skip to Main Content
26 de setembro de 2020 | 12:30 pm

RODOU

Tempo de leitura: < 1 minuto

Petista de alto coturno considera quase improvável a reeleição do atual presidente estadual do PT, Jonas Paulo. E se impressiona com a desenvoltura do prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, um dos pretendentes ao posto. As críticas a Jonas ocorrem principalmente porque, com ele, o PT “esfriou o debate interno” e está atendendo demais aos interesses do governo Wagner. Questão de identidade…

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Zelão,diz: – Família que bebe unida… Permanece unida, mesmo que embriagada.

    Jonas Paulo, quando participou do primeiro governo de Geraldo Simões, era visto constantemente embriagado. Jaques Wagner, em um dos carnavais de Itabuna (segundo relato de Marcel Leal), teve que ser carregado pelo amigo prefeito, para ser retirado do camarote oficial, por estar “literalmente ébrio”.
    É como se diz vulgarmente: – “As boas e duradouras amizades se dão em torno de uma boa garrafa.”

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top