WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba








junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Zem Costa’

RUMOS DA SUCESSÃO

marco wense1Marco Wense

 

Recentes pesquisas de intenções de voto apontam que 65% do eleitorado itabunense não pretende votar em candidatos que já foram prefeitos.

 

O melhor caminho para evitar uma possível polarização na sucessão de Itabuna, entre os ex-prefeitos Fernando Gomes e Geraldo Simões, é a formação de um bloco partidário.

Essa junção de forças tem que defender uma nova maneira de administrar, com respeito ao dinheiro público e sem os descalabros dos últimos governos. Não basta só ficar na fácil tarefa de apontar os erros. É preciso mostrar soluções, sob pena de o discurso virar blablablá e cair na vala comum. Ser tachado de demagógico e eleitoreiro.

Com efeito, veja o que diz o bom jornalista Waldeny Andrade no seu mais novo livro sobre as eleições de Itabuna: “(…) Geraldo Simões, ao derrotar de uma só vez José Oduque Teixeira e Ubaldo Dantas (dois ex-prefeitos), veio acrescentar seu nome ao diminuto grupo que governaria o município de Itabuna nos últimos 40 anos. A partir daí, estabeleceu-se o pingue-pongue Geraldo-Fernando, somente quebrado em 2008 com José Nilton Azevedo, mesmo assim candidato de Fernando (…). Itabuna sofreu com a invenção desta estranha alternância de poder”.

Deixando de lado o aspecto jurídico – se fulano, sicrano e beltrano serão ou não atingidos pela Lei da Ficha Limpa –, o fernandismo e o geraldismo apostam que a sucessão de 2016 será decidida pelos seus líderes.

Essas duas correntes não acreditam em mais de uma candidatura dentro do mesmo campo político. São unânimes na afirmação de que as duas maiores lideranças do petismo e do demismo, governador Rui Costa e o prefeito soteropolitano ACM Neto, vão fazer de tudo para evitar um racha na base aliada.

Nesse específico ponto, democratas e petistas estão cobertos de razão. A sucessão municipal, principalmente nos grandes redutos eleitorais, vai ser estadualizada. O escopo maior é a eleição de 2018, a disputa pelo cobiçado Palácio de Ondina.

Surge agora uma informal coligação de sete agremiações partidárias para contrapor a esse pingue-pongue: PDT-PV-SD-PSOL-PPS-PPL-PSB com seus respectivos pré-candidatos: Dr. Mangabeira, Alfredo Melo, Maruse Xavier, Zem Costa, Leninha Duarte, Otoniel Silva e Carlos Leahy.

O bloco acredita que o desejo de mudança tende a crescer ainda mais. Recentes pesquisas de intenções de voto apontam que 65% do eleitorado itabunense não pretende votar em candidatos que já foram prefeitos.

A torcida é para que o processo sucessório transcorra dentro da civilidade, da democracia e do respeito pelos adversários, que não descambe para o lado raivoso.

PS – Algumas figuras importantes do PMDB de Itabuna têm simpatia pela pré-candidatura de Antônio Mangabeira. Nos bastidores, comenta-se até que Geddel Vieira Lima, comandante-mor do peemedebismo, não vai criar nenhum obstáculo para um eventual apoio ao prefeiturável do PDT. É bom lembrar que Geddel tem um bom relacionamento com o deputado Félix Júnior, presidente estadual do brizolismo. E que o PDT faz oposição ao governo Rui Costa (PT).

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

DE REPENTE, ROBERTO JOSÉ

marco wense1Marco Wense

A estranheza é Roberto José ter mais do dobro de votos de Azevedo e quase três vezes mais do que Geraldo.

O Instituto Seculus andou divulgando uma pesquisa sobre a sucessão do prefeito Claudevane Leite (PRB). A consulta teria sido contratada por um “empresário” de Itabuna.

Pela enquete pré-eleitoral, o deputado estadual Augusto Castro (PSDB) aparece na dianteira das intenções de voto. O ex-prefeito Fernando Gomes (DEM) ocupa a segunda posição.

A surpresa ficou por conta do secretário de Transporte e Trânsito Roberto José, sendo o terceiro da fila e bem na frente dos ex-prefeitos Geraldo Simões e do Capitão Azevedo.

A estranheza é Roberto José ter mais do dobro de votos de Azevedo e quase três vezes mais do que Geraldo. Vale ressaltar que na última pesquisa que tive acesso, o também presidente da FICC estava em situação desconfortável.

De repente, um vapt-vupt impressionante. O percentual do secretário é maior do que a soma dos percentuais de Geraldo Simões (PT), Antônio Mangabeira (PDT), Leninha Duarte (PPS), Davidson Magalhães (PCdoB), Carlos Leahy (PSB), Coronel Santana (PTN), Alfredo Melo (PV) e Zem Costa (Psol).

A chamada “Guerra das Pesquisas” é inerente ao movediço e traiçoeiro mundo político. A divulgação de uma nova consulta com Roberto José na lanterninha é só uma questão de tempo, basta o PCdoB bancar a pesquisa.

Inquestionável e consensual é a posição de Augusto Castro. O tucano ocupa o primeiro lugar em todas as enquetes, sejam elas realizadas pelo governismo, pela oposição ou qualquer outro empresário.

Vem aí uma enxurrada de pesquisas. Até a véspera do dia da eleição, quem sabe 15, 20, 25 ou 30. A maioria manipulada, inconsistente e desprovida de credibilidade.

Prefiro o conselho da minha intuição política. A conversa com os meus botões, como diria o polêmico e inquieto jornalista Mino Carta, é mais confiável.

PS – Na dúvida, não tendo certeza que a pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral, optei pelo prudente caminho de não revelar os percentuais (%) dos pré-candidatos.

CALMA, GENTE!

Que cada um defenda o pão de cada dia de maneira limpa, exercendo a função com ética e profissionalismo, sem precisar passar por cima de ninguém e, muito menos, pisotear. É assim que se procede.

É o conselho da modesta Coluna Wense para alguns jornalistas, repórteres e blogueiros de Itabuna. Tem espaço para todos. “Não vos agonies”, diria o advogado Adylson Machado, assíduo frequentador da saudosa Turma da Jaca.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

A TEORIA ZEM

Zem defende Davidson e Augusto no parlamento (Foto Agora).

Zem defende Davidson e Augusto no parlamento (Foto Agora).

Do Agora na Rede

O pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PSOL, Zem Costa, afirmou hoje, em entrevista ao Jornal Agora, que por uma questão de estratégia de sobrevivência, Itabuna não deveria votar em Augusto Castro ou Davidson Magalhães. Ele explicou seu raciocínio:

“Temos uma grande dificuldade com a representação parlamentar. A cidade tem apenas um representante em cada casa legislativa, no caso Augusto Castro (PSDB) na Assembleia Legislativa Estadual e Davidson Magalhães (PCdoB) na Câmara Federal. Se algum desses sai para ser candidato e, na hipótese de ganhar, fatalmente estaremos sem representação em uma ou até nessas duas esferas”, argumentou.

Na mesma entrevista ele também avaliou o governo do prefeito Vane, ao qual atribuiu uma nota 5. “O prefeito, pessoalmente, não é um indivíduo ruim. Mas como gestor, deixa muito a desejar”.

A entrevista de Zem Costa será publicada na edição do Agora que circula no próximo sábado.

AGENDA DOS CANDIDATOS (TERÇA, 28)

Azevedo (cen.) e Renato Costa posam para as lentes ao lado de eleitor.

Capitão Azevedo (DEM)
8h25min – Reunião com funcionários dos Correios
15h25min – Caminhada no Daniel Gomes, saindo do módulo policial

Juçara Feitosa (PT)
9h – Gravação de programa eleitoral
14h – Corpo a corpo no Jardim Grapiúna (Favela do Bode)
19h – Reunião com moradores do Maria Pinheiro

Zé Roberto (PSTU)
9h – Gravação de programa eleitoral
15h – Visita à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM)
19h – Edição de programas de TV e rádio

Pedro Eliodório (PCB)
9h – Panfletagem no Novo São Caetano
14h – Panfletagem e corpo a corpo no Vila Anália

Zem Costa (PSOL)
8h50min – Café da manhã no salão de festas Ranuza, realizado pelos Correios
14h50min – Visita ao Manoel Leão
20h50min – Reunião com vereadores do PSOL

Vane do Renascer (PRB)
8h – Reunião com lideranças
9h30min – Corpo a corpo no Campo Formoso, saindo da Trifil
14h – Gravação de programa eleitoral
15h30min – Caminhada no São Lourenço e Santo Antônio, saindo da Fortaleza Pneus
18h – Reunião com lideranças

ILHÉUS —-

Jabes intensifica contato com eleitor e investe em “corpo a corpo”.

Jabes Ribeiro (PP)
9h – Visita ao Alto da Legião, saindo do Rondelli
15h30min – Corpo a corpo na Av. Esperança, saindo da Igreja Stª Terezinha
19h30min – Reunião com Movimento Pontalense de Cidadania (Fredesko).

Jorge Luiz (PSOL)
15h – Visita a Couto e Santo Antônio (encontro com a comunidade evangélica)
19h – Reunião no Comitê da Zona Sul (Nelson Costa)

ITABUNA: ZEM COSTA DEFENDE MMA NAS ESCOLAS

Zem Costa: MMA nas escolas (Foto Diário Bahia).

As Artes Marciais Mistas (do inglês MMA) ganharam o mundo e se tornaram populares também no Brasil. O mais novo dos candidatos a prefeito de Itabuna, Zem Costa (PSOL), acredita que a luta pode ser incluída entre as atividades esportivas nas escolas da rede municipal. Pelo menos, essa foi uma das propostas apresentadas por ele na sabatina do Alerta Total, da TV Cabrália/Record News no final de semana.

Zem falava das suas propostas para a educação e disse que a principal, como professor, é que Itabuna adote em toda a rede o ensino em tempo integral, dedicando um dos turnos a atividades esportivas e culturais. “A criançada tem muita energia. De preferência, que se gaste [energia] com esporte, o futebol, a capoeira e esportes que são febres hoje em dia, como o MMA”, disse. O MMA tem Anderson Silva como principal referência na atualidade. É um misto de artes marciais.

Ainda no programa, o candidato pôde falar de temas como trânsito, saneamento, cultura e lazer e emprego. Zem defende mais investimentos na Educação Profissional para reduzir as dificuldades do jovem no acesso ao primeiro emprego. E considera imprescindível execução de políticas públicas para o enfrentamento da violência no município. “A violência em Itabuna tem assombrado a população”.

O candidato do PSOL também aposta em investimentos em políticas preventivas de saúde para reduzir o caos na rede hospitalar municipal. A principal ação, considera, é investir na rede básica e colocar para funcionar unidades de saúde 24 horas em regiões estratégicas do município.

Zem ainda falou em trânsito e defendeu a criação de ciclovias (“Itabuna só tem meio quilômetro de ciclovia”) e novos corredores urbanos, a exemplo da margem esquerda da BR-101, ligando a região da Mangabinha e Bananeira ao viaduto da BR-101 que liga, também, à BR-415.

Zem Costa também defende o estímulo ao esporte. A ideia é construir quadras poliesportivas, pista de atletismo e piscina olímpica. Para ele, os espaços que a cidade tem para  prática de esporte e para o lazer são poucos e precários. Outro dado: as quadras poliesportivas existentes não são cobertas.

O candidato reconheceu ser o mais jovem, mas fez disso uma bandeira e lembrou ser filiado ao partido que “cassou” o ex-senador Demóstenes Torres (ex-DEM). “Sou candidato mais jovem da história de Itabuna. Que a juventude venha fortalecer essa corrente”.

HORÁRIO ELEITORAL COMEÇA AMANHÃ

Na ordem: Zem, Zé Roberto, Juçara, Azevedo, Vane e Eliodório.

– AZEVEDO E JUÇARA DOMINAM TEMPO DE RÁDIO E TV

– VANE TERÁ 5MIN24S E 10 A 11 INSERÇÕES DIÁRIAS

As campanhas eleitorais entram numa das fases mais importantes nesta terça, 21, quando começa o horário eleitoral gratuito. Mais que os 60 minutos diários, os candidatos estão de olho em aproximadamente 50 comerciais avulsos a que têm direito e são exibidos nos intervalos de programação das emissoras de rádio e televisão.

Os dois blocos de horário eleitoral do rádio são às 7h e às 12h. Na televisão, os candidatos dão as caras às 13h e às 20h30min. A estreia desta terça será dos candidatos a vereador. São 14 diferentes coligações e mais de 400 candidatos que esperam pescar uns votinhos no horário eleitoral em Itabuna.

Os candidatos a prefeito vão aparecer na telinha amanhã apenas nas inserções. O horário eleitoral da majoritária começa na quarta, 22.

Zem Costa, do PSOL, terá 1 minuto e 47 segundos e será o primeiro a riscar na tela. Vane do Renascer (PRB) aparecerá na sequência, dono do terceiro maior tempo de televisão: 5 minutos e 24 segundos.

O prefeito e candidato à reeleição Capitão Azevedo (DEM) será o terceiro na ordem de aparição na próxima quarta, mas será o primeiro em tempo de televisão, com 9 minutos e 58 segundos.

Juçara Feitosa (PT) é dono do segundo maior tempo, com 9 minutos e 30 segundos. A sequência do primeiro dia para os prefeituráveis terá Pedro Eliodório (PCB), com 1min40s, e Zé Roberto (PSTU), com 1min41s.

AGENDA DOS CANDIDATOS (QUARTA, 15)

Após receber presidente nacional do PT, Juçara terá encontro com Lula nesta quarta.

Juçara Feitosa (PT)
10h – Encontro com o ex-presidente Lula (São Paulo)

Vane do Renascer (PRB)
9h – Encontro com lideranças
15h – Votação de projetos (Câmara Municipal de Itabuna)
18h – Panfletagem na Unime (Avenida José Soares Pinheiro)

Pedro Eliodório (PCB)
9h – Grava programa de televisão
16h – Visita a moradores da Rua Santa Maria (Califórnia)
Zem Costa (PSOL)
8h – Grava programa de TV
14h – Reunião com a coordenação de campanha
19h – Panfletagem

Capitão Azevedo (DEM)
15h30min – Visita aos moradores do Núcleo Habitacional da Ceplac

Zé Roberto (PSTU)
9h – Gravação de programa eleitoral
14h – Reunião com coordenação de campanha
19h – Visita a apoiadores no São Caetano

ILHÉUS —-

Carmelita seguiu com Rui Falcão para encontro com ex-presidente Lula.

Professora Carmelita (PT)
10h – Encontro com o ex-presidente Lula em São Paulo

Jorge Luiz (PSOL)
9h – Missa em homenagem a Nossa Senhora da Vitória (Alto Ceará)
16h – Participação na procissão de Nossa Senhora da Vitória

Jabes Ribeiro (PP)
9h – Presença na Missa de Nossa Senhora da Vitória, no bairro Nossa Senhora da Vitória.
15h30min – Corpo a corpo no bairro Nelson Costa, concentração no Cruzado.
19h – Reunião com lideranças

AZEVEDO, JUÇARA E VANE TERÃO MAIS DE 80% DO HORÁRIO ELEITORAL

Os tempos aproximados de cada prefeiturável no horário eleitoral (Montagem Pimenta).

A campanha eleitoral no rádio e na televisão começa no próximo dia 21. A Justiça Eleitoral define, na terça, 7, o tempo de cada candidato a prefeito e das coligações proporcionais (vereadores) em Itabuna. A divulgação será feita pelo juiz da 27ª Zona Eleitoral, Antônio Carlos Moraes, que vai sortear a ordem de exibição dos programas.

Pelas projeções, os candidatos Capitão Azevedo (DEM) ou o seu substituto e Juçara Feitosa (PT) serão donos dos maiores tempos de rádio e TV e terão maior quantidade de comerciais (inserções) diárias.

Capitão Azevedo terá, aproximadamente, 9 minutos e 58 segundos de tempo no horário eleitoral em cada bloco. Já a petista Juçara Feitosa, 9 minutos e 22 segundos.

Claudevane Leite, Vane do Renascer (PRB), terá, aproximadamente, 5 minutos e 27 segundos de exposição no horário eleitoral.

Zem Costa (PSOL) ficará com 1 minuto e 47 segundos. Zé Roberto (PSTU) e Pedro Eliodório (PCB) terão, cada um, 1 minuto e 40 segundos.

O horário eleitoral é dividido em dois blocos no rádio e na televisão. Cada um tem duração de 30 minutos. No rádio, a exibição ocorre às 7h e às 12h. Na televisão, às 13h e 20h30min, de segunda a sábado, alternando entre candidatos a prefeito (segunda, quarta e sexta) e vereadores (terça, quinta e sábado). Dos 30 minutos de cada bloco para prefeito, 20 são definidos de acordo com o tempo de cada partido e 10 minutos são divididos igualitariamente entre os candidatos.

O FILÉ DO RÁDIO E DA TV

Distribuídas ao longo das programações das emissoras de rádio e televisão, as inserções comerciais são consideradas “o filé” da campanha gratuita na mídia, pois “pegam” o eleitor de surpresa. Elas são exibidas nos intervalos comerciais de rádio e televisão.

Neste quesito, Azevedo e Juçara também levam vantagem por terem maiores tempos no horário eleitoral. Projeções apontam que Azevedo terá entre 19 e 20 inserções por dia. Juçara variará entre 18 e 19 inserções. Vane do Renascer, entre 10 e 11.

Zem Costa terá direito a três ou quatro inserções de 30 segundos por dia. Zé Roberto e Pedro Eliodório ficarão com três inserções diárias e, em poucos dias, terão direito a quatro.

Os cálculos são feitos levando-se em conta que cada inserção tenha 30 segundos. Esse tempo pode ser dividido em 15 segundos, por exemplo.

AGENDA DOS CANDIDATOS (SEXTA – 3/08)

Zé Roberto terá compromissos com professores e operários da construção civil

Zé Roberto (PSTU)

8h – Café da manhã com trabalhadores da construção civil
10h – Reunião para organizar seminário de programa de governo
14h – Entrevista ao Diário Bahia
16h – Participação na assembleia dos professores na sede da APLB
19h – Visita a apoiadores na Califórnia para organizar seminário

Zem Costa (PSOL)

08h50min – Gravação programa de TV
14h20min – Visita Bairro Nova Esperança
18h – Reunião com candidatos a vereador

Vane do Renascer (PRB)

6h – Visita à Feira do Pontalzinho (ao lado da FTC)
9h – Visita ao comércio da Av. Amélia Amado (concentração na FTC)
15h – Corpo a corpo no Bairro Novo Lomanto
18h – Reunião com candidatas a vereadora e mulheres da coordenação de campanha (Comitê do Banco Raso)

Juçara Feitosa (PT)

8h – Corpo a corpo na Cinquentenário (concentração Praça Adami)
14h – Corpo a corpo na Cinquentenário (concentração Praça Adami)

Capitão Azevedo (DEM)

15h30min – Visita ao Novo Lomanto e Stª Catarina (Saída do Campo do Lomanto)
19h30min – Reunião com moradores do São Caetano (Tv. S. Jorge, 115)

ILHÉUS —–

Professora Carmelita, ao centro, intensifica o corpo a corpo nos morros ilheenses.

Professora Carmelita (PT)

8h30min – Visita aos Altos do Iraque e Bela Vista e ao Banco da Vitória
17h – Caminhada na Conquista
20h – Culto na igreja Assembleia de Deus da Urbis

Jabes Ribeiro (PP)

9h – Visita ao Alto do Cacau (Malhado)
15h30min – Visita ao Alto do Basílio
19h – Visita a uma igreja evangélica

Jorge Luiz (PSOL)

16h – Caminhada na Barra, saindo do CSU

AZEVEDO É O MAIS RICO DOS CANDIDATOS A PREFEITO; PATRIMÔNIO CRESCE QUASE 200%

Zem Costa, Zé Roberto, Juçara Feitosa, Capitão Azevedo, Vane do Renascer e Pedro Eliodório.

Candidato à reeleição numa chapa que conta com 11 partidos, o prefeito Capitão Azevedo (DEM) apresentou evolução patrimonial de quase 200% em quatro anos. A comparação é feita entre as declarações de bens de 2008 e 2012.

Conforme declaração entregue à Justiça Eleitoral, Azevedo informou que possui R$ 129.315,53 em bens. O patrimônio saltou para  358.725,59 em 2012, dinheiro esse distribuído entre contas bancárias. No período, ele informa ter comprado uma VW Parati 1994 e um Ford Fiesta 2004. Todos os candidatos são obrigados a declarar bens ao pedir o registro de candidatura.

Dos seis candidatos a prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, Vane do Renascer (PRB), é o segundo em bens: R$ 218.000,00 (dois imóveis e um veículo VW Gol 2008). Há quatro anos, Vane possuía R$ 106 mil em bens, evolução superior a 100%

Suplente de senadora e candidata a prefeita pela segunda vez, Juçara Feitosa (PT) declarou ter dinheiro em conta e sociedade em restaurante, num total de R$ 9.78557 em bens.

Zé Roberto (PSTU) vai para a segunda disputa à prefeitura de Itabuna e apresentou R$ 5,5 mil em bens. Zem Costa (PSOL) informou não possui bens. Pedro Eliodório informou possuir R$ 600,00 em espécie.

CAMPANHAS VÃO CUSTAR (SÓ?) R$ 5,4 MILHÕES

A previsão de marqueteiros experientes aponta que somente a campanha eletrônica (rádio e televisão) em Itabuna custará –  não menos que – R$ 1 milhão em 2012.

O montante, claro, é o necessário para cobrir despesas de candidatos que possuem maior tempo no horário eleitoral na televisão e no rádio e exigem maior estrutura (contratação de produtora, estúdio, logística, produtores, cinegrafistas, repórteres, apresentadores…).

Mas se o leitor-eleitor acredita em Papai Noel… Em Itabuna, a previsão de gastos em toda a campanha dá exatos R$ 5.425.000.00. Não é pouca grana, mas a realidade aponta para gastos ainda (e bem) maiores.

Vane do Renascer (PRB) fez previsão de gastos de R$ 2 milhões em sua campanha. Juçara Feitosa (PT) pretende gastar a mesma quantia. Já o prefeito Capitão Azevedo (DEM), que terá praticamente metade do horário eleitoral na TV e no rádio, informou previsão de gastos de R$ 900 mil.

Zem Costa (PSOL) definiu em R$ 500 mil o teto de gastos. Zé Roberto (PSTU) prevê R$ 15 mil e Pedro Eliodório (PCB) deverá gastar R$ 10 mil.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia