WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘violência’

ARRAIAL D´AJUDA VENCIDA PELAS DROGAS E A VIOLÊNCIA

Até praça da igreja virou "faixa de gaza".

Seis crimes de execução ocorridos entre fevereiro e março deste ano por elucidar; traficantes de drogas para prender; adolescentes que preferem trabalhar de “avião” para o tráfico de drogas a ter um emprego; sociedade chocada com o avanço da criminalidade; e a mais nova: toque de recolher antes dos tiroteios. Assim é que está, atualmente, Arraial d´Ajuda, distrito de Porto  Seguro, a 709 km de Salvador, no extremo sul da Bahia.

O que assusta mais a população e também os turistas é que os assassinatos estão ocorrendo sempre nas praças São Brás e do Artesanato, que ganharam o indesejável apelido de “faixa de Gaza’, em alusão a região de disputa entre israelenses e palestinos, no Oriente Médio, e que está sempre em evidência na mídia por causa dos conflitos armados que deixam milhares de mortos.

Leia reportagem completa

VEREADORA PETISTA ORGANIZA EVENTO PARA PAULO SOUTO

Segundo o Políticos do Sul da Bahia, a petista Lenya, vereadora em Itapitanga, já escolheu de que lado ficará nas eleições de 2010 na disputa pelo Palácio de Ondina. Amanhã, 12, o ex-governador Paulo Souto (DEM) estará no município sul-baiano para proferir palestra sobre a violência na Bahia. E é justamente a vereadora quem organiza o evento.

Ela já havia anunciado que não apoiaria candidato petista na disputa por vagas à Assembleia Legislativa nem à Câmara Federal. Pelo jeito, não vai dar seu votinho para que Jaques Wagner, também petista, permaneça na cadeira de governador.

“CACHORRO LOUKO”

Jeferson é procurado pela polícia (Foto Arquivo Pessoal).

Camila, a vítima (foto Arquivo Pessoal/Xilindró).

Jeferson Cabral e Silva, 25 anos, se identificava na rede de relacionamentos Orkut como “Cachorro Louko”. Por lá, expunha fotos suas de viagens e com a família.

O perfil na internet foi excluído no início desta tarde. Atitude providencial. Jeferson é o principal suspeito de ter matado Camila Vieira Santos, 21 anos, sua ex-namorada.

Após disparar seis tiros contra Camila, “Jefinho” correu para a sua residência, no bairro de Fátima, e fugiu com a mulher. A polícia ainda não tem pistas do covarde.

GAROTA DE PROGRAMA É ASSASSINADA EM MOTEL

Camila foi executada em um motel de Itabuna.

Camila Vieira Santos, 21, foi assassinada por volta das 22h30min de ontem no motel Eros, localizado próximo ao semianel rodoviário de Itabuna. Ela estava com um homem apontado por testemunhas como sendo seu ex-namorado Jeferson Cabral e Silva, 25.

Os dois teriam discutido desde a chegada ao motel e por lá ficaram por cerca de duas horas e meia. O crime ocorreu quando o casal deixava o motel. Na recepção, segundo testemunhas, Jeferson pagou pela estadia e uma toalha que Camila usava para cobrir o corpo.

Depois, o suspeito deflagrou seis tiros na garota de programa. Camila teria corrido até a recepção do motel para pedir um mototáxi, segundo a versão de funcionários do estabelecimento.

Os dois mantinham relação há mais de três anos, mas Jeferson era casado. Segundo a polícia, o suspeito não foi encontrado em casa após o crime. Ele teria fugido com a atual esposa para Salvador, conforme investigações conduzidas pelo delegado plantonista Marlos Macedo.

Camila e Jeferson moravam no bairro de Fátima, em Itabuna. A família da garota de programa acredita que o crime tenha sido premeditado. O suspeito havia ameaçado de morte a vítima ao vê-la com um outro homem há uma semana. Com informações do Xilindró Web.

TJ-BA NEGA HABEAS CORPUS A EDÉSIO LIMA

Ex-secretário é acusado de matar sindicalistas

TJ-BA nega habeas corpus a Edésio.

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) negou habeas corpus ao ex-secretário de Governo e Comunicação de Porto Seguro, Edésio Lima, acusado de mandar matar os professores e sindicalistas Álvaro Henrique e Elisney Pereira em setembro do ano passado. O pedido de HC foi negado pelo desembargador Mário Alberto Hirs.

Secretário geral do PSB baiano, Edésio Lim está foragido desde o dia 1º de março. O juiz da Vara Crime de Porto Seguro, Roberto Freitas Júnior, acatou solicitação do Ministério Público Estadual e decretou a prisão preventiva do ex-secretário, além de três policiais militares – já presos – e dois funcionários da prefeitura.

Edésio é acusado também das mortes do seu motorista, Antônio Marcos Carvalho, vulgo ‘Pequeno’, e do “pistoleiro” Rodrigo Santos Ramos, o “Terceiro”. Estas duas mortes seriam “queima de arquivo”, segundo sustenta o Ministério Público estadual.

JOVENS PARTICIPAM DE 22,8% DOS CRIMES EM ITABUNA

Kleiton de Jesus Santos, 16 anos, foi morto com seis tiros porque não pagou a traficantes pela droga consumida. O enterro dele, na última quinta-feira, mobilizou dezenas de jovens do bairro Maria Pinheiro, um dos três mais violentos de Itabuna (a 433 km da capital, região sul), onde ele morava. Segundo os pais, até os 10 anos Kleiton foi um menino ativo, alegre e frequentava a escola. Aos 12, envolveu-se com o tráfico, passou a roubar para sustentar o vício e comprar roupas de grife, até ser executado, próximo de casa.

A história dele, que se repete todo dia, pode atingir os mais de cinco mil adolescentes (número estimado pela Secretaria de Assistência Social) que vivem em situação de risco no município, sem o cuidado dos pais nem do poder público.

Na cidade do País onde os jovens de 12 a 21 anos estão mais vulneráveis à violência, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, dados da Polícia Civil dão conta de que, dos 854 crimes registrados nas delegacias no ano passado, 159 envolviam adolescentes, o equivalente a 22,8% do total de ocorrências. A maioria motivada pelo tráfico de entorpecentes.

Clique aqui e leia a reportagem completa de Ana Cristina Oliveira/A Tarde.

AOS 15 ANOS, MATHEUS AMAVA AS ARMAS. ESTÁ MORTO

Ainda ontem, o prefeito Capitão Azevedo (DEM) reclamava da imprensa que insiste em lembrar da condição itabunense de líder das estatítiscas de violência e falta de perspectivas para a juventude. A realidade é mais dura. Nesta madrugada, mais um adolescente perdeu a sua batalha pessoal. Matheus Domingos de Jesus tinha 15 anos.

A vida tão curta do jovem já acumulava passagens pela polícia e, confessa a mãe do menor, amor às armas. Ele morreu ao levar três tiros (no tórax, peito e nas costas). Matheus era o terro do bairro onde morava, Ferradas. Uma das passagens pela polícia foi por ameaça a um professor, feita dentro da escola. A outra ocorreu por porte ilegal de armas. Com informações do Xilindró Web.

REVOLTA EM PORTO SEGURO

Centenas de professores fazem manifestação desde o fim da manhã desta segunda-feira (1º) na área central, na delegacia e no aeroporto de Porto Seguro. O protesto é contra a morosidade da Secretaria de Segurança Pública em fazer cumprir mandados de prisão contra Edézio Lima (secretário municipal de Governo de Porto) e os policiais Joilson Barbosa, Sandoval Barbosa dos Santos e Geraldo Silva de Almeida, além de Danilo Leite e Antônio Andrade Júnior.

Todos são acusados de participar do assassinato dos professores Elisney Pereira dos Santos e Álvaro Henrique Santos, que eram dirigentes do Sindicato dos Professores de Porto Seguro. A demora na prisão irritou o Ministério Público Estadual. Apesar de tornada pública só hoje (o caso corre em segredo de justiça), as preventivas foram decretadas no dia 9 de fevereiro.

A atuação da Secretaria de Segurança Pública é criticada desde o início. Nos bastidores, o comentário era de que a resistência e lentidão nas investigações ocorriam porque os crimes tinham características de mando e seriam, notadamente, políticos.

AMIGO É SUSPEITO DE MATAR THIAGO “BOMBA”

Thiago "Bomba" teria sido executado por um amigo (Foto Xilindró Web).

A polícia não divulga o nome, mas um amigo é o principal suspeito de matar a tiros o jovem Thiago Reis da Hora, conhecido como Thiago Bomba”, 24, ontem à noite.

Ele trafegava pela Fernando Cordier (Beira-Rio), centro, quando foi atingido por quatro tiros. A vítima residia na avenida Manoel Chaves, São Caetano, em Itabuna.

Thiago estava pilotando uma moto Honda Pop, preta, placa JRK 0383. De acordo com investigações da polícia, a vítima teria discutindo com o ‘amigo’ momentos antes do crime, informa o blog Xilindró Web.

TESTEMUNHAS APAVORADAS EM CONQUISTA

A força-tarefa do Ministério Público da Bahia, montada para investigar os 14 homicídios e três desaparecimentos que sucederam a morte do PM Marcelo Márcio Lima, em 28 de janeiro, na cidade de Vitória da Conquista, está tendo dificuldade para ouvir testemunhas e sobreviventes dos crimes.

Na tarde desta segunda-feira (22), o promotor Paulo Gomes, do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações Criminais (Gaeco), tentou ouvir as testemunhas em uma audiência, na qual havia também a presença de policiais.  Temendo represália, os depoentes se recusaram a falar e ficou determinado que a audiência vai acontecer em outra data e local.

Hoje, uma outra força-tarefa – da Polícia Civil – começa a ouvir policiais militares. Membros do Ministério Público vão acompanhar todos os depoimentos.

TRÁFICO DE DROGAS FAZ NOVA VÍTIMA EM ITABUNA

Do Xilindró Web

A disputa pelo tráfico de drogas em Itabuna transformou o município em cenário de guerrilha urbana. Jovens morrem, a todo momento, algumas vezes envolvidos com o tráfico e outras, inocentes apanhados “na hora e no local errados”. Dessa vez, a vítima foi Alexsandro Santos de Jesus, de 25 anos.

O rapaz foi atingido por um tiro no olho durante a madrugada de hoje (18), numa suposta troca de tiros na Rodagem Itajuípe, bairro Santo Antonio. Ele foi socorrido por equipe do Samu 192 e levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem), mas não resistiu e morreu no final da manhã desta quinta.

TERROR NA MESA DE BAR

Quem pensava em lazer, assistiu a cenas de terror no Bar do Butão, no último sábado. Um empresário usava uma arma para coagir e ameaçar clientes do estabelecimento próximo ao Jardim do Ó, centro de Itabuna.

Segundo relato de uma das vítimas, ele sacou a arma e ameaçava disparar contra os clientes do bar. “Houve pânico e correria e, por sorte, uma pessoa tirou a arma das mãos dele e chamou a polícia [militar]“.

Conforme a polícia, o empresário chama-se José Demontier, que estaria embriagado. A atuação dos policiais sofreu críticas. “Nada foi feito para encontrar o empresário”, queixa-se uma das pessoas mantidas sob a mira do joalheiro.

O empresário saiu em disparada em um Fiat Siena, segundo testemunhas, minutos antes da chegada de uma viatura da PM. Os policiais recolheram a arma e testemunhas foram levadas para o Complexo Policial.

POLÍCIA REGISTRA DOIS HOMICÍDIOS POR ‘BALAS ANÔNIMAS’ E MAIS AGRESSÃO A MULHER

Mais dois corpos foram encontrados na periferia de Itabuna, nesses dias de aparente tranqüilidade na cidade, devido à evasão de itabunenses em busca de festa ou de descanso no período momesco.

Segundo informa a Polícia Militar, na noite de ontem, por volta das 22 horas, populares avisaram as autoridades sobre um corpo próximo à igreja católica do bairro Emanoel Leão.

A polícia o identificou como Ailton Pereira da Silva, morador de Santa Luzia, morto a tiros. Ninguém sabe, ninguém viu quem fez os disparos. Há suspeita de que o crime tenha sido motivado por rixa.

Já no Núcleo Habitacional da Ceplac, próximo ao Jaçanã, meia hora depois, outra vítima de arma de fogo: um homem, aparentando 20 anos, identificado como Danilo Mota Silva, o Queixão, tombou crivado de balas. Novamente, ninguém informa sobre a autoria dos tiros.

Outra vítima das ‘balas anônimas’ que pipocaram em Itabuna, dessa vez no Maria Pinheiro, Abimael Xavier Conceição sobreviveu e foi atendido no Hospital de Base. Em comum com os outros dois atentados, além da arma utilizada, só o fato de ninguém informar quem fez os disparos.

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

A menos de um mês do dia dedicado à mulher (8/03), quando toda a sociedade se volta para a discussão dos problemas que o gênero ainda enfrenta em tempos de pós-modernidade, o que se vê em Itabuna como cruel rotina é a violência diária no ambiente doméstico.

Dessa vez foi vítima a dona de casa C. R. de J., agredida pelo ‘companheiro’ Antônio Félix dos Santos, que acabou detido por policiais no bairro Califórnia, após tentar fugir do local da agressão e se esconder na casa de um vizinho. A agressão a C. R. foi em via pública, e esta acabou sofrendo escoriações e foi levada ao Hospital de Base desacordada.

VIOLÊNCIA ASSOLA ITABUNA

No intervalo de uma hora, a polícia militar atendeu a duas ocorrências na rua de Mutuns, no bairro Santa Inês, na  noite de ontem. A primeira, às 20h10min, dizia respeito a uma agressão a mulher, cometida por Gilvan Nascimento Fernandes, que foi levado preso, contra sua companheira Valdeci Pereira Cavalcante.

Já por volta das 21h30min, populares voltaram a ligar para a PM, dessa vez informando sobre um tiroteio na mesma rua. Um homem estava ferido, atingido por dois disparos de arma de fogo.

Ele informou aos policiais que alguns indivíduos encapuzados, que estariam em frente a sua residência, foram os autores da tentativa de homicídio.

Os policiais foram informados que a vítima se tratava de um elemento identificado como “Rafa”, e que pertenceria à gangue de “Dedei da Califórnia”.

Para aumentar o mistério, no Hospital de Base, onde foi atendido, ele próprio se identificou como Igor J. Viana Santos, e seria irmão do tal Rafa – e não o próprio, como havia sido informado.

HOMICÍDIO

Já no bairro Jardim Grapiúna, próximo ao centro comercial, a polícia foi chamada porque havia um corpo estendido no chão. Ao chegar ao local, os policiais encontraram morto Josenildo Jesus das Virgens, 21 anos, residente no local (antiga Favela do Bode), atingido no pescoço.

O serviço de comunicação social da PM ainda informa outras três ocorrências de agressão física e lesões comprorais em diversos pontos da cidade. É a bandidagem e a violência doméstica mostrando suas caras nesses dias de marasmo na cidade.

“CHURRASCO” TERIA ATIRADO NO POLICIAL CIVIL

O crime ocorreu na Cesta do Povo - Foto: Radar Notícias

O policial Vasconcelos - Foto: Reprodução/TV

Um dos bandidos suspeitos de atirar no agente Antônio de Oliveira Vasconcelos, o ”Vasco”, 40 anos, é o terror da periferia, aquele identificado por “Churrasco”. Informações de policiais que estão nesse momento na loja da Cesta do Povo, em frente à praça José Bastos, no centro, dão conta de que o agente estava sendo seguido por dois bandidos, possivelmente em busca de vingança, e um desses seria o temido ‘Churrasco’.

O policial teria entrado na Cesta do Povo para despistar os meliantes, que usaram de esperteza e anunciaram um assalto, possivelmente para criar confusão e facilitar o tiroteio. Foi quando o suposto “Churrasco” fez o disparo. Policiais estariam nesse momento caçando o bandido, que fugiu numa moto preta.

Segundo o repórter Fábio Roberto, da Rádio Nacional, o policial teria tentado sacar a arma para reagir ao assalto, quando foi alvejado. Nesse momento ele está no centro cirúrgico do Hospital Calixto Midlej Filho, onde será submetido a uma cirurgia para a retirada da bala.

As informações dão conta de que Vasconcelos está fora de perigo. A Cesta do Povo está com as portas fechadas, e todos os funcionários se encontram no interior do estabelecimento.

CONQUISTA VIVE TERROR COM AÇÃO DE SUPOSTA MILÍCIA

Após o assassinato de um soldado da Polícia Militar, em Vitória da Conquista, a cidade se viu envolvida por um clima de terror, promovido por um grupo de encapuzados que estaria promovendo execuções sumárias de adolescentes em conflito com a lei.

O soldado Marcelo Márcio Lima da Silva foi assassinado com um tiro na nuca, no dia 28 de janeiro, no bairro Alto da Conquista. Depois disso, uma onda de violência, que já fez ao menos 10 vítimas entre os adolescentes – há rumores de outras nove mortes, não confirmadas.

Há também relatos de que meninos são retirados à força de dentro de casa, e depois aparecem mortos. Ao menos três estão desaparecidos.  Na noite de segunda-feira, um adolescente de 17 anos, conhecido como ‘Jararaca’, se entregou à Justiça, sob forte esquema de segurança. Os jovens mortos e desaparecidos até agora têm em comum algum tipo de ligação com Jararaca.

A suspeita é que policiais militares, revoltados com a morte do colega, estejam matando quem possa ter ligação com o crime.  Uma sindicância foi aberta, e o comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Itabuna, o tenente-coronel Jorge Ubirajara Pedreira, foi designado para coordenar a investigação. Com informações do A Tarde e Blog do Anderson.

MORADORES DO PONTALZINHO PEDEM SOCORRO

Uma comissão formada por moradores do bairro Pontalzinho procurou o prefeito Capitão Azevedo para reclamar da atitude de total desrespeito dos donos de bares à Lei do Silêncio e pedir ações que garantam mais segurança naquela localidade.

Os índíces de violência no bairro são preocupantes, disseram os moradores que relatam até ameaças de morte e problemas de saúde desenvolvidos pela situação de estresse constante.

“O bairro virou uma terra de ninguém. Já foi um dos melhores para se morar, hoje está entre os piores. Até os imóveis ficaram desvalorizados”, lamenta uma moradora.

O secretário da Indústria e Comércio, Carlos Leahy, garantiu que a prefeitura vai intensificar o combate à poluição sonora e a fiscalização contra a ocupação de calçadas e áreas de pedestres pelas mesas dos estabelecimentos.

AFASTADO GUARDA MUNICIPAL QUE AGREDIU AMBULANTE

O guarda municipal que agrediu uma ambulante no bairro de Fátima foi afastado e pode ser demitido, segundo o secretário de Administração de Itabuna, Gilson Nascimento. A agressão ocorreu durante um ‘rapa’.

Um processo administrativo foi instaurado e a orientação é para demitir o guarda, caso seja constatada a sua culpa. O titular da Administração não divulgou o nome do agressor.

O secretário participou do programa Alerta Total, da TV Cabrália. No programa, o secretário ainda informou que a Guarda Municipal recebeu R$ 654 mil do Ministério da Justiça. Os recursos serão utilizados na compra de viaturas, sistemas de videomonitoramento e instalação de alarmes em prédios municipais, afirmou.

PRIMEIRO HOMICÍDIO DE 2010 PODE TER MOTIVOS PASSIONAIS

Uma tentativa de reconciliação mal sucedida pode ter sido o motivo que levou o suspeito identificado como Melques Levi a supostamente esfaquear a sua ex-companheira Bárbara Soares Alves Brandão.

O crime ocorreu no bairro Jorge Amado, em Itabuna, no início da madrugada de hoje. Bárbara Brandão foi assassinada com uma facada no peito.

Ela ainda foi socorrida pelo Samu e atendida na emergência do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mas não sobreviveu.

DELEGACIA DE URUÇUCA FECHA NO FERIADÃO DE NATAL

Absurdo o que acontece em Uruçuca, violento município do sul da Bahia. O delegado resolveu pegar o ‘feriadão’ ainda ontem e só retorna ao trabalho na próxima segunda-feira, 28. Pior, levou a chave da espelunca.

Qualquer registro de queixa ou pedido de investigação policial fica para a próxima semana.

Quem sentiu na pele a decisão do “xerife” de Uruçuca foi um empresário, dono de posto de combustível. O empreendimento foi assaltado nesta tarde, por volta das 16h, por dois homens que usavam uma moto Honda CG.

O gerente do posto de combustível procurou a delegacia, mas encontrou porta fechada. Até que tentou recorrer ao escrivão, que informou ser impossível qualquer registro de queixa ou até investigação. Foi o tal do “volte na segunda”.

A cidade está entregue à bandidagem. Uruçuca é um dos sete municípios da Costa do Cacau. Ele é cortado por uma rodovia estadual, que liga a Ilhéus e Itacaré, e pela BR-101. Os bandidos têm facilidade para assaltar no município.

Uma agência dos Correios fechou por conta dos assaltos frequentes. Os crimes quase nunca são esclarecidos. Uruçuca virou terra de ninguém.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia