WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘trânsito’

NO ALTO, PARDAL. EMBAIXO, BURACO

A diligência da Prefeitura de Ilhéus para multar os motoristas contratasta com a displicência no que se refere ao cuidado com as ruas, onde tem buraco até perder de vista. Um dos maiores fica exatamente embaixo do “pardal” da Avenida Itabuna, onde quem vem no sentido rodoviária – centro  corre o risco de detornar pneu e suspensão (além do perigo de  acidente) se cair na cratera.

Bem que os vultosos recursos auferidos com as multas, ou pelo menos parte deles, poderiam ser destinados à manutenção das ruas. Porém, infelizmente, é um dinheiro que ninguém sabe para onde vai…

QUE FIGURAÇA O INSPETOR MEIRELLES!

Olha só o exemplo pescado pelo jornalista e escritor Antônio Lopes (Ousarme Citoaian):

CONSTRUÇÃO DA PONTE COMEÇA ESTE ANO

O trânsito na região do Pontal, em Ilhéus, segue lento e congestionado, mas o governador Jaques Wagner afirma que o projeto da nova ponte entre o bairro da zona sul e a região central da cidade se encontra acelerado. A promessa do governador é de que as obras terão início no segundo semestre.

Wagner firmou esse compromisso durante audiência em que recebeu, na terça-feira, 17, o prefeito Newton Lima, acompanhado por secretários municipais e pelos deputados petistas Josias Gomes e Geraldo Simões (federais), Rosemberg Pinto e Fátima Nunes (estaduais).

A nova ponte será construída entre o Morro de Pernambuco, onde fica o bairro de Nova Brasília, e a Praia do Cristo. Essa obra é apontada como a solução para os frequentes enfarrafamentos na Avenida Lomanto Júnior.

É UMA BAGUNÇA MESMO

Em sua coluna no jornal Agora, a jornalista Maria Antonieta faz justíssima crítica à (falta de) gestão do trânsito em Itabuna. Destaca principalmente a ausência de estacionamento para motocicletas, cujo número aumenta a uma velocidade assustadora.

Por falta de outro espaço, e alguns porque são folgados mesmo, os motociclistas estacionam em qualquer lugar, chegando a ocupar toda uma vaga que seria para um carro.

– O absurdo é cometido às vistas dos “coitadinhos” dos guardas, que não controlam nada – registra a colunista, que também chama atenção para a situação da Beira-Rio (Avenida Firmino Alves), onde quem manda são os “guardadores”  de carro, que inclusive orientam os motoristas a formar fila dupla enquanto não aparece uma vaga.

Como se diz, é um “mangue”.

ACIDENTES DE TRÂNSITO DEIXAM CADA VEZ MAIS INVÁLIDOS

Motos respondem pela grande maioria dos casos

Da Folha.com

Casos de invalidez permanente entre trabalhadores vítimas de acidentes de trânsito se multiplicaram por quase cinco entre 2005 e 2010, passando de 31 mil para 152 mil por ano, informa reportagem de Érica Fraga e Paulo Muzzolon publicada na Folha desta terça-feira.

A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Nos primeiros nove meses de 2011, houve novo aumento de 52%, para 166 mil, segundo números do DPVAT, seguro obrigatório pago por proprietários de automóveis.

Os dados revelam que a maioria dos acidentados –mais de 70% dos casos em 2011– usava moto e está em plena idade economicamente ativa (entre 18 e 44 anos).

O quadro preocupa a Previdência Social, que teme ter de arcar com os custos de uma geração de jovens aposentados por incapacidade.

“O que mais tem crescido é a concessão de aposentadoria por invalidez devido a acidentes com motos”, diz Leonardo Rolim, secretário de Políticas de Previdência.

Projeções apontam que o INSS gastou R$ 8,6 bilhões com benefícios gerados por acidentes de trânsito. A cifra representa 3,1% de todas as despesas previdenciárias.

MINISTRO VAI PARA A ESCOLINHA DO DETRAN

LENTIDÃO NA VOLTA DA PRAIA

Congestionamento na ponte do Pontal exigiu muita paciência (foto Pimenta)

O motorista que deixou para voltar de Ilhéus para Itabuna nesta noite de domingo, 8, enfrentou lentidão em vários trechos.

Quem veio da zona sul precisou de paciência devido ao tráfego gerado pela festa da Puxada do Mastro de São Sebastião em Olivença. Houve congestionamento na BA-001, principalmente no trecho próximo à cabeceira da pista do aeroporto Jorge Amado.

Na avenida Lomanto Júnior, no Pontal, mais engarrafamento. Por volta das 19 horas, eram necessários pelo menos 15 minutos para se percorrer o trecho de aproximadamente três quilômetros, até a ponte que liga o bairro ao centro de Ilhéus. O trânsito seguia a passos de cágado do outro lado, até a praça Cairu.

O mesmo sofrimento continuou na rodovia Ilhéus – Itabuna, onde filas enormes se formaram em diversos pontos. Nas imediações do posto da Polícia Rodoviária Estadual, o problema se agravava devido aos dois quebra-molas que foram instalados em frente ao posto, gerando “paradões” de até um quilômetro.

Os tais quebra-molas, aliás, são absolutamente desnecessários e obrigam os motoristas a trafegar a menos de 20 quilômetros por hora num trecho onde a velocidade permitida é de 40 quilômetros. Estão mais propensos a causar acidentes do que a servir de alguma forma ao objetivo de ordenar o trânsito.

FAÇA O QUE EU MANDO…

A Secretaria de Trânsito de Itabuna é ligeira na hora de multar quem comete infração de trânsito, mas seus próprios agentes não dão bom exemplo. Nesta quinta-feira, 5, uma viatura da Setran encontrava-se estacionada em local proibido, bem embaixo de uma placa que informava sobre o impedimento. Na tabuleta, há o aviso de que o veículo deixado ali está “sujeito a guincho”.

Um cidadão diz ter tentado acionar o reboque, mas este não apareceu. Ironicamente, o leitor pergunta: “por que será que não veio?”.

A FALTA DE ESTACIONAMENTO EM ITABUNA

Estacionamento particular no centro de Itabuna: necessário, mas ainda uma raridade (foto Pimenta)

Dados do Detran indicam que Itabuna tem aproximadamente 53 mil veículos emplacados. E  o número de vagas de estacionamento é inferior a 10% da quantidade de carros e motos com placa da cidade.

Essa disparidade é responsável pelo sufoco enfrentado pelos motoristas para deixar o carro em algum ponto do centro de Itabuna. Tarefa que demanda tempo, paciência e aconselha o uso do transporte público, apesar de sua precariedade, ou de um táxi.

Agrava o problema o fato de que praticamente não existem estacionamentos particulares na cidade, embora esse tipo de serviço já comece aos poucos a ser oferecido. Um foi recentemente instalado na rua Miguel Calmon, mas tem apenas dez vagas, cobrando a partir de R$ 3,00 por hora.

Há também dificuldade de encontrar terrenos para a construção de estacionamentos privados, principalmente no estrangulado centro de Itabuna. Enquanto isso, uma média de 400 carros são emplacados por mês na cidade…

Uma verdadeira bomba-relógio!

BURAQUEIRA NO CENTRO DE ITABUNA

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Itabuna pode aproveitar a retomada dos serviços de urbanização do loteamento Ruffo Cunha para providenciar uma operação tapa-buracos naquelas imediações.

Por exemplo, a travessa Ilhéus, onde fica a Delicatessen Pão de Mel, está uma buraqueira só. Quem segue para a ponte Calixto Midlej, trafegando pela rua Maria Olívia Rebouças, também precisa encarar algumas crateras que, se o motorista for desavisado, podem custar sérios prejuízos aos pneus e suspensão do veículo.

Outra rua abandonada, já com mais de um registro no PIMENTA, é a Armando Freire, que liga a avenida Ilhéus à Juracy Magalhães. Essa, realmente, parece estar fora do mapa da Sedur, tamanho o descaso de que é vítima.

AGENTES DE TRÂNSITO PARAM EM PROTESTO

Valério Bomfim diz que agressões a agentes de trânsito são comuns

Agentes de trânsito de toda a Bahia paralisaram as atividades nesta segunda-feira, 19, em protesto contra o assassinato do colega Gilmar Moreira Santos, de 35 anos, ocorrido no último sábado, em Vitória da Conquista, sudoeste do Estado. Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito da Bahia, Valério Bomfim, a paralisação, com adesão nas principais cidades do interior do Estado, tem como finalidade chamar atenção da sociedade e do poder público para a situação de insegurança enfrentada pelos trabalhadores da categoria.

Bomfim afirma que o caso de Vitória da Conquista não é um fato isolado. “Diariamente, agentes de trânsito de todo o Estado são vítimas de ofensas verbais e agressões físicas”, diz o representante, salientando que somente na polícia de Ilhéus há pelo menos 200 Termos Circunstanciados abertos em função de ataques contra agentes.

O próprio Bomfim relata que foi vítima de uma tentativa de homicídio na última semana, quando um motoboy multado por ele tentou atingi-lo com um paralelepípedo. O caso felizmente não teve maiores consequências, mas resultou em mais um registro na delegacia.

A paralisação atinge todos os serviços relacionados à fiscalização de trânsito, estando mantido somente o trabalho de registro de ocorrências.

CAMINHÃO CAI NO CANAL EM ITABUNA

Depois de muita lambança, caminhão despencou no canal (foto Radar)

Susto na manhã desta sexta-feira, 2, em Itabuna. Um caminhão desgovernado que trafegava nas imediações da rodoviária invadiu a contramão na Avenida Amélia Amado, bateu em quatro veículos e acabou caindo dentro do canal do Lavapés, onde a Prefeitura realiza obras de macrodrenagem.

De acordo com o site Radar Notícias, o caminhão era conduzido por Genival Santos, de 54 anos. Ele contou que já no viaduto próximo ao Hospital de Base o veículo apresentou problemas que impediram a redução da marcha. “Foi Deus que nos protegeu”, acredita o caminhoneiro, que só não conseguiu evitar a colisão com outros carros menores.

Um dos veículos atingidos pelo caminhão era um Fiat Uno conduzido pelo médico Wilson Teles, que, ao sofrer o impacto, acabou rodando na pista e derrubando um poste.

Genival, um carona e o condutor de um Fiorino também atingido pelo caminhão foram levados para o Hospital de Base com ferimentos leves, mas passam bem.

AMÉLIA AMADO “TRAVOU”

A prefeitura deve pensar numa alternativa de tráfego à avenida Amélia Amado, enquanto não conclui a obra de cobertura do canal Lava-Pés. A foto acima foi clicada às 10h30min da manhã desta quarta e o cenário era este: avenida travada. O caos é ainda maior na faixa das 12h e das 18h, momentos de pico, pois trata-se de um dos principais corredores urbanos. Como a previsão mais otimista de conclusão da obra é fevereiro do próximo ano, seria bom a prefeitura se mexer.

CAMINHÃO DE BLOCOS FAZ BAGACEIRA EM ITAPETINGA

Caminhão desceu a ladeira desgovernado (foto Tiago Bottino/Itapetinga Agora)

Não ficou bloco sobre bloco. Nesta sexta-feira, 7, dois homens descarregavam blocos numa obra em Itapetinga, sudoeste da Bahia, quando o caminhão desceu a ladeira desgovernado, destruindo uma casa e dois carros.

Segundo a Coordenadoria Municipal de Trânsito, o acidente aconteceu depois que os homens que retiravam os blocos  pediram que o motorista deslocasse o veículo para uma posição que facilitaria o descarregamento. Durante a manobra, o condutor acabou perdendo o controle do caminhão.

Os dois homens que descarregavam os blocos sofreram ferimentos leves e o motorista saiu ileso, fugindo do local depois de quebrar tudo.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia