MORRE SECRETÁRIO DE TURISMO DE CAIRU, JÚLIO OLIVEIRA, DE COVID-19

Júlio Oliveira morre vítima de Covid-19 em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

Júlio Oliveira, secretário de Turismo de Cairu, no baixo-sul da Bahia, faleceu na tarde deste domingo (13), cerca de 30 dias depois de confirmada infecção pelo novo coronavírus (Covid-19). Júlio, que também foi secretário de Turismo de Itacaré até o ano passado, estava internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Itabuna, para onde foi transferido depois de agravamento do quadro de saúde.

Júlio deixa esposa e três filhos. Há pouco, a Prefeitura de Cairu emitiu nota de pesar lamentando a perda. “Fica o agradecimento da prefeitura pelo competente trabalho”, diz a nota, que presta “solidariedade à família em luto”.

Nascido em Valença, também no baixo-sul, Júlio Oliveira formou-se em Turismo. Na área pública, em 1996, foi diretor de Agricultura e Meio Ambiente de Valença, até assumir a Secretaria de Indústria, Comércio, turismo e Cultura de Valença. O profissional também foi consultor da Associação dos Municípios do Baixo Sul da Bahia, onde coordenou a Câmara Técnica de Turismo de 2005 a 2010.

PESAR

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, emitiu nota em que lamentou a grande perda e lembrou da colaboração de Júlio enquanto secretário de Turismo do município da Costa do Cacau até 2020. Outro político que também se posicionou, o deputado estadual Rosemberg Pinto disse que “o baixo-sul baiano perde um grande profissional e conhecedor do turismo da região”. Atualizado às 18h50min e às 20h20min para acréscimo de informação.

ESTUDANTE DE ODONTOLOGIA É PRESO POR EXERCÍCIO ILEGAL DA PROFISSÃO

Polícia Militar e Conselho apreenderam materiais usados pelo estudante || Foto CRO-BA
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um estudante de Odontologia foi preso, neste sábado (12), por trabalhar de forma ilegal como cirurgião-dentista, realizando procedimentos de harmonização orofacial em um salão de beleza em Salvador.

Segundo o Coordenador de Fiscalização do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), Érico Brito, José Vale se apresentava nas redes sociais como doutor e vendia serviço de harmonização orofacial. Preso em flagrante, o estudante foi levado para a Central de Flagrantes, no Iguatemi.

O Conselho Regional de Odontologia recebeu denúncias da atividade de forma anônima e agiu de forma conjunta com a Polícia Militar. Segundo Érico Brito, o profissional precisa, além de terminar a graduação, “inscrever-se no Conselho, que age para proteger a sociedade contra esse tipo de risco”. O paciente antes do atendimento pode solicitar a carteira profissional e número de inscrição, como também deve consultar junto ao CRO.

Érico explicou que o detido irá responder por um crime previsto no artigo 282 do Código Penal. “Ela vai responder por um crime de menor potencial ofensivo, motivo pelo qual ele não é preso, assina apenas um termo de compromisso para comparecer em juízo”, esclareceu. Na universidade, o estudante corre risco de penalidade e até expulsão.

CONTADOR E PROFESSOR JEAN BARAÚNA MORRE

Jean Baraúna morreu na madrugada deste domingo (13).
Tempo de leitura: < 1 minuto

Morreu, na madrugada deste domingo (13), o contador e professor Jean Baraúna, de 55 anos. O proprietário da Baraúna Assessoria Contábil, em Itabuna, esperava há três anos por um transplante de fígado, segundo relatos de amigos. Desde o mês passado estava internado em um leito da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele deixa viúva e filhos.

Jean Luiz Baraúna era membro da Igreja Batista da Esperança, que divulgou nota lamentando a perda. “ Com muito pesar, comunicamos o falecimento do irmão Jean Baraúna (…). Membro da nossa comunidade há muitos anos, Jean participou ativamente de diversos ministérios, além de fazer parte da nossa diretoria e do ministério Embaixadores do Rei”.

A igreja pede ainda, em nota, orações em favor de Leila, Felipe, Léo e todos os demais familiares e amigos. Não há detalhes sobre o velório e o sepultamento do corpo de Jean Baraúna.

AÇÃO COMUNITÁRIA

Além de atuação nas ações da Igreja Batista da Esperança, Jean Baraúna também se envolvia em causas comunitárias. Ele foi diretor de Recursos Humanos da Prefeitura de Itabuna, integrou diretoria da fundação que mantém o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) e também coordenou o Grupo de Ação Comunitária de Itabuna (GAC). Atualizado às 13h15min.

APOSTA ÚNICA LEVA PRÊMIO DE R$ 43,2 MILHÕES DA MEGA-SENA

Aposta única feita em Santa Catarina leva prêmio milionário
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma aposta feita em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, levou o prêmio de R$ 43,2 milhões da Mega-Sena. O apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.380 sorteadas na noite de sábado (12), no Espaço Loteria Caixas, em São Paulo. Os números foram: 11 – 16 – 20 – 24 – 39 – 53.

Outros 59 apostadores acertaram 5 dezenas e vão levar, cada um, um prêmio de R$ 65.129,22. Mais 5.566 apostas acertaram quatro dezenas e vão levar um prêmio de R$ 986,24.

O próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para quarta-feira (16). O prêmio previsto para o concurso 2381 é de R$ 3 milhões. A aposta simples custa R$ 4,5 e pode ser feita em qualquer casa lotérica.

ABASTECIMENTO COMEÇA A SER RETOMADO NA REGIÃO DO S. CAETANO, INFORMA EMASA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após mais de uma semana sem água na torneira, moradores da região do São Caetano começaram a ter o abastecimento regularizado. Segundo o gerente de Produção e Distribuição de Água da Emasa, Moisés Ferreira Rosa, neste sábado (12), haverá a ampliação no sistema de manobras que vai atender, além do São Caetano, os bairros circunvizinhos.

Dentre os bairros a terem abastecimento normalizado, estão Novo São Caetano, Pedro Jerônimo, Daniel Gomes, Jardim Primavera e Sarinha Alcântara. “A Emasa atua para suprir a demanda em toda a cidade. Porém, os constantes rompimentos na tubulação de nossa rede acabam prejudicando o cronograma. Mas, estamos atuando para atender toda a cidade”, diz Moisés Ferreira Rosa.

A Emasa está trabalhando no Projeto de Ampliação do Sistema de Distribuição de Água, segundo a assessoria da empresa. O projeto prevê construir uma adutora de 7 Km, ligando a Estação de Tratamento de Água (ETA), a dois reservatórios, sendo um instalado no Bairro Jardim Cordier (setor do São Caetano), com capacidade para acumular cinco milhões de litros de água, e outro, no Bairro Novo Lomanto, para armazenar três milhões de litros de água.

– Com essas intervenções a Emasa equaciona boa parte do abastecimento da cidade, uma vez que para essas duas regiões, o sistema de manobras será eliminado – garante Moisés.

CAMPANHA DISTRIBUI 700 KITS DE ALIMENTAÇÃO PARA POVOS DE TERREIRO E ASSENTADOS

“Tem gente com fome, dá de comer” é o mote da campanha nacional de doação de alimentos
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma campanha solidária vai beneficiar 700 famílias do sul da Bahia com a doação de alimentos. Os kits vão ser distribuídos para comunidades de terreiro e de assentamentos rurais, nos municípios de Canavieiras, Ilhéus e Itabuna, a partir deste sábado (12).

A iniciativa faz parte do movimento nacional Tem Gente com Fome, que reúne diversas entidades sem fins lucrativos. No sul do estado, o trabalho envolve o núcleo Ilheense da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde (Renafro), a Coalizão Negra por Direitos e o Movimento Negro Unificado (MNU). O Assaí Atacadista doou os alimentos da campanha regional.

Em Ilhéus, as doações vão beneficiar famílias da zona norte, Parque Infantil e adjacências.

Coordenador do Grupo de Trabalho Homens de Axé, da Renafro-Ilhéus, Crispim Soares procurou o PIMENTA para destacar a importância da solidariedade e da mobilização coletiva neste contexto de crise sanitária e maior vulnerabilidade socioeconômica de milhões de famílias brasileiras.

Ele enviou ao site o texto de agradecimento da Renafro aos colaboradores da campanha. “Acreditamos em um país mais justo, próspero e sem exclusão”, diz a última frase da mensagem.

MARCOS NOBRE E WILSON GOMES AVALIAM CHANCES DE REELEIÇÃO DE BOLSONARO

Marcos Nobre e Wilson Gomes
Tempo de leitura: 2 minutos

O professor e filósofo Wilson Gomes analisa, na sua coluna desta sexta (11) no site da Cult, duas hipóteses do também filósofo Marcos Nobre sobre a conjuntura política atual e a disputa das eleições de 2022.

Em entrevista ao site Marco Zero, no último dia 6, Nobre sustentou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegará fortíssimo à corrida pela reeleição e disse que as instituições da democracia brasileira já entraram em colapso.

Após reconhecer o refinamento analítico de Marcos Nobre, professor do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Wilson Gomes confronta as hipóteses do colega com a percepção de que, desde 2018, o presidente mais perdeu do que ganhou apoiadores.

Para ilustrar sua percepção, Gomes cita o arrefecimento do antipetismo, após oito anos de expansão, e a debandada do lavajatismo, os dois “ismos” que embalaram a campanha vitoriosa de Jair há três anos.

Sobre as instituições, argumenta que há resistência ao autoritarismo do presidente da República no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Congresso, a exemplo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as omissões e ações do governo federal na gestão da crise sanitária em curso.

A disputa de 2022, lembra Wilson Gomes, ainda tem outra diferença substancial em relação ao pleito de 2018: um Lula elegível.

“A minoria bolsonarista parecia suficiente para ganhar eleições quando a Lava Jato tirou Lula do jogo, e a bomba atômica do impeachment desorganizou o sistema partidário de forma a só deixar nanicos desbaratados para enfrentar as forças organizadas da extrema-direita, embaladas pelo que representou no seu imaginário a vitória de Trump em 2016. O jogo virou. Lula está em campo novamente, o legado político da Lava Jato está em grande parte desmoralizado, as forças políticas tradicionais vêm se reorganizando, e as empresas de jornalismo hoje têm a mais nítida noção de que Bolsonaro é o maior dentre os males. No campo institucional, a última trincheira que o STF interpôs ao bolsonarismo, desde 2020, ainda não foi vencida, a oposição antibolsonarista no Congresso está reagindo (vide a CPI da Pandemia que se seguiu a CPMI das Fake News), a opinião pública mundial está vigilante, Trump não está mais no cenário e, por último, vimos em episódios recentes que até o TCU e parte da Polícia Federal não se renderam integralmente à corrupção bolsonarista do Estado brasileiro”, escreve Gomes, que é professor de Comunicação da UFBA e coordena pesquisas sobre as interseções entre democracia e internet.

Leia a coluna na íntegra aqui.

EMASA TERCEIRIZA SERVIÇO DE TAPA-BURACO E INICIA NIVELAMENTO DE BUEIROS

Segundo empresa pública, terceirização vai dinamizar reparo de vias após serviços de manutenção
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma empresa terceirizada contratada pela Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), após vencer processo licitatório, será responsável pelo serviço de tapa-buraco nas vias em que a empresa pública realizar escavação para conserto e manutenção das redes de abastecimento de água ou de escoamento do esgoto.

Segundo o diretor-técnico da Emasa, Bruno Mendonça, a depender da dimensão da escavação, o buraco será fechado em até 48 horas. “A Emasa já tem um mapeamento de todas as escavações, passamos uma programação para a terceirizada e dependendo do tamanho do buraco, será fechado em no máximo dois dias, com esse planejamento vamos evitar transtorno para a população”, assegura.

A Emasa conta com duas equipes de tapa-buraco, uma para o pavimento em paralelepípedo e outra para o piso asfáltico. “O reparo na rua pavimentada com paralelo é mais fácil. Já o piso asfaltado demanda um tempo um pouco maior, em função da produção da massa asfáltica”, explica Bruno Mendonça.

NIVELAMENTO DE BUEIROS

Na região central da cidade, a Emasa iniciou o nivelamento dos poços de visita (PV), popularmente chamados de bueiros. “O poço de visita dá acesso para inspecionar o fluxo do esgoto e se existe a necessidade de desobstruir a rede. A cada 80 a 100 metros há um poço de visita”, detalha o diretor-técnico da Emasa.

O desnível no poço de visita ocorre devido ao recapeamento das ruas e avenidas. “Isso causa um grande transtorno para os motoristas que passam com seus carros pelo desnível, acarretando problemas na suspensão dos veículos. Agora todos os poços de visita da Emasa serão nivelados”, garante Bruno Mendonça.

PROCURADO POR ESPANCAR EX-COMPANHEIRA É PRESO NO CENTRO DE ITABUNA

Policiais da Maria da Penha prendem homem que espancou ex-companheira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Policiais da Operação Ronda Maria da Penha (OPRMP) capturaram, na manhã desta sexta-feira (11), no centro de Itabuna, no sul da Bahia, um homem com mandado de prisão em aberto por violência contra a ex-companheira e descumprimento de medida protetiva. O nome do acusado não foi informado.

Segundo a comandante da OPRMP/Itabuna, tenente Nalygia Feitosa dos Anjos Lacerda, as equipes faziam rondas na cidade, quando perceberam o homem próximo a um ponto de moto-táxi e o abordaram.

Após agressões e violência, a assistida pediu a separação e denunciou o ex. “Ele teve o mandado de prisão preventiva expedido, pois vinha descumprindo a medida protetiva de urgência em favor da vítima. Enviava mensagens e ameaçava”, detalhou a oficial. Ele foi conduzido à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), onde a ordem judicial foi cumprida.

SAFRA BRASILEIRA DE GRÃOS DEVE CHEGAR A 262,13 MILHÕES DE TONELADAS

Safra brasileira de grãos deve manter-se em alta
Tempo de leitura: < 1 minuto

A safra de grãos deverá atingir 262,13 milhões de toneladas no período 2020/2021, conforme a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Apesar da queda de 9,57 milhões de toneladas comparada à estimativa do mês anterior, o volume total a ser colhido ainda é superior à safra passada.

De acordo com a Conab, as condições climáticas adversas registradas durante o cultivo da segunda safra afetaram as estimativas de produtividade nas lavouras. O milho deve apresentar uma redução na produtividade impactado pela baixa ocorrência de chuvas entre os meses de abril e maio.

A estimativa é que a produção total do cereal chegue a 96,4 milhões de toneladas, sendo 24,7 milhões de toneladas na primeira safra, 69,9 milhões na segunda e 1,7 milhão na terceira, uma redução de 6% sobre a produção de 2019/20. A queda esperada se deve ao retardamento da colheita da soja e, em consequência, o plantio de uma grande parte da área do milho segunda safra fora da janela indicada.

A produção de soja é de um novo recorde, estimado em 135,86 milhões de toneladas, 8,8% superior à produção da safra 2019/20, o que representa um acréscimo de 11 milhões de toneladas. Para o feijão, espera-se que a colheita se mantenha próxima a 3 milhões de toneladas. O arroz tem produção estimada em 11,6 milhões de toneladas, aumento de 4% frente ao volume produzido na safra anterior.

No caso das culturas de inverno, o plantio foi iniciado em abril e intensificado em maio. As estimativas preliminares para o trigo indicam uma área plantada de 2,5 milhões de hectares e uma produção de 6,94 milhões de toneladas.

MEGA-SENA SORTEIA R$ 42 MILHÕES NESTE SÁBADO

Mega-Sena sorteia 42 milhões de reais neste sábado
Tempo de leitura: < 1 minuto

O concurso 2.380 da Mega-Sena pode pagar R$ 42 milhões neste sábado (12). O sorteio será a partir das 20h no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP). As apostas podem ser feitas até as 19h deste sábado. O valor de uma aposta simples da Mega é de R$ 4,50.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, caso apenas um apostador leve o prêmio e aplique todo o valor na poupança, receberá R$ 84,7 mil de rendimento no primeiro mês. Se preferir investir no ramo automobilístico, o prêmio seria suficiente para comprar 140 carros no valor de R$ 300 mil cada.

QUINA DE SÃO JOÃO

Faltam três semanas para o sorteio do segundo concurso especial no ano. O sorteio da Quina de São João será em 26 de junho e pagará o maior prêmio da história da modalidade, estimado em R$ 170 milhões.

Para apostar na Quina, basta marcar de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis. O apostador também pode deixar o sistema escolher os números, por meio da aposta no formato Surpresinha. Ganham prêmios os apostadores que acertarem 2, 3, 4 ou 5 números. O preço de uma aposta simples, com cinco números, é de R$ 2.

“SÃO JOÃO DA MINHA TERRA” DIVULGA PROGRAMAÇÃO DE LIVES; CONFIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tudo pronto para a abertura, neste domingo (13), do Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra. A programação oficial reúne atrações culturais, gastronomia e debates sobre o papel da organização social e produtiva de homens e mulheres da agricultura familiar e dos povos tradicionais.

A live de abertura, que terá início às 19 horas, contará com as participações de Leonardo Boff, teólogo, escritor, filósofo e professor conhecido internacionalmente por sua defesa dos direitos dos pobres e excluídos, e Shirley Krenak, ativista que atua na defesa dos direitos indígenas e da conservação da floresta.

A parte musical do evento, que valoriza a cultura regional, terá como atrações o cantor Del Feliz, o cordelista Antônio Barreto, a Orquestra Sisaleira e a Camerata Popular do Recôncavo.

Durante todo o evento haverá a comercialização de produtos de associações e cooperativas da agricultura familiar de 15 Territórios de Identidade da Bahia. Elas integram empreendimentos atendidos pelas 13 unidades de Centros Públicos de Economia Solidária (Cesols)

Promovido pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra será realizado de forma virtual, obedecendo aos cuidados com sanitários devido à pandemia da Covid-19. A transmissão será pelo Facebook, YouTube e Instagram (@economiasolidariaba).

PROGRAMAÇÃO

13/06

Del Feliz
Leonardo Boff
Shirley Krenak
Cordelista Antônio Barreto
Orquestra Sisaleira
Camerata Popular do Recôncavo

23/06

Del Feliz
Quadrilha do Iguape (Cachoeira-BA)
Amadeu Alves
Balanço Swingado
Jairo Barboza

GASTRONOMIA

Chef Rosa Gonçalves
Chef Cida Pescadora

24/06

ATRAÇÕES ARTÍSTICAS

Zelito Miranda
Rennan Mendes
Cícero e Sofia Leão
Zé Costa
Viny Borges

GASTRONOMIA
Chef Rosa Gonçalves
Chef Cida Pescadora

EM GUANAMBI, ACM NETO DEFENDE PROTAGONISMO DA BAHIA NO NORDESTE

“A Bahia não pode se contentar com nada menos do que ser líder do Nordeste”, diz presidente nacional do DEM, que visitou unidade da Bamin
Tempo de leitura: 2 minutos

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou nesta sexta-feira (11) que a Bahia não pode se contentar com nada menos do que ser líder de toda a região Nordeste, durante coletiva de imprensa em Guanambi.

Neste final de semana, Neto cumpre mais uma etapa do movimento ‘Pela Bahia’, desta vez no Sudoeste do estado, onde visita Guanambi e Caetité, além de unidade da Bamin. Ele foi recebido pelo prefeito de Guanambi, Nilo Coelho (DEM), ex-governador do estado, e pelo deputado federal Arthur Maia (DEM-BA).

Como desafios para a região, ele citou questões relacionadas à infraestrutura e a melhores condições hídricas para que a produção possa ser ampliada. Destacou a importância da recente concessão do trecho entre Caetité e Ilhéus da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e do projeto Iuiu, iniciativa de irrigação do Vale do Iuiú.

“É preciso ter um plano de desenvolvimento econômico voltado para cada região, compreendendo exatamente o diferencial que cada uma tem para oferecer. Aqui por exemplo nós temos hoje alguns desafios que, na minha opinião, passam também pelo poder local, pelo poder federal, mas muito pela presença e pela atuação do poder estadual. Desafios de infraestrutura, desafios que permitam melhores condições hídricas para expansão da produção. Nós vamos por exemplo discutir a questão do Projeto Iuiu, que é uma coisa que precisa começar a sair do papel”, afirmou.

FERROVIA E PORTO SUL

Sobre a Fiol, Neto defendeu esforço político por parte do estado para a conclusão da obra. “É preciso que ela seja toda feita essa integração ferroviária do Oeste com o Leste, incluindo é claro o projeto do Porto Sul em Ilhéus. Isso vai permitir uma dinamização da mineração em toda a região. A gente sabe que a produção da Bamin pode aumentar mais de 20 vezes do que é feito hoje. Isso tudo significará movimentação econômica, geração de emprego e distribuição de renda”, frisou.

DESIGUALDADE

ACM Neto afirmou ainda que a Bahia é ainda muito desigual do ponto de vista socioeconômico. Ponderou que o estado tem muitos problemas no campo da pobreza e, para ele, a superação de tudo isso passa por um plano desenvolvimento econômico. “A Bahia não pode se contentar com nada menos do que ser líder de toda a região Nordeste. Mas, isso não acontece por acaso, isso não vai acontecer se não houver planejamento e, acima de tudo, uma estratégia bem montada”.

Também alertou que não está em pré-campanha. O movimento ‘Pela Bahia’, disse, “tem como objetivo principal gerar essa aproximação e sobretudo trazer uma mensagem da nossa perspectiva futura para a Bahia”.

RUI CRITICA BOICOTE DE BOLSONARO AO USO DE MÁSCARA NA PANDEMIA

“Quem pede para o povo tirar a máscara é porque está achando pouco as quase 500 mil mortes”, diz governador da Bahia || Foto Camila Souza
Tempo de leitura: < 1 minuto

Durante visita ao município de Ibotirama, nesta sexta-feira (11), onde entregou a iluminação de trecho da BR-242 e um novo sistema de abastecimento de água, o governador Rui Costa (PT) criticou a postura do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), em defender a desobrigação do uso de máscaras protetoras para vacinados ou já recuperados da Covid-19.

“Quem pede para o povo tirar a máscara é porque está achando pouco as quase 500 mil mortes. Num momento em que a maioria dos estados está com mais de 80% de lotação de UTI, o presidente da República falar em retirar máscaras é ser alguém que não tem absolutamente nenhuma sensibilidade com a dor e a vida humana. É algo que eu não consigo entender. Foge de qualquer racionalidade alguém que representa um país com esse comportamento”, afirmou o governador.

APÓS 7 ANOS COM TUMOR RARO NO CÉREBRO, MENINO PASSA POR CIRURGIA EM HOSPITAL ITABUNENSE

Tipo raro de tumor cerebral foi registrado 330 vezes em todo o mundo
Tempo de leitura: 2 minutos

Nos últimos sete anos, a vida da dona de casa Luciana Martins dos Santos foi marcada por dias angustiantes e noites mal dormidas. Foi um período com idas e vindas aos postos de saúde, aos consultórios médicos e hospitais em busca de uma resposta para as crises convulsivas diárias que o filho, hoje com 13 anos, começou apresentar quando tinha seis anos.

Uma cirurgia realizada na Santa Casa de Misericórdia Itabuna (SCMI) pode mudar esse quadro. O procedimento – feito no Hospital Materno-Infantil Manoel Novaes –  ajudará no controle das crises convulsivas e amenizará o sofrimento da família, moradora do município de Gongogi, no sul da Bahia.

As crises que o menino sofria eram agravadas pelo denominado “Tumor Neuroepitelial Disembrioplásico”, considerado um tipo raro. O tumor foi confirmado por exame anatomopatológico. A cirurgia para a sua remoção foi custeada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O tumor cerebral raro se manifestava por meio de crises convulsivas recorrentes e de difícil controle. “A tendência é que esse paciente não sofra mais com as crises constantes e tenha melhor qualidade de vida”, adianta o chefe do serviço de Neurocirurgia da SCMI, o médico Sílvio Porto.

O médico neurocirurgião pediátrico Fernando Schmitz, responsável pela cirurgia, explica que, conforme estudos, foram registrados cerca de 330 casos deste tipo de tumor no mundo inteiro. O paciente já recebeu alta médica e seguirá acompanhado pela equipe de oncologia e de neurocirurgia Hospital Manoel Novaes para avaliação clínica periódica em relação a cirurgia e o controle das crises convulsivas.

QUALIDADE DE VIDA

Depois da cirurgia, a dona Luciana Martins espera que as idas ao médico para levar o filho não ocorra com tanta frequência. Ela conta que, por causa das crises convulsivas frequentes e violentas, nos últimos cinco anos, tem dedicado quase todo o tempo para cuidar do filho. “Ele não podia ficar 10 minutos sozinho porque eu tinha muito medo. Ele já foi levado algumas vezes para atendimento de urgência por cair e machucar a cabeça”.

O médico neurocirurgião pediátrico Fernando Schmitz explica que o paciente sofria de crises convulsivas de difícil controle. “A criança estava em uso de três medicações anticonvulsivantes, tomando vários comprimidos por dia e, mesmo assim, sem o controle total das crises. Por isso, mesmo com 13 anos de idade, ele necessitava de supervisão 24 horas por dia, devido as crises frequentes e risco constante de se machucar”.

O neurocirurgião explica que, conforme relatado na literatura, até 50% dos pacientes com o tipo de tumor detectado no menino tem controle total das crises após serem submetidos a cirurgia. A outra metade tem uma melhora no controle das crises convulsivas. “No caso desse paciente, ainda não podemos afirmar se ficará definitivamente livre das convulsões, caso não tenha a situação completamente sanada, sofrerá menos e terá uma melhor qualidade de vida”, adianta o médico.