skip to Main Content
27 de novembro de 2020 | 08:31 pm

TERRITÓRIOS DE PAZ É “NOVO TEMPO” NA SEGURANÇA, DIZ JW

Tempo de leitura: 2 minutos
TARSO Genro e Wagner assinam convênio de programa contra a violência (Foto Divulgação).

TARSO Genro e Wagner assinam convênio de programa contra a violência (Foto Divulgação).

Lançados nesta quarta (29) em Salvador, os programas Territórios de Paz e Mulheres de Paz foram considerados pelo governador Jaques Wagner como a sinalização de um “novo tempo” nas propostas de ações sociais contra a violência e o tráficos de drogas. “Este lançamento é um grito de comunhão, uma tentativa de nos abraçarmos para juntos vencermos o crime e o tráfico de drogas”.

Os programas foram lançados em solenidade com a presença do ministro da Justiça, Tarso Genro, e atenderão, em sua primeira etapa, uma das localidades detentoras dos maiores índices de criminalidade da capital baiana, o bairro Tancredo Neves.

A promessa é de implantação de um conjunto de 30 ações preventivas contra a violência, envolvendo comunidade e forças de segurança. Nas ações estão previstas a polícia comunitária. A finalidade, segundo a assessoria governamental, é que os policiais façam ronda caminhando sempre na mesma região, andando de bicicleta e conversando com os moradores.

– O policial do Pronasci não é aquele que entra num bairro batendo. Ele é integrado e se articula com a comunidade. É muito duro com o crime, mas é de diálogo. É o policiamento que permanece, que olha a comunidade nos olhos. Este programa exige uma intensa participação da comunidade e da atenção dos executivos estaduais e municipais – afirma o ministro da Justiça, Tarso Genro.

Os jovens também recebem atenção especial, através do “Protejo”(Proteção de Jovens em Território Vulnerável). O projeto mobiliza 277 jovens soteropolitanos das comunidades para participar de atividades de educação, formação profissional, esporte e lazer. O jovem beneficiado recebe uma bolsa auxílio de R$ 100,00.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. governador, pare de tentar implantar na Bahia forma de policiamento que só funciona em países desenvolvidos. a criminalidade em nosso pais não tem medo de matar pessoas porque sabe que a vida no Brasil tem preço. a vida do rico vale mais que a de um miserável. governador não tente enganar a sociedade com projetos de segurança que em nada contribui para diminuir a criminalidade. a polícia não é a responsável pela escalada de violência em nosso estado ou em nosso país. a culpa esta nas leis, no judiciário, na população, no poder executivo e legislativo. a policia é um saco de pancada que recebe a culpa pela má gestão e falta de uma politica que privilegie os homens honestos em detrimento dos corruptos,delinquentes,marginais, aproveitadores. governador não crie mais um engodo. os marginais está cada vez mais dando aula de modernidade, aproveitando das falhas do sistema para implantar um Estado paralelo. a sociedade sabe disso. quem não respeita a lei do trafico é punido, o traficante bebe do bom e do melhor, o traficante impõe respeito pelo medo, o nosso falido e rico judiciário faz tudo dentro da lei para favorecer esse poder em ascensão. nossas escolas são pontos de venda de drogas, nossos jovens sonham um dia chegar a ser o dono do pedaço, o dono da boca. governador o sonho acabou… A Meu Deus se não fosse o Cabral!

  2. Porque não melhora, verdadeiramente, a situação de nossas Polícias e policiais?? Porque não oferece um salário digno aos policiais e equipa modernamente as Polícias?? Fica com esses “programinhas/projetinhos” e tenta esconder a realidade das Polícias, inclusive, FORÇANDO a ruptura intra e inter instituições!!!! Espero que a PM consiga ser respeitada ao término do Movimento Polícia Legal, que por sinal, a grande mídia não está dando a cobertura necessária. Agora, caso partisse para a GREVE aí, sim, ela se pronunciaria, obviamente, contra a PMBA. Acorda Wagner

  3. Esse exemplo, na Bahia, …, será aplicado apenas em Salvador e parte da RMS, …!!!

    O restante dos municípios devem estar localizados em outros estados, …!!!

  4. Jobson você conhece as 30 intervenções do projeto. Uma delas é dar moradia segura ao policial que é obrigado a morar na area de risco. Então o projeto disponibiliza uma casa em outra area para o policial que fará parte do projeto.
    Amigo Jobson, alguma coisa tem que ser feito, o que não pode é fazer nada.
    Amigo João Soares aumento de salario para policial não diminui a criminalidade. Em Itabuna a estatistica dia que o maior indice de assassinato é devido o trafico de drogas. Os traficantes tem mais clientes quando o número de usuário é maior. Se você diminuir o número de usuário, os traficantes vão perder clientes e força. Só com politicas de inclusão social que você pode diminuir a violência.
    Exemplo: X é usuário de droga. Agora se o governador aumentar o salario do soldado para 5 mil reais x vai parar de usar as drogas?
    Os traficantes usa que tipos de pessoas?
    Aquelas que estão em situação de risco, pobres, mulheres gravidas, desempregados, então o projeto visa cobrir essa lacuna, para que os traficante não impere.
    Aumento de policiais, viatura e armamento melhora no combate a violência. Mas mecanismo para diminuir a violência, só com inclusão social e o governo Wagner está de parabens.
    Amigos conheça o projeto visite site http://www.mj.gov.br PRONASCI
    Os salarios dos policiais é pouco é, Wagner reconhece, mas a defasagem é de 40 anos de ACM, PAULO SOUTO e CESAR BORGES

    Números do governo Wagner

    Em 2006 e 2010, ou seja, considerando todos os reajustes concedidos pelo atual governo a partir de 2007 e já projetados para o próximo ano, a melhoria salarial para a Policia Militar alcança percentuais significativos.

    Um soldado, por exemplo, terá um ganho de 46,94% (de R$ 1.264,97 para 1.858,75). Com índice bem semelhantes, na Polícia Civil, um investigador classe 3 terá, também entre 2006 e 2010, variação de 44,88% ( de R$ 1.384,92 para R$ 2.006,41)
    No governo Wagner, a policia baiana passou a integrar as atividades do Programa nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), em parceria com o governo federal. A iniciativa viabilizou o programa bolsa-formação, onde os policiais inscritos receben um auxilio de R$ 400 reais, que são pagos durante um ano. Ao todo 15 mil policiais militares já recebem o beneficio.

    Wagner reabriu o Hospital da Policia Militar em Salvador, que foi fechado por Paulo Souto.

    Na era Paulo Souto, só recebia auxilio alimentação os policiais de Salvador. O governo Wagner estendeu para o interior.

    Em pouco tempo já fez muito.

    Veja o quadro de salarios com base do soldado em todos os estados do Brasil: Ano 2008

    1.Ditrito Fedral R$ 4.187
    2.Goais R$ 2.700
    3.Amapá R$ 1.770
    4.Paraná R$ 1.700
    5.Santa catarina 1.600
    6.Amazonas R$ 1.546
    7.Mato Grosso do Sul R$ 1.500
    8.Alagoas R$ 1.487
    9.Tocatins R$ 1.455
    10.MInas Gerais R$1.332
    11. Bahia R$ 1.264
    12.Rondônia R$ 1.251
    13.São Paulo R$1.240
    14.Espirito Santo R$ 1.237
    15.Roraima R$1.201
    16.Maranhão R$ 1.200
    17.Acre R$ 1.200
    18.Ceará R$ 1.147
    19.Mato Grosso R$ 1.114
    20. Rio Grande do Norte R$ 1.111
    21.Sergipe R$ 1.111
    22.Paraiba R$ 1.080
    23.Pará R$ 1.015
    24.Paiaui R$ 1.000
    25.Rio Grande do Sul R$ 965
    26. Pernambuco R$ 900
    27. Rio de Janeiro R$ 831

    Veja meus amigos a Bahia na frente de São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

  5. Em Itabuna Azevedo já fez o pacto contra violência. Agora precisa saber qual foi o valor do investimento R$
    Territorio de Paz é de R$ 120 milhões.
    O prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho, fez o projeto semelhante ao Territorio de Paz, que é o Paz nas Comunidades. Veja site
    http://www.juazeiro.ba.gov.br

  6. CONCORDO PERFEITAMENTE COM NOSSO AMIGO JOBSON (COMENTÁRIO 1). ISSO É BALELA DE POLÍTICO QUE NÃO TÁ NEM AÍ PRA SEGURANÇA DA POPULAÇÃO. GOVERNADORES EM GERAL NÃO GOSTAM DE POLÍCIA, OUTRO
    DIA UM DISSE: “POLÍCIA SÓ DA DESPESA.” OU SEJA, O ESTADO SÓ SERVE PARA ARRECADAR DINHEIRO? ELE ESQUECEU QUE SEGURANÇA PÚBLICA É UMA OBRIGAÇÃO DO ESTADO.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top