skip to Main Content
14 de julho de 2020 | 07:01 pm

JESUÍNO DEU SUMIÇO EM R$ 9,5 MILHÕES DA SAÚDE, DIZ VIEIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O médico Antônio Vieira atribuiu aos desvios milionários na saúde de Itabuna os problemas que o setor enfrenta. Segundo ele, o rombo deixado pela administração do ex-prefeito Fernando Gomes e do ex-secretário Jesuíno Oliveira pode atingir R$ 9,5 milhões.
Até agora, disse, só em repasses a clínicas o rombo é de R$ 5 milhões. Vieira afirmou que as providências no campo jurídico estão sendo tomadas para apurar responsabilidades dos ex-gestores.
A revelação foi feita após o secretário estadual de saúde, Jorge Solla, informar que a prefeitura não fez o repasse de recursos do último mês antes da quebra da gestão plena, relativo a outubro passado. Naquele mês, a administração dos recursos da alta e média complexidade passaram para o estado.
Solla, aliás, afirmou considerar desastrosa a gestão passada. Ele lamentou, ainda, que exista uma lei específica para os crimes de responsabilidade fiscal (Lei de Responsabilidade Fiscal), mas não haja punição “para quem fecha pronto-socorro e deixa alastrar a epidemia de dengue”. Era uma referência direta a Fernando Gomes e Jesuíno Oliveira.
Solla concedeu entrevista coletiva, no início da noite, no Tarik Plaza Fontes Hotel.

Atualizado às 23h.

Esta publicação possui 10 comentários
  1. O Povo de Itabuna é muito irresponsável, pois já tinha conhecimento da falta de compromissos do mesmo com a boa gestão pública, respeito aos bons costumes e com a democracia. O povo de itabuna assisitiu a todos os desmandos que ele comenteu nos últimos 4 anos inerte, calado, consentindo com toda a desgraceira provocada por ele e por Jesuino. Para piorar elegeu seu vice, Capitão Azevedo, em fim, legitimando tudo que aconetceu de ruim.
    Povo perverso e alieneado, e dizem que não sabem pq. sofrem.

  2. Fico imaginando apenas que essa realidade está longe de ser modificada pois no atual grupo comandado pelo Capitão Azevedo muitas peças pertenceram ao grupo anterior de Fernando Gomes e outros foram apenas alocados em outros setores. Não que não tenham competência para o trabalho mas incorre-se na possibilidade de “mudar as cabeças” mas não mudar “o pensamento”.

  3. Já que não há punição para quem fecha pronto-socorro e deixa alastrar a epidemia de dengue, que se use contra os culpados a lei de responsabilidade fiscal. Vamos ver o que os “fiéis” eleitores de Fernando Gomes fará na próxima eleição em 2010, caso se confirme sua candidatura a deputado.

  4. Em 2010 caso FG saia candidato a deputado, aposto que vai ser eleito. Conheço esse povo, gosta de coisa ruim. Ja existe uma campanha para eleger um tal Cel. Santana. Puxa-saco de FG e do grupo do mesmo. E uma vergonha. Na proxima campanha para prefeito, o povo esqueçe a DEMgue e volta a eleger Azevedo, Fernando etc.

  5. Neste Mundo vale os ladrões,mas de colarinhos brancos,esses sim não ha punição,não dão, nem se impotam com as condenações, pois sabem que as leis existentes não são justas, e eles estão potegidos pelos descasos das leis. Os trabalhadores menos favorecidos,os pobres, os medigos, e aqueles que não tiveram oportunidades de trabalhos, e são obrigados pelas situações de fome e privações a praticarem crimes; estes sim são punidos e esquecidos atraz das grades. Sendo que os vedadeiros culpados por estas situações ficam inpunes. UM DIA LONGE DAQUI ELES SEM NENHUMA DUVIDA TERÃO O JULGAMENTO JUSTO, E TODOS QUE COLABORARAM PELA INPUNIDADE, (PAGARÃO)

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top