WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba



bahiagas





novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘Una’

PRESO EM UNA HOMEM ACUSADO DE ESTUPRAR A PRÓPRIA FILHA EM PORTO SEGURO

Jussiê foi capturado em fazenda a mais de 200 quilômetros de Porto Seguro

Policiais militares da 71ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) prenderam, em cumprimento a um mandado judicial, no final da tarde desta terça-feira (5), um homem acusado de estuprar a própria filha na cidade de Porto Seguro. Jussiê Silva Tolentini foi preso em uma fazenda em Una, no sul da Bahia, a mais de 200 quilômetros.

O crime ocorreu na madrugada do mesmo dia e em seguida o acusado, de 35 anos, fugiu para a Fazenda Santa Terezinha, município de Una. Após levantamento de informações, a PM descobriu onde o acusado estava escondido e cumpriu o mandado de prisão preventiva.

Segundo a decisão judicial, a vítima, uma criança de 9 anos, contou o ocorrido para a mãe e a madrasta. O acusado foi apresentado na 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Ilhéus, e apreendido com ele um veículo legalizado com placa de Porto Seguro, um aparelho celular e documentos pessoais. A Polícia Civil investigará o crime.

ILHÉUS E OUTROS 12 MUNICÍPIOS DA REGIÃO AGUARDAM PROFISSIONAIS DO MAIS MÉDICOS

13 municípios do sul da Bahia esperam receber profissionais do Programa Mais Médicos.

Os profissionais aptos a participar do 18º ciclo do Programa Mais Médicos já podem indicar os municípios onde têm interesse em trabalhar. No sul da Bahia, as localidades com vagas disponíveis nesta edição do programa são Canavieiras, Mascote, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ilhéus, Ipiaú, Itacaré, Itajuípe, Itapé, Jussari, Ubatã e Una.

Os municípios do sul da Bahia com maior número de vagas são Jussari (2), Itapé (3) e Ilhéus (4). Acesse aqui a lista de municípios com vagas disponíveis em todo o país.  Os médicos têm até as 12h de segunda-feira (10)  para acessar o site maismedicos.gov.br e fazer suas indicações.

Nesse ciclo estão sendo oferecidas aos médicos 2.149 vagas em 1.130 municípios nos 26 estados do país, além de 13 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIS). O número final de vagas foi estabelecido após os gestores locais confirmarem a quantidade necessária de profissionais para atendimento em suas unidades de saúde.

Caso haja vagas remanescentes da primeira etapa, as oportunidades serão estendidas, em uma segunda fase, aos profissionais brasileiros formados em outros países e que já tenham habilitação para o exercício da Medicina no exterior. Os profissionais interessados em participar do Programa Mais Médicos tiveram entre os dias 27 e 29 de maio para se inscrever.

VILA GALÉ COSTA DO CACAU DEVE ENTRAR EM OPERAÇÃO EM 2021

Rede Vila Galé já possui 9 unidades em todo o país || Foto Divulgação

O Vila Galé Costa do Cacau, em Una, no litoral sul-baiano, deve entrar em operação em 2021, segundo anunciou a maior rede de resorts do Brasil nesta quinta-feira (18) ao divulgar faturamento de R$ 318 milhões no país no ano de 2018. De acordo com o Vila Galé, o resort na Costa do Cacau terá 467 unidades habitacionais e investimento previsto de R$ 150 milhões.

No ano passado, o grupo português havia assinado protocolo de intenções com o governo baiano para a construção e operação do Vila Galé Costa do Cacau. O resort em Una, município vizinho a Ilhéus, vai operar no sistema all inclusive.

Ao divulgar o resultado da rede em todo o exercício de 2018, o Vila Galé também anunciou faturamento de 184 milhões de euros em suas unidades no mundo, o que representa 787,82 milhões de reais. O Brasil respondeu por cerca de 40% do faturamento da rede de hotéis Vila Galé no mundo. A rede possui 23 hotéis em Portugal e 9 no Brasil.

VIÚVA DE DONO DE POUSADA É PRESA ACUSADA DE SER MANDANTE DE CRIME

“Nôca” pode ter sido assassinado a mando da própria esposa

Reviravolta nas investigações da morte do empresário Crispim Gomes de Brito, conhecido como Nôca, assassinado em 3 de dezembro do ano passado, em Itapororoca, município de Una, no sul da Bahia. Hoje, Lícia Ferreira Brasil, foi presa em ação comandada pelo delegado Thiago Almeida ao cumprir mandado de prisão preventiva.

Lícia, esposa da vítima, é apontada como mandante do crime. O Ministério Público Estadual (MP-BA) representou pela prisão de Lícia, após informações apontando a participação da viúva no crime.

Lícia foi presa na Pousada Porto Real, em Comandatuba. De acordo com as investigações, José Cardoso dos Santos, o Pescoço de Frango, de 63 anos, que atacou a vítima quando ela voltava da Cabana, que também era de sua propriedade, para a Pousada Porto Real.

José Cardoso alegou que o ex-patrão não queria lhe pagar dívida do período em que era funcionário da pousada. Pescoço de Frango é conhecido da polícia, acusado de ter sido o motorista do bando que matou o ex-deputado Maurício Cotrim, no extremo-sul do Estado, em 2007. A versão pode ter sido montada pelo criminoso confesso com a viúva de Nôca.

QUATRO ACUSADOS DE TRÁFICO MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA EM UNA

Acusados morrem em confronto com a polícia|| Fotomontagem Vermelhinho

Quatro integrantes de uma quadrilha de traficantes de drogas com envolvimento em roubos, homicídios e ameaças aos moradores morrem em confronto com polícia na terça-feira (27), em Una, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia. Durante a operação denominada de Rede Social, os policiais apreenderam armas e munições.

Polícia apreende armas usadas pelos acusados|| Foto Divulgação

A operação de combate ao tráfico e assalto foi realizada em conjunta entre a Companhia Independente de Polícia Especializado (Cipe/ Cacaueira), 71ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e 6ª Coordenadora Regional de Polícia do Interior (Coorpin) em Itabuna.

De acordo com a polícia, os traficantes conhecidos como Fabinho, Xande, Gajão, e um quarto integrante do bando ainda não identificado, estavam escondidos em um acampamento após participarem do um roubo de um automóvel no dia anterior.Com o grupo, a polícia encontrou uma pistola calibre .40, uma calibre .22, duas espingardas e muita munição dos variados calibres.

A polícia informou que os suspeitos baleados ainda foram socorridos para o Hospital Municipal Frei Silvério,  mas não resistiram. O comandante da Cipe Cacaueira, major PM Sandro Ferreira, disse que novas ações estão sendo realizadas para encontrar outros integrantes da quadrilha. “Fabinho, líder do grupo, tinha mandado de prisão e era  conhecido por ameaçar os cidadãos”, revelou o oficial.

UNA GANHA BASE DA PM; A UNIDADE ATENDERÁ TAMBÉM CANAVIEIRAS E SANTA LUZIA

População de Una ganha base avançada da PM|| Foto Alberto Maraux

A Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e as Rondas Especiais (Rondesp) Sul ganharam, na tarde desta terça-feira (20), uma Base Avançada em Una. A unidade foi construída e equipada por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e a prefeitura local.

Participaram da cerimônia o vice-governador João Leão, o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, o comandante do Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar, coronel Humberto Sturaro, e o prefeito de Una, Tiago de Dejair, entre outras autoridades.

Vice-governador inaugura base avançada da PM Una|| Alberto Maraux

Além do município em que está sediada, a base ampliará as ações ostensivas nas cidades de Santa Luzia e Canavieiras. A estrutura conta com sala de TV, internet, alojamentos e banheiros. “Estamos aqui, consolidando uma parceria que deveria acontecer em outras regiões. A segurança pública é uma obrigação de todos. Com certeza, vamos nos aproximar ainda mais da população, melhorando o atendimento e reforçando o combate à criminalidade”, afirmou o coronel Sturaro.

