanas de praia da zona sul, em sua maioria, faltam higiene e qualidade no atendimento, além dos preços serem proibitivos.

Mas um dos maiores problemas da cidade está na desorganização do trânsito, o que atormenta moradores na baixa estação e certamente infernizará a vida de todos – moradores e turistas – na alta. A maior dificuldade está no deslocamento entre a zona sul e o centro, cuja solução esperada é a construção de uma segunda ponte. Quando sai, ninguém sabe…

 

“DEMOCRACIA CORINTHIANA” NA SETTRAN

Os agentes de trânsito de Itabuna tentarão influenciar na escolha do futuro diretor da área. A categoria até promoveu uma enquete, com três nomes  disputando a indicação. Quem venceu a “prévia” foi o agente Jorge Teles, contemplado com 36 votos de um total de 44 servidores que manifestaram alguma preferência.

O resultado está registrado em ata, que será entregue ao prefeito eleito, Vane do Renascer (PRB), e ao vice Wenceslau Júnior (PCdoB).

ACIDENTE COM ÔNIBUS DEIXA DEZ FERIDOS

Uma colisão entre um ônibus da empresa Rota e um carro que transportava gado deixou dez pessoas feridas na noite desta quinta-feira, 25. O acidente aconteceu no trevo que dá acesso à cidade de Santa Cruz da Vitória. Segundo o blog Vermelhinho, o ônibus fazia a linha Itacaré-Vitória da Conquista.

Todos os feridos eram passageiros do ônibus e foram levados para o posto de saúde de Santa Cruz da Vitória e Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. O blog informa que alguns dos pacientes não puderam ser atendidos no Base, por falta de vagas, e acabaram sendo transferidos para o Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus.

DEFEITO EM SEMÁFOROS COMPLICA TRÂNSITO NA REGIÃO CENTRAL DE ITABUNA

Semáforos funcionavam apenas em sinal de alerta e carros (Foto Pimenta).

Boa parte dos semáforos das avenidas centrais e de trechos mais movimentados em Itabuna apresentava defeito nesta noite de terça, 23. Apenas o sinal de alerta era emitido, aumentando riscos de acidentes em cruzamentos perigosos como os da Avenida do Cinquentenário com a Rua Adolfo Maron e Cinquentenário-Praça Adami.

As duas áreas são das mais movimentadas do município. Nos cruzamentos, pedestres, motoristas e motociclistas precisavam redobrar a atenção para evitar acidentes. Havia agente de trânsito auxiliando motoristas e pedestres no cruzamento Cinquentenário-Adolfo Maron somente no período da tarde e até as 18 horas.

Com a quebra dos semáforos, motoristas e motociclistas eram obrigados a avançar sobre a faixa de pedestre para ter visão de carros e evitar acidentes de outra via, como a Adolfo Maron.

Pedestres e carros dividem espaço na faixa de pedestre devido a defeito em semáforos (Foto Pimenta).

MOTORISTA TEM O BRAÇO DECEPADO EM ACIDENTE

Ariosvaldo Pereira de Carvalho, 60 anos, que dirigia um Chevrolet Celta, acabou tendo o braço esquerdo decepado ao colidir com uma picape Toyota, na BR-101, imediações do bairro Santa Clara, em Itabuna. O acidente ocorreu na manhã desta terça-feira, 17.

O carona William Pereira Lima, de 18 anos, sobrinho de Ariosvaldo, contou que estava mexendo no telefone celular no momento do acidente, por isso não sabe explicar como este aconteceu. William não sofreu ferimentos.

O motorista do Celta foi levado inconsciente para o centro cirúrgico do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Os ocupantes do outro veículo sofreram somente escoriações leves.

FAZENDA ITABUNA, PASTO JOSÉ BASTOS

Animal faz seu desjejum na praça, entre o Fórum Ruy Barbosa e a FTC (foto Ricardo Kruschewsky)

A praça que leva o nome do poeta José Bastos, no centro de Itabuna, não está livre de um problema que se registra em praticamente toda a cidade: a invasão de burros, jegues, cavalos, bois e até cabras. Na verdade, Itabuna inteira se parece com um grande pasto e, na teoria, existem um tal Centro de Controle de Zoonoses e uma Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito, que deveriam retirar esses animais de circulação e levá-los para onde é o seu lugar, ou seja, a zona rural do município.

Vez ou outra a Settran faz alarde com uma operação para recolher os bichos, mas logo no dia seguinte os mesmos ou outros aparecem vagando pelas ruas e se fartando com a grama das praças.

De vez em quando, algum quadrúpede desavisado também atravessa qualquer avenida movimentada e causa um grave acidente, às vezes tirando a vida de quem não tem nada a ver com a irresponsabilidade de criadores e o descaso do governo.

 

OLHA A ESPERTEZA!

Até outro dia, os agentes de trânsito de Itabuna utilizavam equipamentos eletrônicos para registrar as infrações. De repente, com um pretexto qualquer, a Secretaria de Transportes e Trânsito (Settran) mandou recolher os aparelhos e determinou que as multas passassem a ser registradas somente no velho e falível bloco de papel.

Agentes de trânsito cismaram com a medida e procuraram o PIMENTA, farejando malandragem no ato. Eles alegam que o registro eletrônico vai direto para o sistema e é mais difícil de ser retirado mediante pedidos e jeitinhos.

Como se aproxima o período eleitoral, quando alguns costumam trocar bondades por votos, é bom ficar de olho…

CÂMARA APROVA PROJETO QUE ENDURECE LEI SECA

Marcelo Parreira, do G1

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (11) texto que endurece a Lei Seca e aumenta as ferramentas para que a polícia comprove a embriaguez dos motoristas. O texto aprovado ainda precisa passar por votação no Senado e só depois segue para sanção presidencial.

O principal ponto do texto é a ampliação das possibilidades de provas, consideradas válidas no processo criminal, de que o condutor esteja alcoolizado. A lei atual ficou enfraquecida pela decisão tomada no fim de março pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) de que a embriaguez só poderia ser comprovada pelo teste do bafômetro ou por exame se sangue. Na prática, muitos motoristas se recusam a realizar os exames.

Segundo a versão aprovada pelos parlamentares, não será mais necessário que seja identificada a embriaguez do condutor, mas uma “capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou outra substância psicoativa que determine dependência”.

VÍTIMA DE ACIDENTE TRANSFERIDA PARA ITABUNA

Geiza e Ana Terra, duas das jovens envolvidas no acidente

Uma das vítimas de um acidente ocorrido na madrugada de sábado (31), no extremo-sul do Estado, foi transferida ontem para o Hospital de Base, em Itabuna. O acidente aconteceu no trecho da BR 101 entre Itabela e Eunápolis e deixou feridas Geiza Leite e Danila Santos Dias Paiva, ambas de 28 anos; além de Martha Gomes, 27, e Ana Terra Manjarra Dantas, de 25 anos.

Segundo testemunho das próprias vítimas, era Danila quem dirigia o carro e perdeu o controle em uma curva que fica próxima ao córrego Jacarandá. O carro, um Fiat Pálio, capotou  várias vezes. As jovens, que moravam em Eunápolis, retornavam de Itabela, onde participaram de uma festa.

Amigos que também voltavam do evento, um show da banda Black Stile, prestaram os primeiros-socorros às vítimas, até a chegada de uma ambulância do Samu.  As jovens sofreram ferimentos leves, mas Geiza, que reclamava de fortes dores na coluna e no pescoço, precisou ser transferida para Itabuna.

MULTA PELA VELOCIDADE MÉDIA

Uma nova forma de assegurar o respeito aos limites de velocidade nas estradas encontra-se em teste no estado de São Paulo. Funciona com radares instalados em alguns pontos da rodovia para detectar a quantos quilômetros por hora os veículos percorreram determinados trechos. Ou seja, a eventual multa passará a ser aplicada pelo excesso na velocidade média.

A ideia é botar esses novos pardais para funcionar a partir do ano que vem. E logo chegará a outros estados…

IMPRUDÊNCIA PROVOCA ENGARRAFAMENTO

A imprudência de motoristas gerou engarrafamento de, pelo menos, cinco quilômetros na rodovia Ilhéus-Itabuna, nesta manhã de sábado (17). O tráfego na rodovia aumentou com a descida de itabunenses para curtir o feriadão de São José no litoral. Como a Ilhéus-Itabuna está em obras, motoristas imprudentes invadiam pista contrária e acostamento.

A espera ultrapassava os 30 minutos em alguns trechos da pista, principalmente nas imediações do posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), no Banco da Vitória, em Ilhéus. Próximo dali, o Derba executa operação tapa-buracos e a pista está liberada apenas parcialmente.

ANTES TARDE DO QUE NUNCA

Animais soltos e vagando pelas ruas compõem um cenário bem comum em Itabuna, que chega por vezes a deixar a cidade com aspecto de uma vila de interior. Mas o problema maior são os acidentes provocados pelos bichos, até com morte como há alguns anos ocorreu com um policial militar na Avenida Manoel Chaves.

Na semana passada, uma colisão entre um carro e uma moto se deu após um dos veículos desviar de um animal na pista. E só depois disso é que a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Settran) iniciou uma operação para recolher burros, jegues, cavalos e outros quadrúpedes que porventura sejam encontrados ao léu.  Os bichos apreendidos vão para uma fazenda nos arredores da cidade, de onde só saem mediante o pagamento de multa.

Em uma semana de operação, a Settran recolheu 18 animais e avisa que continuará com esse trabalho. De outras vezes, fez a mesma promessa, mas logo parou.

Tomara que agora seja de verdade…

NO ALTO, PARDAL. EMBAIXO, BURACO

A diligência da Prefeitura de Ilhéus para multar os motoristas contratasta com a displicência no que se refere ao cuidado com as ruas, onde tem buraco até perder de vista. Um dos maiores fica exatamente embaixo do “pardal” da Avenida Itabuna, onde quem vem no sentido rodoviária – centro  corre o risco de detornar pneu e suspensão (além do perigo de  acidente) se cair na cratera.

Bem que os vultosos recursos auferidos com as multas, ou pelo menos parte deles, poderiam ser destinados à manutenção das ruas. Porém, infelizmente, é um dinheiro que ninguém sabe para onde vai…

QUE FIGURAÇA O INSPETOR MEIRELLES!

Olha só o exemplo pescado pelo jornalista e escritor Antônio Lopes (Ousarme Citoaian):

CONSTRUÇÃO DA PONTE COMEÇA ESTE ANO

O trânsito na região do Pontal, em Ilhéus, segue lento e congestionado, mas o governador Jaques Wagner afirma que o projeto da nova ponte entre o bairro da zona sul e a região central da cidade se encontra acelerado. A promessa do governador é de que as obras terão início no segundo semestre.

Wagner firmou esse compromisso durante audiência em que recebeu, na terça-feira, 17, o prefeito Newton Lima, acompanhado por secretários municipais e pelos deputados petistas Josias Gomes e Geraldo Simões (federais), Rosemberg Pinto e Fátima Nunes (estaduais).

A nova ponte será construída entre o Morro de Pernambuco, onde fica o bairro de Nova Brasília, e a Praia do Cristo. Essa obra é apontada como a solução para os frequentes enfarrafamentos na Avenida Lomanto Júnior.

É UMA BAGUNÇA MESMO

Em sua coluna no jornal Agora, a jornalista Maria Antonieta faz justíssima crítica à (falta de) gestão do trânsito em Itabuna. Destaca principalmente a ausência de estacionamento para motocicletas, cujo número aumenta a uma velocidade assustadora.

Por falta de outro espaço, e alguns porque são folgados mesmo, os motociclistas estacionam em qualquer lugar, chegando a ocupar toda uma vaga que seria para um carro.

– O absurdo é cometido às vistas dos “coitadinhos” dos guardas, que não controlam nada – registra a colunista, que também chama atenção para a situação da Beira-Rio (Avenida Firmino Alves), onde quem manda são os “guardadores”  de carro, que inclusive orientam os motoristas a formar fila dupla enquanto não aparece uma vaga.

Como se diz, é um “mangue”.

ACIDENTES DE TRÂNSITO DEIXAM CADA VEZ MAIS INVÁLIDOS

Motos respondem pela grande maioria dos casos

Da Folha.com

Casos de invalidez permanente entre trabalhadores vítimas de acidentes de trânsito se multiplicaram por quase cinco entre 2005 e 2010, passando de 31 mil para 152 mil por ano, informa reportagem de Érica Fraga e Paulo Muzzolon publicada na Folha desta terça-feira.

A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Nos primeiros nove meses de 2011, houve novo aumento de 52%, para 166 mil, segundo números do DPVAT, seguro obrigatório pago por proprietários de automóveis.

Os dados revelam que a maioria dos acidentados –mais de 70% dos casos em 2011– usava moto e está em plena idade economicamente ativa (entre 18 e 44 anos).

O quadro preocupa a Previdência Social, que teme ter de arcar com os custos de uma geração de jovens aposentados por incapacidade.

“O que mais tem crescido é a concessão de aposentadoria por invalidez devido a acidentes com motos”, diz Leonardo Rolim, secretário de Políticas de Previdência.

Projeções apontam que o INSS gastou R$ 8,6 bilhões com benefícios gerados por acidentes de trânsito. A cifra representa 3,1% de todas as despesas previdenciárias.

MINISTRO VAI PARA A ESCOLINHA DO DETRAN

LENTIDÃO NA VOLTA DA PRAIA

Congestionamento na ponte do Pontal exigiu muita paciência (foto Pimenta)

O motorista que deixou para voltar de Ilhéus para Itabuna nesta noite de domingo, 8, enfrentou lentidão em vários trechos.

Quem veio da zona sul precisou de paciência devido ao tráfego gerado pela festa da Puxada do Mastro de São Sebastião em Olivença. Houve congestionamento na BA-001, principalmente no trecho próximo à cabeceira da pista do aeroporto Jorge Amado.

Na avenida Lomanto Júnior, no Pontal, mais engarrafamento. Por volta das 19 horas, eram necessários pelo menos 15 minutos para se percorrer o trecho de aproximadamente três quilômetros, até a ponte que liga o bairro ao centro de Ilhéus. O trânsito seguia a passos de cágado do outro lado, até a praça Cairu.

O mesmo sofrimento continuou na rodovia Ilhéus – Itabuna, onde filas enormes se formaram em diversos pontos. Nas imediações do posto da Polícia Rodoviária Estadual, o problema se agravava devido aos dois quebra-molas que foram instalados em frente ao posto, gerando “paradões” de até um quilômetro.

Os tais quebra-molas, aliás, são absolutamente desnecessários e obrigam os motoristas a trafegar a menos de 20 quilômetros por hora num trecho onde a velocidade permitida é de 40 quilômetros. Estão mais propensos a causar acidentes do que a servir de alguma forma ao objetivo de ordenar o trânsito.

FAÇA O QUE EU MANDO…

A Secretaria de Trânsito de Itabuna é ligeira na hora de multar quem comete infração de trânsito, mas seus próprios agentes não dão bom exemplo. Nesta quinta-feira, 5, uma viatura da Setran encontrava-se estacionada em local proibido, bem embaixo de uma placa que informava sobre o impedimento. Na tabuleta, há o aviso de que o veículo deixado ali está “sujeito a guincho”.

Um cidadão diz ter tentado acionar o reboque, mas este não apareceu. Ironicamente, o leitor pergunta: “por que será que não veio?”.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia