skip to Main Content
15 de julho de 2020 | 02:19 am

MARCOS GOMES É INTERNADO NO HBLEM

Tempo de leitura: < 1 minuto

Alegando estar com depressão pós-cadeia, o fazendeiro Markson Monteiro de Oliveira (Marcos Gomes), acusado de torturar, manter em cárcere privado e matar o vaqueiro Alexandro Honorato, saiu agora à tarde do Conjunto Penal de Itabuna e foi levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães.
Três policiais militares e um oficial de justiça se encontram no local,acompanhando o acusado, que foi preso no dia 20 de abril, depois de estar foragido por mais de dois anos.
Na quinta-feira (30), Marcos recebeu na cadeia a visita do pai, o ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes. Falaram-se por alguns minutos, mas não puderam se tocar.
A reportagem do jornal Diário Bahia ouviu o diretor do conjunto penal, Nilton Mascarenhas, que informou sobre o dia-a-dia do preso.
Segundo Mascarenhas, o filho do ex-prefeito de Itabuna se encontra sozinho em uma cela, norma da penitenciária para os primeiros dez dias de carceragem. O diretor informou ainda que Marcos Gomes está se alimentando com a mesma comida dos outros presos e que não lhe falta apetite, pois “a marmita está voltando vazia”.
Para quem está com essa fome toda, chega a ser estranho o alegado quadro de depressão. Recomenda-se olho vivo…

Esta publicação possui 5 comentários
  1. Zelão Pergunta: – Porque o detento não foi primeiro consultado na enfermaria do presídio?
    Diante da negativa da justiça em conceder “habeas corpus” ao fugitivo, é de se esperar, pela vida pregressa do indivíduo, que essa possa ser a “Rota de Fuga”.

  2. Marcos Gomes está com depressão? que depressão que nada, agora que a ficha caiu e eles (os poderosos) estão percebendo que a justiça não é trouxa como eles pensavam,a justiça não se compra como eles imaginavam. O Vaqueiro continua morto e nada o trará de volta para o seio de sua família. Esse individuo (elementozinho) ainda pode receber a visita de seu pai ainda que na cadeia, mas o Vaqueiro Honorato vai receber as visitas no cemitério, não podendo ser tocado e nem ouvido (é claro).
    Aliás perdoe-me mas tenho que falar, é claro lembrando que existem regras e exceções, mas o filho aprende aquilo que o pai ensina, e Marcos Gomes aprendeu muito rápido o poder da opressão, quando era rapaz já ouvia falar dos casos de Sandra e Mônica e ficava sempre a me perguntar o porque os inquéritos não prosperaram?.
    Hoje não procuro respostas, pois lamentavelmente sinto na carne o que me falaram nos tempos de faculdade que cadeia é só para preto, puta e pobre.
    Isso me leva também a crer numa tese particular da implosão da 1ª guerra civil, em Itabuna mesmo, quando a população já não tiver mais saco pra tanta injustiça, tanta mentira e revidar como nos tempos de Moisés: Olho por Olho e Dente por Dente.
    Marcos Gomes não merece nem o prato de comida comprado as duras custas da contribuição do povo que ele humilhou e matou..aliás dessa família toda eu particularmente tenho asco, nojo, repugnância desse tão miserável ser desumano.
    Se a justiça facilitar a população responderá forte dessa vez…cabeças vão rolar, 1º a de quem pensar em deixar ele fugir.
    SERÁ O 1º MARCO NA HISTÓRIA DE ITABUNA, UMA RETOMADA A DIGNIDADE DE UMA CIDADE QUE SE BANHA NA LAMA DA INDECÊNCIA.
    Tô de Olho

  3. de olho voce é meu parente? voce esqueceu da historia do jornalista manuel leal que envolve o pai fernando gomes.Mas esse crime foi politico entao vao continuar abafando.Politico e rico nem investigacao tem,fica solto mesmo.é uma vergonha.Agora é o filho.
    eu bato aposta que vao trazer o julgamento para itabuna. Aqui a coisa fica facil para carlos burgos e nos Itabunenses vamos ter que engolir mais uma injustica.Quem nao lembra do julgamento de marcone?
    o que deu?

  4. Antonio Filho diz:
    O detento Marcos Gomes saiu agora do Hospital de Base. O mesmo estava algemado e com a farda da Humatã. Ele retornou para sua residência, que não é alugada, agora é própria.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top