WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘universidades’

INSCRIÇÕES NO SISU SE ENCERRAM NESTA SEXTA-FEIRA

Inscrições para o segundo semestre se encerram nesta sexta

Os interessados em ingressar no ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem se inscrever até a esta sexta-feira (15). Pode concorrer a uma vaga quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obteve nota acima de zero em redação.

Nesta edição, serão ofertadas 57.271 vagas em 68 instituições.A distribuição se dá entre oito instituições públicas estaduais – um centro universitário e sete universidades –, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de educação tecnológica, 27 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e 30 universidades.

O resultado da chamada regular está previsto para 18 deste mês. Já o período de matrícula vai de 22 a 28,também deste mês,  considerando ainda os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio. Já o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho, sendo necessário que o candidato manifeste interesse em participar.

REITORES COBRAM DO MEC MAIS RECURSOS PARA UNIVERSIDADES

Obras da UFSB em Itabuna foram atingidas com queda nos repasses

Durante reunião com o ministro da Educação, Rossieli Soares, promovida pela Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições de Ensino Superior (Andifes), nesta quarta (16), reitores apresentaram a situação de dificuldade financeira do setor e cobraram mais recursos do governo federal este ano e em 2019.

O presidente da Andifes e reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA), Emmanuel Tourinho, fez um alerta sobre a redução de recursos nos últimos anos decorrentes de cortes no orçamento. Segundo ele, em alguns casos houve redução nominal (nos valores absolutos), em outros congelamento (quando o orçamento se mantém em valores, mas as despesas sobem, gerando perdas de capacidade econômica da instituição).

De acordo com Tourinho, as universidades federais têm orçamento atual equivalente a um quinto do que tinham há quatro anos para investimento. No mesmo período, o custeio teria sido reduzido em 20%. Esses cortes, acrescentou, prejudicam o processo de expansão dos últimos anos, com criação de instituições, de campi e ampliação de vagas e áreas nas faculdades e institutos.

“Seja pelos processos de avaliação do Ministério da Educação ou externos, nosso sistema de universidades tem sido considerado o que oferece melhores cursos de graduação e de pós-graduação. Somos eficientes naquilo que é nossa função. Seja no ensino ou na produção de conhecimento”, argumentou Tourinho.

INVESTIMENTOS

Representantes da entidade informaram que diversas obras estão paradas em universidades de todo o país e criticaram decisão do Ministério da Educação (MEC) de concentrar verbas para investimento, retirando-as da administração das instituições.

“Já na gestão anterior, desde 2015, estamos atualizando banco de dados para pactuarmos uma retomada destas obras. A ordem de grandeza para concluirmos já foi levantada nos últimos anos. Seria algo em torno de R$ 3 bilhões. É algo fundamental frente à possibilidade de perda dos investimentos já feitos, já que são obras ameaçadas hoje”, disse o reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Leher. :: LEIA MAIS »

INSCRIÇÕES NO ENEM COMEÇAM DIA 12

UFSB terá Enem como método de seleção de alunos (Foto Gabriel Oliveira).

UFSB terá Enem como método de seleção de alunos (Foto Gabriel Oliveira).

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano começam na próxima segunda-feira (12) e vão até 23 de maio. O ministro da Educação, José Henrique Paim, confirmou a data de realização das provas do exame: 8 e 9 de novembro.

O Enem é indispensável para quem quer disputar vagas em universidades públicas ou instituições de ensino federal por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O exame também oferece bolsas integrais ou parciais em faculdades particulares por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni). A obtenção de vagas ou bolsas depende do desempenho do candidato no exame.

O Enem é importante, ainda, para quem busca crédito educacional superior pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e vagas em cursos técnicos federais ou bolsa no Programa Ciência sem Fronteiras.

SUL DA BAHIA

No sul da Bahia, a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) utiliza o Enem como meio de seleção de estudantes para os cursos de graduação. A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), cujas aulas começam em setembro, também utiliza o Enem. A vaga é disputada por meio do Sisu.

PROVA DO ENADE SERÁ NESTE DOMINGO

Da Agência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) vai aplicar, no próximo domingo (25), o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) para estudantes universitários que concluem a graduação em todo país. Devido à greve das instituições de ensino superior, foram dispensados os estudantes que colariam grau em agosto deste ano. Também estão liberados do exame, os alunos matriculados em instituição estrangeira e os calouros (alunos ingressantes em 2012).

Serão avaliados este ano os cursos de administração, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social, design, direito, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo e turismo. Os cursos superiores de tecnologia das áreas de gestão comercial, gestão de recursos humanos, gestão financeira, logística, marketing e processos gerenciais também serão avaliados.

De acordo com Inep, em 2012 não haverá processo de amostragem. Todos os estudantes que concluem a graduação este ano serão obrigados a fazer a prova. Segundo a autarquia, o aluno concluinte que não realizar a prova não receberá o diploma, já que o Enade é componente curricular obrigatório.

Leia mais

NÃO BASTA TER UNIVERSIDADE

Nessa luta de Itabuna para ser a sede da Ufesba (Universidade Federal do Sul da Bahia), vale a pena lembrar que ter uma instituição superior de ensino não é o suficiente. É preciso, acima de tudo, que essa universidade tenha estrutura e condições adequadas de funcionamento.

O Governo Federal tem criado algumas instituições de ensino que não valem muita coisa. O campus Sertão da Universidade Federal de Alagoas, instalado há poucos anos em Delmiro Gouveia, é um exemplo pronto e acabado de como não deve funcionar uma escola que se diz superior.

Retornando à Bahia, olhem a situação da Faculdade de Direito da Ufba, no bairro da Graça. Ontem (20), segundo o jornal A Tarde, estudantes paralisaram as atividades acadêmicas para protestar contra o abandono do prédio. Segundo a matéria, “os dois mil alunos convivem com estruturas precárias, depósitos amontoados, fiações expostas, buracos no teto, infiltrações, defeitos no elevador, falta de água e luz”.

Que esses maus ventos do descaso não soprem em direção à Ufesba!








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia