WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Uneb’

PARALISAÇÃO NAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS

Universidades estaduais têm dia de paralisação de docentes (Divulgação).

Universidades estaduais têm dia de paralisação de docentes (Divulgação).

Professores das quatro universidades estaduais baianas fazem, nesta quarta (8), paralisação de 24 horas. Em Salvador, o fórum de associações docentes promove atos na Governadoria e na Assembleia Legislativa. Os professores têm em pauta reivindicações como restituição da autonomia das universidades e aplicação de 7% das receitas líquidas de impostos no ensino superior.

A pauta mais controversa é a que aponta corte de R$ 20 milhões no orçamento das instituições. Os professores falam em corte, mas o governo estadual nega que tenha havido cortes.

Ainda segundo o governo, o orçamento para as universidades em 2015 é 3,8% superior ao do ano passado. Numa nota enviada aos veículos nesta manhã, a Secretaria Estadual de Educação informa que o orçamento para as universidades neste ano é R$ 1,1 bilhão.

SELEÇÃO DA UNEB CONTRATARÁ 221 PROFESSORES

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) abriu inscrições de seleção pública com 221 vagas para professor pesquisador. As oportunidades são para a carga horária de até 60 horas e bolsas de R$ 1.100,00 ou R$ 1.300,00, conforme o caso.

Os aprovados serão lotados nos cursos de Bacharelado em Administração Pública (16), Licenciatura em Ciências Biológicas (22), Ciência da Computação (17), Educação Física (18), Geografia (18), História (29), Letras com Espanhol (17), Letras com Inglês (16), Letras com Português (22), Matemática (13), Pedagogia (20) e em Química (13).

Os interessados devem ter experiência mínima de um ano no magistério superior, vínculo a programa de pós-graduação strictu sensu (mestrado ou doutorado) ou formação em nível de pós-graduação stritctu sensu. As inscrições devem ser feitas no site www.selecaoprofessoread.uneb.br até o dia 30 de janeiro de 2015.

Todos os interessados passarão por análise de títulos, experiência na docência e em EaD, formação e idade, entre os dias 2 e 11 de fevereiro de 2015, sendo que os candidatos pertencentes ao quadro de servidores da Universidade terão prioridade. Informações do Ibahia.

MP PEDE EXPULSÃO DE ALUNOS QUE FRAUDARAM SISTEMA DE COTAS DA UNEB

Quatro estudantes de direito da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) podem ser obrigados a deixar o curso nos próximos dias. Eles são acusados de cometerem falsidade ideológica. Segundo o Ministério Público da Bahia (MP-BA), que denunciou o grupo, os alunos fraudaram o sistema de cotas da instituição de ensino superior ao violarem os requisitos de acesso às vagas reservadas para negros e indígenas.

Eles se matricularam entre os anos de 2012 e 2013 no curso de direito, no campus de Brumado. Apesar de se matricularem na vaga reservada aos negros, os quatro estudantes não atendiam a um critério fundamental: se adequar ao limite legal de quatro salários mínimos de renda familiar.

O reitor da Uneb tem até 10 dias úteis para informar quais medidas serão tomadas neste caso. A denúncia, realizada pelo MP na quinta-feira (7), pede a expulsão dos alunos levando em conta uma resolução do próprio Conselho Universitário da Uneb, que determina que “os candidatos que fizerem opção expressa pelas vagas reservadas e não se enquadrarem nos requisitos estarão sujeitos a eliminação do processo seletivo ou anulação da matrícula, podendo tal ato resultar em infração penal, configurada em lei”. Com Correio.

PROFESSORES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARAM

Paralisação afeta todas as universidades estaduais baianas.

Paralisação afeta todas as universidades estaduais baianas.

Os professores das universidades estaduais baianas aderiram ao Dia Nacional de Luta em Defesa das Instituições Estaduais e Municipais de Ensino Superior, nesta quarta (28). As aulas foram suspensas e haverá manifestações nesta manhã e à tarde na Assembleia Legislativa e na Secretaria Estadual de Educação, em Salvador.

Os docentes das universidades estaduais de Santa Cruz (Uesc), Sudoeste da Bahia (Uesb), de Feira (Uefs) e da Bahia (Uneb) cobram aumento de repasse de 5% para 7% das receitas líquidas do Estado. Também denunciam queda de R$ 12 milhões nos repasses de custeio das universidades.

Por meio de nota da Secretaria Estadual de Educação, o governo nega queda no repasse às universidades. Ainda em nota, a SEC sustenta que os repasses para as universidades dobraram nos últimos anos, saindo de R$ 460.726.000,00 em 2007 para uma previsão de R$ 1.021.537.000,00 em 2014.

POETISA GRAPIÚNA LANÇA LIVRO EM PARIS

Ceres declamando na Casa das Artes, em Bento Gonçalves (RS).

Ceres declamando na Casa das Artes, em Bento Gonçalves (RS).

CeresRece

A poetisa Ceres Marylise Rebouças de Souza está em Paris, onde será empossada, no domingo (23), na Divine Académie Française des Arts, Lettres e Culture, durante jantar a rigor no Hotel Jorge V. Antes, pela manhã, na Feira do livro de Paris (Salon du livre de Paris), ela fará o lançamento da seleção de poemas Atalhos e descaminhos, obra publicada pela Editora Mondrongo.

Ceres Marylise nasceu em Ubaitaba (BA), mudando-se para Itabuna, a partir de onde desenvolveu intensa carreira o magistério. Pós-graduada em Alfabetização e Linguística Aplicada ao Discurso, foi por longo tempo professora da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), tendo exercido ali diversos cargos administrativos, sempre eleita pela comunidade acadêmica.

Ela às vezes parece dividida entre as letras e a sala de aula, tal o zelo que mostra pelas duas práticas. “Sempre exerci a poesia sem jamais me afastar da docência, que entendo como uma atividade fundamental, a maior forma de aprendizagem, em termos de troca de experiência humano e também uma tentativa de melhorar o mundo”, afirma.

Atalhos e descaminhos é a primeira publicação solo da poetisa, que tem participado de várias antologias. Uma mostra da produção literária de Ceres está nas antologias Poesia do Brasil (coordenação de Ademir Antônio Bacca), Escritores Brasileiros (organização de Ricardo de Benedictis) e Escola de Escritores e Poetas, com coordenação e prefácio de Arthur da Távola, dentre outras.

PROFESSORES DE UNIVERSIDADES ESTADUAIS FAZEM NOVA PARALISAÇÃO

Professores fazem nova paralisação nesta quarta, 11 (Foto Adusc).

Professores fazem nova paralisação nesta quarta, 11 (Foto Adusc).

Do Correio

Mais de 60 mil estudantes não terão aula amanhã nas quatro universidades estaduais do estado. O motivo é a paralisação dos 2.679 professores das universidades estaduais da Bahia (Uneb), de Feira de Santana (Uesf), de Santa Cruz (Uesc) e do Sudoeste da Bahia (Uesb).

A categoria reivindica o aumento dos recursos estaduais destinados às universidades no próximo ano. A Secretaria estadual da Educação (SEC) afirmou que serão destinados R$ 903,4 milhões para as quatro instituições em 2014. “O valor representa um crescimento superior a 133% entre 2006 e 2013”, informou a SEC, em nota.

O recurso destinados às universidades estaduais é  definido pela Lei de Diretrizes Orçamentárias. Elaborada pelo governador, ela precisa ser aprovada na Assembleia Legislativa — a votação deve ocorrer este mês. A Associação de Docentes da Universidade de Feira de Santana informou que o valor representa um corte de “R$ 10 milhões para investimentos e custeio”.

Amanhã, às 10h, os professores farão uma aula pública em frente à Assembleia Legislativa e, depois, às 11h, vão participar de uma audiência pública promovida pela Comissão de Educação da Casa com o tema autonomia financeira e a vinculação de 7% da receita líquida de impostos.

PROFESSORES DA UESC PARAM NA QUINTA

Professores decidem paralisar atividades na quinta, 7 (Foto Divulgação).

Professores decidem paralisar atividades na quinta, 7 (Foto Divulgação).

Os professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) vão cruzar os braços nesta quinta-feira (7) em protesto contra o crise orçamentária enfrentada pelas universidades estaduais baianas (Uebas). A paralisação também atinge as universidades estaduais do Sudoeste (Uesb), de Feira de Santana (Uefs) e da Bahia (Uneb).

De acordo com a direção da Associação dos Docentes da Uesc (Adusc), o projeto de lei orçamentária de 2014 destina menos de 5% da Receita Líquida de Impostos (RLI) para as universidades.

Os docentes reivindicam o mínimo de 7% da RLI para as universidades. A Adusc aponta o baixo orçamento como uma das causas para falta de estrutura física, de professores e de técnicos nas universidades estaduais baianas.

De acordo com relatório da Adusc, analistas e técnicos universitários ainda não tiveram seu Plano de Carreira regulamentado. Na outra ponta, denuncia a associação, docentes continuam sendo desrespeitados sem a progressão e promoção na carreira acadêmica nem mudança no regime de trabalho.

As universidades estaduais da Bahia também paga um dos piores salários no comparativo com as demais estaduais do Nordeste brasileiro.

UNEB PRORROGA INSCRIÇÃO EM VESTIBULAR

unebA Universidade do Estado da Bahia (Uneb) prorrogou até o dia 27 as inscrições para o vestibular 2014, que podem ser feitas somente pela internet no endereço www.vestibular.uneb.br. A inscrição custa R$ 98,00. A taxa deve ser paga até o dia 28.

A Uneb oferece 4.451 vagas em 100 cursos de graduação em Salvador e 23 cidades do interior do Estado.

O processo seletivo traz como novidade os cursos de Arqueologia, no campus de Paulo Afonso; Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, campus de Juazeiro; Engenharia Sanitária e Ambiental, nos campi de Alagoinhas) e  Xique-Xique; e Filosofia, no campus I (Salvador).

A universidade adota reserva de 40% das vagas para negros oriundos da rede pública e 5% para indígenas. As provas estão previstas para 24 e 25 de novembro.

CAMPUS DA UNEB EM VALENÇA – FINALMENTE! – SERÁ INAUGURADO

Alunos fizeram protesto pela inauguração das novas instalações do campus.

Alunos fizeram protesto pela inauguração das novas instalações do campus.

Após protestos de estudantes, o campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), finalmente, será inaugurado nesta sexta-feira, 17, em solenidade com o governador Jaques Wagner.

O novo campus tem 16 salas de aula e dois laboratórios de informática e ocupa área de 14 mil metros quadrados, além de espaço para o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) e diretórios acadêmicos dos cursos de Direito e Pedagogia.

Os estudantes dos dois cursos oferecidos no campus de Valença da Uneb fizeram protesto em março. Eles colocaram nariz de palhaço em suas fotos em perfis nas redes sociais, além de promover mobilização para denunciar o atraso e desperdício de recursos nas obras do campus (relembre aqui). As antigas instalações eram alugadas. Os estudantes reclamavam das condições precárias.

ESTUDANTES DA UNEB PROTESTAM CONTRA DESCASO DA REITORIA EM VALENÇA

Apesar de pronto, prédio do campus da Uneb continua sem serventia.

Apesar de pronto, prédio do campus da Uneb continua sem serventia.

Os estudantes dos cursos de Pedagogia e Direito da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), em Valença, ainda não tiveram aulas em 2013. O semestre deveria começar na última segunda, 18. O prédio onde o campus funcionava “provisoriamente” foi devolvido, mas as instalações próprias não teriam condições de receber os alunos. Um laudo técnico, no entanto, contradiz a reitoria da Uneb.

Revoltados, os alunos iniciaram protesto pelo início imediato das aulas. Além de abaixo-assinado na internet (clique aqui), também mudaram as fotos de seus perfis nas redes sociais. Agora, todos os alunos aparecem com “nariz de palhaço” em sinal de desaprovação à reitoria e ao diretor do campus, Pedro Sabino.

O prédio do campus XV começou a ser construído há seis anos, segundo os alunos. “No entanto, o prédio não foi entregue e já ultrapassou os valores iniciais destinados à obra”, denuncia a comissão discente. Os alunos dizem que o reitor Lourisvaldo Valentim esteve pela primeira vez em Valença em dezembro do ano passado, quando garantiu a entrega do prédio no dia 13 de janeiro.

Até hoje…

Alunos da Uneb em Valença colocam nariz de palhaço em protesto.

Alunos da Uneb em Valença colocam nariz de palhaço em protesto.

CERB PRORROGA INSCRIÇÕES EM CONCURSO

concurso públicoAs inscrições no concurso público para preenchimento de 160 vagas na Companhia de Engenharia Ambiental e de Recursos Hídricos da Bahia (Cerb) foram prorrogadas até o próximo domingo, 13. O certame oferece vagas para pessoal de nível médio/técnico e superior. A remuneração varia de  R$ 1.733,00 (nível médio/técnico) a R$ 3.513,70 (superior).

A inscrição é feita somente pela internet, no endereço www.selecao.uneb.br/cerb2012 e a taxa é de R$ 60,00 para as vagas de nível médio/técnico e R$ 70,00 para os concorrentes aos cargos que exigem nível superior.

As provas estão programadas para o dia 27 de janeiro, às 13h (horário local) em seis cidades-polo e serão aplicadas pela Universidade Estadual da Bahia (Uneb).

UFBA CAI EM RANKING DAS MELHORES UNIVERSIDADES DA AMÉRICA LATINA

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) não figura mais entre as 50 melhores da América Latina. Estava na seleta lista até o ano passado, quando ocupava a 42ª posição, conforme ranking elaborado pelo QS Quacquarelli Symonds University Rankings, organização com sede na Inglaterra que avalia o desempenho de universidades. Na lista divulgada esta semana pela instituição, a federal caiu 17 posições e aparece em 59º lugar.

Na outra cabine do elevador do ensino superior baiano, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) subiu 51 posições e passou de 175ª para a 124ª. A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) figura pela primeira vez no ranking, entre a 201ª e 250ª – a lista não faz posicionamentos entre as 50 últimas posições.

Confira íntegra da matéria do Correio

UNEB DIVULGA 3ª CHAMADA

A Uneb (Universidade Estadual da Bahia) divulgou a terceira chamada de seu vestibular, para ingresso neste primeiro semestre. Na lista, foram convocados 343 estudantes para a matrícula, que deverá ser feita na próxima sexta-feira, dia 16, na coordenação acadêmica do departamento do curso escolhido pelo candidato. O horário de atendimento é das 8h30min às 12 horas e das 13h30min às 19 horas.

De acordo com a instituição, o não-comparecimento do candidato implica em desistência da vaga. A Uneb informa ainda que novas chamadas poderão ser divulgadas.

UNEB OFERECERÁ COMUNICAÇÃO SOCIAL EM IPIAÚ

A campus da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) em Ipiaú passará a oferecer o curso de graduação em Comunicação Social. O curso foi implantado ontem (19) e terá ênfase em Comunicação Pública.

De acordo com o site Ipiaú Online, o prefeito Deraldino Araújo prometeu se empenhar para conseguir locação onde as aulas serão ministradas.

EXAME DA OAB: FACULDADES PÚBLICAS LIDERAM RANKING NA BAHIA; PIORES SÃO PRIVADAS

Direito da Uesc aparece em 5º quando incluídos formandos.

O resultado geral do Exame de Ordem Unificado da OAB revela que as melhores faculdades de Direito da Bahia são públicas e as piores estão na iniciativa privada. A partir do resultado divulgado pela OAB, o PIMENTA elaborou o ranking de acordo com o percentual de alunos e bacharéis aprovados no exame.

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) lidera com 70,73%. A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) atingiu 53,33% e ficou com o segundo melhor desempenho também quando incluídos os formandos (9º e 10º semestres). Outra instituição pública vem em terceiro lugar: a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), que aprovou 51,51% dos bacharéis e formandos no Exame de Ordem.

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) vem em quinto lugar (com aprovação de 44,11%), mas antecedida da Unifacs, de Salvador, que aprovou 46,26% dos participantes. A sexta posição pertence ao curso de Direito da Universidade Estadual da Bahia (Uneb).

Leia também:
UESC MELHORA DESEMPENHO COM INCLUSÃO DE FORMANDOS

Nove faculdades, todas particulares, não conseguiram aprovar um aluno ou bacharel sequer no Exame de Ordem, com destaque para as faculdades São Salvador, Apoio (FA) e Metropolitana de Camaçari (Famec). O curso de Direito da Faculdade de Ilhéus também teve aprovação zero.

RANKING BAIANO NO EXAME DA OAB
(Nº de participantes / Aprovados / % Aprovação)

1º) Universidade Federal da Bahia (Ufba) – 123 / 87 / 70,73%

2º) Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) – 45 / 24 / 53,33%

3º) Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) – 33 / 17 / 51,51%

4º) Universidade Salvador (Unifacs) – 134 / 62 / 46,26%

5º)  Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) – 68 / 30 / 44,11%

6º) Universidade do Estado da Bahia (Uneb) – 112 / 44 / 39,28%

7º) Faculdade Ruy Barbosa – 177 / 56 / 31,63%

8º) Faculdade Maurício de Nassau/Salvador – 7 / 2 / 28,57%

9º) Universidade Católica do Salvador (Ucsal) – 668 / 186 / 27,84%

10º) Faculdade Baiana de Direito e Gestão – 15 / 4 / 26,66%

11º) Faculdade de Tecnologia Empresarial (FTE) – 4 / 1 / 25%

12º) Centro Universitário Jorge Amado (UNIJORGE) – 231 / 55 / 23,8%

13º) Faculdade AGES – 37 / 7 / 18,91%

14º) Faculdade Social da Bahia – 27 / 5 / 18,51%

15º) Faculdade do Sul (Facsul/Itabuna) – 6 / 1 / 16,66%

16º) Faculdade de Guanambi – 48 / 7 / 14,58%

17º) Faculdade Unime (Lauro de Freitas) – 275 / 41 / 14,9%

18º) Faculdade do Sul da Bahia (FASB) – 110 / 16 / 14,54%

19º) Faculdade Dom Pedro II – 43 / 6 / 13,95%

20º) Faculdade Dois de Julho (F2J) – 195 / 25 / 12,82%

21º) FTC Itabuna – 174 / 22 / 12,64%

22º) Faculdade Regional de Alagoinhas (Faral) – 8 / 1 / 12,5%

23º) UnisulBahia – 80 / 10 / 12,5%

24º) Universidade Salgado de Oliveira (Universo) – 113 / 14 / 12,38%

25º) Unyahna de Barreiras – 75 / 9 / 12%

26º) Faculdade Regional da Bahia (FARB)- 89 / 10 / 11,23%

27º) Faculdade Sete de Setembro – 9 / 1 / 11,11%

28º) Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana (FAT) – 165 / 18 / 10,9%

29º) Faculdade Independente do Nordeste (Fainor) – 127 / 13 / 10,23%

30º) Centro Universitário da Bahia (FIB) – 362 / 36 / 9,94%

:: LEIA MAIS »

PROFESSORES DEFINEM RUMOS DA GREVE NAS UNIVERSIDADES BAIANAS

Professores de três das quatro universidades estaduais baianas terão assembleia nesta tarde de terça-feira (7) para definir se retornam ou não às salas de aula. O fim da greve dependerá da resposta do governo à contraproposta apresentada pelos docentes em encontro ocorrido ao final da tarde desta segunda (6) na Secretaria Estadual de Educação (SEC).

Os docentes querem que o governo defina como 8 de janeiro de 2013 a data de retomada das negociações salariais. Antes, governo, reitores e comando de greve acordaram o “congelamento” de salário até 2012.

A categoria também reivindica do governo o envio imediato de projeto de lei que incorpore a gratificação por Condições Especiais de Trabalho ao salário-base e quer assegurar a discussão do contingenciamento do orçamento estadual.

O governo promete responder às reivindicações até o início da tarde, momentos antes das assembleias da universidades estaduais de Santa Cruz (Uesc), Feira de Santana (Uefs) e Sudoeste da Bahia (Uesb), que estão há quase dois meses sem aulas. Somente os professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) deixaram para decidir amanhã (quarta, 8).

GREVE NAS UNIVERSIDADES PODE ACABAR NA 3ª

O governo recuou e a greve dos professores das universidades estaduais baianas pode chegar ao fim nesta segunda (6), à tarde. Professores, reitores e governo sentam-se à mesa, na Secretaria de Educação, para discutir nova proposta, apresentada na última sexta (3).

O governo acena com a incorporação de gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) em mais ou menos 51%, parcelados. As primeiras quatro parcelas de 8% seriam pagas em março e outubro de 2011 (com retroativo) e 2012.

O ponto que emperra as negociação é o veto a reajustes acima da inflação até o próximo ano, além da manutenção do decreto de contingenciamento de recursos em toda a esfera estadual – o que, no entendimento dos professores, afeta a autonomia universitária.

A proposta que sair da reunião de amanhã será votada em assembléia nas universidades na próxima terça (7).






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia