skip to Main Content
17 de janeiro de 2021 | 11:03 pm

PERITO ATUOU IRREGULARMENTE NO CASO SÉRGIO NAYA

Tempo de leitura: 2 minutos
Sérgio Naya morreu ontem, em um quarto do hotel Jardim Atlântico, zona sul de Ilhéus

Sérgio Naya morreu ontem, em um quarto do hotel Jardim Atlântico, zona sul de Ilhéus

A atuação do médico Aldemir Almeida, que periciou e embalsamou o corpo do ex-deputado Sérgio Naya, ontem, em Ilhéus, está sendo questionada pela alta cúpula da polícia baiana.
Segundo informações obtidas com exclusividade pelo Pimenta, Aldemir atropelou todos os procedimentos da Secretaria de Segurança Pública, a começar por ter se dirigido ao local em que se encontrava o corpo de Sérgio Naya, sem que a delegacia houvesse expedido a guia de levantamento cadavérico.
Fonte ouvida pelo blog explica que a delegada Magda Suely, que se encontrava de plantão no momento em que foi conhecida a morte do ex-deputado, deveria ter emitido a guia. Sem este documento, o perito não poderia atuar.
O comportamento de Aldemir, que é vereador em Ilhéus, gerou questionamentos sérios, que ainda são mantidos no âmbito interno da SSP. O diretor-geral do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Raul Coelho Barreto Filho, teria ficado profundamente irritado com o episódio, e ligou para a 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior, em Ilhéus, para cobrar explicações.
Apesar de a primeira hipótese para a causa da morte de Naya ser infarto, tecnicamente outras possibilidades não podem ser descartadas. “Ao que tudo indica, o corpo foi encontrado umas dez horas após a morte e quem pode assegurar que não houve suicídio ou envenenamento?”, questiona a fonte, especialista na área.
A mesma fonte afirma que a morte natural só pode ser atestada com segurança quando existe acompanhamento médico. “No caso de Naya, que morreu em um quarto de hotel e só foi encontrado horas depois, é essencial fazer a perícia do local e o exame necroscópico”, declara.
Ex-deputado Sérgio Naya é encontrado morto em Ilhéus

Esta publicação possui 8 comentários
  1. O mesmo vereador Aldemir que quarta feira na câmara disse que em Ilhéus rico não tem problema no DPT é só arranjar um medico amigo. A policia está em frente a um criminoso confesso e a Câmara diante de uma quebra de decôro parlamentar.

  2. Pera. Esse Aldemir não é aquele investigado pelo INSS?
    Aquele que dá aposentadoria a um monte de gente em troca de voto?
    Do jeito que gosta de dinheiro é capaz ´de ter atestado que Sérgio Naya morrera antes mesmo de tudo acontecer.

  3. é , alguns médicos estâo se vendendo, assim como policiais, etc… Mas tudo acontece na base do conchavo, entre aqueles que tem os mesmos interesses e em nome da “amizade”.logo neste hotel. !! Policiais de plantâo…. Alertas!

  4. EM VIRTUDE DE TODAS ESSAS INFORMAÇÕES, PERGUNTO:
    SERÁ QUE FOI REALMENTE SERGIO NAYA QUE MORREU????
    SE ESSE MEDICO LEGISTA GOSTA DE DINDIN, VENHA DE ONDE VIER, SERÁ QUE ELE ATESTAOU A MORTE DE OUTRA PESSOA??????

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top