skip to Main Content
27 de novembro de 2020 | 08:58 pm

TURBULÊNCIAS À VISTA

Tempo de leitura: 2 minutos
. A Marquise pode enfrentar problemas

A Marquise pode enfrentar problemas

Uma pequena turbulência parece se aproximar do governo Azevedo, e envolve a galinha dos ovos de ouro de qualquer prefeitura, o lixo. Em janeiro a promessa era ter a Marquise Construtora em regime emergencial, por seis meses, enquanto não fosse feita a licitação para a contratação da empresa que vai fazer a coleta do lixo em Itabuna pelos próximos três anos e meio. A licitação estava prevista, inicialmente, para até meados de maio. Por enquanto a Marquise vai  ficando, mas o céu de brigadeiro começa a dar lugar a inquietações.
O nó: como o município vai justificar a contratação de uma empresa via licitação, sendo que a principal concorrente já prestou serviços por seis meses em regime de emergência, a convite do próprio prefeito? Que concorrentes aceitariam disputar com a Marquise uma licitação nessas bases? E se for a própria Marquise a vencedora, como explicar a lisura desse processo?
Fala um experiente construtor, que não quer ter seu nome revelado: “A contratação em regime de emergência dá ao prefeito a opção de chamar qualquer empresa. Ou seja, o prefeito poderia escolher qualquer empresa, até a que já estava, a Ecolimp. Foi a vontade pessoal de Azevedo que contratou a Marquise. Será interesse da prefeitura trazer outra empresa?”
O construtor levanta outra questão: “É preciso ver por quanto tempo a Marquise pretende ficar em Itabuna, para se ter uma idéia do que está sendo planejado em termos de duração do contrato. Um indicativo disso seria o período do aluguel do galpão onde ela está instalada. Foi um contrato de apenas seis meses? Foi de um ano?”
Por fim o empresário observa o que seria o erro político de Azevedo neste caso: “O prefeito mostrou toda a sua inexperiência e o quanto é mal-assessorado politicamente quando chamou a Marquise para entrar em regime de emergência. Poderia ter contratado qualquer outra empresa, por apenas três meses, sem licitação, e faria o certame depois. Certamente daria a Marquise, já que a vontade dele é trabalhar com essa empresa”.
Às apostas, senhores.

Esta publicação possui 18 comentários
  1. Eu tenho tudo para acreditar que em Ilhéus essa empresa não fica mais, pelas informações que soam na cidade é que a Prefeitura deve quatro meses à Marquise?, aliás aos fornecedores em geral, a empresa de comunicação, as prestadoras de serviços. Aquela enganação de Newton Lima fazer os pedacinhos de obras para ganhar as eleições acabou, a fama de enroladinho esta crescendo na cidade.

  2. Creio que há incorreções na mensagem transmitida pela notícia, pois se aparecer uma empresa com “cacife e preço”, a concorrência ocorrerá, sim, …!!!
    É um procedimento comum no mercado: Perdeu, perdeu, …!!!
    Se a licitação for feita pelo menor preço, quem está mais bem colocada em termos de economia de escala, leva, …!!!
    Esta é a minha “aposta”, …!!!
    Claro que não é a verdade absoluta, apenas uma suposição, uma hipótese. Como o autor da notícia mesmo diz: Uma “aposta”, …!!!

  3. O esquema é igualzinho ao de Ilhéus. Vão desqualificar concorrentes e continuar empurrando com a barriga e muito dinheiro. A Marquise já é manjada em operações da Policia Federal, um dos seus donos está indiciado na operação Octopus.
    Mas a justiça é lenta.

  4. Caro Pimenta.
    Nessa história ninguém é criança. Embaixo do pirão sempre tem carne. Vou lhe dar um exemplo quase recente. Em 2001, o então prefeito GS assumiu a viúva, nas ruas de Itabuna havia lixo pra dar de pau, quem foi chamada para realizar o trabalho emergencial, quem? A Torre, empresa que serviu Simões na primeira gestão e tem relações extreitas com o PT. Na hora da licitação quem venceu? A Torre. A licitação é preço e proposta de melhor técnica, isso faz com que o resultado seja direcionado, fica quem for de interesse do gestor. Foi assim com GS, foi assim com FG e será assim CA. É máxima da gestão pública, acertou uma babinha para o gestor, pode pegar o lixo.

  5. caro Sergio, a licitaçao possui um valor minimo para execuçao do serviço(valor exequivel) e eh nesse momento onde entra a carta marcada das licitaçoes e a possibilidade do gestor escolher com quem quer trabalhar.
    Ex.: uma empresa amiga da Gestao sabe que o valor exequivel é de 1 milhao então ela aproxima o maximo do valor minimo, as demais que nao conhecem o valor podem ir pelo preço mais baixo e ficar ate abaixo do valor minimo ou entao acima do valor da empresa que conhecia, ja que tratando de valores altos os preços nao variam em poucos reais.
    Portanto nem sempre leva o menor preço e sim o menor preço dentro do valor exequivel.

  6. Zelão Diz: – Bom jogador não aposta no “escuro”.
    Só mesmo por igenuidade de alguém ou como se diz nas mesas de jogo – sendo pato – alguém faria tal aposta. Nem mesmo a Marquise, uma das jogadoras, estaria interessada em pagar para ver.
    O “gracioso convite” feito à Marquise, para fazer a “título emergencial” a limpeza pública da cidade de Itabuna, não teria sido aceito se não houvesse garantias para a sua permanência através de um contrato a longo prazo.
    Poucas ou talvez nenhuma empresa séria deverá participar da tal concorrencia pública, por conhecer as regras do jogo e saber que vale jogar com “cartas marcadas”.
    Outro setor na prefeitura que deverá em breve abrir edital de concorrencia, é o de comunicação, onde já está atuando, também em carater emergercial, a agencia de propaganda que “investiu” na campanha do atual prefeito e por certo está classificada como de “comprovada experiencia técnica”, para continuar a conduzir a comunicação do governo do “capitão prefeito”.

  7. DEPOIS DE ANALISAR MUITOS COMENTARIOS….TENHO UM CONSELHO E QUE ISSO SIRVA PARA MUITOS FUNCIONARIOS DE PREFEITURAS TAMBEM.
    TÁ NA HORA DE COMEÇAR A ESTUDAR A LEI 8666/93, O DECRETO 10520/05, PORQUE SINCERAMENTE..É CADA PREDADA QUE SE LÊ: EX..VALOR MINIMO PARA LICITAÇÃO, MANDAR FAZER EMERGENCIAL DE 3 MESES….E ETC…
    É ESTUDAR PESSOAL…ISSO NÃO FAZ MAL NENHUM…E AI VCS VÃO PARTICIPAR DAS LICITAÇÕES E QUESTIONAR IRREGULARIDADES…PQ UM PREGÃO É ABERTO A QLR PESSOA…E MELHOR…VC PODE CONTESTAR!!
    ABRAÇOS

  8. Senhor pregoeiro, nunca ouviu falar em valor exequivel? Se nao, nem continuo a conversa!
    Ainda adianto que o atual governo estadual hoje realiza pregao onde o valor exequivel consta no edital.

  9. VALOR EXEQUIVEL É DIFERENTE DE VALOR MÍNIMO…
    NUNCA…E FALO NUNCA…PRA VC LEMBRAR BEM DISSO….VC PODE REALIZAR UMA LICITAÇÃO TENDO UM VALOR MINIMO…E SIM APENAS UM PREÇO REFERENCIAL, QUE IRÁ SER APROVADO PELO ORDENADOR DE DESPESAS ANTES DA LICITAÇÃO ACONTECER.
    AGORA VC DIZER QUE UMA PROPOSTA É INEXEQUIVEL, QUE PARAMETRO VC COMO PREGOEIRO VC VAI TER PRA AFIRMAR ISSO(PREGOEIRO NÃO È ESPECIALISTA EM CUSTOS E BOM SENSO É UTOPIA), NUMA LICITAÇÃO DE SERVIÇOS?
    TENHA CERTEZA QUE SE A EMPRESA TIVER CAPACIDADE FINANCEIRA PARA ISSO, ELA ENTRA COM UM MANDADO DE SEGURANÇA CONTRA SUA LICITAÇÃO E FICA BONITO PRA VC PEGROEIRO NÉ!
    Agora pra vc visualizar na prática:
    A empresa que ganhou a licitação de terceirizados no DETRAN,colocou 0(ZERO) real no item da planilha de custo de vale-transporte…E com isso ela foi eliminada por preço inexequivel…Sabe que ela fez? Entrou com Mandado de Segurança e ganhou o direito de ser contratada:
    Sabe como ela derrubou “seu EXEQUIVEL” que o pregoeiro ESPECIALISTA EM CONTABILIDADE DE CUSTOS, DIREITO DO TRABALHO , ECONOMIA e ETC. Alegando que iria contratar todos os funcionários no Bairro que tem atrás do Detran(Saramandaia) e com isso pela legislação trabalhista não existe obrigação de fornecer transporte.
    E por esse ” achismo ” do pregoeiro uma licitação foi totalmente atrasada e pior , a vencedora foi prejudicada!
    Entao assim meu caro…Contratação Pública é como Futebol…muita gente fala muito..fala até demais…mas são pouco que sabem os as técnicas!!
    PS: Se um Pregoeiro colocar o valor exequivel no EDital tá errado…pegue TODOS os EDITAIS da CCL-BAHIA que são elaborados e fornecidos pela PGE e veja, nenhum tem valor exequível.
    PREGAO ELETRONICO tambem não existe isso!
    Ou esse EDITAL TA DESATUALIZADO ou seu PREGOEIRO precisa se Reciclar!!

  10. Logico … Ai tem coisa… Vai continuar a Marquise . è só pagar pra vê.
    No inicio da materia se lê: Pequena turbulencia parece se aproximar do governo de Azevedo. Turbulênca no Governo de Azevedo virou lugar comum, todo dia e em todos os setores tem turbulência . Pra não dizer Problema. Ou governozinho problematico esse de Azevedo.

  11. O que me causa estranheza é o seu pimenta estar ensinando como fraudar uma licitação. Devemos é cobrar do governo transparência nos processos em geral. Afinal este site é sério ou não?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top