skip to Main Content
5 de abril de 2020 | 12:15 am

DESCAMINHOS DOS ÍNDIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

No início da década de 90 do século passado, a destruição avassaladora provocada pela vassoura-de-bruxa nas lavouras de cacau do Sul da Bahia, coincidiu com a expansão dos movimentos dos trabalhadores  sem
terra. Propriedades rurais abandonadas por produtores descapitalizados e/ou desesperançados, que surgiam às dezenas diante da rapidez com que a ´vassoura´ jogou a colheita a níveis abissais, eram o alvo fácil para invasões/ocupações (neste caso, mera questão de semântica) que não raro resultavam em desapropriações e implantação de assentamentos.
Leia mais no Blog do Thame.

Este post tem um comentário
  1. Este país, que se diz agricola, esta ficando totalmente a mercê de vândalos sob o disfarçe de sem terra e agora índios, que querem terras já produtivas e bem localizadas, para, estes sim, serem verdadeiros exploradores e sanguesugas dos beneficios do governo. Não trabalham, não empregam e não produzem. Onde vamos parar com tantas desordens?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top