WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Wagner’

JOSIAS GOMES DEFENDE GABRIELLI

Deputado diz que Gabrielli realizou administração progressista na Petrobras

Deputado diz que Gabrielli realizou administração progressista na Petrobras

O deputado federal Josias Gomes (PT) utilizou seu blog para fazer uma defesa veemente do correligionário José Sérgio Gabrielli, secretário do Planejamento da Bahia e um dos possíveis nomes para a sucessão de Jaques Wagner.

Gabrielli vem sendo criticado pela oposição em virtude do contrato feito com uma consultoria americana para elaboração do projeto de análise da ponte Salvador — Itaparica. Pelo serviço, o governo baiano pagou R$ 40 milhões, com dispensa de licitação.

Josias Gomes vê nos ataques uma tentativa de fragilizar o nome de Gabrielli. Para o deputado, o secretário, que comandou a Petrobras, foi responsável por “uma das administrações mais progressistas” da estatal.

Sobre a atuação do correligionário no Planejamento, Gomes afirma que Gabrielli “vem colaborando com o ritmo desenvolvimentista do governo de Jaques Wagner”.

NILO REJEITA POSTO DE VICE

Deputado pede passagem na corrida sucessória

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), concedeu entrevista nesta quinta-feira, 14, à Rádio Sociedade, e declarou que não existe a menor possibilidade dele aceitar o posto de candidato a vice numa chapa governista em 2014. A intenção do pedetista é ser o escolhido como postulante à sucessão de Jaques Wagner (PT).

“Não existe a menor possibilidade de eu ser vice, não é o meu estilo e não quero ser vice”, afirmou o deputado.

Nilo deixou claro que, apesar da disposição do PT de lançar um nome do partido à disputa, o PDT também trabalhará para se viabilizar no processo sucessório.

A briga promete.

GEDDEL QUER APOIO DE NETO EM 2014

Geddel critica governo da Bahia (foto André Reis/Política Livre)

Geddel critica governo da Bahia (foto André Reis/Política Livre)

O vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, Geddel Vieira Lima, do PMDB, reafirma seu desejo de ser candidato a governador da Bahia em 2014. Em nota do site Política Livre, o peemedebista diz que, se o seu nome for o que mais aglutine a oposição, espera contar com o apoio do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Segundo Geddel, também não haveria dificuldade em apoiar Neto, caso o democrata se revele mais viável.

Sobre a possibilidade de reconstruir a aliança com o PT, nos moldes do plano federal, nada feito. O peemedebista diz não ser uma questão pessoal, mas uma decorrência do fato de que o atual governo é “frágil no ponto de vista da execução de políticas públicas que possam beneficiar a Bahia”.

AJUSTE NA AGENDA

Vane terá audiência com Wagner, mas antes participa de sessão na Câmara (Foto Pimenta).

Vane terá audiência com Wagner, mas antes participa de sessão na Câmara (Foto Pimenta).

A abertura dos trabalhos legislativos ordinários em Itabuna sempre ocorre à tarde, mas neste ano os vereadores vão ajustar a agenda. A primeira sessão da nova legislatura será às 9h da próxima sexta, 15.

O motivo: o prefeito Claudevane Leite participará, no mesmo dia, às 16h, de uma audiência com o governador Jaques Wagner, em Salvador, e não quer faltar à abertura dos trabalhos na Câmara, agora na condição de chefe do Executivo e primeiro vereador a deixar o legislativo para comandar o município. Sinal de prestígio à nova legislatura.

Sobre a audiência com Wagner, Vane levará no bolso alguns pedidos, dentre eles agilidade na assinatura de protocolo para que a fábrica de sucos Del Valle (Coca-Cola) seja instalada em Itabuna.

DILMA VEM À BAHIA, MAS NÃO VERÁ O CARNAVAL

Wagner anunciou presença de Dilma no Carnaval. Planalto negou

Wagner anunciou presença de Dilma no Carnaval. Planalto negou

Apaixonada pela praia de Inema, na Base Naval de Aratu, a presidenta Dilma aproveitará o feriadão para mais uma vez curtir as belezas daquele pedacinho do litoral baiano. Ontem, a assessoria do Governo da Bahia informou que a primeira mandatária da nação também daria uma passada pelo Campo Grande, onde visitaria o camarote oficial do governador Jaques Wagner.

Em entrevista, o próprio Wagner falou sobre a presença de Dilma na folia. “Eu estou na expectativa de a presidente chegar no fim da tarde de sexta ou na manhã de sábado”, disse o governador.

Só que as expectativas serão frustradas, segundo matéria assinada pelos repórteres João Valadares e Juliana Braga, no Correio Braziliense. De acordo com a publicação, na noite de ontem o Palácio do Planalto confirmou apenas que Dilma irá para a Base Naval de Aratu, gozar de alguns dias de descanso, mas ficará longe dos trios elétricos.

A presidenta retorna a Brasília na terça-feira, 12.

ENQUANTO ISSO, EM ITABUNA…

bandeira-brancaO governador Jaques Wagner comemora a redução dos índices de criminalidade nas áreas cobertas pelo programa Pacto Pela Vida, que implanta um novo modelo de gestão na área da segurança, com avaliação de metas.  Em Feira de Santana, por exemplo, o resultado é vistoso, com 50% de queda do número de homicídios em janeiro.

Wagner tratou do tema no programa de rádio Conversa com o Governador, veiculado em emissoras da Bahia nesta terça-feira, 5. Ainda segundo o gestor baiano, houve queda de 16% do índice de assassinatos cometidos no mesmo período na Região Metropolitana e 9% em Salvador.

Na verdade, como são apenas os dados de um mês, não é possível saber se há consistência na redução, mas já é um alento. Só não se sabe ainda por que em Itabuna, outra grande cidade do Estado, a matança não dá trégua.

A BIPOLARIDADE DO PR

Sandro Régis e Elmar Nascimento pretendem sair do PR

Sandro Régis e Elmar Nascimento pretendem sair do PR

Com um pé na base aliada do governo Wagner e outro na oposição, o PR deverá sofer uma baixa dentro de pouco tempo. O jornal Tribuna da Bahia anuncia nesta segunda-feira, 4, que três deputados da ala oposicionista (dois estaduais e um federal) planejam deixar o partido.

Estão de malas prontas os estaduais Sandro Régis e Elmar Nascimento, e o federal Maurício Trindade, que já ocupa cargo de secretário de Administração no governo de ACM Neto (DEM) em Salvador. Os atuais republicanos aguardam somente um respaldo jurídico para evitar futuros questionamentos de infidelidade partidária.

Situação curiosa é a do deputado estadual Reinaldo Braga, também do PR, cujo filho foi escolhido por Neto para comandar as prefeituras de bairro. Braga, que é da base de Wagner, afirma que o herdeiro tem relação pessoal com o prefeito.

WAGNER INAUGURA OBRA DE SANEAMENTO EM SERRA GRANDE

Wagner inaugura obra em Serra Grande, ao lado da prefeita Fernanda Silva

Wagner inaugura obra em Serra Grande, ao lado da prefeita Fernanda Silva

O governador da Bahia, Jaques Wagner, inaugurou na manhã deste sábado, 2, em Serra Grande, distrito de Uruçuca, uma obra de saneamento que reduzirá a poluição ambiental em um dos pontos mais bonitos do litoral baiano. A obra, orçada em R$ 4,7 milhões, faz parte das condicionantes do processo de licenciamento do Porto Sul.

O sistema de esgoto de Serra Grande é formado por 34,3 quilômetros de tubulação, emissário e estações de tratamento e bombeamento.  Depois de tratados os dejetos, o produto final será lançado no Rio Piaba, reduzindo o impacto ao meio ambiente.

A obra atende 53% dos moradores do distrito. Segundo Wagner, uma segunda etapa será realizada, com novas ligações de domicílios à rede de saneamento.

PINHEIRO DEFENDE UNIÃO DA BASE

Pinheiro vê “excessiva agonia” em movimentações pela sucessão de Wagner

Em entrevista à Tribuna da Bahia, o senador Walter Pinheiro (PT) se esquiva estrategicamente da condição de pré-candidato ao Governo do Estado e afirma que as definições sobre a sucessão devem ter como pressuposto a união da base sob a liderança do governador Jaques Wagner.

“É hora da base trabalhar unida. Se ela trabalhar unida em 2013 na execução, em 2014 ela continuará unida e, consequentemente, essa mesma base, sob a liderança do governador Jaques Wagner, saberá escolher o caminho para a sucessão”, diz o senador.

Sobre a atuação de lideranças que já se movimentam explicitamente com foco nas próximas eleições, Pinheiro diz que vê nisso “uma dose excessiva de agonia”.

Clique aqui e leia a entrevista completa.

TRAGÉDIA NO RS FAZ GOVERNO CANCELAR EVENTO DA COPA NA BAHIA

A tragédia que ocorreu na madrugada de hoje, 27, no município de Santa Maria (RS) levou o governo baiano a cancelar a contagem regressiva dos 500 dias para a Copa do Mundo de 2014. O evento seria realizado amanhã, 28, no Farol da Barra, em Salvador.

A informação foi divulgada há pouco pela Secretaria  Estadual para Assuntos da Copa do Mundo (Secopa). Uma cerimônia nacional com a participação de dirigentes do governo brasileiro e da Fifa, também prevista para amanhã, em Brasília, foi cancelada.

Governador baiano presta solidariedade a famílias enlutadas.

Wagner: solidariedade.

WAGNER: MOMENTO DE “TRISTEZA E DOR”

Mais cedo, o governador Jaques Wagner manifestou solidariedade às famílias atingidas pela tragédia. “Juntamo-nos também não só as famílias das vítimas, mas a todo o povo gaúcho neste momento de tristeza e dor. Nesse momento, os baianos, os gaúchos e todos os brasileiros se unem em oração”, disse.

“AQUELES OLHOS AZUIS”

Da coluna Tempo  Presente (A Tarde):

Anfitrião do deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) – que esteve ontem na Bahia à caça de votos para a eleição à presidência da Câmara -, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB) levou o companheiro de partido para uma visita ao governador Jaques Wagner.

PMDB e PT, todos sabem, são oposição na Bahia, porém estão juntos no governo federal.

Na chegada à Governadoria, Lúcio ouviu piadinhas dos colegas por estar na “casa do inimigo”.

Saiu-se com esta:

– Ninguém resiste ao encanto desses olhos azuis – apontou para o governador.

Risos generalizados.

A PELEJA GOVERNISTA NA UPB

O corre-corre na base aliada do governo foi intenso nesta terça, 22. Tudo para (tentar) assegurar vitória à candidata assumidamente governista na disputa pela presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria, prefeita de Cardeal da Silva. Durante todo o dia, deputados ligavam para os prefeitos pedindo que não faltassem à eleição e, claro, votassem na “prefeita mais bonita da Bahia”.

Do outro lado, está o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso, do PSB de Maria Quitéria e da base aliada a Wagner. Wilson tem o apoio de descontentes com o governo e de seguidores da oposição a Wagner. O prefeito de Andaraí conseguiu apoio da oposição e de prefeitos como Gilka Badaró (PSB), de Itajuípe.

Até o final de semana, nomes ligados a Quitéria tentavam o apoio de Gilka, mas desistiram. Ela está magoada com Luiz Caetano. Este, deixou de pagar direitos trabalhistas à prefeita da Velha Pirangi. Gilka trabalhava na UPB até o início do ano passado.

MUDANÇAS NO GOVERNO BAIANO

Após viagem à China e retorno nesta terça, 22, o governador Jaques Wagner deve anunciar amanhã, na Governadoria, as mudanças no primeiro escalão do governo. Às 10h, o mandatário baiano fará balanço da viagem ao continente asiático, onde fechou negócios nas áreas automotiva e de petróleo.

WAGNER ESPERA OS FRUTOS DE VIAGEM À CHINA

wagner na china

O programa de rádio semanal produzido pela Secretaria da Comunicação do Governo da Bahia (Secom) destaca a visita do governador Jaques Wagner à China. Em Pequim, o gestor baiano declarou que as negociações apontam para a consolidação de investimentos no Estado.

“Eu percebi que há um grande interesse dos chineses em investir no Brasil. Sobre as duas missões centrais, a PetroChina e a Foton, eu digo que saímos daqui com elas consolidadas, além de todos os outros contatos que fizemos”, disse Wagner.

O governador aguarda a vinda de empresários chineses à Bahia em março.

Clique aqui para ouvir o programa.

A ORDEM DOS FATORES

Cézar Lisboa pode ir para a Sedes

Coluna Tempo Presente (A Tarde)

Citada no conjunto de pastas que devem sofrer mudança no governo neste início de ano, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) é na verdade o centro de tudo, aponta um auxiliar próximo ao governador Jaques Wagner.

Gestora dos recursos do programa Brasil sem Miséria, a expectativa dentro do governo é de transformá-la numa superpasta, e Wagner não quer errar na escolha do gestor.

É nesse cenário que o atual secretário das Relações Institucionais (Serin) passou a ser citado como favorito, e aí é que eventuais políticos com pretensões eleitorais se afastam da indicação.

WAGNER REFORÇA SEGURANÇA

O Governo da Bahia está investindo R$ 37,5 milhões para reforçar a área de segurança em todo o Estado. Os recursos foram empregados na compra de viaturas e equipamentos como armas, coletes à prova de balas e tablets. O objetivo é reaparelhar as unidades das polícias civil, militar e técnica.

A entrega dos equipamentos acontece nesta manhã, na sede da Secretaria da Segurança Pública, em Salvador. Ao todo, são 370 viaturas, 8.440 armas, 17.900 coletes, entre outros itens.

LEI PROÍBE FUMO EM ESCOLAS

O governador da Bahia, Jaques Wagner, sancionou a lei que proíbe o fumo nas escolas da rede estadual. A norma, fruto de projeto de autoria do deputado Targino Machado (PSC), foi publicada nesta quarta-feira, 9, no Diário Oficial, e já se encontra em vigor.

Pelo dispositivo, o ato de fumar no interior de um estabelecimento de ensino do Estado será considerado transgressão, ficando “a diretoria, coordenação ou equivalente, responsável pelo cumprimento da lei”.

A norma dispõe que, ao constatar a infração a esta regra, o responsável deverá advertir o infrator, determinando que ele se retire do estabelecimento.

OTTO DE OLHO EM 2014

Risonho, Otto passou a bola para Wagner...

O risonho Otto: “depende de Wagner” (Foto Pimenta).

O vice-governador Otto Alencar (PSD) é dos nomes da base aliada na disputa pela sucessão de Jaques Wagner em 2014. Em Ibicaraí, Alencar falava das ações na área de infraestrutura nem todo o estado e arrematou: – Aqui não falta unidade.

Junto com o vice-governador, além de Wagner e do prefeito Lenildo Santana, de Ibicaraí, estavam outros dois pré-candidatos ao governo, o senador Walter Pinheiro e o secretário da Casa Civil, Rui Costa, ambos do PT.

Terminada a solenidade, eleitores se aproximaram do vice-governador e perguntavam se em 2014 iriam “votar no 55”, o número de legenda do PSD.

Sem titubear, Otto passou a batata – “doce” –  para o governador: – Depende de Wagner.

O CARA

o cara sou eu

GOVERNADOR DÁ RECADO A ALIADOS E PEDE “HUMILDADE NA VITÓRIA”

Wagner ao lado de Vane, após mandar recado à base aliada e assinar ordem de serviço (Foto Pimenta).

Wagner ao lado de Vane, após mandar recado à base aliada e assinar ordem de serviço (Foto Pimenta).

A ameaça de “racha” no PT de Itabuna na decisão se apoia ou não o governo de Vane do Renascer levou o governador Jaques Wagner a mandar um recado aos aliados. Foi durante a assinatura da ordem de serviço para construção da Barragem do Rio Colônia, hoje, no Centro de Cultura Adonias Filho.

– Na vitória, não abracem a arrogância. Abracem a humildade. No insucesso, não desistam e lutem para melhorar – disse, também fazendo referência ao resultado eleitoral em que o ex-petista e agora prefeito de Itabuna derrotou Juçara Feitosa, esposa do deputado Geraldo Simões.

À mesa da solenidade, estavam, além de Geraldo, o deputados Josias Gomes e o prefeito Vane do Renascer. Os três foram mais que diplomáticos ao discursarem, fazendo referências a todos. Vane, por fim, disse que não deixaria de ressaltar a contribuição de Geraldo – e de lideranças locais – para que a obra saísse – e foi bastante aplaudido.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia