WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘violência’

SSP ANALISA ÍNDICE DE HOMICÍDIOS NO SUL DA BAHIA

Barbosa durante coletiva hoje à noite (Foto Carla Ornelas).

Barbosa participa da reunião em Ilhéus (Foto Carla Ornelas).

A cúpula da segurança pública da Bahia se reúne nesta sexta-feira (17), em Ilhéus, para discutir os índices de homicídios no Sul do Estado. O encontro está marcado para as 9 horas, no auditório da Faculdade Madre Thaís.

Estarão presentes o secretário estadual da Segurança Pública, Maurício Barbosa; o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Alfredo Braga de Castro; e o delegado chefe da Polícia Civil, Hélio Jorge Oliveira Paixão. Também participam da reunião os representantes da Região Integrada de Segurança Pública do Sul da Bahia, comandantes de unidades operacionais da PM e delegados de polícia.

As autoridades pretendem analisar os dados referentes aos crimes contra a vida e planejar novas ações para diminuir os índices da criminalidade.

CÂMERA FLAGRA ASSALTO A LOJA EM ILHÉUS

Assaltante vestia blusa vermelha e estava de boné.

Assaltante vestia blusa rosa e estava de boné.

Um homem aparentando ter mais de 30 anos invadiu uma loja de telefonia celular em Ilhéus, hoje. Armado, ordenou que fossem colocados aparelhos celulares e objetos que estavam na vitrina da loja.

O assaltante ainda não foi preso. Durante todo o tempo, ele ficou com a cabeça baixa e usou boné para impedir que fosse identificado pelo circuito de câmeras.

Abaixo, confira sequência de dois vídeos. No primeiro, o ladrão entra na loja, tira a arma da mochila e dá ordem aos funcionários da loja. Já no segundo, ele pega o dinheiro, coloca a mochila nas costas e vai embora.


JOVEM É ASSASSINADO NA MANGABINHA

Alexandre foi assassinado a tiros e pauladas na Mangabinha (Foto Bahia Hoje).

Alexandre foi assassinado a tiros e pauladas na Mangabinha (Fotos Bahia Hoje).

Um jovem foi assassinado a tiros e pauladas, hoje pela manhã, na Mangabinha, em Itabuna. Alexandre Souza de Oliveira, de 20 anos, morava no Bairro Pontalzinho. O crime ocorreu por volta das 8h30min, na região das “Casinhas”.

Alexandre havia deixado o Hospital de Base de Itabuna há pouco tempo e sofria de problemas mentais, segundo uma das tias. Recentemente, tentou contra a própria vida ao ingerir “chumbinho”.

Ele teria saído logo cedo de casa para ir ao hospital trocar curativo, segundo informou uma tia da vítima ao Bahia Hoje. De acordo com informações policiais, Alexandre era usuário de drogas.

PASSEATA COBRA PUNIÇÃO A ASSASSINO DE PERSONAL TRAINER

Dezenas de pessoas participaram do ato na Cinquentenário (Foto Pimenta).

Dezenas de pessoas participaram do ato na Cinquentenário (Foto Pimenta).

Cerca de cento e cinquenta pessoas participaram, hoje à tarde, de uma passeata para exigir punição ao assassino do jovem Lucas Sousa Dias. Eram familiares, amigos e colegas do personal trainer assassinado na última sexta (19) à noite, enquanto lanchava em uma hamburgueria no Bairro de Fátima.

Todos vestiam camisa branca estampada com uma foto de Lucas. Os manifestantes também fizeram apitaço e empunhavam faixas e cartazes cobrando justiça para o crime e paz em Itabuna.

“Iremos acompanhar esse processo até as últimas consequências, se necessário for”, disse ao PIMENTA um dos líderes da passeata. “Confiamos no trabalho da polícia civil. A gente sabe que todos estão empenhados [em esclarecer o crime]”.

O homem apontado com o autor dos disparos fatais contra Lucas é ex-companheiro da namorada da vítima. Felipe Victor Barros ficou foragido por três dias e apresentou-se à polícia ontem (22), após fugir do período de flagrante.

A Marlos Macêdo, titular da Delegacia de Homicídios, Felipe Victor negou a autoria dos disparos. Três dias antes do crime, Lucas e a namorada prestaram queixa contra o acusado da morte.

EM PROTESTO, FAMÍLIA E AMIGOS DE JOVEM PEDEM JUSTIÇA

Lucas foi assassinado quando lanchava no Fátima (Foto Reprodução).

Lucas foi assassinado quando lanchava no Fátima (Foto Reprodução).

Parentes e amigos do personal trainer Lucas Sousa Dias participam de protesto, hoje (23), às 16h, para exigir punição ao acusado de matar o jovem. A manifestação sairá do Jardim do Ó, no centro de Itabuna, percorrendo a Avenida do Cinquentenário.

Lucas foi assassinado em uma lanchonete na Rua de Mutuns, no Fátima, na sexta-feira (19) à noite, após deixar a academia onde malhava. Testemunhas afirmam que o autor dos disparos foi Felipe Victor Barros, de 27 anos.

A polícia confirmou se tratar de crime passional. Lucas namorava a ex-companheira de Felipe. Ontem, o acusado do crime depôs e negou a autoria. Após ser ouvido, Felipe foi liberado por ter se apresentado depois do período de flagrante (24 horas após o assassinato).

SE LIGA, GOVERNADOR

violênciaA maioria das perguntas ao governador Jaques Wagner ontem, em Itabuna, era referente à segurança pública. Após a queda no número de homicídios no comparativo de 2012 e de 2013, a projeção é de que haja aumento considerável de assassinatos na principal economia do sul-baiano.

Enquanto, oficialmente, foram registrados 127 homicídios no ano passado, os organismos de segurança pública já registraram 101 assassinatos de janeiro até a semana passada. Mantida a média, a cidade pode assistir a uma nova matança, com 150 homicídios em 2014, colocando o município entre os mais violentos do país.

Ano passado, os serviços de inteligência da polícia funcionavam com maior eficiência e foram registradas grandes operações contra o tráfico de drogas. O ambiente ficou tão “propício” que uma terceira facção criminosa foi criada no município.

JOVENS PROTESTAM CONTRA EXTERMÍNIO

Morte do adolescente Nadson Almeida será lembrada na manifestação (arquivo de família)

Morte do adolescente Nadson Almeida será lembrada na manifestação (arquivo de família)

Militantes da União da Juventude Socialista (UJS) se reúnem na manhã deste sábado (23), no Centro de Itabuna, em um protesto contra o que chamam de “extermínio da juventude negra”. O ato será realizado a partir das 9 horas, na Praça Adami.

Segundo o diretor da UJS, Thiago Fernandes, o ato lembrará o caso do adolescente Nadson Almeida, de 14 anos, morto durante uma perseguição policial, depois de ser supostamente confundido com um traficante. Para a entidade, uma das alternativas para combater o extermínio de jovens seria a desmilitarização da polícia.

Durante a manifestação, haverá recital de poesia e apresentação de rappers. Os candidatos a deputado estadual, Aldenes Meira, e a federal, Davidson Magalhães, do PCdoB, estarão presentes no protesto.

ITABUNA E ILHÉUS REGISTRAM 355 ROUBOS DE CARROS NO ANO

Os dois maiores municípios do sul da Bahia registraram 355 roubos e furtos de carros de 1º de janeiro a 31 de julho, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Além de Itabuna e Ilhéus, municípios sul-baianos com os maiores índices de roubos de carros foram Itajuípe, Ubaitaba, Uruçuca e Ubatã.

Somente em Itabuna, foram 217 carros roubados no primeiro semestre. Em janeiro e fevereiro ocorreu mais de um roubo por dia. Foram 33 queixas registradas na Polícia Civil no primeiro e 34 no segundo mês. Já em março também foram 34.

Os meses com maior quantidade de casos foram abril (41) e junho (47). O número de furtos de carro no primeiro semestre também foi considerável em Itabuna, com 36 ocorrências.

Nas ruas ilheenses, foram registrados 49 roubos de carro no primeiro semestre, sendo que maio foi o mês com maior número de crimes desse tipo – 15. Porém, Ilhéus supera Itabuna em ocorrência de furtos de carros: 53 a 36.

Entre os municípios menores, Itajuípe é o que tem maior número de roubos, 13. Na sequência, aparecem os municípios de Ubatã (7), Ubaitaba (6) e Uruçuca (4). Leia mais n´A Região.

BANDIDOS LEVAM R$ 42 MIL EM ASSALTO A POSTO

Assalto ocorreu quando gerente deixava o posto com malote (Foto Blog do Tom).

Assalto ocorreu quando gerente deixava o posto com malote (Foto Blog do Tom).

Dois bandidos roubaram um malote com R$ 42 mil do Posto São Caetano, na Avenida Princesa Isabel, em Itabuna. O assalto ocorreu no final desta tarde, quando o gerente do posto se dirigia à agência da Caixa Econômica Federal. A agência fica em frente ao posto.

O gerente, que teve o nome omitido por questões de segurança, foi abordado por um homem armado. Após roubar o malote, ele correu até uma moto estacionada na rua de acesso ao BNH, no Banco Raso. Um outro bandido dava cobertura ao assaltante.

Confira mais no Blog do Tom

“AMIGO” DE TRAFICANTE É SUSPEITO DE EXECUÇÃO

Danilo foi executado no Alto Maron (Foto PM).

Danilo foi executado no Alto Maron (Foto PM).

O traficante Danilo Cardoso Dantas, de 28 anos, foi morto a tiros ontem à noite (22) na Rua Castro Alves, no Alto Maron, em Itabuna, após tentar fugir de algozes. Danilo estava com Hebert Lima Santos, 26, que, baleado, conseguiu fugir dos disparos de homens que estavam em um VW Gol branco.

Hebert foi até o Hospital Calixto Midlej Filho e foi transferido para o Hospital de Base, onde está internado, agora sob suspeita de ter participado da morte de Danilo. As suspeitas foram levantadas pela polícia civil. Quando sair do hospital, Hebert vai para o presídio.

Os dois são acusados de tráfico de drogas. Os dois possuíam mandados de prisão em aberto, segundo o comando do 15º Batalhão da Polícia Militar. Apesar da mãe de Hebert ter dito que ele estava livre, a polícia preferiu mantê-lo custodiado para investigar as circunstâncias da morte de Danilo.

DOIS SÃO MORTOS NA MANGABINHA

Final de semana de homicídios em Itabuna. De acordo com a Polícia Militar, dois homens foram assassinados na Rua Maria Goretti, na Mangabinha, por volta da meia-noite. Michel Cruz Garcia, de 22 anos, foi assassinado com oito tiros.

Michel morreu no local. A outra vítima, identificada apenas pelo sobrenome Mateus, chegou a ser conduzida para o Hospital de Base, mas faleceu. Uma criança de dois anos foi atingida de raspão, segundo a polícia.

QUATRO SÃO MORTOS EM CHACINA EM UBATÃ

Alef de Almeida Santos, ao centro, foi uma das vítimas da chacina (Foto Ubatã Notícias).

Alef de Almeida Santos, ao centro, foi uma das vítimas da chacina (Foto Ubatã Notícias).

Quatro pessoas foram assassinadas ontem à noite (13) em Ubatã, no sul da Bahia. As vítimas estavam em um bar na Rua da Várzea, às margens da BR-330, quando três homens desceram de um veículo e efetuaram vários disparos.

Três das vítimas tiveram morte instantânea e uma quarta faleceu no Hospital Municipal César Monteiro Pirajá, em Ubatã. Dos mortos, apenas foi identificado até agora Alef de Almeida Santos, de 21 anos. Duas das vítimas mortas foram identificadas apenas pelos prenomes Manoel e Isaías. Dois deles tinham passagens pela polícia, segundo o Ubatã Notícias.

A polícia militar fez buscas na região onde ocorreu o crime, mas não houve prisão dos envolvidos no crime. Os atiradores usaram pistola 380 e arma calibre 12. O município registrou 14 homicídios até agora.

BRASIL É SÉTIMO EM NÚMERO DE HOMICÍDIOS. MORTALIDADE JUVENIL TRIPLICA NA BAHIA

violênciaA cada dia, 154 pessoas morreram, em média, vítimas de homicídio no Brasil, em 2012. Ao todo, foram 56.337 pessoas que perderam a vida assassinadas, 7% a mais do que em 2011. Os dados são do Mapa da Violência 2014, que mostra um crescimento de 13,4% de registros desse tipo de morte em comparação com o número obtido em 2002. O percentual é um pouco maior que o de crescimento da população total do país: 11,1%.

As principais vítimas são jovens do sexo masculino e negros. Ao todo, foram vítimas desse tipo de morte 30.072 jovens, com idade entre 15 e 29 anos. O número representa 53,4% do total de homicídios do país. Também, desse total, 91,6% eram homens.

Os dados de 2012, último ano da série projetada pelo mapa, mostram ainda que, a partir dos 13 anos de idade, o percentual começa a crescer. Passa de quatro homicídios a cada 100 mil habitantes para 75, quando se chega aos 21 anos de idade.

Os homicídios também vitimam majoritariamente negros, isso é, pretos e pardos. Foram 41.127 negros mortos, em 2012, e 14.928 brancos. Considerando toda a década (2002 – 2012), houve “crescente seletividade social”, nos termos do relatório. Enquanto o número de assassinatos de brancos diminuiu, passando de 19.846, em 2002, para 14.928, em 2012, as vítimas negras aumentaram de 29.656 para 41.127, no mesmo período.

Entre 2002 e 2012, houve crescimento dos homicídios em 20 das 27 unidades da Federação. Sete delas tiveram crescimento explosivo: o Maranhão, Ceará, a Paraíba, o Pará, Amazonas e, especialmente – registra o estudo -, o Rio Grande do Norte e a Bahia. Nos dois últimos, as taxas de mortalidade juvenil devido a homicídios mais que triplicaram. Da Agência Brasil.

JOVEM É ASSASSINADO NO CENTRO COMERCIAL

Esposa deita-se ao lado do corpo de David (Foto Oziel Aragão/Plantão Itabuna).

Esposa chorando ao lado do corpo de David (Foto Oziel Aragão/Plantão Itabuna).

Dois homens em uma moto executaram, ontem à noite, David Francisco da Silva, na “Sombrinha” do Centro Comercial de Itabuna. O jovem de 18 anos levou oito tiros de pistola calibre 380.

A suspeita é de que a morte esteja relacionada ao tráfico de drogas. Segundo informações, David era usuário de drogas. Ele estava de bermuda e camiseta. Segundo o site Plantão Itabuna, a Polícia Militar encontrou várias cápsulas de balas ao lado do corpo.

O jovem morto deixa uma companheira. Ela está no oitavo mês de gravidez. O Plantão registrou o momento em que ela chorava ao lado do corpo de David, desesperada. “David, acorda, acorda, vem cuidar do seu filho”, clamava.

SEQUESTRO-RELÂMPAGO EM ITABUNA

violenciaHá dois dias, um médico de Itabuna sofreu sequestro-relâmpago.

Rommel Pires sofreu ameaças, teve a casa invadida e filha de oito anos e babá tomadas como reféns pelos bandidos.

Os criminosos, para executar o crime, renderam antes um taxista, usado como motorista na ação.

Os bandidos conseguiram levar televisores, notebooks, joias e relógios do médico, além de R$ 10 mil, sacados da conta da vítima em uma agência do Santander em Itabuna.

Passadas mais de 48 horas, os autores do crime ainda não foram presos. A Polícia Civil é a responsável pela investigação do caso.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia