skip to Main Content
16 de abril de 2021 | 10:34 am

PROFESSORES SE CONTENTAM COM 12%

Tempo de leitura: < 1 minuto

Enquanto o Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna quer sentar à mesa de negociação com o município com a proposta de reposição de 311% das perdas salariais, outra categoria ligada à administração municipal é bem mais humilde na pedida. Os professores fizeram assembléia hoje à tarde e vão tentar um reajuste médio de 12,5%.
Pela proposta aprovada hoje por cerca de 100 professores (conta do SIMPI), seriam 13% para os professores do nível 1 e 12% para os níveis 2 e 3. Para não haver choradeira, os professores aceitam ainda parcelar em duas vezes. O nível 1 pegaria 12% agora e 1% em agosto. Os outros receberiam 9% agora e 3% em agosto.
A proposta da secretaria havia sido 12% para nível 1 em abril, e 12% para os professores dos níveis 2 e 3, a serem pagos em duas parcelas de 6%, em abril e em outubro. Como se vê, a contraproposta do SIMPI é camarada e não altera muita coisa no caixa da Educação.

Esta publicação possui 14 comentários
  1. Lógico, são do mesmo cesto da administração.
    100 professores representam a categoria???
    Mas´com tão poucos professores? O que está havendo? O professorado está inerte, não se tem mais a alegria e a vontade de lutar, de reivindicar, ficaram tapados com esse comando. E VIVA SUCUPIRA GRAPIUNA!!!

  2. Isso não é contentamento, meu amigo, é “o tanto faz” que nós estamos respondendo. Se não há reivindicação, eles fazem como bem entenderem.
    Educação e Saúde aqui em Itabuna não é prioridade!

  3. Será que é isso mesmo: 311%?
    Não conheço alguém que tenha conseguido tal reposição, tal reajuste de salário, …!!!
    Nem quem legisla em causa própria, …!!!
    Creio que há alguém fora da realidade. Nem tanto nem tão pouco, …!!!

  4. Claro, Marcos, pq o salário do professor nunca teve tão defasado quanto atualmente.
    Isso é um aumento irrisório em cima do atual salário. Talvez vc deconheça um salário pago aos educadores em cidades menores que essa, ou melhor, Ilhéus nunca pagou mais que aqui. Pois agora, além de pagar mais deu vantagens aos professores como incentivo. Aqui, a administração pública frustra a classe que tá cada dia mais desanimada!

  5. Sr.Pimenta por favor ,delete esse pseudo professor desocupado .
    Ele não sabe e ainda se faz de porta voz do governo .por favor manda esse cara se respeitar.Ele consegue ser o cumulo do ridiculo.no vulgar um pé no saco.e o pior não se toca está no lugar errado, deveria estar fazendo parte da acessoria de comunicação de Itabuna .Alô GILSON OU AZEVEDO nos livre desse SERGIO OLIVEIRA PÉ NO SACO…

  6. Enquanto a EDUCAÇÃO recebe de bom grado 12% de reajuste, os servidores da SAÚDE ficam com 12 anos sem nenhum reajuste.
    Só para se ter idéia: o salário do zelador, da recepcionista, do atendente do dentista e dos auxiliares de enfermagem é o mesmo para todos – um SALÁRIO MÍNIMO, ou seja R$ 465,00.
    Não existe hierarquia salarial na SECRETARIA DE SAÚDE.
    A EDUCAÇÃO ainda é uma secretaria melhor para se trabalhar do que a secretaria de SAÚDE!

  7. Pelas idiotices, aproximando-se de impropérios, escritas por um determinado proxeneta, pode-se observar que alguns “metidos a esquerdistas” são bastantes “democráticos”, respeitam opiniões diversas das deles, …!!!
    Imagina um asno desses no poder, que lástima, …!!!
    Aproveito a oportunidade e pergunto: Ultimamente alguma categoria conseguiu reajuste em torno de 311%?
    Creio que nem os políticos, que legislam em causa própria, …!!!
    Das alternativas, uma: O nefelibata em questão: Ou é burro mesmo ou está totalmente fora da realidade ou ainda pode ser a interseção das duas coisas, o que é bastante provável, …!!!
    É cada um capicongo, …!!!

  8. Deixem de besteiras, e voltem-se a realidade, caros leitores. Educação é base, não se compara. Professor é gente preparada, que estuda durante toda sua vida, não é prefeito, vereador ou outra coisa qualquer… Salario é obrigação não é favorecimento. A culpa é nossa, professores, que não nos respeitamos e aceitamos que 100 decidam por 1.200. A luta vai sempre continur e a conta quem paga são os seus, os nossos filhos. Tá bom pra vcs, bando de politicos de meia tigela. O problema é social e naõ de fundo de quinta. Se sabem usem a cabeça para pensar: enquanto sociedade quem perde somos todos nós!!!

  9. (…) idiotices, impropérios, proxeneta, “metidos, lástima,
    nefelibata, burro, capicongo, …!!!
    Calma seu Pimenta, eu não estou xingando ninguém. Esse rico vocabulário é de um dos mais assíduos e convencidos visitantes desse blog.
    Adivinha quem é?

  10. O pessoal que não conhece o vocabulário contdo na própria língua ainda tem coragem de chamar o “CUMA” de “analfa”, …!!!
    Como a leitura faz falta a um povo, …!!!

  11. O que falta é coerência.Temos que conhecer e nos informar sobre os recursos que vem para o pagamento da Educação.Como pleitear 30% ou 40% se as verbas do FUNDEB reduziu a quase 50%.Cai na real meu povo.O rejuste do Governo Estadual para os professores não houve burburinho,por que será que só acontece com o do Governo Municipal?ninguém reclamou professores e nem mesmo a APLB.Aceitaram 8,9% divididos.Houive assembléia em Itabuna para os professores da Rede Rstadual se pronunciarem?Acorda pessoal, fique alerta!!!

  12. O governo do estado nao deu nem 6% de aumento aos professores, portanto os da prefeitura de Itabuna se contentou com os 12%.Wagner ano que vem tem eleição.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top