CORPO DE DONO DE POUSADA MORTO EM COMANDATUBA É SEPULTADO EM ITABUNA

Corpo de empresário morto em Una é sepultado em Itabuna

Foi sepultado na manhã desta terça-feira (5), no cemitério Parque Memorial, em Itabuna, o corpo do empresário Crispim Gomes de Brito, o Nôca, 65 anos. Ele foi assassinado com o tiro no final da tarde de domingo (3), em Comandatuba, no distrito de Una.

O principal suspeito do crime é um ex-funcionário do comerciante itabunense, que era proprietário da Pousada Portal Real, em Una. Um homem identificado pelo prenome de Osvaldo teria praticado  o crime no momento em que Nôca desceu do veículo para abrir a cancela de acesso ao estabelecimento.

De acordo com testemunhas, além de atirar em Nôca, o ex-funcionário sequestrou a mulher do empresário, que foi libertada cerca de seis horas depois, em uma estrada deserta. O comerciante deixou cinco filhos e a viúva. A polícia já ouviu testemunhas, tenta prender o acusado e busca saber a motivação para o crime.  O inquérito é conduzido pelo delegado Tiago Almeida.

DONO DE POUSADA É MORTO EM UNA; EX-FUNCIONÁRIO É PROCURADO PELA POLÍCIA

Dono de pousada é morto em Una

O dono da pousada Porto Real, em Comandatuba, o empresário  Crispim Gomes de Brito, conhecido popularmente como “Nôca”, foi morto numa emboscada no domingo (3), por volta das 17 horas. De acordo com o 3º pelotão da Polícia Militar, os agentes só tomaram conhecimento do  homicídio por volta 2 horas da madrugada desta segunda-feira (4).

Segundo a esposa da vítima, “Nôca” foi surpreendido por um funcionário de prenome Osvaldo, no momento em que desceu do carro para abrir a cancela que dá acesso Cabana da Praia de Itapororoca, no município de Una, onde o família tem estabelecimento comercial.

Empresário foi encontrado morto a poucos metros dessa casa

A mulher contou ainda que, após atirar contra seu esposo,  Osvaldo a levou como refém. Ela informou que foi solta  pelo acusado por volta das 23 horas de domingo. O suspeito de ter cometido o crime está foragido. O departamento de Polícia Civil de Una irá investigar a motivação do crime. Com informações do UnaNews.

ACUSADO DE TRÁFICO NO SUL DA BAHIA MORRE EM CONFRONTO COM PMs EM IBICARAÍ

Dênis comandava “boca de fumo”, segundo polícia || Montagem Pimenta

Um homem com passagens por tráfico de drogas e homicídios em pelo menos três municípios do sul da Bahia foi baleado, na manhã desta sexta-feira (10), durante operação policial para combater a criminalidade em Ibicaraí. Valdenir de Jesus dos Santos, o Dênis, 30 anos, foi internado no Hospital Municipal de Ibicaraí, mas não resistiu aos ferimentos.

Com o traficante, policiais da Rondesp Sul e do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) apreenderam um revólver e 145 buchas de maconha que eram comercializadas num imóvel no Bairro Bela Vista. Além de apontado como dono de “boca de fumo”, Dênis é acusado de, pelo menos, dois assassinatos nos municípios de Itacaré e Una. De acordo com os policiais, os comparsas de Dênis conseguiram fugir do cerco.

AUMENTA O NÚMERO DE MORTES DE PESSOAS COM AIDS EM ILHÉUS E UNA

Ilhéus já notificou cinco mortes por Aids neste ano

Ilhéus já notificou cinco mortes por Aids neste ano

Ilhéus já notificou, neste ano, cinco mortes de pessoas que estavam com Aids. O número é bem superior ao registrado em 2016, quando houve um óbito em 12 meses, conforme dados da Superintendência de Vigilância de Proteção da Saúde.  Outro município com aumento no número de mortes de portadores da doença é Una, com três ocorrências, conforme apurou o PIMENTA.

De acordo com dados do órgão da Secretaria Estadual de Saúde, no ano a doença já matou 113 pessoas na Bahia, sendo que 49 eram moradores de Salvador.  No interior, além de Itabuna e Una, os municípios com quantidade significativa de óbitos são Teixeira de Freitas (9), Santo Antônio de Jesus (7), Jequié (6), Serrinha (6), Juazeiro (5) e Irecê (3).

Os números indicam que Itabuna fechará o ano com redução na quantidade de mortes causadas pela doença. O município notificou uma ocorrência em nove meses. No ano passado, Itabuna registrou uma média de dois óbitos por mês.

MAIS MORTES

Os dados mostram ainda que, nos últimos anos, a doença causou dezenas de mortes em localidades como Camacan, Una, Jequié, Porto Seguro, Eunápolis, Teixeira de Freitas e Santo Antônio de Jesus. No ano passado, por exemplo, esses municípios somaram 43 mortes das 208 registradas no estado.

Em 2015, foram 56 mortes de pessoas que lutavam contra a Aids nesses municípios, excluindo da lista Camacan, que não teve notificação. Naquele ano a doença causou 11 óbitos em Ilhéus e outros 10 em Itabuna. No estado foram 218 mortes de pessoas adultas

 

É O TCHAN, VINGADORA E OZ BAMBAZ NA MICARETA DE UNA

Micareta de Una começa nesta sexta, na Beira Rio

Micareta de Una começa nesta sexta, na Beira Rio

Após seis anos, Una volta a promover micarets. A folia começa nesta sexta (4) e encerra-se no domingo (6), na Avenida Beira Rio. Nos três dias de festa, mais de dez atrações, como É o Tchan, Vingadora e Oz Bambaz, trios, camarotes e toda infraestrutura necessária.

Na sexta-feira, a animação começa às 20h. O agito será con Circuito Fechado, Di Bali, Muzuê e Oz Bambaz, que começa a desfilar na Avenida Beira Rio à 00h.

No sábado, também a partir das 20h, a festa será comandada pelas bandas Via de Acesso, O Arrasto e Rogger Marques, além da Vingadora, às 22h, e É O Tchan, à 1h. No domingo, haverá desfile de bloco infantil sem trio e a animação será ao som dos paredões.

MORADORES ENCONTRAM BALEIA JUBARTE MORTA EM UNA

Baleia Jubarte é encontrada em praia de Una.

Baleia Jubarte é encontrada morta em praia de Una|| Foto divulgação

Uma baleia Jubarte de cerca de 10 metros de comprimento foi encontrada morta por populares na segunda-feira (24), na Praia dos Lençóis,  no limite de Una com Ilhéus.

O Instituto Marola e o Projeto A-Mar informaram que a baleia era fêmea e apresentava ferimentos na região da mandíbula. O corpo do animal foi retirado do local nesta terça-feira (25) e a causa da morte só será conhecida após a conclusão da perícia feita pelo Projeto Baleia Jubarte.

UNA: SUSPEITO DE TRÁFICO É MORTO A TIROS

Sidnei Magal foi morto dentro de casa.

Sidnei Magal foi morto dentro de casa.

Um homem de 27 anos foi morto a tiros, ontem à noite (18), em Una, município sul-baiano. O crime ocorreu na Rua 7, Bairro Marcel Ganem, por volta das 20h50min, quando dois homens encapuzados invadiram a casa de Sidnei Magal Silva do Espírito Santo e efetuaram os disparos.

A morte foi constatada por uma equipe do Samu 192, acionada para socorrer Sidnei Magal. Os tiros atingiram a cabeça e o tórax da vítima. De acordo com a Polícia Militar, Sidnei vendia drogas e executava integrantes de gangues rivais em Una. A polícia ainda tenta localizar os autores do crime.

FESTIVAL DO MANGOSTIN ATRAI 75 MIL PESSOAS

Shows musicais atraíram milhares de pessoas ao festival (Foto Divulgação).

Shows musicais atraíram milhares de pessoas ao festival (Foto Divulgação).

A segunda edição do Festival do Mangostin, em Una, atraiu cerca de 75 mil visitantes em quatro dias de festa, segundo a organização, com música e oportunidade de degustação, negócios e divulgação dos benefícios do mangostin para a saúde. Os números foram divulgados pela Prefeitura de Una, que organiza o festival.

Para a secretária municipal de Turismo, Thais Gavazza, a festa cresceu na comparação com a edição do ano passado. “Aprendemos com a primeira, buscamos parceiros e, agora, temos um evento bem formatado, que atrai público e dá a oportunidade de fechar negócios”.

Nos pavilhões do festival, 46 estandes e barracas foram montados com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae). Quem caminhou pelo espaço pôde degustar o fruto que dá nome ao festival em diversas utilizações, como suco, sorvete e até cocada. Visitas às fazendas de mangostin também fizeram parte da programação.

O público ainda teve à disposição praça de alimentação, barracas da econômica criativa, que expuseram peças diversas de artesanato feitas com material reciclável, além da culinária oriental, difundida pela colônia japonesa presente à região desde o século passado.
:: LEIA MAIS »

JUIZ DETERMINA QUE BABAU SEJA TRANSFERIDO PARA ILHÉUS

Juiz determina transferência de cacique tupinambá (Foto Gervásio Baptista/ABr).

Juiz determina transferência de cacique (Foto Gervásio Baptista/ABr).

O juiz Maurício Álvares Barra, da comarca de Una, no sul da Bahia, determinou que o cacique Rosivaldo Ferreira da Silva, que se entregou à Polícia Federal na quinta-feira (24), seja transferido de Brasília para o presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus.

O índio da comunidade indígena Tupinambá Serra do Padeiro é suspeito de envolvimento na morte de um agricultor em Una, cidade marcada pelo conflito entre fazendeiros e indígenas.

A mudança, porém, dependeria de uma infraestrutura para garantir a segurança do cacique na unidade baiana. Antes da viagem, o magistrado solicita ainda o deslocamento do indígena da carceragem de um departamento da Polícia Civil de Brasília para a prisão federal da Papuda.

– O juiz da comarca de Una determinou que o cacique Rosivaldo fosse recolhido no presídio da Papuda até que seja providenciada a estrutura necessária para a transferência dele para o presídio de Ilhéus – afirma Mário Lima, delegado da Polícia Federal em Ilhéus.

De acordo com Waldir Mesquita, um dos advogados do cacique, a Polícia Federal informou ao juiz de Una da possibilidade do índio ficar em Brasília, e por isso ele manifestou determinação contrária. Informações do G1/Bahia.

REUNIÃO COM O BISPO

Reunião com o bispo Dom Ceslau (ao centro) com lideranças políticas e rurais em café da manhã (Foto Divulgação).

Reunião com o bispo (ao centro) com lideranças políticas e rurais no ano passado.

Os produtores rurais atingidos pela disputa de terras com índios e autodeclarados tupinambás terão café da manhã com o bispo da Diocese de Itabuna, Dom Ceslau Stanula, neste sábado (26), às 7h30min, na casa paroquial em Buerarema.

A reunião será com representantes dos agricultores, comandos do Exército e da Força Nacional e autoridades municipais. O encontro se dá dois dias após a prisão do cacique Rosivaldo Ferreira da Silva (Babau), em Brasília. A prisão foi motivo de festa no município, ontem, com intensa queima de fogos. Para hoje, estava programada uma carreata.

O bispo diocesano itabunense quer ouvir os relatos dos maiores prejudicados pela disputa de terras na área de 47,3 mil hectares, mas pediu reuniu com, no máximo, 30 pessoas. Ano passado, o bispo já havia se reunido com agricultores. Também há a intenção dos produtores de questionar o posicionamento do Conselho Indigenista Missionário (Cimi).

TUPINAMBÁS RETOMAM INVASÕES EM UNA

Duas pequenas propriedades rurais foram invadidas por índios tupinambás no último sábado (22) no Ponto do Eliseu, distrito de Vila Brasil, município de Una. As invasões estão sendo retomadas mesmo com a segurança na região do conflito com agricultores estar sob a responsabilidade do Exército. As vítimas ficaram dois dias escondidas dentro do mato, após sofrerem agressões dos índios e autodeclarados. As propriedades têm menos de cinco hectares.

De acordo com o sobrinho de uma das agricultoras, as vítimas procuraram o socorro do Exército para retornar à propriedade e retirar pertences. Porém, não obtiveram apoio. A produtora recorreu à Polícia Federal e foi informada que o pedido teria de ser feito ao Exército, que assumiu a segurança na região desde o dia 14 de fevereiro.

Segundo agricultores, a ação do final de semana foi comandada pelo cacique Pascoal, que teve o nome envolvido no assassinato de Juraci Santana, líder do assentamento Ipiranga, em Maroim, Una. O crime ocorreu no dia 11 de fevereiro, mas até agora a polícia civil não conseguiu prender os três homens que executaram Juraci. As testemunhas deram os nomes dos autores do crime.

EXÉRCITO RETORNA PARA ÁREA DE CONFLITO

Comboio ExércitoTropas do Exército começaram a retornar para a zona do conflito entre agricultores e autodeclarados tupinambás no sul da Bahia, após retirada iniciada na última segunda (10). A informação foi confirmada há pouco pelo presidente da Associação dos Pequenos Produtores de Ilhéus, Una e Buerarema (Aspaiub), Abiel Silva.

Anteontem, o governador Jaques Wagner havia pedido a prorrogação do estado de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na área de 47,3 mil hectares reivindicada pelos autodeclarados indígenas. A área foi definida de acordo com estudo da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Ontem, o deputado federal Geraldo Simões disse que o estudo contém “vícios”. O parlamentar defende a manutenção dos produtores na região, assim como a permanência das tropas do Exército. Geraldo é favorável aos pequenos produtores. Mais de 20 mil pessoas residem na área do conflito.

ÍNDIOS PRESSIONAM EM BRASÍLIA

Ontem, cerca de 40 índios do sul da Bahia foram à Brasília pressionar o governo para que agilize o processo de demarcação. Enquanto Geraldo defende dos produtores e assentados da região, outro petista, o deputado federal Valmir Assunção, defende a demarcação da área que abrange os municípios de Ilhéus, Una e Buerarema, e daria apoio aos indígenas na capital federal.

Valmir é criticado pelos produtores e agricultores familiares, parte deles oriunda do movimento sem-terra, a exemplo de Juraci Santana, assassinado em 11 de fevereiro, no Assentamento Ipiranga, em Una. “Não entendemos a posição dúbia de Valmir, que surgiu no movimento sem-terra”, critica um produtor.

GERALDO DEFENDE PERMANÊNCIA DO EXÉRCITO EM ÁREA DE CONFLITO

Geraldo defende anulação de estudo da Funai e permanência do Exército.

Geraldo defende anulação de estudo da Funai e permanência do Exército.

O deputado federal Geraldo Simões disse que a permanência do Exército, no sul da Bahia, é fundamental para a pacificação na área de conflito entre produtores rurais e índios e autodeclarados tupinambás. As tropas foram retiradas das bases de pacificação desde a tarde da segunda (10).

– Defendo que [o Exército] continue até o fim do processo de demarcação das terras – disse o parlamentar ao PIMENTA, que considera a região pacificada desde a chegada do Exército.

Há relatos, no entanto, de constantes ameaças de invasões e depredações a propriedades na área em litígio. Algumas das ameaças são direcionadas a pequenos produtores da região de Olivença, em Ilhéus.

O governador Jaques Wagner apresentou ontem (11) pedido para que o governo federal mantenha as tropas do Exército na região. A decisão deve sair até amanhã (13).

ANULAÇÃO DE ESTUDO DA FUNAI

Para Geraldo, a anulação do decreto de demarcação dos 47,3 mil hectares entre os municípios de Una, Buerarema e Ilhéus é parte da solução para o conflito. O estudo favorável aos tupinambás, segundo Geraldo, “está cheio de vícios”.

O parlamentar ainda fala da tragédia social que seria, na opinião dele, a retirada de mais de 20 mil famílias das terras em disputa no sul do estado. “Como retirar mais de 20 mil famílias para assentar sei lá quantos índios?”, questiona.

CASO JURACI: CRÍTICAS À POLÍCIA CIVIL

O deputado petista fez críticas, ainda, à atuação da polícia civil na investigação da morte do pequeno produtor rural Juraci Santana, assassinado na madrugada de 11 de fevereiro deste ano, no Assentamento Ipiranga.

– Na região, todos sabem os nomes dos autores, mas ninguém até agora foi preso – afirmou, complementando que a Polícia Civil precisa esclarecer o crime e concluir logo o inquérito.

EXÉRCITO DEIXA BASES DE SEGURANÇA EM ÁREA DE CONFLITO NO SUL DA BA

Tropa com mais de 600 homens está no sul da Bahia desde fevereiro (Foto Pimenta).

Tropa com mais de 600 homens está no sul da Bahia desde fevereiro (Foto Pimenta).

Exército e Marinha deixaram a região de conflito entre produtores rurais e índios e autodeclarados tupinambás, na região que envolve Ilhéus, Una e Buerarema. De acordo com as primeiras informações, as três bases de segurança (pacificação) instaladas na área de 47,3 mil hectares foram desmontadas entre ontem e hoje (11).

As Forças Armadas estavam no sul da Bahia desde o dia 14 de fevereiro, após o governador Jaques Wagner recorrer à Garantia da Lei e Ordem (GLO) e passar ao governo federal a responsabilidade pela segurança pública na área do conflito.

ASSASSINATO DE AGRICULTOR

Hoje faz um mês que o agricultor Juraci Santana foi executado a tiros, no Assentamento Ipiranga, no Maroim, em Una. Até o momento, ninguém foi preso. A retirada das tropas do Exército é considerada uma vitória para os tupinambás, que estariam planejando uma caminhada ecológica na área do conflito.

ENCONTRADO CORPO DE IRMÃO DE BLOGUEIRO

O corpo do jovem Paulo Henrique Araújo foi encontrado ao final da tarde de ontem (9), em Una. Irmão do editor do site Agravo, Jamesson Araújo, Paulo Henrique havia desaparecido no final de semana.
O corpo foi encontrado em uma barragem, em Una, após campanha do irmão, nas redes sociais, para localizá-lo. Os indícios levam a crer que Paulo Henrique foi vítima de afogamento, pois não havia marcas de violência no corpo.
Informações do Jornal Bahia Online

BAND FAZ REPORTAGEM ESPECIAL SOBRE CONFLITO NO SUL DA BAHIA

O conflito entre agricultores e autodeclarados tupinambás foi tema de reportagem especial do Jornal da Band, ontem à noite (25). Valteno de Oliveira ouviu produtores e governo federal.

Agricultores vítimas da violência na região são mostrados em cima da cama, paralíticos, após serem alvos de tiros. O drama da família do agricultor Juraci Santana abre a reportagem. Confira:

 








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia