WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘trânsito’

TRÂNSITO LENTO

Agente tenta organizar trânsito, enquanto operários fazem tapa-buraco.

Quem chega a Itabuna neste momento pela rodovia BR-415, trecho que liga esta cidade a Ilhéus, enfrenta trânsito lento. O atraso na viagem é causado pela operação tapa-buracos realizada pela Prefeitura na Avenida Juracy Magalhães, imediações do Colégio Ciso, e num pedaço da estrada.

Policiais militares estão no local, tentando organizar o tráfego. Para fugir do engarrafamento, muitos motoristas estão optando por utilizar o semi-anel rodoviário que dá acesso à BR-101.

PERIGO NA ILHÉUS-ITABUNA

Como se não bastasse o fato de estar cheia de buracos, fazendo com que alguns motoristas tenham-na apelidado de “tábua de pirulito”, a BR-415, trecho Ilhéus-Itabuna, ainda tem outro problema sério: os animais que costumam pastar nas margens da pista.

Nesta manhã de segunda-feira, 9, três cavalos caminhavam tranquilamente pela rodovia, no trecho entre Itabuna e o condomínio Jardim das Acácias, um dos piores da rodovia e onde sequer existe acostamento.

O Derba precisa resolver isso.

JOVEM MORRE EM ACIDENTE NA ZONA SUL DE ILHÉUS

Guincho retira veículo do rio

O adolescente Mateus Azevedo de Miranda, 17 anos, morreu na noite de ontem (05), por volta das 23 horas, após envolver-se em um acidente automobilístico no bairro da Sapetinga, em Ilhéus. O jovem perdeu o controle de uma picape Toyota Hilux e acabou caindo no Rio Santana, onde morreu afogado. A vítima também sofreu traumatismo craniano.

A polícia e uma equipe do Samu estiveram no local, mas não puderam salvar o adolescente, que ficou preso no interior do veículo.

As informações são do R2C Press.

EM ILHÉUS, BEBER E DIRIGIR NÃO É PROBLEMA

Vários motoristas embriagados já foram conduzidos para a 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior, em Ilhéus, e de lá saíram sem registro de ocorrência ou maiores problemas. Segundo informações colhidas pelo PIMENTA, a polícia ilheense não dispõe de bafômetro e e o exame clínico ou de sangue não é realizado no Departamento de Polícia Técnica porque não há médico à disposição.

Sem a prova do crime, os bêbados irresponsáveis que cometem barbaridades no trânsito ficam livres para continuar aprontando.

DESLIZAMENTO TRAVA O TRÂNSITO NA SAÍDA DE ILHÉUS

Um deslizamento de terra no entorno da rodoviária de Ilhéus prejudicou o trânsito durante boa parte da tarde no terminal e nos acessos a Itabuna e às praias do Norte, incluindo Serra Grande e Itacaré. Uma empresa que presta serviços à Coelba estava no local refazendo as redes de distribuição de energia elétrica danificadas.

O trânsito transformou-se num verdadeiro caos entre as 14h e as 16h, com agentes de trânsito tentando botar ordem na coisa. Só que em vez de fluir o tráfego em mão de contramão pela conhecida rua do Mosquito, ônibus, caminhões e veiculos de passeio tinham que fazer malabarismo para se dirigir a Itabuna ou às praias do Norte,  tal a “desinteligência” do desvio criado.

ACIMA DA LEI

Flagrada em ultrapassagem indevida na rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), uma advogada itabunense e defensora pública municipal saiu-se com essa, na tentativa de livrar-se de uma multa por infração:

– Quem paga seu salário sou eu.

O patrulheiro rodoviário não deu ouvidos e ainda fez observar que ela estava sem calçado adequado para dirigir. A advogada estrilou e disse que iria comunicar a multa ao chefe do policial.

O patrulheiro não se intimidou e desceu a “canetada” para que a desatenta senhora passe a respeitar mais as regras de trânsito.

IMPRUDENTE

O ex-vereador Paulo Luna (PV) parece ter se inspirado em pilotos de Fórmula 1 nos momentos em que dirige nas ruas de Itabuna. Há pouco, ele fazia uma conversão da avenida Amélia Amado para a Rua São Vicente de Paulo, no centro, e por pouco não atropelou um homem ao ignorar o sinal vermelho – e em alta velocidade.  A quase vítima teve que dar um pulo para trás para evitar o pior. Luna estava num Gol vermelho, nova geração.

CADÊ O CENTRO DE ZOONOSES?

Motoristas entraram em contato com o blog para reclamar da presença de um animal (burro ou cavalo) morto no acesso ao bairro São Pedro pela Avenida Roberto Santos, logo após a rádio Morena FM. O animal foi visto pela primeira vez esta manhã e, segundo informações, tanto o Centro de Controle de Zoonoses como a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito foram acionados. E nada fizeram.

O cadáver está bem em uma curva, portanto só é avistado quando se chega perto. A quem trafega por aquela área, recomenda-se cuidado para evitar um acidente.

TAXISTAS PARTICIPAM DE CURSO

Motorista cola adesivo de campanha (foto Pedro Augusto)

Taxistas de Itabuna iniciaram nesta segunda-feira, 04, na sede da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito, um curso que tem o objetivo de difundir princípios relacionados à direção defensiva, segurança no trânsito e bom atendimento ao cliente. O programa, oferecido pela Secretaria, é dirigido aos 530 taxistas que atuam na cidade.

De acordo com a Settran, o curso é condição essencial para que os táxis possam ter renovados os seus alvarás de funcionamento. As aulas serão ministradas até sexta-feira, 08, sempre no horário das 8h às 10h e das 14h às 16h.

Paralelamente ao treinamento, o órgão realiza campanha por um trânsito mais consciente . Adesivos com a frase “Condutor, pare na faixa. Você também é um pedestre” estão sendo distribuídos aos participantes do curso.

ALÔ, ALÔ, WESLEY MELO

Motoristas denunciam que o semáforo do cruzamento da avenida Manoel Chaves com a rua Juarez Távora, no São Caetano, está há três dias sem serventia. Pifou. A avenida Manoel Chaves é um dos principais corredores urbanos e dos mais movimentados acessos a Itabuna.

Alô, secretário Wesley Melo…

IRMÃOS SÃO VELADOS NA IGREJA SANTA RITA

Lígia e Antônio morreram no local do acidente

Está marcado para as 16 horas desta segunda-feira, 28, o sepultamento dos irmãos Antônio e Lígia Araújo Paim, que morreram ontem, num acidente na rodovia Ilhéus – Itabuna. Eles estão sendo velados na Igreja Santa Rita de Cássia, bairro São Caetano, em Itabuna.

Antônio Paim era coordenador da Legião de Maria na paróquia de Santa Rita e pessoa bastante conhecida na comunidade católica local. Ele também costumava organizar excursões a santuários religiosos.

Os irmãos morreram quando a moto em que viajavam colidiu com um ônibus da empresa Rota, no quilômetro 26 da Ilhéus – Itabuna (clique aqui para ler a nota do PIMENTA sobre o acidente)

CRUZAMENTO SEM SEMÁFORO

Um dos cruzamentos mais perigosos do centro de Itabuna, entre a Avenida Juracy Magalhães e a Rua Maria Olívia Rebouças, amanheceu sem semáforo nesta quinta-feira, 24. No local, motoristas e motociclistas se aventuravam, na base do “espia quem vem”, provocando várias situações em que o risco de acidente era iminente.

Nossa reportagem esteve na área às 7 horas e às 8h30min, e o cenário era o mesmo: semáforos apagados, motoristas apreensivos, uma loucura total.

Compreende-se que o equipamento possa dar defeito, mas a Secretaria de Trânsito teria a obrigação de, imediatamente, enviar seus agentes para organizar o tráfego. Nos dois horários em que o PIMENTA esteve no cruzamento, não havia nenhum preposto da Settrans para livrar os transeuntes do sufoco.

CONFUSÃO NO TRÂNSITO

FALTA CONSERVAÇÃO: Este caminhão, de uma empresa que fabrica utilidades domésticas, deixou o trânsito interditado na tarde desta quarta-feira, 23, após cair em um buraco no meio de uma das transversais da Rua Bento Berilo, centro de Ilhéus

PLACAS DOS VEÍCULOS SOFREM MUDANÇA

 

O Diário Oficial da União publica nesta quarta-feira, 23, novas regras para o emplacamento de veículos. A norma altera disposições do artigo 231, de 15 de março de 2007, modificando as dimensões das placas e determinando que estas sejam confeccionadas com película refletiva.

Para saber todas as mudanças, clique AQUI

MP DENUNCIA ATROPELADOR DE CICLISTAS POR 17 TENTATIVAS DE HOMICÍDIO

Do G1:

O funcionário público Ricardo Neis, que atropelou um grupo de ciclistas em Porto Alegre, foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público nesta segunda-feira (21). Ele pode responder por 17 tentativas de homicídio triplamente qualificadas (motivo fútil, mediante meio que resultou em perigo comum e mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas).

Neis atropelou os ciclistas em 25 de fevereiro. Desde 11 de março, ele está preso no Presídio Central de Porto Alegre por decisão da juíza Rosane Ramos de Oliveira Michels, da 1ª Vara de Porto Alegre. A juíza determinou a prisão de Neis após receber o laudo realizado pelo Instituto Psiquiátrico Forense que mostra que o motorista “não teve doença diagnosticada”.

Na denúncia do Ministério Público, os ciclistas foram salvos pelo fato de estarem usando equipamentos de segurança e pelo pronto atendimento recebido.

Veja imagens da tentativa de homicídio:

NÃO AO GOVERNO E SIM AOS PARDAIS

Newton: "mal na fita"

As entrevistas realizadas pela empresa Compasso nesta quarta-feira, 16, e ontem (17) apontaram alto índice de rejeição ao governo Newton Lima. Para 82,3% das 602 pessoas entrevistadas, a administração é classificada como ruim ou péssima. O percentual de moradores que consideram a gestão regular é de 12,8%, ao passo que 4,3% a veem boa ou ótima. Diante da pergunta dos entrevistadores sobre a avaliação do governo, 0,7% das pessoas consultadas responderam que não saberiam opinar.

O mais curioso é que os chamados “pardais”, que estão gerando uma overdose de multas de trânsito na cidade, surpreendem com uma boa margem de aprovação na pesquisa. Nada menos que 72,8% dos entrevistados acham a fiscalização eletrônica do limite de velocidade “boa ou ótima”, não se importando com as críticas de que o sistema foi implantado sem estrita obediência às regras do Conselho Nacional de Trânsito e, por isso, está resultando em uma série de recursos contra as multas emitidas.

Leia também:

EXCLUSIVO: PESQUISA APONTA 83,1% DE APROVAÇÃO AO PORTO SUL

 

DONOS DA RUA

É frequente uma transportadora situada na Rua 1 do Loteamento Jardim Grapiúna (a rua do JG Hotel), em Itabuna, interditar o trânsito para carregar seus caminhões. A passagem de veículos fica impossível pelo local durante o longo tempo em que são feitos os carregamentos. Quem se incomoda não tem outro recurso senão procurar outra rua para passar.

O caso exige ação urgente da Secretaria Municipal de Trânsito.

FÁBRICA DE DINHEIRO

Pela quantidade de multas que vêm sendo geradas pela fiscalização eletrônica de velocidade em Ilhéus, é possível que em breve todos os problemas financeiros da prefeitura local sejam resolvidos. A coisa, de fato, é escandalosa, e os motoristas continuam se queixando da precária sinalização nas avenidas onde os radares estão instalados.

As principais reclamações são de que a divulgação anterior à implantação do sistema foi insuficiente, as placas que informam sobre a presença dos radares são pequenas e não há sinalização horizontal que indique a presença dos aparelhos.

Para os incautos, os radares ficam nas avenidas Itabuna (cruzamento próximo ao Gabriela Center), Proclamação (imediações da antiga sede da Caerc) e Lomanto Júnior (logo após a ponte que liga o centro da cidade à zona sul).

Este blog deixa claro que não é contra o estabelecimento de um rigoroso controle de velocidade no trânsito, mas sugere que isso seja feito conforme determina a lei. O objetivo, antes de tudo, deve ser educar e não transformar a fiscalização em uma “mina de ouro”.

UM ANO DE IMPUNIDADE EM ILHÉUS

Regiane e Fernando foram vítimas da irresponsabilidade no trânsito

As mortes trágicas dos jovens Regiane Vitório e José Fernando Bispo completam um ano nesta segunda-feira, dia 14. Ambos perderam a vida em um acidente provocado por motoristas que participavam de um “racha” na Avenida Lomanto Júnior, em Ilhéus.

Regiane havia ido até o espaço Boca du Mar para buscar o namorado. Quando saía do local, o Volkswagen Gol que conduzia foi atingido por uma picape GM Montana, dirigida em alta velocidade por Adriano Barreto.

Barreto e Thadeu Oliveira, outro envolvido no “racha”, foram indiciados por homicídio. Os dois se encontram em liberdade, sendo que Thadeu está foragido.

Amigos de Regiane fizeram panfletagem neste sábado, 12, no centro de Ilhéus, protestando contra a impunidade dos responsáveis pelas mortes dos dois jovens. Na terça-feira, 15, às 18 horas, será celebrada uma missa em memória das vítimas na Catedral de São Sebastião.

VÍTIMAS DE ACIDENTE FORAM SEPULTADAS HOJE EM ITABUNA

Duas das quatro vítimas do acidente ocorrido neste sábado, 12, no quilômetro 677 da BR-101, em Itagimirim, foram sepultadas na tarde deste domingo, em Itabuna. Amigos e familiares de Paulo Laerte Nascimento e de Celso Leitão, inclusive um grande número de fiéis da Igreja Adventista do 7º Dia, acompanharam a despedida.

A adolescente Tamile Canuto, que também era membro da Igreja Adventista, teve o corpo embalsamado. O sepultamento provavelmente ocorrerá em Aracaju-SE, cidade natal da jovem.

Os pais de Tamile, Hélio Joaquim Nascimento e Celsa Canuto, que sobreviveram ao acidente, permanecem internados em Itabuna, mas não correm risco de morte. Hélio será submetido a uma cirurgia para a reconstituição da face.

O sentimento na comunidade adventista de Itabuna é de consternação. Paulo Laerte era diretor financeiro da Associação Bahia Sul, que administra as igrejas adventistas do sul, extremo-sul e sudoeste da Bahia. Tamile, que tinha 12 anos, era aluna da escola. A mãe, Celsa Canuto, mudou-se há pouco tempo para Itabuna para dar aulas no mesmo estabelecimento de ensino.

O Colégio Adventista não funcionará nesta segunda-feira, 14.

O MOTO-TÁXI JÁ PODE SER REGULAMENTADO

Allah Góes | allah.goes@hotmail.com

A regulamentação do serviço, além de permitir que diversos pais de família saiam da ilegalidade, e não sejam mais vistos como “aviões do tráfico”, também possibilitará que a população seja atendida por pessoas capacitadas.

Agora que já se sabe quem de fato é o presidente do legislativo itabunense, vez que o vereador Ruy Machado venceu a guerra que travava com Roberto de Souza, pode muito bem a Câmara de Vereadores retornar ao seu principal papel, que é legislar.

O tempo que se perdeu para se saber quem de fato manda fez com que se deixasse de analisar e votar projetos com a devida atenção, razão pela qual se aprovou o novo Código Tributário da forma como ocorreu, com distorções que tornam a sua aplicação, além de inviável, danosa ao comercio local.

Assim como se deixou de analisar corretamente o Código Tributário, deixa-se, por exemplo, de se discutir a questão da regularização do serviço de moto-táxi. Um serviço que de fato existe, mas que ainda é por aqui uma atividade ilegal, coisa bem diferente do que acontece em cidades como Feira de Santana, Jequié e Santo Antônio de Jesus, que já regulamentaram a matéria.

O aprofundamento da discussão sobre a regulamentação é possível desde o dia 18 de junho de 2010, data em que foi publicada a Resolução 350 do CONTRAN, que regulamenta a Lei nº 12.009/09. Juntos, os dois dispositivos disciplinam o exercício das atividades dos profissionais em transporte de passageiros, “moto-taxista” e “motoboy”, além de dispor sobre as regras de segurança dos serviços de transporte em motocicletas e motonetas (moto-frete).

Desse modo, abriu-se a possibilidade de regulamentação da atividade profissional de transporte de passageiros, através de motos, o chamado “moto-taxi”, desde junho passado, oportunizando-se ao poder público municipal os meios necessários para fiscalizar e exigir que somente aqueles capacitados possam transportar passageiros.

Como se vê, a nossa Câmara já pode discutir a regulamentação de um serviço que hoje ocorre sem qualquer tipo de fiscalização ou segurança e, ao transportar milhares de itabunenses por dia, põe em risco a vida e a integridade física da população.

Vale lembrar que o motociclista, assim que houver a regulamentação da lei municipal, somente ficará habilitado para exercer as profissões de moto-boy, moto-taxista e moto-frete, depois de aprovado em curso feito pelo Detran, que será disponibilizado até o final do ano.

A regulamentação do serviço, além de permitir que diversos pais de família saiam da ilegalidade, e não sejam mais vistos como “aviões do tráfico”, também possibilitará que a população seja atendida por pessoas capacitadas e preparadas para o transporte, o que hoje não ocorre.

A discussão deve ser aberta também à participação dos taxisitas, oportunidade em que se poderá desmistificar a história de que “o moto-táxi acaba com o táxi, pois tira seus clientes”, mostrando-se que há mercado para todos, desde que haja regulamentação e controle.

Com a palavra a Câmara Municipal, que é o único órgão competente para a análise, discussão e regulamentação desta atividade no município, e que pode transformar o moto-táxi, que emprega muitos pais de família e é utilizado por uma grande parcela dos itabunenses, num serviço legal, que gere dividentos ao município e que não prejudique a comunidade.

Allah Góes é advogado municipalista.

DÚVIDA ATROZ

Por que as placas que informam o limite de velocidade (50 km) nos trechos onde a Prefeitura de Ilhéus instalou fiscalização eletrônica (“pardais”) são bem menores que as outras placas de trânsito? E por que, diferentemente do que ocorre em outras cidades, em Ilhéus não existe sinalização horizontal para avisar os motoristas sobre aquele limite?

É impressão deste blog, ou a vontade de multar (e arrecadar) é infinitamente superior ao desejo de ordenar e estabelecer um trânsito mais harmonioso e respeitoso?

Com a palavra, a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia