WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘Wagner’

LÍDICE AFIRMA QUE É CANDIDATA AO GOVERNO ATÉ SEM O APOIO DE WAGNER

Lídice da Mata: candidatura mesmo sem apoio de Wagner (Foto Tácio Moreira/Metropress).

Lídice: candidatura mesmo sem apoio de Wagner (Foto Tácio Moreira/Metropress).

A senadora Lídice da Mata (PSB) afirmou em entrevista à Rádio Metrópole na manhã desta segunda-feira (23) que sairá candidata ao governo da Bahia, mesmo sem o apoio do governador Jaques Wagner. “Eu luto para ser a candidata do governo e do governador, acho que reúno condições para isso. Mas, havendo uma negativa do governo, mesmo assim, vou ser candidata”, disse.

Durante a conversa, Lídice ainda explicou a saída do PSB da base do governo Dilma Rousseff. “As conversas para a saída já estavam acontecendo há algum tempo. O que motivou a saída foi uma queixa generalizada de que um segmento tentava constranger as opiniões públicas do partido, devido a uma possível candidatura de Eduardo Campos à presidência”.

A senadora disse ainda que mesmo saindo da base do governo, o PSB está à disposição da presidente para apoiá-la no parlamento. “A vida segue em frente. Agora estou me concentrando em montar a chapa de candidatos do PSB a deputado federal”, finalizou. Do site Metro1.

AFAGO EM PINHEIRO

Faixa Pinheiro Governador foto Pimenta www.pimenta.blog.br

Setor da militância petista declara apoio a Pinheiro (Foto Pimenta).

Dos petistas que postulam a sucessão do governador Jaques Wagner, apenas o secretário de Planejamento José Sérgio Gabrielli compareceu ao ato de fundação da Universidade Federal do Sul da Bahia. Mas passou quase despercebido.

Um setor da militância, porém, fez questão de dizer quem prefere como candidato. No caso, o ausente (no evento) senador Walter Pinheiro.

Um faixa na área externa da Reitoria afirmava: “Pinheiro Governador”.

Quem fez a homenagem carimbou a seguinte assinatura: “Militância merece respeito”

VANE: “É UMA DATA HISTÓRICA PARA ITABUNA”

Vane afirmou que Ufesba vai impulsionar desenvolvimento regional (foto Pimenta)

Vane afirmou que Ufesba vai impulsionar desenvolvimento regional (foto Pimenta)

Falando há pouco no ato de fundação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, definiu este dia 20 de setembro de 2013 como “data histórica” e a instalação da escola como “uma das mais importantes conquistas para Itabuna e região”.

Para o prefeito, a Ufesba vai impulsionar o desenvolvimento regional. Ele observou que a região ainda sofre os efeitos da crise da lavoura cacaueira e destacou a relevância dos investimentos de R$ 200 milhões para a implantação da universidade, lembrando que ela irá gerar 1.200 empregos diretos e terá uma oferta de 10.800 vagas para cursos de ensino superior.

Em seguida ao prefeito, falou o governador Jaques Wagner. Ele antecipou que a aula inaugural da Ufesba já tem data marcada: 9 de setembro de 2014.

O ATO DE FUNDAÇÃO DA UFESBA

Reitor preside a cerimônia (foto Pimenta)

Reitor preside a cerimônia (foto Pimenta)

O reitor pro tempore da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), Naomar Almeida Filho, preside neste momento o ato de fundação da instituição de ensino no bairro de Ferradas, em Itabuna, onde está instalada a Reitoria. A cerimônia conta com a presença do governador Jaques Wagner, do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo, e do prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, entre outras autoridades.

No mesmo ato, Naomar Almeida dá posse a pró-reitores e diretores acadêmicos da Ufsba. Haverá também ainda nesta sexta-feira, 20, a nomeação e posse dos membros do Conselho Universitário.

NILO: “UFSBA DEMOCRATIZA CRESCIMENTO DO ESTADO”

marceloniloO deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, afirma estar entusiasmado com o projeto da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsba), que terá seu ato de fundação nesta sexta-feira, 20, às 15 horas, em Itabuna. A solenidade, que será presidida pelo reitor pro tempore da Ufsba, Naomar Almeida Filho, terá a presença do governador Jaques Wagner e do ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Para o parlamentar, “a instalação de universidades, institutos federais tecnológicos e escolas técnicas que possam dialogar com as características territoriais é fundamental para o desenvolvimento e a consolidação de um estado moderno”.

Ele destacou que a nova instituição permitirá que os jovens tenham menos necessidade de sair da região para fazer um curso superior, ao mesmo tempo em que contribui para atrair gente de outros municípios e estados. “Isso por si só já ajuda a desenvolver as cidades”, aposta o deputado.

 

WAGNER DEVERÁ ENFRENTAR PROTESTOS NA VISITA A ITABUNA

Wagner vem para evento de fundação da Ufesba (Foto José Nazal).

Wagner vem para evento de fundação da Ufesba (Foto José Nazal).

O governador Jaques Wagner estará em Itabuna na próxima sexta-feira (20) para participar da solenidade de fundação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba).

Wagner deverá receber pressão de produtores que tiveram suas terras desapropriadas na região da Barragem do Rio Colônia. Foram desapropriadas, mas dinheiro que é bom… “Necas”.

O prefeito de Itapé, Pedro Jackson Brandão, o Pedrão, já iniciou mobilização para cobrar de Wagner a retomada das obras da barragem, paralisadas por completo no início deste mês.

Pedrão disse ter conversado com engenheiros da empreiteira responsável pela obra. A informação é de que a construção da barragem somente será retomada em 2014, com novo orçamento estadual.

O mandatário baiano deverá ainda contar com recepção calorosa dos produtores dos municípios de Buerarema, Una e Ilhéus prejudicados pelo conflito com tupinambás. Outro protesto prometido é o de terceirizados da Educação, que se encontram há três meses sem salários.

WAGNER: BAHIA FORA DO HORÁRIO DE VERÃO

horário de verão

A Bahia está fora do Horário de Verão, segundo antecipou hoje o governador Jaques Wagner. Precisando fazer média com o eleitorado, o mandatário da boa terra decidiu seguir decisão já tomada em 2012.

– Nós fizemos uma experiência no ano retrasado, então, independente daquilo que eu acho, eu tenho que ouvir a ampla maioria da população. A rejeição foi muito grande – disse o Galego de Ondina.

Assim, os baianos terão de ficar atentos a mudanças de horário de serviços de transporte interestadual e compensação bancária. Nestes casos, vale o “relógio de Brasília”, que será adiantado em uma hora.

WAGNER IRÁ A BRASÍLIA DISCUTIR CONFLITO

Wagner confirma fábrica em Itororó (Foto Pimenta).

O governador Jaques Wagner confirmou que irá a Brasília para discutir o conflito entre índios e pequenos produtores rurais no sul da Bahia. A audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deve ocorrer ainda esta semana.

A situação de Buerarema foi destacada hoje (10) no programa Conversa com o Governador, produzido pela Secretaria da Comunicação do Governo da Bahia. Wagner disse estar atento e “em contato direto com o governo federal, esperando que a gente possa ter um desfecho tranquilo, negociado, para que a paz possa reinar na região”.

O governador declarou ainda que o processo de demarcação em Buerarema ainda está sujeito a questionamentos judiciais e sugeriu, como melhor caminho, “fazer uma negociação para a saída dos não-índios, pagando todas as benfeitorias”.

Sobre os produtores, Wagner observou que não se trata de latifundiários. “São várias famílias, com 60, 70, 80 anos que estão na terra, plantando mandioca, cacau, sobrevivendo disso”.

WAGNER COMEMORA CRESCIMENTO DO PIB BAIANO

Governador criou comissão para apurar crimes cometidos pelo Estado na ditadura militar (foto Pimenta)

Governador diz que tem trabalhado para atrair empreendimentos (foto Pimenta)

O crescimento da economia baiana em escala maior que a brasileira é um dos assuntos comentados por Jaques Wagner no programa Conversa com o Governador, edição veiculada nesta terça-feira, 3. “Minha alegria, evidente, fica maior ainda com a Bahia, já que nós tivemos um crescimento 50% acima da média brasileira”, afirma.

O governador observa que o setor industrial na Bahia teve um incremento 30 vezes superior ao do País no ano passado e  salienta que o crescimento econômico implica na geração de empregos.

Entre outros temas, o programa aborda também o turismo, com destaque para regiões como a Chapada Diamantina e o Vale do Rio São Francisco. Wagner cita a participação da Bahia na 41ª Feira de Turismo das Américas, que começa nesta quarta-feira, 4, em São Paulo.

Clique aqui para ouvir o programa, produzido pela Secretaria de Comunicação do Governo da Bahia (Secom).

REUNIÃO DE CÚPULA

Coluna Tempo Presente (A Tarde)

Jaques Wagner convocou os líderes dos partidos políticos aliados para uma reunião amanhã à tarde. Pauta: avaliação do momento político e da situação financeira do Estado.

No bojo, a necessidade de cortar gastos demitindo ocupantes de cargos comissionados, a parte mais dolorosa do caso.

LÍDICE E A SUCESSÃO

marco wense1Marco Wense

Todas as pesquisas eleitorais visando o Palácio de Ondina, encomendadas pelos dois lados, oposição e situação, apontam ACM Neto em uma posição privilegiada.

E mais: a diferença de Neto para a turma do governo, sob a batuta do governador Jaques Wagner, é considerável. Outro detalhe é que Paulo Souto e Geddel, segundo e terceiro colocados, são oposicionistas.

A fila segue com Lídice da Mata, Wálter Pinheiro, Otto Alencar, Rui Costa e Marcelo Nilo, respectivamente na quarta e oitava colocações. Todos da base de apoio ao governo estadual.

O engraçado no traiçoeiro e movediço jogo sucessório, quase sempre marcado por desconfianças recíprocas, fica por conta da senadora Lídice da Mata.

A ilustre parlamentar, que é presidente estadual do PSB e líder da legenda no Senado, quer o apoio do governador Jaques Wagner independente do cenário nacional.

“Se Eduardo Campos for candidato não impede que o governo me tenha como candidata”, diz a senadora. Campos é governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB.

Pois é. Lídice quer um palanque diferenciado, sem a presença de Dilma, que busca a reeleição, e de Lula. Quer se fortalecer com o apoio de Wagner para pedir votos para Eduardo Campos.

Lídice também criticou a articulação política do governo Dilma: “Ninguém imaginava Cézar Borges como ministro e Otto Alencar como vice de Wagner. O PT se misturou”.

Se o saudoso Gonzaguinha estivesse vivo, diria que o governador Jaques Wagner não tem “cara de panaca” e “jeito de babaca”.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

NAMORO ADMINISTRATIVO

Da coluna Tempo Presente (A Tarde)

Na Fieb, ontem (8), Jaques Wagner foi abordado pelo jornalista Biaggio Talento:

– E aí, governador, como é que está o namoro com ACM Neto?

– Por enquanto, é só administrativo.

ACM Neto ia passando, Wagner chamou:

– Olha, Neto. Biaggio está me perguntando como vai nosso namoro e eu estou dizendo a ele que por enquanto é só administrativo.

WAGNER AUTORIZA REFORMA DE GINÁSIO DE IBICARAÍ

Estado reformará ginásio de Ibicaraí (Foto Divulgação)

Estado reformará ginásio de Ibicaraí (Foto Divulgação)

O prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, recebeu de presente, hoje, a documentação que assegura a reforma completa do Ginásio de Esportes Nicécio Bráulio. A promessa de recuperação do equipamento esportivo havia sido feita por Wagner em 8 de janeiro deste ano. O ginásio pertence ao Governo do Estado.

A obra custará R$ 507.781,33, conforme ofícios e autorizações assinados pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Nilton Vasconcelos. A recuperação do ginásio está entre as principais reivindicações da população ibicaraiense. A reforma foi solicitada ao governo baiano pelo prefeito Lenildo Santana e o deputado estadual Rosemberg Pinto, ambos do PT.

GOVERNO APLICARÁ R$ 4 BI NO COMBATE AO CRACK

Wagner confirma fábrica em Itororó (Foto Pimenta).

Wagner promete ações objetivas contra o crack (Foto Pimenta).

O Governo Federal lança nesta terça-feira, 6, em Brasília, o programa “Crack, é possível vencer!”, que se propõe a destinar R$ 4 bilhões em convênios com os Estados, para o combate à droga.  O governador da Bahia, Jaques Wagner, que participa da solenidade, trata do tema na edição de hoje do programa semanal de rádio Conversa com o Governador, produzido pela Secretaria de Comunicação do Estado.

Segundo o gestor baiano, os novos recursos irão fortalecer as ações do programa estadual Pacto pela Vida. “Nós temos um trabalho dentro do Pacto Pela Vida, o nosso planejamento de segurança do Estado. A gente detecta, por exemplo, que cerca de 75% dos homicídios de jovens até 24 anos estão diretamente ligados ao uso, à dependência ou ao tráfico de drogas”, afirma Wagner.

O governador promete que, a partir de hoje, haverá mais programas objetivos e investimentos do governo federal, reforçando as ações para libertar a juventude da dependência das drogas, especialmente o crack.

Clique aqui para ouvir o programa, que também aborda outros assuntos.

JONAS PAULO DIZ QUE MOMENTO É DE REAFIRMAR LIDERANÇA DO PT

Jonas Paulo: controlamos a crise (Foto Pimenta).

Presidente petista diz que movimentação das ruas reforça importância da candidatura própria (Foto Pimenta).

As pesquisas mostram que o PT, em função de sua posição de destaque na política nacional, foi o partido mais prejudicado com as mobilizações das ruas. Diante desse cenário, o presidente da legenda na Bahia, Jonas Paulo, acredita que o momento seja de dar a volta por cima e mostrar força.

Falando sobre a sucessão de Jaques Wagner, Jonas Paulo disse que “a movimentação das ruas reforça ainda mais a tese da importância de se vincular a eleição do estado com a nacional, onde a candidatura petista tem papel central”. A mensagem é clara: o PT apostará na candidatura própria em 2014.

O presidente petista declarou ainda que a presença do partido na cabeça da chapa majoritária significa “a reafirmação da liderança do PT na Bahia, maior estado com um governador petista, para consolidar nosso projeto político nacional”.

Jonas Paulo prevê para novembro o anúncio do candidato à sucessão de Wagner.

WAGNER ANUNCIA CANDIDATO DO PT ATÉ O FINAL DO ANO

Rui Costa fala de sucessão estadual.

Rui Costa fala de sucessão estadual.

O secretário da Casa Civil, Rui Costa, disse hoje (31) que o governador Jaques Wagner anunciará o candidato do PT à sucessão estadual até o final deste ano.

A decisão, segundo Rui, será tomada a partir do diálogo com os partidos da base aliada, movimentos sociais, lideranças e prefeitos. “Juntos com todos eles será formado um juízo de valor para até o final do ano definir quem será o candidato”.

Rui Costa, que foi eleito deputado federal, é um dos pré-candidatos a governador pelo Partido dos Trabalhadores. Na disputada interna há também o secretário de Planejamento da Bahia, José Sérgio Gabrielli, o senador Walter Pinheiro e o ex-prefeito de Camaçari e ex-presidente da UPB Luís Caetano.

Por outros partidos, também pretendem se candidatar – com o apoio do governador – a senadora Lídice da Mata (PSB) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo (PDT). Outro nome ventilado é o do vice-governador, Otto Alencar (PSD). Rui Costa expôs o plano do PT durante entrevista ao programa Acorda Pra Vida (Tudo FM).

WAGNER SOLICITA PESQUISA QUALITATIVA

Wagner fala dos confrontos na capital baiana em coletiva (Foto José Nazal).

Wagner quer medir estrago causado pelos protestos (Foto José Nazal).

O governador baiano Jaques Wagner tem consciência do estrago causado pelas manifestações de rua que incendiaram o país em junho. Uma corrosão de imagem que foi inclusive aferida na pesquisa CNI/Ibope que avaliou os governos federal e estaduais.

Que o moral de quem está no poder caiu, não há dúvida. Agora, o momento é o de esquadrinhar a gestão para saber precisamente onde se encontram as falhas que desafiam a paciência do povo. Algumas delas – transporte caro e deficiente, serviço de saúde pública desestruturado, educação mambembe etc. –  foram externadas nos cartazes que tomaram conta das ruas. Ainda assim, Wagner quer medição com base científica.

Para tanto, segundo a coluna Raio Laser (da Tribuna), o governador solicitou pesquisa qualitativa, com duas curiosidades principais. A primeira tem a ver exatamente com a maneira como o cidadão-cliente avalia os serviços que lhe são oferecidos e os órgãos responsáveis pelos mesmos; a segunda foca em 2014 e pretende descobrir se a presença de Wagner no palanque sucessório seria positiva.

É possível que se tente saber ainda se o melhor nome para a sucessão deve sair do PT ou de outro partido da base…

IBOPE REGISTRA 28% DE APROVAÇÃO A WAGNER

Wagner confirma fábrica em Itororó (Foto Pimenta).

Governador Jaques Wagner (Foto Pimenta).

Pesquisa realizada pelo Ibope entre os dias 9 e 12 de julho, sob encomenda da Confederação Nacional da Indústria (CNI), atribui 28% de aprovação dos baianos ao governador Jaques Wagner. O levantamento ouviu 602 pessoas e a margem de erro é de dois por cento.

O índice de 28% corresponde aos entrevistados que consideram o governo bom ou ótimo. Inicialmente o Ibope não divulgou os percentuais de regular, ruim ou péssimo que foram atribuídos à gestão baiana.

A pesquisa CNI/Ibope ouviu opiniões sobre as gestões estaduais em 11 unidades da federação. O governo melhor avaliado é o de Pernambuco, com 58% de aprovação; o pior é o do Rio de Janeiro, aprovado por apenas 12% das pessoas entrevistadas.

Como é a primeira rodada de pesquisas que o CNI/Ibope realiza nos estados, não há parâmetro para comparar os índices.

“NÃO É NA PORRADA QUE VAMOS CONSTRUIR UM BRASIL MELHOR”, DIZ WAGNER

Wagner assina protocolos de intenções no sudoeste baiano (Foto Pimenta).

Wagner assina protocolos de intenções no sudoeste baiano (Foto Pimenta).

O governador Jaques Wagner disse hoje (19), em Itororó, no sudoeste da Bahia, que os protestos no país são bem-vindos, mas fez críticas aos atos de vandalismo. “Aqueles que vão à rua para depredar, assaltar, seguramente, não vão construir o Brasil que a gente quer”.

Na sequência, emendou: – Não é no braço, na porrada e na desordem que nós vamos construir um Brasil e uma Bahia melhores. A juventude que levanta a voz por mais saúde, educação e mais transporte público terá sempre o meu apreço, da Dilma [Rousseff] e do [ex-presidente] Lula.

Wagner lembrou do passado do PT (“o partido foi fundado reclamando daquilo que estava errado”) para apoiar as manifestações por mais saúde, mais educação e mais empregos, seguindo com uma espécie de mea culpa. “Fizemos muito em 10 anos e meio de governos do PT, mas é claro que não fizemos tudo”.

No início da tarde de hoje, Wagner, prefeitos e empresários assinaram protocolos de intenções para instalação de três indústrias no centro-sul do Estado. São elas a Lia Line (Itororó),  Ella Indústria e Confecções (Itapetinga) e Mastic Indústria e Comércio de Artefatos Plásticos (Firmino Alves). A previsão é de que as fábricas comecem a operar em janeiro e gerem 1,3 mil empregos.

O ato foi realizado na área industrial de Itororó e teve a participação de aproximadamente 800 pessoas. O evento atraiu prefeitos regionais, como Lenildo Santana, presidente da Associação de Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste (Amurc), Lero Cunha (Firmino Alves), José Carlos Moura (Itapetinga) e Marco Brito (Itororó), deputados Rosemberg Pinto, Marcelo Nilo, Sérgio Brito e Geraldo Simões, e secretários estaduais.

POLICIAMENTO REFORÇADO

Cerca de 60 policiais e dez viaturas da PM e das Cipes Cacaueira e do Sudoeste foram acionadas (Foto Pimenta).

Chamou a atenção o forte aparato policial. Foram mais de 60 policiais militares, parte deles das companhias especializadas Cipe-Cacaueira e Cipe-Sudoeste. O Pimenta apurou que o reforço no policiamento foi preventivo diante da possibilidade de protestos de estudantes e moradores das áreas ribeirinhas do Rio Catolé. Quando Wagner iniciou o discurso, parte do público cobrou apoio para reabertura do matadouro municipal.

WAGNER ANUNCIA FÁBRICAS EM MUNICÍPIOS DO SUDOESTE

Três fábricas nas áreas de calçados, vestuário e artefatos plásticos serão anunciadas amanhã (19) pelo governador Jaques Wagner em visita a Itororó no centro-sul da Bahia. Como o PIMENTA informou com exclusividade no início do mês, as indústrias serão instaladas em Itororó, Itapetinga e Firmino Alves (reveja aqui).

A Lia Line será instalada em Itororó e vai gerar até mil empregos na fabricação de calçados femininos. Já a Ella Indústria e Confecções vai produzir blusas, vestidos e bermudas em Itapetinga. A Mastic- Indústria e Comércio de Artefatos Plásticos se instalará em Firmino Alves.

Wagner assina os protocolos de intenções em ato público em Itororó, às 11h30min. As três indústrias vão gerar cerca de 1,5 mil empregos.

Para o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), a atração das indústrias mostra a sensibilidade do governador com a situação do centro-sul. Os municípios estão entre os mais afetados com a redução das atividades da Azaleia na região.

POSSE DE NAOMAR ALMEIDA

Mercadante empossa Naomar Almeida na reitoria da Ufesba

Mercadante empossa Naomar Almeida na reitoria da Ufesba

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, empossou nesta quarta-feira, 17, o professor Naomar Monteiro de Almeida Filho como reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia. A cerimônia, em Brasília, contou com a presença do governador Jaques Wagner e parlamentares da bancada baiana no Congresso.

Mercadante declarou durante a solenidade que fará o possível para que a nova instituição de ensino esteja em pleno funcionamento já em 2014. Ele também felicitou a população sul-baiana pela conquista.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia