skip to Main Content
12 de julho de 2020 | 01:25 pm

MOTIVO NÃO FALTOU

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quando se fala que Jaques Wagner pode ser o primeiro governador baiano a ter contas rejeitadas no TCE (ver post abaixo), isto não significa que seus antecessores não mereceram um carimbaço vermelho nas contas.
Certamente, motivos não faltaram, mas o controle rigoroso que eles exerceram no tribunal funcionava como uma venda a mais nos olhos da justiça. E logo ela, que já é cega por natureza…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top