skip to Main Content
5 de abril de 2020 | 08:17 pm

AGENTE DA DENGUE PODE FORÇAR ENTRADA EM IMÓVEIS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O juiz auxiliar da 1ª Vara Cível de Itabuna, Eros Cavalcanti, renovou o alvará que permite aos agentes de combate à dengue adentrar em qualquer imóvel para a aplicação do larvicida em potenciais focos do mosquito transmissor da dengue. A autorização foi concedida em resposta a requerimento do promotor Clodoaldo da Anunciação.
No ano passado, o promotor Márcio Fahel obteve pela primeira vez o instrumento judicial, já que havia grande quantidade de reclamações de agentes que eram impedidos de ter acesso a alguns imóveis na cidade.  O alvará concedido  em 2008 já tinha caducado, mas um outro foi emitido hoje (dia 19), com validade até 10 de maio de 2010.
Além dos agentes de combate a endemias, o documento permite que  agentes da Vigilância Epidemiológica, bombeiros, agentes comunitários de saúde e prepostos das secretarias municipal e estadual de Saúde  tenham acesso a qualquer imóvel no município, para cumprir as atividades de campo do combate à dengue.
Conforme o alvará, quando “documentada a circunstância” de ausência ou recusa de morador, fica autorizada utilização de força pública, com acionamento da Polícia Civil ou Militar, quando necessário.
Clique aqui para ler o documento.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. Zelão, comenta a propaganda enganosa:
    A campanha institucional da prefeitura de Itabuna, relativa ao combate a Dengue, conclama a população a combater o mosquito, com o seguinte chamamento: “Itabuna possue 200 mil soldados na guerra contra a dengue”. Interpretando a campanha fica a sugestão: – “Itabuna possue 200 mil soldados… E nenhum oficial comandante na guerra contra a dengue.”

  2. Infelizmente tem-se que chegar a este ponto, pois tem gente tão atrasada, tão ignorante que só com força policial para combater um problema que afeta a todos nós e já levou, inclusive, algumas pessoas à morte.
    Tô para ver gente tão estúpida, …!!!

  3. Moro na Tv. juca leão, no fundo do colégio sagrado coração existe uma construção abandonada a anos trancada aonde nunca entrou agente de saúde, o que adianta nós fazermos nossa parte e o mosquito proliferar em nossa vizinhança, para tornar mais dificil existe um canal a céu aberto que foi limpo no começo da gestão de Geraldo faz cerca de 07 anos sem limpar, por isso Itabuna vai ser e continuar sendo a Capital da DENGUE…sem gestores não adianta campanha fantasia.

  4. Concordo com o Gleydon. Os canais da cidade estão uma imundice! Tem locais onde a única coisa que se consegue ver é mato e lixo. Além de disciplinar a população, tem que disciplinar o Poder Executivo, se não serão dois pesos e duas medidas.

  5. Pelo que se sabe, o mosquito só gosta de água limpa, o que, mais uma vez, gera incoerência da parte daqueles que nada sabem, …!!!
    Agora que têm que ser limpos os córregos, isso tem, …!!!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top