skip to Main Content
27 de outubro de 2020 | 08:07 pm

DO IMPROVÁVEL À INJUSTIÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

70-mm4

.

Nosso crítico de cinema Leandro Guimarães se surpreendeu – como milhões de pessoas ao redor do mundo – com a performance de O Lutador (The Wrestler, EUA/ França, 2008), protagonizado pelo também surpreendente Mickey Rourke. Diz que Rourk merecia  o Oscar a que concorreu – e foi derrotado por Sean Penn (Milk) – que dedicou o prêmio, entre outros, ao próprio Rourke – e Marisa Tomei pra Penélope Cruz (Vicky Cristina Barcelona). Pelo menos merecia pela sua atuação, independente do que os outros tenham feito.
E não é que Guimarães premiou O Lutador com quatro estrelas? Claro que os produtores e equipe preferiam (mil vezes) o Oscar, mas…
Brincadeiras a parte, o filme – representante do cinema de verdade, como observou um leitor do Pimenta na coluna da semana passada – já está nas locadoras de Itabuna. Para ler a crítica na íntegra, o roteiro é simples: basta clicar aqui ou na seção Cultura, no alto da página.
Atualizado às 12h53min

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Já que o assunto é cinema, que tal você fazer um post falando do cinema do shopping que não passa lançamentos e, quando passa um filme bom, é só dublado? Eu deixei de ir ao cinema aqui em Itabuna há muito tempo por causa disso! Wolverine foi dublado, Anjos e Demônios é dublado! Parece matinê eterna!

  2. E tem mais! Nem sempre eles avisam que será dublado. Aí você entra no cinema, feliz e contente e só descobre a m*** depois do filme iniciar! Já passei por isso e quis matar um lá dentro!

  3. Assisti o Lutador e Quem quer ser um milionário?
    Realmente são bons filmes e uma ótima pedida para reflexão.
    No primeiro, eu quase chorei…, no segundo, chorei de verdade.

  4. O CINEMA EM ITABUNA ESTÁ UMA MERDA,TÁ TUDO RUIM: O SOM, A DUBLAGEM CONSTANTE EM FILMES ADULTOS,O PREÇO ETC.É TANTA COISA RUIM QUE ATÉ ESQUECI.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top