WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia





abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

editorias






:: ‘vício’

PAPA FRANCISCO PEDE A ESTUDANTES QUE SE LIBERTEM DA DEPENDÊNCIA DO CELULAR

Francisco pede menos celular e compara aparelho a droga || Foto Tony Gentile/AP

Durante discurso para estudantes do instituto público Ennio Quirino Visconti, escola secundária clássica de Roma, o papa Francisco pediu aos jovens, neste final de semana, no Vaticano, que se “libertem da dependência” do telefone celular, que é “como uma droga.”

“Libertai-vos da dependência do celular! Por favor!”, clamou Francisco. Ele explicou “que os telefones celulares são um grande progresso de grande ajuda, e é preciso usá-los, mas quem se transforma em escravo do telefone perde a sua liberdade”.

O papa lembrou que “o telefone celular é uma droga” que “pode reduzir a comunicação a simples contatos”.

“A vida é comunicar e não somente simples contatos”, disse Francisco, que também pediu aos estudantes que lutem contra o assédio escolar, que é como “uma guerra”, e confessou que lhe dói saber que, em muitos colégios, existe este fenômeno.

Por ocasião da visita da escola ao Vaticano, o pontífice aludiu a um ensinamento de Santo Agostinho, doutor da Igreja Católica, em latim: “in interiore homine habitat veritas” – “A verdade vive no interior do homem”. Com Agência Brasil.

SEXO NA ESTRADA

Menina oferece sexo por R$ 5,00 (foto Oziel Aragão/Agora na Rede)

Quem costuma passar pelo trecho da BR 101 que corta Itabuna já deve ter percebido um grupo de meninas que se reúne normalmente embaixo do viaduto Paulo Souto para oferecer o próprio corpo aos motoristas.

Reportagem de Oziel Aragão para o Agora na Rede mostra como é a vida dessas menores, a maioria vítima do crack. Para conseguir o dinheiro necessário à manutenção do vício, elas aceitam fazer sexo por até R$ 5,00, num “comércio” que funciona em qualquer hora do dia ou da noite.

A matéria revela que o judiciário alega falta de estrutura para combater a prostituição de menores na BR. Faltam também instituições de acolhimento para tirar as meninas dessa vida.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia