WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘Valença’

VALENÇA: JUIZ SUSPENDE LICENCIAMENTO AMBIENTAL PELO MUNICÍPIO

Alex Venícius suspendeu licenciamento pelo município.

Alex Venícius suspendeu licenciamento.

A Justiça acatou pedido liminar do Ministério Público estadual e determinou que o Município de Valença suspenda, em 72 horas, a atividade de licenciamento e autorização ambientais.

Segundo ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Oto Almeida, Valença não possui Sistema Municipal de Meio Ambiente (Sismuma) regularizado e não tem capacidade técnica e administrativa para realizar os procedimentos, contando, por exemplo, com apenas uma bióloga para fazer o licenciamento.

De acordo com a liminar concedida pelo juiz Alex Venícius Campos Miranda, o Estado deve assumir a atividade de licenciamento e autorização ambientais de forma suplementar, conforme previsão legal, até a estruturação da gestão municipal. O prazo conta a partir da notificação, ocorrida na segunda (28).

A ação se baseou em relatório produzido pela Câmara Temática Sismuma do MP, que indicou ao Município a adoção de algumas medidas, como comunicar à Superintendência de Políticas e Planejamento Ambiental da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) a incapacidade técnica e administrativa para realizar os procedimentos, e promover concurso público para prover quadros próprios de fiscalização.

Além disso, a Câmara produziu notas técnicas para orientar o Município na elaboração e revisão da Lei de Política Municipal de Meio Ambiente (PMMA). Ainda conforme a ação, o MP chegou a propor Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para que fosse realizada a regularização do Sismuma de Valença.

Segundo o MP, nenhuma das medidas propostas foi adotada ou acatada. A verificação da regularização do Sismuma de Valença foi uma ação desenvolvida dentro do programa Município Ecolegal. O município ainda não se posicionou quanto à decisão.

JOVEM É PRESA COM 3 QUILOS DE COCAÍNA

Daiane com a droga apreendida em Valença (Foto Ascom PC).

Daiane com a droga apreendida em Valença (Foto Ascom PC).

Uma adolescente de 18 anos foi presa e a irmã de 16 anos apreendida com três quilos de cocaína, em Valença, no baixo sul baiano, no último sábado (31). Daiane de Jesus Lima, de 18 anos, disse que ela e a irmã menor receberiam R$ 1,5 mil para levar a droga para Porto Seguro.

As detenções foram feitas por investigadores do Departamento de Narcóticos (Denarc) no terminal rodoviário de Valença. Daiane está presa na delegacia de Valença, enquanto a adolescente encontra-se à disposição do Juizado da Infância e Juventude de Valença.

AZUL TERÁ VOOS CAMPINAS-VALENÇA

Azul terá voos ligando Valença e Campinas (Foto Allan Martins Antunes).

Azul terá voos ligando Valença e Campinas (Foto Allan Martins Antunes).

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) concedeu autorização para a Azul operar frequência de voos entre Valença (BA) e Campinas (SP), a partir do próximo dia 30.

De acordo com a empresa, haverá voos somente aos sábados, sem escala e duração de 2h20min, com aviões Embraer190. Estas aeronaves têm capacidade para até 120 passageiros.

O voo partindo de Campinas para Valença terá decolagem às 13h30min. E sairá de Valença para Campinas às 16h20min. A Azul Linhas Aéreas está ampliando oferta de voos na Bahia. Em abril, outras rotas foram anunciadas (relembre aqui).

A nova rota é uma opção dos municípios do baixo-sul da Bahia para captar turistas de um dos principais polos emissores do país, São Paulo.

EDGARD OCTACÍLIO, BRASILEIRO

Ernesto marques2 www.pimenta.blog.brErnesto Marques

Gente como Edgard ajuda muito a dar sentido à luta. Porque lutamos pelo direito a uma vida plena.

Ok, pronto, já! Gritávamos essas palavras quando todos estavam posicionados na porta do avião para sincronizarmos a saída e evitar perda de tempo de queda livre, após a saída. Perdi as contas de quantas vezes eu e meu amigo-compadre-irmão Edgard Octacílio da Silva Oliveira fizemos isso em saltos a baixa altura, só para completar a lotação do Cesna 182 e assim viabilizar a formação de alunos quando estávamos fundando o paraquedismo na Bahia. O Brasileiro – como o chamávamos e como ele chamava os amigos -, fez o seu último salto ontem (sexta, 16). Partiu para o andar de cima depois de mais de três anos de belíssima luta pela vida.

Perdemos as contas de quantas vezes Edgard morreu desde março de 2011, quando chegou ao Hospital Regional do Recôncavo, em Santo Antônio de Jesus, com falência múltipla dos órgãos. Saí de Salvador desesperado com a possibilidade não mais ver um irmão que a vida com me presenteou.  Eu o vi entubado, inerte, na UTI, e aceitei o prognóstico dos médicos: dificilmente sairia do coma. Conversei com ele assim mesmo. Lembrei das coisas que fizemos juntos, jurei cuidar de Aplo, meu afilhado, e me despedi. Pois ele saiu do coma e ali começou uma luta para permanecer vivo e ativo.

Piadista e exímio contador de casos, brincava com a sua situação e floreava o diálogo com o dono da funerária onde teria sido encomendado o seu enterro: “quero meu dinheiro de volta!”. Dependesse apenas da medicina tradicional, já teríamos chorado as lágrimas de hoje há muito tempo. Mas o Brasileiro nunca desistiu e, com sua determinação, continuou a zombar da medicina. Como alguém pode perder 5 litros de sangue numa hemorragia interna, tendo fígado e rins detonados, e voltar pra contar a história?

Dias antes de partir, acordei às 4 da madrugada com o telefone tocando. Vi o número dele e gelei: como ele já estava internado, precisei tomar coragem antes atender, esperando a má notícia. Era ele mesmo, preocupado com um idoso com quem dividia uma enfermaria do Hospital Sagrada Família. Dias atrás, em outro telefonema, me cobrou uma ficha de filiação ao PT: “você precisa de apoio, e eu e Apolo vamos nos filiar pra lhe ajudar”. Gente como Edgard ajuda muito a dar sentido à luta. Porque lutamos pelo direito a uma vida plena.

Quero contar como o Brasileiro viveu tanto tempo além do primeiro prognóstico médico sobre sua morte. Quero contar como ele conseguiu, depois de tantas visitas ao outro lado, recuperar parcialmente suas funções renais e hepáticas, a ponto de livrar-se do sofrimento nas sessões de hemodiálise por mais de um ano.

Dizem que só se sai da hemodiálise para uma mesa de cirurgia (transplante) ou para um cemitério. Nesse período, Edgard recuperou sua vitalidade e capacidade intelectual, escreveu livros, disputou e venceu um edital público para lançar uma coleção de livros de autores da sua querida Valença e engrenou uma pesquisa que poderá nos levar aos navios torpedeados pelos U-Boats alemães na Segunda Guerra. Mais do que isso: teve chance de conhecer David, seu neto que nasceu no Estados Unidos, e reencontrou o amor numa paixão da adolescência. O cara ainda voltou a fazer amor! Sim, porque transar naquelas circunstâncias era muito mais do que sexo. Nada disso teria acontecido se ele, a família e os amigos, aceitássemos a resignação oferecida pela medicina tradicional diante da morte. Mas ele lutou e venceu.

Quero muito contar como um sujeito genial e algo excêntrico conseguiu ajudar o meu compadre a viver plenamente nesses últimos anos. Não é só um médico, é um autêntico discípulo de Esculápio – talvez por isso seja visto com desconfiança por alguns e odiado por outros. E por isso devo preservá-lo até conversar sobre como poderemos contar essa história, sobretudo porque Edgar É (a morte não lhe tira este mérito, por isso o verbo no presente) uma figura rara, mas felizmente não é única.

Ontem reencontrei o Brasileiro numa UTI, poucas horas antes do seu último salto. Novamente me despedi, jurei honrar a minha obrigação de padrinho e jurei também que quando tiver netos como o seu David, eles saberão quem foi Edgar, o Brasileiro. Ainda com alguma esperança de vê-lo repetir mais uma vez a proeza de voltar, aceitei os fatos. O Brasileiro nunca foi de negar a porta – jargão do paraquedismo para definir quando alguém desiste de saltar na hora da saída. Não o faria desta vez. Ok, pronto, já! Edgard partiu, apenas. Quem viveu com tanta dignidade nunca morre.

Ernesto Marques é jornalista.

Postado, originalmente, no Facebook.

MINISTÉRIO DA SAÚDE SUSPENDE RECURSOS PARA 75 MUNICÍPIOS BAIANOS

O Ministério da Saúde publicou portaria na edição de hoje do Diário Oficial da União em que comunica a suspensão de transferência de recursos para 75 municípios baianos devido a irregularidades. Conforme a portaria, os municípios deixaram de repassar, regularmente, dados relativos ao Sistema de Informação Ambulatorial (SIA) do SUS.

A decisão afeta diretamente os repasses para a assistência à vigilância à saúde. No sul da Bahia, ficarão sem repasses de verbas Almadina, Ilhéus, Itacaré, Itagimirim, Itapebi, Itapitanga, Ituberá, Maraú, Nilo Peçanha e Valença. A portaria atinge, no total, 1.027 municípios brasileiros. Com a decisão, ficam suspensos repasses relativos ao período que vai de janeiro a abril deste ano.

EX-PREFEITO DE VALENÇA É PRESO PELA PF

 

Ramiro Queiroz guardava quatro pistolas em casa

A Tarde

O ex-prefeito de Valença, Ramiro José Campelo de Queiroz, foi preso nesta quinta-feira, 6, durante a operação Ramsés, realizada pela Polícia Federal (PF) no município, que fica a 274 km de Salvador.

A ação foi deflagrada com o objetivo de cumprir oito mandados de busca e apreensão, para investigar irregulardades na aplicação dos recursos federais repassados à prefeitura em 2009 e 2010, quando Ramiro ainda era prefeito.

Durante as buscas na casa do ex-prefeito, os agentes encontraram quatro pistolas e munições. Ele foi detido acusado de porte ilegal de arma. Os policiais também encontraram R$ 80 mil em espécie na casa de um ex-secretário, que não teve o nome revelado.

Além das residências do ex-prefeito e de ex-secretários, policiais federais também cumprem mandados de busca e apreensão na sede da prefeitura.

De acordo com informações da Polícia Federal de Ilhéus, que comandou a operação, os investigados serão ouvidos mas vão responder em liberdade por peculato, crime de responsabilidade de prefeito e formação de quadrilha, entre outros.

TEIXEIRA DE FREITAS OBTÉM R$ 222 MILHÕES NO PAC 2

Dilma cumprimenta Bosco pela maior captação de recursos na Bahia (Foto Divulgação).

Dilma cumprimenta Bosco pela maior captação de recursos na Bahia (Foto Divulgação).

Teixeira de Freitas foi o município baiano que mais teve projetos aprovados no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), anunciado ontem pela presidente Dilma Rousseff. Dos R$ 900 milhões para a Bahia, o município do Extremo-Sul abocanhou R$ 222 milhões.

O prefeito João Bosco (PT) foi cumprimentado, pessoalmente, pela presidente Dilma Rousseff pela posição conquistada por Teixeira de Freitas. Passada a festa, caberá ao município prepara as licitações. E ao cidadão, fiscalizar a aplicação dos recursos.

MAIS BENEFICIADOS

Além de Teixeira, outros 12 municípios foram beneficiados com recursos na área de saneamento básico. São eles Eunápolis, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Jacobina, Luís Eduardo Magalhães, Paulo Afonso, Salvador,  Senhor do Bonfim, Valença e Vitória da Conquista.

PASSAREDO MUDA ITINERÁRIO EM VALENÇA

A companhia aérea Passaredo alterou seu itinerário no aeroporto de Valença, que foi reaberto para voos comerciais no dia 29 de junho. Desde então, opera com a linha Valença – Salvador, que saía aos sábados, às 16h40, da capital, retornando do Baixo-Sul no mesmo dia, às 17h40.

Com o novo itinerário, o voo semanal para Valença sai de Salvador às 16h43 de sábado e o retorno se dá no domingo, às 12h15.

CADASTRO PARA PROGRAMAS HABITACIONAIS

A Prefeitura de Valença inicia nesta segunda-feira, 15, novos cadastros para programas habitacionais, como Minha Casa, Minha Vida, Habitação Rural, entre outros. O público-alvo são os moradores com renda até R$ 1.600,00, que podem procurar os Centros de Referência em Assistência Social (Cras) do município para informar seus dados.

O cadastramento será feito às segundas e quartas-feiras, das 8 às 14 horas. É necessário apresentar os seguintes documentos (original e cópia): RG, CPF, título de eleitor, certidão de casamento ou nascimento, Número de Inscrição Social (NIS) e comprovante de residência.

PASSAREDO TERÁ VOO VALENÇA – SALVADOR

Treze anos depois de inaugurado, o aeroporto de Valença, no baixo-sul baiano, terá neste sábado, 29, seu primeiro voo comercial. A empresa Passaredo inicia suas operações naquele terminal com uma linha para a capital do estado.

Os voos ocorrerão inicialmente uma vez por semana, sempre aos sábados, saindo de Salvador às 16h40 e retornando de Valença às 17h40.

As passagens já podem ser adquiridas no site da companhia aérea, por valores que variam de R$ 54 a R$ R$ 169.

BB: CAIXAS VAZIOS SERIAM REPRESÁLIA

Ricardo foi assassinado quando chegava em casa.

Bancário foi assassinado quando chegava em casa.

Clientes dos bancos Bradesco e do Brasil em Valença ficaram surpresos na noite deste sábado, 8, quando foram aos caixas eletrônicos e não encontraram um real para sacar.  O problema começou ainda pela manhã, quando poucos caixas permitiam saques, mas à noite se agravou, pois o perrengue tomou conta de todos os equipamentos.

Há suspeita de que o desabastecimento dos caixas tenha sido uma represália ao assassinato do bancário Ricardo Queiroz, de 48 anos. Ele voltava para casa, a pé, na quarta-feira, 5, quando foi abordado por dois homens em uma moto. Um dos bandidos disparou dois tiros na cabeça da vítima, que chegou a ser levada para o Hospital da Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu (relembre).

Ricardo era sobrinho de Ramiro Campelo de Queiroz, ex-prefeito de Valença, e havia sido candidato a vereador nas últimas eleições.

CAMPUS DA UNEB EM VALENÇA – FINALMENTE! – SERÁ INAUGURADO

Alunos fizeram protesto pela inauguração das novas instalações do campus.

Alunos fizeram protesto pela inauguração das novas instalações do campus.

Após protestos de estudantes, o campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), finalmente, será inaugurado nesta sexta-feira, 17, em solenidade com o governador Jaques Wagner.

O novo campus tem 16 salas de aula e dois laboratórios de informática e ocupa área de 14 mil metros quadrados, além de espaço para o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) e diretórios acadêmicos dos cursos de Direito e Pedagogia.

Os estudantes dos dois cursos oferecidos no campus de Valença da Uneb fizeram protesto em março. Eles colocaram nariz de palhaço em suas fotos em perfis nas redes sociais, além de promover mobilização para denunciar o atraso e desperdício de recursos nas obras do campus (relembre aqui). As antigas instalações eram alugadas. Os estudantes reclamavam das condições precárias.

ESTUDANTES DA UNEB PROTESTAM CONTRA DESCASO DA REITORIA EM VALENÇA

Apesar de pronto, prédio do campus da Uneb continua sem serventia.

Apesar de pronto, prédio do campus da Uneb continua sem serventia.

Os estudantes dos cursos de Pedagogia e Direito da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), em Valença, ainda não tiveram aulas em 2013. O semestre deveria começar na última segunda, 18. O prédio onde o campus funcionava “provisoriamente” foi devolvido, mas as instalações próprias não teriam condições de receber os alunos. Um laudo técnico, no entanto, contradiz a reitoria da Uneb.

Revoltados, os alunos iniciaram protesto pelo início imediato das aulas. Além de abaixo-assinado na internet (clique aqui), também mudaram as fotos de seus perfis nas redes sociais. Agora, todos os alunos aparecem com “nariz de palhaço” em sinal de desaprovação à reitoria e ao diretor do campus, Pedro Sabino.

O prédio do campus XV começou a ser construído há seis anos, segundo os alunos. “No entanto, o prédio não foi entregue e já ultrapassou os valores iniciais destinados à obra”, denuncia a comissão discente. Os alunos dizem que o reitor Lourisvaldo Valentim esteve pela primeira vez em Valença em dezembro do ano passado, quando garantiu a entrega do prédio no dia 13 de janeiro.

Até hoje…

Alunos da Uneb em Valença colocam nariz de palhaço em protesto.

Alunos da Uneb em Valença colocam nariz de palhaço em protesto.

ILHÉUS E ITABUNA NA LISTA

Da Coluna Tempo Presente (Levi Vasconcelos), d´A Tarde

Vai a mais de 30 o número de municípios baianos cujos prefeitos não pagaram o salário de dezembro ou o 13º, em alguns casos, os dois. Em geral, eles priorizaram outros pagamentos. Entre eles estão Ilhéus, Itabuna, Valença, Canavieiras, além de Ubatã, o recordista de atrasos na atual safra, que trocou de governante 14 vezes no último quatriênio.

O Ministério Público promete caçar e responsabilizar um a um os gestores.

Oxalá haja consequências. Banir os tais da vida pública é o mínimo a pedir.

CONCURSOS OFERECEM 31,8 MIL VAGAS

Seleções e concursos públicos com inscrições nesta segunda-feira, 1º, oferecem total de 31,8 mil vagas e salários que alcançam R$ 22.911,73, casos do Ministério Público de Contas do Pará e no Tribunal de Contas do Distrito Federal.

Na Bahia, concursos como o da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações (Agerba) oferece 61 vagas e salário de R$ 2.204,59 para candidatos com nível médio ou superior de escolaridade.

Ainda no estado, as prefeitura de Ibotirama, Medeiros Neto e Valença oferecem vagas para todos os níveis de escolaridade e salários que variam de R$ 622,00 a R$ 6 mil. Confira vagas e editais no :: LEIA MAIS »

TREINAMENTO CONTRA A MONILÍASE

A monilíase, praga que atinge o cacaueiro e o cupuaçuzeiro, mas que felizmente ainda não foi detectada em plantações do estado, é objeto de um curso que acontece hoje e amanhã em Valença, por iniciativa da Agência de Desfesa Agropecuária da Bahia (Adab). O órgão pretende capacitar 30 pessoas, entre técnicos, agentes e agrônomos, a se tornarem multiplicadores de informações sobre a doença, a fim de preveni-la.

Palestras, dados sobre o plano de contingência, educação sanitária e o monitoramento de áreas consideradas de baixo risco para o surgimento da monilíase farão parte da programação da atividade. O curso também terá uma parte prática, na qual será abordada a metodologia para a detecão da praga.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia