skip to Main Content
28 de outubro de 2020 | 02:02 am

PRESIDENTE DA EMBASA FALA SOBRE FIM DO COMODATO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Está para encerrar no dia 15 de agosto o contrato de 20 anos entre Embasa e Emasa (Empresa Municipal de Água e Saneamento de Itabuna), que garante à segunda a utilização de equipamentos da primeira, em regime de comodato.

Para falar sobre as consequências dessa situação, estará amanhã em Itabuna o presidente da Embasa, Abelardo Oliveira. Ele participa de uma reunião com vereadores, às 11 horas, na Câmara Municipal.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Boa tarde, Sr. Risomar

    Recebemos o seu e-mail a respeito da falta de água na Rua Goés Calmon, bairro Lomanto, município de Itabuna.
    Tendo conhecimento desta situação, informamos a V. Sa. que estamos atentos a este grave problema e que, há algum tempo, temos provocado o Governo do Estado e o Governo Federal em busca da solução que seria a construção da barragem no rio Colônia, projeto do Governo Federal. Este projeto necessita, entretanto, da contra-partida da Prefeitura Municipal de Itabuna que alega não ter recursos para essa finalidade.
    Ressaltamos que, continuamos cobrando para, no menor tempo possível, resolver este problema.
    Um grande abraço.
    Corsilamente

    Dep. Capitão Fábio

    (71)3115-7208/7085

  2. Prezado Sr. Risomar Lima,

    Em atenção ao seu registro, informamos que, conforme
    orientação da Ouvidoria da EMBASA, estamos encaminhando
    seu pleito a Prefeitura de Itabuna, visto que a EMASA é um
    órgão municipal.

    Lembramos que a Ouvidoria Geral do Estado também atende
    gratuitamente às suas ligações através do 0800 284 0011 e
    ainda pode ser acessada através do site:
    http://www.ouvidoriageral.ba.gov.br.

    Assegurar ao cidadão a oportunidade de participar da
    administração pública através da Ouvidoria é um dos
    compromissos do Governo da Bahia. Com suas sugestões,
    reclamações, denúncias e elogios, estaremos construindo um
    relacionamento transparente, garantindo o fortalecimento da
    democracia, e acima de tudo, respeitando os seus direitos de
    cidadão.

    Cordialmente,

    Ouvidoria Geral do Estado.

  3. Prezado Senhor

    IMPORTANTE!
    Informamos que para maior comodidade, é possível acompanhar o andamento de sua manifestação pela Internet! O endereço para acompanhamento da manifestação é este:

    ————————————————————————————–
    Clique sobre o mesmo ou copie o “link” acima para o campo “endereço” de seu
    navegador de Internet e acesse a resposta de sua manifestação registrada junto a
    Ouvidoria.
    Esta notificação foi gerada, automaticamente, pelo Sistema de Ouvidoria do Ministério da Integração Nacional e é referente à confirmação do recebimento de sua mensagem.
    Portanto, não é necessário respondê-la!

    Atenciosamente,

    Ouvidoria-Geral
    Ministério da Integração Nacional

  4. Prezado Sr. Rosimar Lima,

    Em atenção ao seu registro, informamos que este foi
    encaminhado ao órgão competente, SEDUR/EMBASA, onde
    serão adotadas as devidas análises e providências para a
    solução do seu pleito.

    Lembramos que a Ouvidoria Geral do Estado também atende
    gratuitamente às suas ligações através do 0800 284 0011 e
    ainda pode ser acessada através do site:
    http://www.ouvidoriageral.ba.gov.br.

    Assegurar ao cidadão a oportunidade de participar da
    administração pública através da Ouvidoria é um dos
    compromissos do Governo da Bahia. Com suas sugestões,
    reclamações, denúncias e elogios, estaremos construindo um
    relacionamento transparente, garantindo o fortalecimento da
    democracia, e acima de tudo, respeitando os seus direitos de
    cidadão.

    Cordialmente,

    Ouvidoria Geral do Estado.

  5. Sr. Risomar,

    Preciso que o Sr. me informe se as contas continuaram chegando aos moradores da rua , mesmo sem receberem os serviços de abastecimento e se foram ou continuam sendo pagas.

    Um abraço,

    Laura Almeida
    Assessora Parlamentar.
    2009/6/19 Laura Almeida

  6. Prezado Risomar,
    Agradecemos pelo envio de sua mensagem e pela confiança depositada no senador Eduardo Matarazzo Suplicy. Não obstante sermos solidários com seu pedido, gostaríamos de ressaltar que a Constituição Federal dispõe que cada estado e o Distrito Federal elegerão três senadores para sua respectiva representação (art. 46, § 1º). Hoje, o estado de São Paulo possui uma população estimada de 41 milhões de pessoas, as quais esperam contar com o empenho do senador Suplicy e dos outros senadores eleitos por São Paulo. Assim, torna-se inviável atender com consideração e presteza a todos aqueles que procuram este gabinete, razão pela qual consideramos importante que os parlamentares eleitos pelo seu estado sejam cientificados dos problemas que seus representados são afeitos para, da mesma maneira que ajudamos as pessoas de São Paulo, eles possam ajudá-lo.
    Na oportunidade sugerimos reencaminhar sua mensagem aos senadores Antônio Carlos Junior, César Borges e João Durval,
    Atenciosamente,
    Gabinete do Senador Eduardo Suplicy
    Sen. Eduardo Suplicy

  7. Risomar,
    Peço que entre em contato com Laura através do telefone (71) 3115-4097 para explicar toda a dificuldade que você e sua comunidade enfrentam e fazermos um pedido formal ao órgão competente.
    Atenciosamente.
    Deputado Roberto Carlos
    rcarlos@alba.ba.gov.br

  8. MENSAGEM DE ACOMPANHAMENTO DA DEMANDA
    – Ocultar texto das mensagens anteriores –
    PREZADO SRº RISOMAR LIMA,
    REGISTRAMOS SUA DEMANDA SOB PROTOCOLO 158541 E ENCAMINHAMOS PARA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ITABUNA
    SEUS DADOS PESSOAIS SERÃO RESGUARDADOS QUANDO SOLICITADO OU NOS CASOS QUE ACHARMOS CONVENIENTE, PARA SUA MAIOR SEGURANÇA.
    CASO QUEIRA ACRESCENTAR NOVAS INFORMAÇÕES OU ALTERAR DADOS DO REGISTRO EFETUADO, POR FAVOR ENTRE EM CONTATO COM O NOSSO SERVIÇO DE OUVIDORIA.
    ATENCIOSAMENTE,
    OUVIDORIA DO SUS
    MENSAGEM AUTOMÁTICA. NÃO RESPONDA ESTE E-MAIL.
    OUVIDORIA GERAL DO SUS
    MINISTÉRIO DA SAÚDE
    AV. W3 NORTE, SEPN 511, BLOCO C, SUBSOLO
    70.750-543, BRASÍLIA-DF, 0800 61 1997

  9. From:
    Date: 2009/6/23
    Subject: Resposta da Presidência
    To: deixeopovotrabalharisomar@gmail.com

    – Ocultar texto das mensagens anteriores –
    Prezado Senhor,

    Em resposta a sua mensagem enviada ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, esclarecemos que o assunto apresentado é de competência da prefeitura municipal de Itabuna. Conforme determina nossa Constituição, o chefe do executivo federal não pode intervir nas questões administrativas dos municípios.

    Contamos com sua compreensão.

    Cordialmente,

    Claudio Soares Rocha

    Diretoria de Documentação Histórica

    Gabinete Pessoal do Presidente da República

  10. Sr. Risomar,

    Confirmo o envio via fax dos ofícios nº264/2009 para a EMASA, Diretor Alfredo Melo e o de nº266/2009, ao Prefeito Municipal de Itabuna.

    Quando tiver algum retorno, entro em contato.

    Atenciosamente,
    Laura Almeida
    Assessora do Deputado Roberto Carlos.

  11. Sr.RISOMAR LIMA

    Recebemos sua mensagem, enviada a esta Ouvidoria Parlamentar, enviando informações a respeito de infra estrutura de sua cidade.
    Antes de mais nada, gostaríamos de prestar o seguinte esclarecimento. No segundo semestre de 2008, houve uma falha técnica no sistema de redirecionamento de mensagens a este órgão naquele período, e um grupo de demandas somente foi resgatado pela área de informática no mês de abril presente.
    Assim, o nosso compromisso de transparência com a sociedade, pedimos desculpas pela demora em lhe dar um retorno e contamos com sua parceria na construção de um diálogo honesto, aberto e democrático entre a Câmara dos Deputados e os cidadãos que procuram esta Casa.
    Também, consideramos importante esclarecer a todos os cidadãos e autoridades que nos procuram a real função da Ouvidoria. Assim, gostaríamos de informar que a Ouvidoria Parlamentar constitui-se em um canal de comunicação entre a sociedade e a Câmara dos Deputados, cabendo ao Ouvidor-Geral servir de intermediário para que os parlamentares, representados pelos diversos Estados do País, conheçam as opiniões e necessidades dos cidadãos e das autoridades.
    Em atenção a sua mensagem, devemos salientar que compreendemos suas ponderações com relação ao caso, especialmente porque elas estão todas baseadas no desejo de um País mais justo.
    No caso de demandas como a sua, lembramos que, conforme estabelece a própria Constituição Federal, as esferas (municipal, estadual e federal) possuem autonomia para gerir os próprios assuntos. Além disso, conforme estabelece o artigo 31 da Carta Magna, a fiscalização do município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo municipal, na forma da Lei. O caminho a seguir, portanto, é procurar a Câmara de Vereadores de sua cidade.
    Agradecemos sua compreensão e continuamos a disposição para atendê-lo em questões ao alcance das atribuições regimentais deste órgão.

    Atenciosamente,

    Assessoria da Ouvidoria Parlamentar
    Ouvidor-Geral Deputado Mário Heringer

  12. Amigo,
    Vou entrar em contato com a prefeitura para tentar resolver o problema.
    Grato pelo e-mail!
    Abraços
    ACM Neto

    Mon, 13 Jul 2009 09:56:29 -0300, Risomar Lima escreveu:

  13. MENSAGEM DE ACOMPANHAMENTO DA DEMANDA
    PREZADO SRº RISOMAR LIMA,
    REGISTRAMOS SUA DEMANDA SOB PROTOCOLO 158541 E ENCAMINHAMOS PARA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ITABUNA
    SEUS DADOS PESSOAIS SERÃO RESGUARDADOS QUANDO SOLICITADO OU NOS CASOS QUE ACHARMOS CONVENIENTE, PARA SUA MAIOR SEGURANÇA.
    CASO QUEIRA ACRESCENTAR NOVAS INFORMAÇÕES OU ALTERAR DADOS DO REGISTRO EFETUADO, POR FAVOR ENTRE EM CONTATO COM O NOSSO SERVIÇO DE OUVIDORIA.
    ATENCIOSAMENTE,
    OUVIDORIA DO SUS
    MENSAGEM AUTOMÁTICA. NÃO RESPONDA ESTE E-MAIL.
    OUVIDORIA GERAL DO SUS
    MINISTÉRIO DA SAÚDE
    AV. W3 NORTE, SEPN 511, BLOCO C, SUBSOLO
    70.750-543, BRASÍLIA-DF, 0800 61 1997

  14. Prezado Senhor Risomar,

    Em atenção à sua manifestação, a Ouvidoria-Geral do Ministério da Integração Nacional cientifica Vossa Senhoria que sua postulação foi encaminhada aos setores competentes, para as providências cabíveis.

    A Ouvidoria-Geral permanece sempre à sua disposição.

    Atenciosamente,

    OUVIDORIA-GERAL
    Ministério da Integração Nacional
    0800 61 0021
    http://www.mi.gov.br/ouvidoria – Fax (61) 3414 4227

  15. A Embasa tem 2,2 bilhões para investir em saneamento e ampliação de abstecimento de água. COm o fim do contrato se for entregue para Embasa, a barragem sai logo.
    Outras vantagem de Itabuna:
    Abelardo Oliveira é filho de Itabuna.

  16. Agora eu quero ver o papel do Ministério Público (DR. CLODOALDO) na defesa dos interesses dos Itabunenses. Se deixar, o Estado tira a EMASA como tirou a plena da Saúde.

  17. Cadê os outros segmentos da sociedade itabunense nessa reunião? E o executivo municipal? O Ministério público? Dá a notícia e chama todos para lá seu pimenta!!!!!!!

  18. Zelão, diz: – Se dá prejuízo, porque então não devolver?

    Está ai, a grande oportunidade!
    Se a EMASA, é deficiente economicamente (conforme argumentam os defensores da privatização), porquê então não devolvê-la à Embasa? Com o fim do contrato de comodato, cria-se a oportunidade ímpar de livrar a administração municipal do “abacaxi” que não conseguem descascar.

  19. É melhor devolver essa joça para a EMBASA para ver se a eficiência melhora. O pesssoal da EMBASA tem profissionalismo (sem desmerecer opessoal da EMASA) e além do mais vai colocar essa situação nos eixos.

  20. Já está mais que na hora das pessoas que administram a EMASA tomem vergonha na cara e convoquem todas as pessoas que passaram no concurso. Será que ninguém vai fazer nada?

    As pessoas merecem respeito…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top