skip to Main Content
3 de junho de 2020 | 10:10 am

PROFISSÃO DE FÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Agulhão responde ao comentarista Sérgio Oliveira, que acredita ser o poeta petista:
Querer ligar-me ao PT,
como tentou o “analista”,
é não ter olhos de ver
que o humor é anarquista…
Para o pouco inteligente
vai a frase conhecida,
sabida de toda gente,
repudiada e temida
por quem no poder se encontra:
Em toda vida vivida,
sy hay gobierno, soy contra!…

Esta publicação possui 9 comentários
  1. Agradeço a atenção dispensada pelo insigne vate, mas tenho algumas considerações a fazer, a saber:
    1 – Acredito que a arte não tenha tendências políticas, pois pode ser expressa e/ou manifestada por quem quer que seja, mas as pessoas, essas sim, têm suas preferências, pois o homem, naturalmente, é um ser político, …!!!
    2 – Não se liga arbitrariamente alguém a determinada corrente e/ou doutrina, mas as palavras por nós expressas, nos classifica e designa, …!!!
    3 – Durante a ditadura militar entre 1964 até a década de 80, muitos artistas usaram a música, por exemplo, para se manifestar contra o governo autoritário, como foi o caso do Chico Buarque, dentre outros. Eram tão sutis e inteligentes, que sequer os sensores desconfiavam que, por detrás de tão belas canções, havia mensagens de esperança e contrárias ao autoritarismo instalado no país (Apesar de você, amanhã há de ser outro dia). Por outro lado, a ditadura também tinha seus adeptos, que lançaram músicas com “temas otimistas”, tais como uma que dizia: Eu te amo meu Brasil (As praias do Brasil ensolaradas, lá rá rá rá, …), …!!!
    4 – Como tu mesmo disseste, talvez o “pouco inteligente” não perceba, mas, no mínimo, os “medianos”, conpreendem muito bem as mensagens que lêem, …!!!
    É natural que todos nós tenhamos simpatia por uma ou outra corrente ideológica, mas difícil mesmo é assumir. Pior ainda, para algumas pessoas é admitir que, em determinado momento, cometeram erros, …!!!
    A própria imprensa, quando suspeita de alguém, coloca uma notícia em primeira página, com letras garrafais. Quando é para reparar um dano, pedir desculpas por erros cometidos, colocam uma notinha mínima, com caracteres quase imperceptíveis, nas páginas interiores, insignificantes para a maioria, pedindo desculpas pelo erro cometido, mas nada na mesma dimensão. Mesmo agindo assim, ainda acham que estão certos, que a “liberdade de expressão” está acima de tudo e de todos, …!!!
    É, poeta, a vida é bela, nós é que fazemos dela um drama, …!!!
    Cada um com a sua odisséia, …!!!

  2. “analista”
    Boa AGULHÃO!!!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Rindo demais aqui!!!
    O “Jabor” do Blog poderia ter ficado sem essa…
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Não é relação de amor e ódio.
    As pessoas que eram adultas, na época, politizadas, enxergavam nas músicas do Chico Buarque mensagens camufladas a respeito de esperança que um dia aquilo iria acabar, ou coisa que o valha.
    Eu e outros que, na época, éramos pequenos, na década de 70, cantávamos nas escolas, quando fazíamos passeios, tais como no dia da criança, músicas que, na época, eram tidas como temas otimistas “encomendados” pla ditadura militar, enaltecendo as belezas naturais do país. As professoras cantavam e todos seguiam, feito papagaios, sem ter a mínima noção de nada, …!!!
    Como éramos crianças e não tínhamos noção do que acontecia nos porões, nas masmorras, então cantavamos alegres e satisfeitos, as tais músicas, …!!!
    Entendido agora, …?!?!?!

  4. Se Sérgio for responder a todos os comentários contrários aos seus pontos de vista. Não vai sobrar tempo pra comentar outras matérias.
    Se liga meu jovem. Quem participa do blog ta pra bater e apanhar.
    Se for discutir que vc acha o poeta petista e o poeta te acha fernandista, vira essa guerrinha política. Todos nós temos liberdade de sermos do lado que quisermos. Só não podemos perder de vista que os nossos líderes erram e acertam.
    O que os nós usuários do blog queremos é que cada um do seu lado , cada um do seu jeito, faça comentários racionais. Se seu lider errar, se não bater, também não defenda, tapando o sol com a peneira. Se partirmos pra esse tipo de defesa simplesmente por que somos contra ou a favor. Fica chato, sem graça . Pq contra fatos não há argumentos. Entendeu caro Sérgio e todos os participantes do blog que se utilizam desse meio?
    Valeu! Bom fds pra todos

  5. As pessoas politizadas entendiam bem as mensagens, mas os militares suspeitavam sim, tanto que estas canções exemplificadas foram censuradas.
    Sérgio, não ligue para estas alfinetadas, são mais para lhe instingar a se expressar ainda mais, mesmo com a risada do itabunense. Eu não o conheço mas reconheço sua inteligência e sua disposição em querer Itabuna melhor. É isso.

  6. A apresentação da resposta do poeta, pelo blog, é digna do livro O Homem que Calculava, de Malba Tahan. O qual aconselho a leitura por todos que tiverem oportunidade, pois é muito gratificante e educativa, …!!!
    Quando o sábio Beremiz fazia alguma de suas passagens mirabolantes, …!!!
    Deixo claro, no entanto, que o Agulhão não demostrou dotes matemáticos, mas sim de fazer rimas, muitas delas sempre dentro de um mesmo padrão métrico (2 x 2), é bem verdade, …!!!
    Para quem não sabe do que se tata, veja a sílaba final de cada frase (duas a duas, alternadamente), como combinam, sempre, …!!!
    … (PT)
    … (analista)
    … (ver)
    … (anaruista)
    .
    .
    .
    “PT” com “VER”; “analista”, com “anarquista”, …!!!
    E por aí vai, …!!!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top