skip to Main Content
27 de janeiro de 2021 | 04:29 pm

"PERDEU, CORONEL"

Tempo de leitura: < 1 minuto
Foto da SSP-BA revela momento da prisão do ex-comandante.

Foto da SSP-BA revela momento da prisão do ex-comandante.

Do Correio
O ex-comandante geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Antônio Jorge Ribeiro de Santana, movimentou em suas contas bancárias R$1.207 milhão, apenas no ano de 2007, segundo inquérito policial da Operação Nêmesis encaminhado ao Ministério Público na quinta-feira (18). Santana foi indiciado por corrupção passiva, fraude em licitação, sonegação fiscal, formação de quadrilha e prevaricação.
Com informações obtidas através da quebra de sigilo bancário autorizado judicialmente junto à Receita Federal, a polícia descobriu que o oficial movimentou valores oito vezes maiores que o seu rendimento anual como coronel, que foi de R$150 mil. Nos anos de 2004, 2005 e 2006, o coronel Santana sempre operou com valores acima de R$1 milhão por ano, enquanto sua renda como oficial girava entre R$150 e R$160 mil anualmente.
Sem ter como comprovar a origem lícita do dinheiro, os altos valores não eram declarados por Santana junto à Receita Federal. Para o inquérito policial que indiciou, os valores eram fruto da propina paga a Santana pelo esquema de superfaturamento nas compras da PM.
Leia mais

Esta publicação possui 9 comentários
  1. Só a midia para o bicho pegar para esse coronel………..vamos ver no que vai dar…………vai pra reserva, se já nao estiver, compra um sitio e vai viver sossegado………rsrsrsrsrsrsrs

  2. o pior e que vai ficar por isso mesmo, poderiao obriga-lo a devolver, terras comprads com estes dinheiros, tudo ou quasse tudo que adiquirio com este roubo, eu pergunto onde estavao os politicos, deputados vereadores, juizes, receita federal, mnisterio publico, quem sabe ele nao era um dos organizadores dos protestos dos policiais contra o governo atual, para valtar a panela com seus juizes nomeados com cargos tipo vitalicio pelo malvadeza, é por isso que a bahia nem o brasil se desenvolve pois existem estes sanguisugas, maginais dos poderes publicos, eu fico me perggutando se o pt nao ganhasse a eleiçao de salvador será que este cafageste seria desmascarado?nao estou defendendo que no pt nao existe cafaGESTES E UM VICIO DOS POLITICOS E ELES SE MUTIPLICAO POR QUE O POVAO AINDA NAO SE REBELOU CONTRA A FALTA DE JUSTIÇA SERIA EMCIMA DESTES MAGINAIS.
    NA PROXIMA ELEIÇAO TEMOS QUE IR PRAS RUAS EXIGIR REFORMA DA CONTITUIÇAO , DO JUDISCIARIO E POLITICA. POIS A CONTITUIÇAO QUE ESTA AI FOI FEITA PELOS POLITICOS E PARA OS POLITICOS.
    INFELISMENTE NAO VAI ACONTECER NADA COM ESTE MAGINALE TODA QUADRILHA SEI QUE DEVE TER NOMES IMPORTANTES NESTA BOLA DE NEVE DE POCARIA.POREM A JUSTIÇA DE DEUS E INFALIVEL, NESTA EU CONFIO

  3. Espero que o governador Jaques Wagner saiba estabelecer a diferença entre um servidor corrupto como ficou provado e a instituição PM/BA.A POLÍCIA MILITAR foi forjada dentro da ética e da bravura dos seus milicianos, a imagem da PM deve ser preservada e valorizada em respeito à aqueles que deram as suas vidas em missões árduas.Contudo,esse oficial que tornou-se indigno de ostentar uma patente de tão alto respeito e condecoração,deve ser levado ao crivo da lei e ser julgado pelos atos ilícitos que cometera.O nosso governador essa semana,concedeu aumento de 54% a polícia co-irmã.Na Constituição Federal,não existe privilégios de uma em detrimento da outra,sonho que um dia sejamos valorizados (tanto a PM quanto a PC)e que possamos ganhar analogamente aos nossos irmãos do Distrito Federal.Que essas atitudes de aumento salarial para uma só polícia não resulte em greve,pois quem sairá perdendo é a sociedade.Já sobre o episódio de corrupção do alto escalão da POLÍCIA MILLITAR,que a punição seja legal e exemplificativa para aqueles que corroboravam com essa prática desonrosa e covarde de apropriar-se indevidamente do dinheiro público.

  4. É lamentável que fatos como esse venham a ocorrer em nossa briosa Polícia Militar. Um homem tido como um exemplo, dá de troco à PM uma resposta como essa. Enquanto ele e outros coronéis “passam” a mão no dinheiro público e se beneficiam do posto e do cargo, a Corporação vem passando por difivuldades e racionamentos que afetam diretamente a comunidade.Ultimamente o que se vê é o envolvimento de pessoas que deveriam – pelo exercício da função e da obrigatoriedade da lei – combater o crime e a corrupção envolvidas em falcatruas e negócios escusos. Lamentável.
    Espero que a comunidade saiba separar o joio do trigo.

  5. Ele vai devolver o dinheiro, ter o cargo rebaixado, ser expulso da corporação, ter os bens confiscados? Duvido…
    Exemplo para outros que não têm brio. Qualquer coisa, a justiça entra em cena para defendê-lo: Não foi ele, foram suas mãos, coitado!

  6. Tem que meter na cadeia e pagar pelo que fez, roubando o dinheiro do povo e sujando o nome da corporação. Essa é a banda podre da policia militar. Espero que a justiça funcione, pois a justiça nesse país só funciona contra puta, pobre e preto.

  7. seria bom se houvesse quebra de sigilio bancario, telefonico e uma varredura na padrão de vidas deta corja. só assim separam o joio do trigo… e quebrem com os estigma “cadeia so pra pobre”.

  8. Falta apurar o esquema da aquisição dos módulos do POSITIVO para os CPM neste Estado. Tem mais gente envolvida nessa vergonha. Apurem em nome daqueles que querem justiça…..

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top