skip to Main Content
15 de abril de 2021 | 02:56 pm

TRE RETOMA VOTAÇÃO CONTRA PREFEITO DE BUERAREMA

Tempo de leitura: 2 minutos

POR ENQUANTO, MARDES PERDE POR 3X0 E TENDÊNCIA É DE CASSAÇÃO

TENDÊNCIA é de cassação de Mardes.

TENDÊNCIA é de cassação de Mardes.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) retomou nesta terça-feira, 2, o processo de cassação do registro de candidatura do prefeito Mardes Monteiro (PT), de Buerarema. E o resultado até aqui não é nada bom para o petista. Os desembargadores Cynthia Resende e Maurício Vasconcelos seguiram o relator Eserval Rocha e votaram pela cassação de Mardes, perfazendo 3×0.
A sessão começou por volta das 18h. O TRE quase adia a sequência do julgamento, porque o relator Eserval Rocha está de férias desde ontem (1º). Um consenso permitiu a retomada, pois Eserval deu o seu voto ainda na semana passada, quando o desembargador Maurício Vasconcelos pediu vista.
Hoje, Vasconcelos votou pela cassação de Mardes, assim como Cynthia Resende. O placar já estava 3×0 e outro magistrado, Marcelo Brito, pediu vista. Nem isso aliviou a tensão do prefeito de Buerarema. A tendência no TRE é de derrota do prefeito.
A próxima sessão do tribunal ocorreria na quinta, 4, mas foi antecipada para amanhã. É possível que ainda nesta quarta a votação seja retomada e saia o resultado do processo. A pauta será divulgada horas antes da sessão do TRE. Ainda faltam ser apurados três votos. Caso haja empate, o voto de minerva será do presidente do TRE, Sinézio Cabral Filho.
O julgamento foi acompanhado pelo prefeito e todo o primeiro escalão. Apenas o secretário municipal de agricultura não pôde comparecer ao TRE. A ação contra a diplomação e registro da candidatura de Mardes é de autoria do candidato derrotado Cristóvam Monteiro (PMDB).
Cristóvam acabou em terceiro lugar na eleição. Caso Mardes seja cassado, quem assume a prefeitura é o petebista José Agnaldo Barreto dos Anjos, Guima (PTB). O processo ainda será analisado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
O Tribunal Superior iniciou a análise do processo, mas os autos retornaram para Salvador porque o prefeito obteve uma liminar da Vara da Fazenda Pública, contra o julgamento do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e a votação na Câmara de Vereadores de Buerarema.
A alegação de Mardes é de que ele não teve a oportunidade de defesa tanto na corte de contas como no julgamento das contas na Câmara. Essas contas são relativas ao período de 1º de janeiro a 30 de junho de 2005, quando o petista governou o município. As acusações vão de desvio de recursos públicos a fraudes em licitações.

Esta publicação possui 9 comentários
  1. Um prefeito que não teve o registro deferido…concorre a aleição com base em liminares meramente para alongar processo… toma posse com base em liminares da mesma natureza…fica meses no poder com base nas mesmas coisas e ainda pode alongar por um tempo o poder com base em novas liminares…
    No final.. seu registro continuará nulo.. não poderia sequer concorrer nas eleições.. mas pode ficar um tempo indeterminado no poder por força de liminares…
    Que coisa absurda !!! Coisas que só acontecem no Brasil !!!
    Depois perguntam a razão daquela cidade e da maioria das cidades brasileiras viverem num marasmo horroroso.
    O Brasil é um país geograficamente favorecido por riquezas naturais, mas com um povo depredador.

  2. E AI POVO BUERAREMA A JUSTIÇA TA SENDO FEITA O TRAIDOR DO MARDES TA TOMANDO DE 3 A ZERO AGORA FICA UMA RUMA DE CARNICEIRO FALANDO BESTEIRA A JUSTIÇA DE DEUS É GRANDE O POVO DE BUERAREMA MEREÇE RESPEITO POR ISSO TORÇO MESMO PRA ESSE CORRUPTO SAIR DO PODER AQUI EM ITABUNA ESSE HOMEM HUMILHAVA OS MOTORISTA DO SAMU GENTE AJUNTAVA ELE E SUA CORPORAÇÃO DE BANDIDOS E HUMILHAVA AQUI NO CASTALIA NINGUEM FALA COM ESSE HOMEM E NOS PERGUTAMOS COMO É QUE O POVO DE BUERAREMA VOLTOU EM UMA CARNIÇA DESSA POR ISSO TA AI A JUSTIÇA SEJA EM BUERAREMA GENTE TORCEMOS POR VCS AI XO MARDITO

  3. O PREFEITO MARDES ESTÁ ACAMPADO EM SALVADOR TENTANDO A TODO CUSTO EVITAR A CASSAÇÃO,LEMBRANDO AOS VEREADORES DO MUNICIPIO QUE EXISTE UM PRAZO LIMITE PARA A AUSENCIA DO PREFEITO QUE PODE GERAR A CASSAÇÃO DO MESMO, JÁ QUE ELE AGORA RESOLVEU DESPACHAR DIRETO DE SALVADOR ATÉ QUE SE RESOLVA ESTA SITUAÇÃO. A FOLHA DE PAGAMENTO DOS FUNCIONÁRIOS FOI PARA O BANCO MAS NÃO FOI FEITO O PAGAMENTO POR FALTA DA ASSINATURA DE MARDES, QUE SE ENCONTRA DE VIGILIA EM SALVADOR.
    O MUNICIPIO JÁ PERDEU BASTANTE COM ESSE SENHOR NO PODER, LIVROS DIDÁTICOS FORAM DEVOLVIDOS, VERBAS FORAM DESVIADAS EM PRÓ DE ADVOGADOS E OUTROS, A CIDADE PAROU. NINGUÉM SUPORTA MAIS ESTE DESCASO COM O POVO. FORA MARDES!!!!

  4. E MILTON GRAMACHO, QUANDO SERÁ JULGADO?
    E CAPITÃO AZEVEDO, SERÁ QUE O PROCESSO ELEITORAL VAI SER REABERTO?
    COM A PALAVRA O TRE/BA.

  5. Interessante!Muita gente cruscifica Mardes, mais se faz de cego com relação ao ex-prefeito: Orlando Filho, que comeu o salário,o terço de férias de dezembro de 2008 e o FGTS do povo durante oito anos. Eu sou uma vítima da esperteza dele, fiquei no prejuízo. Hum! quanta inoscência existe neste povo!! O dinheiro pode comprar tudo neste mundo! Eu quero ver comprar a Salvação, o perdão DE DEUS!!!
    Eu pergunto aos que compartilharam destas estratégias do passado e agora no presente, estão de consciência limpa adiante do todo poderoso? Aproveitem o tempo que ainda há, para se arrependerem, porque o caminho daquele que usufrui o suor do próximo: é o INFERNO,mais não é só arrependimento da boca pra fora não!Há mais voçês também terão provações! DEUS NÃO É SÓ AMOR, ELE TAMBÉM É JUSTIÇA, E ESTA NÃO FALHA!! VEM NA HORA CERTA!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top