jardim das hortensias


maio 2016
D S T Q Q S S
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias


:: ‘Uesc’

RESTAURANTE DA UESC SUSPENDE ATIVIDADES POR FALTA DE ÁGUA

Restaurante da Uesc não abre por falta de água (Foto DCE Uesc).

Restaurante da Uesc não abre por falta de água (Foto DCE Uesc).

O racionamento de água que atinge boa parte dos ilheenses causa transtornos também na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Com os reservatórios vazios, a administração do Restaurante Universitário (RU) avisou aos estudantes que não vai funcionar nesta terça-feira (3).

O RU é o preferido dos universitários por oferecer café, almoço e jantar com preço abaixo da média, por ser subsidiado pela universidade.

Com o fechamento temporário hoje, os estudantes já reclamam. No entanto, como não há previsão do fim do racionamento, não vai ser difícil ver o restaurante de portas fechadas nos próximos meses.

Na semana passada, a Embasa anunciou que ampliaria o número de bairros atingidos pelo racionamento, que somente terá fim com a melhora do nível nos mananciais que abastecem os reservatórios de Ilhéus. O abastecimento de água tem ocorrido em dias alternados na cidade.

MEC DEFINE CURSOS QUE SERÃO AVALIADOS NO ENADE 2016

Uesc terá cursos avaliados no Enade em 2016.

Uesc terá seis cursos avaliados no Enade em 2016.


O Ministério da Educação (MEC) publicou, no Diário Oficial da União, as regras para o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), em 2016. O Enade será aplicado no dia 20 de novembro.

Segundo o MEC, o Enade deste ano servirá para avaliar o desempenho dos estudantes dos cursos de bacharel em agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social e zootecnia.

A prova também será feita por estudantes dos cursos de tecnólogo nas áreas de agronegócio, estética e cosmética, gestão ambiental, gestão hospitalar e radiologia.

O objetivo do exame é avaliar o conhecimento dos estudantes do último ano dos cursos de graduação sobre o conteúdo programático, suas habilidades e competências.

O resultado é usado para compor índices que medem a qualidade de cursos e instituições de ensino superior. Os estudantes devem fazer o Enade para obter o diploma, no entanto, não existe um desempenho obrigatório aos alunos.

UESC: ÂNGELA É BARRADA NA POSSE DE ADÉLIA

angela sousaA deputada estadual Ângela Sousa (PSD) foi barrada na solenidade de posse da reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, nesta noite de quarta (3).

A parlamentar tentou usar da prerrogativa do cargo, mas não conseguiu ter acesso à sala reservada às autoridades. O cerimonial do evento não tomou conhecimento. Restou a ela ficar na plateia.

Para completar o vexame, a deputada também não foi chamada para compor a mesa da solenidade. Do evento de posse de Adélia e do vice-reitor, Evandro Freire, participaram autoridades como o deputado federal Davidson Magalhães e o vice-governador João Leão, que representou Rui Costa.

HOJE É ÚLTIMO DIA DE INSCRIÇÕES NO SISU

UFSB oferece 480 vagas pelo Sisu nesta edição (Foto Gabriel Oliveira).

Uesc oferece mais de 1,6 mil vagas e UFSB (imagem acima) tem 480 vagas pelo Sisu (Foto Gabriel Oliveira).

Hoje (14) é o último dia para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O sistema receberá inscrições até as 23h59, no horário de Brasília. Até a noite de ontem (13), 2.217.738 estudantes haviam feito a inscrição, segundo o último balanço do Ministério da Educação (MEC).

Pode se inscrever o estudante que participou da edição de 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obteve nota acima de 0 na prova de redação. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem.

As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, no site do Sisu. Nesta edição, são ofertadas 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior.

O resultado da chamada regular será divulgado no dia 18 de janeiro. Os selecionados deverão fazer a matrícula na instituição nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Assim como na edição anterior, só haverá uma chamada regular. AB.

CURSOS DE DIREITO DA UESC E DA UESB RECEBEM SELO DE QUALIDADE DA OAB

OAB concede selo de qualidade ao curso de Direito da Uesc (Foto Robson Duarte).

OAB concede selo de qualidade ao curso de Direito da Uesc (Foto Robson Duarte).

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai entregar nesta quarta-feira (13) um selo de qualidade aos cursos de direito que são recomendados pela entidade. Dos 139 cursos contemplados no Brasil, nove estão na Bahia. Em Salvador, integram a publicação a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), a Faculdade Baiana de Direito e Gestão, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Universidade Salvador – Unifacs.

No interior foram recomendados os cursos da Uneb de Juazeiro, da Faculdade Nobre de Feira de Santana (FAN), da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Os 139 cursos recomendados em todo o país, representa aproximadamente 10% dos mais de 1.300 que existem no Brasil. O selo de qualidade é atualizado a cada três anos e tem como critérios de avaliação os índices de aprovação no Exame de Ordem Unificado e de aprovação no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes).

“O Selo de Qualidade OAB Recomenda é uma forma de estimular a qualidade do ensino jurídico do Brasil, um convite a que as demais faculdades possam também ingressar nesse seleto time de bons índices de aprovações nos exames”, explica o presidente nacional da Ordem, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. Com informações do Bahia Notícias e OAB Brasil.

SISU ABRE INSCRIÇÕES COM MAIS DE 2,1 MIL VAGAS NA UESC E UFSB

Uesc oferece mais de 1,6 mil vagas pelo Sisu em 2015.

Uesc oferece mais de 1,6 mil vagas pelo Sisu em 2015.

Começaram hoje (11) e seguem até a quinta (14) as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). São mais de 228 mil vagas em universidades e institutos federais em todo o país.

No eixo Ilhéus-Itabuna, são quase 2 mil vagas nas universidades Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Federal do Sul da Bahia (UFSB), além do Instituto Federal Baiano (IF Baiano), em Uruçuca.

As inscrições são feitas somente pela internet, no site do Sisu, e podem concorrer às vagas quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e não zerou a prova de redação.

A Uesc oferece 1.676 vagas para os seus cursos de graduação, dentre os quais vários nas áreas de Engenharias, e os mais disputados, como Medicina e Direito.

A UFSB oferece vagas em cursos de licenciatura e bacharelados interdisciplinares em Itabuna, assim como Porto Seguro e Teixeira de Freitas. Para este semestre, são 480 vagas nos três campi.

O resultado da chamada regular do Sisu sairá no dia 18, com matrículas devendo ser efetivadas no período de 22 a 26 de janeiro.

UESC E UFSB OFERECEM 2,1 MIL VAGAS PELO SISU

UFSB oferece 480 vagas pelo Sisu nesta edição (Foto Gabriel Oliveira).

UFSB oferece 480 vagas pelo Sisu nesta edição (Foto Gabriel Oliveira).

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) oferecerão total de 2.156 vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições começam na próxima segunda (11) e encerram-se no dia 14.

A maior oferta de vagas é da Uesc. São 1.676 para os mais de 30 cursos de graduação. Dentre as opções de cursos, os mais concorridos são Medicina e Direito.

Já a UFSB, que possui campi em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, oferta 480 vagas para licenciatura e bacharelados interdisciplinares. Os bacharelados oferecem, após período de formação geral, vagas em cursos como Medicina, Engenharia Sanitária e Ambiental e Direito (confira aqui).

O resultado da primeira chamada sairá no dia 18. Antes da abertura das inscrições, o Ministério da Educação divulgará, na sexta (8), as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015.

O Sisu oferece mais de 13 mil vagas em em faculdades públicas em toda a Bahia, sendo 4.442 delas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), 1.490 pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e 1.455 pela Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). Confira todas as vagas disponíveis clicando aqui.

INSCRIÇÕES NO SISU COMEÇAM DIA 11

Uesc utiliza o Sisu para o ingresso em cursos de graduação (Foto Robson Duarte).

Uesc utiliza o Sisu para o ingresso em cursos de graduação (Foto Robson Duarte).

As inscrições para a primeira edição de 2016 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam no dia 11 de janeiro e ficam abertas até as 23h59min do dia 14 de janeiro, no horário de Brasília. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet no site do Sisu. O resultado da chamada regular será divulgado no dia 18 de janeiro. O edital desta edição do Sisu está publicado no Diário Oficial da União de hoje (30).

Pode se inscrever o estudante que participou da edição de 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obteve nota acima de 0 na prova de redação. Ao se inscrever no Sisu, o participante pode escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência. É possível mudar essas opções durante todo o período de inscrição.

O candidato também precisa definir se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às reservadas à lei federal de cotas ou àquelas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições de ensino superior.

Os selecionados deverão fazer a matrícula na instituição nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Assim como na edição anterior, só haverá uma chamada regular.

Os estudantes não selecionados podem aderir à lista de espera que estará disponível na página do Sisu na internet de 18 de janeiro até as 23h59min do dia 29. O interessado só pode se inscrever na lista de espera para o curso que marcou como primeira opção na inscrição.

Por meio do Sisu, os estudantes participantes do Enem concorrem a vagas de ensino superior em instituições públicas. As notas do Enem serão divulgadas no dia 8 de janeiro, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Da Agência Brasil.

PROFESSORES DA UESC PARAM NESTA TERÇA

Uesc tem nova paralisação de docentes (Foto Robson Duarte).

Uesc tem nova paralisação de docentes (Foto Robson Duarte).

Docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) decidiram paralisar as atividades nesta terça (1º) e realizar ato público contra o que chamam de “duros ataques do governo Rui Costa (PT) às universidades públicas e aos direitos trabalhistas”.

Nesta terça, serão realizados na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) audiência pública e um ato unificado das quatro Universidades Estaduais da Bahia (UEBAs) contra o decreto nº 16.417/15 e o corte do adicional de insalubridade na folha de novembro.

A diretoria da Associação dos Docentes da Uesc (Adusc) advertiu a categoria quanto à redução sucessiva dos orçamentos referentes à manutenção, custeio e investimento das universidades.

Segundo a diretoria da Adusc, a previsão orçamentária para 2016 na Lei Orçamentária Anual (LOA) também não atende a demanda das instituições, somando com as perdas impostas desde 2013, um déficit de R$ 73 milhões.

Na Uesc, aponta a associação, o problema se expressa na deficiência de laboratórios e equipamentos dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção, por exemplo.

:: LEIA MAIS »

MEU PROFESSOR

Felipe-de-PaulaFelipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

 

Algumas perguntas passaram pela minha cabeça, mas mesmo encontrando todas as respostas nenhuma poderia se comparar com a minha descoberta: – Meu professor comia acarajé!

 

Não sei se alguém já escreveu uma crônica sobre seu professor. Aliás, nem sei se isso é uma crônica. Apenas me senti tentado a escrever sobre essa figura de incrível unicidade que era o meu professor, ainda mais depois da incrível descoberta que tive na época da graduação: – Meu professor comia acarajé!

Não que o fato de comer acarajé seja algo fora do comum, mas dificilmente se imagina alguém como meu professor sentado em uma praça se deliciando com essa apimentada iguaria baiana. Aquela figura com um pequeno déficit de tecido adiposo, com os cabelos levemente escassos na testa, porém com volume na parte de trás da cabeça. Meu professor, sempre com seus óculos contornando seus olhos arregalados, sempre com camisas e calças que realçam seu “fino” porte físico. Ah! E sempre também com sua voz pausada, de fala elaborada, que em uma aula mais longa sempre provocaram sono em alguns (para não dizer todos) alunos.

Meu professor, que figura aquela! Esse homem que tinha no seu vocabulário algumas palavras do “informatiquês”. Sempre dizendo que as pessoas necessitam se “formatar”, as pessoas são “editadas”, ou até mesmo “deletadas”. Talvez, se dependesse da vontade do meu professor, uma comunidade vizinha à Universidade seria toda ela “deletada”.

Aquele meu professor que tinha mania de prever inovações do futuro, meu professor, que cheguei a imaginar que seria um androide que dava aula e em seguida era guardado no depósito da Universidade sendo acionado sempre que se fizesse necessária nova aula. Esse sujeito esfíngico que jamais imaginei ver realizando o ato de comer acarajé. Você pode achar estranha minha surpresa, mas, se você pudesse conhecer meu professor, também se espantaria com essa revelação: – Meu professor comia acarajé!

Após presenciar essa maravilhosa cena juntamente com minha então namorada, hoje esposa, ficamos os dois imaginando um pouco da vida do meu professor. Onde moraria? Com quem moraria? O que fazia para se divertir? Gostava de música? Que tipo? Essas foram algumas das perguntas que passaram pela minha cabeça, mas mesmo encontrando todas essas respostas nenhuma poderia se comparar com a minha descoberta: – Meu professor comia acarajé!

Ver aquela figura degustar seu acarajé acompanhado de uma Coca-Cola (obs.: Ele até arrotou quando bebeu!!!!) foi um momento que eu sabia que ficaria – e ficou – em minha memória por um longo tempo.

Mas não faça uma imagem ruim do meu professor. Ele pode ser diferente, mas é boa pessoa. Porém, sei que ainda chegará o dia em que revelarei uma grande história à minha filha: – O meu professor comia acarajé.

Felipe de Paula é professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

REITORA DA UESC REELEITA COM 85% DOS VOTOS

Adélia Pinheiro obteve média de votos superior a 85,6% no pleito ocorrido ontem.

Adélia Pinheiro obteve média de votos superior a 85,6% no pleito ocorrido ontem.

Adélia Pinheiro foi reeleita reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), nesta quarta (25), com média superior a 85% dos votos, de acordo com resultado divulgado pela Comissão Eleitoral.

A reitora conseguiu obter 89% dos votos entre estudantes, 86% entre docentes e 82% dos servidores técnicos administrativos. O resultado foi divulgado na madrugada desta quinta (26).

Adélia, candidata única, continuará à frente da Uesc até 2020, tendo como vice-reitor o professor Evandro Freire. Cada mandato tem duração de quatro anos. A posse para o segundo período ocorre no início de 2016.

ALUNA DA UESC FATURA DESAFIO UNIVERSITÁRIO EMPREENDEDOR

Larissa Malta, do curso de Engenharia de Produção (Uesc), faturou prêmio (Foto Raul Golinelli).

Larissa Malta, do curso de Engenharia de Produção (Uesc), faturou prêmio (Foto Raul Golinelli).

Uma aluna do 8º semestre de Engenharia da Produção da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) foi a vencedora da etapa baiana do Desafio Universitário Empreendedor, promovido pelo Sebrae. Larissa Mendes Malta foi o destaque da noite, acumulando o maior número de pontos da competição. “Já tinha participado de outras edições, mas neste ciclo competi com foco em ganhar”, declarou.

A premiação ocorreu ontem à noite, no Complexo Hoteleiro Costa do Sauípe. Ao todo, quatro jovens estudantes se destacaram entre os 33 semifinalistas A determinação desde o início está entre as habilidades que ela afirma ter aprimorado com o Desafio, além da capacidade de trabalhar em equipe, a persistência, a criatividade e as competências relacionadas à tomada de decisão.

O segundo colocado, Alan Silva Moura, que cursa o 6º semestre de Administração na Universidade Católica do Salvador (UCSal), revelou que perdeu a conta do número de madrugadas que passou envolvido com o desafio. “É um jogo muito interessante, atraente. Só posso dizer a outros jovens que invistam seu tempo, porque vale a pena vivenciar tudo isso”.

Além da dupla, as universitárias Tamires Silva de Andrade, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), e Bruna dos Santos Brito, do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), respectivamente 3ª e 4ª colocadas, receberam um smartphone e um troféu. Juntos, os quatro formarão a equipe que representará a Bahia na etapa nacional da competição, entre os dias 5 e 7 de dezembro, em Brasília.

:: LEIA MAIS »

RACISMO, INTERNET E COVARDIA

marivalguedes2Marival Guedes | marivalguedes@gmail.com

 

Uma estudante da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) atravessava a Avenida Amélia Amado quando uma motorista, ao invés de reduzir, aumentou a velocidade do veículo. Não satisfeita, berrou: “sai da frente, negra descarada”.

 

Uma das principais notícias da semana foi a queixa registrada em uma delegacia de polícia do Rio de Janeiro pela atriz Taís Araújo, contra autores(as) de comentários racistas na internet.

Ela disse que presta depoimento porque sabe que o seu caso não é isolado, acontece com milhares de outras pessoas negras no país. Tem razão, ainda são, vergonhosamente, vários os casos.

Há poucos dias uma mulher chamou um vendedor de “macaco” no Shopping Barra, em Salvador. A notícia se espalhou rapidamente no local, várias pessoas foram à porta da loja e ela se escondeu num provador. Foi detida pela PM e vaiada.

Aproveito o mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra para relembrar dois fatos já relatados neste blog. Primeiro é a denúncia do ambientalista e artista itabunense Walmir do Carmo, em Londrina, sobre um médico que o ironizou por ser negro.

Walmir chamou a polícia e ele recebeu voz de prisão. O irmão do criminoso reagiu: “era só o que faltava, meu irmão ser preso por causa de um preto”, vociferou sem sequer atentar para o fato de o comandante da PM ser negro. Foi preso.

Em Itabuna uma estudante da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) atravessava a Avenida Amélia Amado quando uma motorista, ao invés de reduzir, aumentou a velocidade do veículo. Não satisfeita, berrou: “sai da frente, negra descarada”.

A vítima, valente militante de esquerda, saiu em disparada para alcançar a agressora e conseguiu no próximo sinal. Aproximou-se ofegante e desferiu um tapa na cara em sincronia com um desabafo: “descarada é você, cachorra vagabunda”.

Voltando ao caso de Tais Araújo, a internet permite que pessoas se escondam atrás do computador, muitas vezes covardemente com perfis falsos ou pseudônimos, para cometer crimes ou ataques mentirosos e desrespeitosos. Talvez não saibam que podem ser desmascarados. E punidos.

Marival Guedes é jornalista e escreve crônicas aos domingos no Pimenta.

UESC PREPARA NOVO CONCURSO

Visão panorâmica do campus Soane Nazaré de AndradeUesc (Foto José Nazal).

Visão panorâmica do campus Soane Nazaré de Andrade (Foto José Nazal).

A reitoria da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) definiu comissão para preparar novo concurso para contratação de técnicos e de analistas universitários.

O último concurso para estas funções ocorreu em 2011, após o de 2010 ser cancelado. 

Antes de lançar edital para candidatos, a universidade fará licitação para definir empresa organizadora do concurso.

ADÉLIA É CANDIDATA ÚNICA À REITORIA DA UESC

Adélia concorrerá sozinha à reeleição.

Adélia concorrerá sozinha à reeleição.

A reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, praticamente assegurou a sua reeleição nesta sexta (6). Repetindo um feito de Renée Albagli, a médica sanitarista concorrerá sozinha a um novo mandato. A eleição está marcada para o próximo dia 25.

A chapa será a mesma com a qual venceu a disputa em 2011, com o professor Evandro Freire como vice-reitor. A campanha começará na próxima segunda (9). A posse para o novo mandato – que tem duração de 4 anos – ocorrerá em 2016.

Renée e Adélia, nesse sentido, tiveram melhor sorte que o ex-reitor e hoje secretário de Planejamento de Ilhéus, Joaquim Bastos, que teve disputas acirradas pelo comando da universidade, dona do terceiro maior orçamento da área pública no sul da Bahia, superada apenas pelas prefeituras de Ilhéus e Itabuna.

CESTA BÁSICA REGISTRA ALTA EM ITABUNA E ILHÉUS

Açúcar foi o vilão dos da cesta básica em outubro.

Açúcar foi o vilão dos da cesta básica em outubro.

O custo da cesta básica teve alta em Itabuna e em Ilhéus, segundo levantamento mensal feito pelo Departamento de Economia da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz).

A maior alta ocorreu em Ilhéus, que saltou de R$ 266,81 para R$ 277,69, reajuste de 4,08%. Em Itabuna, saiu de R$ 260,22, em setembro, para R$262,58, em outubro. Alta de 0,91%.

Os produtos que mais contribuíram para o aumento da cesta básica em Ilhéus foram o açúcar, com alta de 21,74%; banana, 19,03%; arroz, 11,79%; e tomate, com reajuste de 10,45%. O café ficou 1,73% mais barato. A carne, 1,27%, de acordo com a pesquisa da Uesc. O feijão teve baixa de 0,52%.

O açúcar também teve alta considerável em Itabuna (22,28%), de acordo com o levantamento. A banana veio na sequência (10,73%). A farinha ficou 5,69% mais cara. E o arroz teve elevação de 4,96%.

O pãozinho ficou 5,66% mais barato. O preço do café caiu 2,36%. A queda no preço do feijão atingiu 1,66%. O leite teve variação de 0,41%.

SERVIDORES DA UESC FAZEM NOVO PROTESTO

Servidores da Uesc fazem nova paralisação (Foto Pimenta).

Servidores da Uesc fazem nova paralisação (Foto Pimenta).

Funcionários da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) fecharam os portões de acesso ao campus Soane Nazaré de Andrade, hoje, em novo protesto. Os servidores técnico-administrativos cobram reparação de perdas salariais e reajuste do  auxílio alimentação.

os servidores das universidades estaduais estão há mais de 10 anos sem reajuste do tíquete, congelado em R$ 198,00, segundo a Associação de Funcionários da Uesc (Afusc). A pauta é a mesma para as demais estaduais (Uefs, Uesb e Uneb).

Portões foram fechados na parte da manhã (Foto Pimenta).

Portões foram fechados na parte da manhã (Foto Pimenta).

Os funcionários também cobram ampliação do quadro de cargos das carreiras de analistas e técnicos universitários. Assim como os professores, os servidores técnico-administrativos cobram do governo que o orçamento das universidades estaduais tenham orçamento equivalente a 7% das Receitas Líquidas de Impostos.

Os servidores prometem radicalizar nas manifestações para obter resposta do governo baiano, inclusive com bloqueio de rodovia. É o segundo protesto em menos de dez dias. Na semana passada, os portões foram fechados, na parte da manhã.

FUNCIONÁRIOS DA UESC FAZEM PROTESTO

Acessos à Uesc foram bloqueados durante manifestação hoje (Foto Pimenta).

Acessos à Uesc foram bloqueados durante manifestação hoje (Foto Pimenta).

Os funcionários técnico-administrativos da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) fecharam os portões de acesso à instituição, no início da manhã de hoje (14), para pressionar o governo baiano a negociar. A manifestação durou mais de duas horas.

Os funcionários reivindicam reposição salarial, reajuste do auxílio alimentação e ampliação do quadro de cargos das carreiras de analistas e técnicos universitários. A manifestação foi comandada pela Associação de Funcionários da Uesc (Afusc).

Em agosto, os servidores haviam paralisado por uma semana. As negociações não avançaram nos últimos dois meses. Em comunicado, a Afusc reconhece as dificuldades orçamentárias e a crise econômica, mas observa que as reivindicações “são absolutamente legítimas, justas e necessárias”. Manifestações também ocorreram nas demais estaduais (Uesb, Uneb e Uefs).

UESC ABRE INSCRIÇÕES EM CURSO DE GENÉTICA E BIOLOGIA MOLECULAR

Cartaz CIG215 (1)De 5 a 16 de outubro, o Programa de Pós-graduação em Genética e Biologia Molecular (PPGGBM), da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), realiza o IV Curso de Inverno em Genética e Biologia Molecular. A iniciativa tem como público alvo estudantes e graduados das Ciências Biológicas, Agrárias ou áreas afins que tenham interesse em aprofundar seus conhecimentos em pesquisas desta área.

Durante os onze dias de programação, que se dividirão em período para aulas teóricas/práticas e outro para estágio, será possível conhecer as diferentes linhas de pesquisa desenvolvidas no mestrado e doutorado em genética e biologia molecular da Uesc. As inscrições devem ser realizadas até as 23h do dia 25, com o envio do formulário de inscrição – disponível no edital em www.uesc.br, para o email inscrição.cursoinverno2015@gmail.com.

O objetivo do curso é realizar atividades teóricas, práticas e estágio que se relacionam com projetos de pesquisa dos docentes e discentes do PPGGBM. As atividades serão realizadas em período integral durante duas semanas. Serão disponibilizadas 120 vagas para palestras e até 20 vagas para cada minicurso – a depender do critério solicitado pelos ministrantes. Para o estágio, estarão disponíveis até 2 vagas por laboratório, de acordo com lista divulgada em edital.

:: LEIA MAIS »

PROFESSOR DA UESC CRITICA LISTA DA “OPERAÇÃO DEDICAÇÃO EXCLUSIVA”

O professor Gesil Amarante Segundo fez críticas à publicação de lista com nomes de docentes que, no entender da Secretaria Estadual de Administração, estariam acumulando cargos ilegalmente. A lista foi divulgada na edição de hoje do Diário Oficial do Estado.

Gesil é professor com dedicação exclusiva da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e faz parte do Conselho de Inovação da Fapesb (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia).

O docente lembra que a Fapesb é órgão do governo baiano. Ele explica que, por fazer parte do conselho da fundação, participa do trabalho de avaliação de relatórios do Fapesb. Pelo serviço, recebe R$ 200,00 a título de ajuda de custo, valor sobre o qual incidem impostos.

– Por conta desta “fábula de dinheiro”, de atuação prevista no Estatuto do Magistério Superior, a SAEB (Secretaria de Administração do Estado da Bahia) incluiu meu nome e o de outros docentes da UESC nesta “lista de acúmulo ilegal”. É uma vergonha que um órgão do Estado se preste a este serviço, quando poderia facilmente consultar as pessoas ou as instituições, antes de pôr seus nomes na rua.

Para Gesil, “uma ação [a divulgação do acúmulo de cargos] que poderia ser benéfica ao Estado, acaba sendo ela mesmo um atestado de grosseria e incompetência de sua Corregedoria Geral”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia